domingo, agosto 20, 2017

Nova versão do "Google Contacts" suporta "Android" 5.0 e superior

Inicialmente disponível, e integrado com as últimas versões de "Android", que o incluem de raiz, o "Google Contacts", na sua versão mais recente, de 14 de Agosto, é suportada em dispositivos móveis com "Android" 5.0 ou superior, sendo sincronizada com a versão que corre num "browser" compatível, o que inclui a maioria das versões recentes, independentemente do fabricante.

Uma das funcionalidades mais importantes do "Google Contacts" é salvaguardar e sincronizar os contactos de todos os dispositivos de um dado utilizador, colocando-os no respectivo espaço na "cloud", o que permite o seu acesso a partir de qualquer equipamento.

Por outro lado, a sincronização ajuda a manter os contactos actualizados em todos os dispositivos, facilita a edição, alteração ou remoção, permite obter sugestões de novos contactos, bem como limpar duplicados, contribuindo para uma melhor e mais completa organização, com os campos de cada registo, como números de telefone, correio electrónico ou fotos a serem partilhados.

É uma aplicação de utilização muito simples, mas com o risco de, ao apagar ou editar por engano um contacto num dispositivo, o erro se replicar por todos, faltando ainda uma integração completa com outras aplicações do Google, sendo de estranhar que não funcione conjuntamente com a marcação de números, pelo que se deve ter em atenção futuras versões desta aplicação onde algumas falhas sejam corrigidas ou pedidos de utilizadores estejam implementados.

sábado, agosto 19, 2017

Rádios VHF a 25 Euros

Com o lançamento de rádios VHF e UHF digitais a baixo preço, na ordem os 60 Euros, incluindo portes a partir de um país europeu, o preço dos modelos analógicos caiu substancialmente, tornando-os particularmente atractivos para diversos fins, sobretudo se adquiridos em conjuntos, o que facilita a interoperabilidade.

Um conjunto de 3 rádios Baofeng UV-5R, analógicos, custa, com portes incluídos 75.99 Euros, ou seja, 25.33 por unidade, não acrescendo outras despesas, dado o envio ser a partir da Alemanha, um valor que pode aumentar marginalmente se for adquirido um cabo de programação que será utilizado para todas as unidades, numa opção que, pelas razões expostas em textos anteriores, plenamente se justifica.

Estamos a falar de equipamentos novos, completos, com inclusão do sistema de auricular e dos demais acessórios, portanto operacionais e prontos a funcionar, eventualmente, carecendo apenas de configuração adequada às necessidades dos utilizadores, caso a que vem de fábrica não sirva para a utilização pretendida.

Relembramos, e nunca será demais fazê-lo, que este tipo de rádio, operando fora da frequência dos 466 MHz dos PMR, necessitam de licença, sem o que o utilizador incorre nas penalidades previstas na legislação em vigor, podendo a situação assumir contornos de maior gravidade caso utilizem as mesmas frequências de entidades oficiais.

sexta-feira, agosto 18, 2017

ANPC lança vídeo explicativo do SIRESP - 2ª parte

Aliás, foi a falta desta capacidade de ligação directa entre equipamentos terminais que determinou a eliminação de uma proposta da Optimus, que poderia ter sido uma melhor opção, numa altura em que este tipo de funcionalidade ainda se encontrava em testes, mas sem nenhum exemplo aplicado na prática e em escala.

São descritos os modos WAT, Wide Area Trunking, de funcionamento normal, onde os rádios estão conectados via estação base e, através destas, aos comutadores que procedem ao encaminhamento de dados numa área mais alargada, LST, Local Site Truncking, que ocorre quando a ligação entre a estação base e o comutador é interrompida, e DMO, Directo Mode Operation, quando os rádios comunicam directamente entre sí.

Também está incluído no vídeo todo um conjunto de sequências onde a operação e mesmo algumas opções dos rádios Motorola MTP850S são descritas, incluindo o ligar, a mudança de modos, a forma de comunicar e algumas regras a seguir como forma de evitar congestionamentos, algo que tende a acontecer quando existe um elevado número de equipamentos numa mesma zona e a utilizar a mesma estação base.

Não obstante faltar um conjunto de informações que serão relevantes para entender o que se passa quando existe uma falha, o vídeo ajuda os menos informados a ter uma ideia genérica sobre este sistema que, infelizmente, tem assumido um grande protagonismo durante os incêndios mais recentes, mas que, ao longo da sua vida, tem apresentado inúmeros problemas e um conjunto de funcionalidades que consideramos desadequado para os dias de hoje.

quinta-feira, agosto 17, 2017

Correcção de velocidade nos Defender - 2ª parte

Menos usado, existe ainda um carreto intermédio, de 21 dentes e cor amarela, com a referência FRC3312, destinado a pneus intermédio, mas a tolerância do próprio velocimetro, que marca uma velocidade superior à real, acaba por tornar esta opção virtualmente inútil salvo para quem pretenda uma maior precisão e verifique ser este carreto aquele que melhor corresponde.

No caso dos modelos com velocímetro electrónico o problema muda de figura, sendo necessário interceptar os pulsos enviados, alterar a frequência dos mesmos, e reenviá-los, de modo a que no destino estes tenham tido o aumento proporcional ao da dimensão dos pneus, resultando assim numa leitura correcta.

Esta é a situação, entre outro dos Defender Td5 e Td4, que necessitam de um equipamento electrónico adequado, configurável e, preferencialmente, de fácil instalação e com um preço acessível, para o que um produto da Britpart, que tem a referência DA1343 do fabricante, pode ser uma solução a ter em conta.

Este equipamento, que custa, com impostos, mas sem portes, perto de 85 Euros, e mencionamos em texto anterior, é vendido sob a designação de "Speedohealer", com a diferença de custo desta solução face à utilizada nos modelos anteriores a demonstrar que a sofisticação se paga, mas tem como vantagem a possibilidade de, uma vez aplicado, ser inteiramente configurável, resultando numa solução definitiva.

quarta-feira, agosto 16, 2017

ANPC lança vídeo explicativo do SIRESP - 1ª parte




A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) apresentou recentemente um vídeo onde explica o funcionamento do SIRESP, a rede de emergência do Estado que tem recentemente levantado tantas polémicas, seja devido a um conjunto de interrupções ou constrangimentos do serviço, seja devido ao processo que antecedeu a escolha desta solução.

Consideramos que a parte mais importante do vídeo é a que diz respeito aos diversos modos de funcionamento, sendo explicados através de exemplos concretos que permitem igualmente perceber as implicações de algumas falhas, muito embora estas possam ser de âmbito diferente e com uma amplitude muito superior.

É igualmente omissa qualquer forma de recuperação do sistema, nomeadamente o recurso a unidades móveis com ligação via satélite, nem é mencionada a falta de redundância e resiliência da rede, nomeadamente a incapacidade de recuperar automaticamente estabelecendo circuitos alternativos que, actualmente, são inexistentes em termos de acionamento automático.

No entanto, dado que são abordados os vários modos, é possível entender as consequências das falhas, como o corte das comunicações entre as estações base e a entrada em modo local, com os rádios a comunicarem entre sí sem recurso a sistemas de intermediação.

terça-feira, agosto 15, 2017

Configuração do Baofeng via PC - 3ª parte

Assim, se possível, deve ser solicitado ao fornecedor do rádio que o envie com o último "firmware" disponível, algo que no caso dos modelos mais recentes, entre eles os digitais, como os DM-5R, é relevante, dado que passam de "Tier 1" para "Tier 2", do que resulta todo um conjunto de novas funcionalidades que serão importantes para quem opta por pagar um valor extra por um destes equipamentos.

Tal como acontece com diversos programas que estabelecem a ligação física entre um computador e um dispositivo, deve ser sempre utilizada a versão mais recente, mesmo que descarregada da Internet, verificando se esta é compatível com o sistema operativo utilizado, sobretudo a nível dos controladores que são essenciais para estabelecer a comunicação, sendo de testar, em caso de falha, seja em modo de compatibilidade com uma versão anterior do sistema operativo, seja noutro computador, caso esteja disponível.

Em caso algum se deve tentar parametrizar ou programar um rádio, ou outro equipamento, se as condições de comunicação não forem completamente fiáveis e estabilizadas, efectuando vários testes, antes de proceder às operações pretendidas, começando sempre por aquelas que envolvem menos riscos e, só depois de estas terem sucesso, passar às mais complexas e cujas consequências, em caso de falha, serão mais graves.

Um cabo, acompanhado do "software", que também pode ser obtido gratuitamente na Internet, tem um preço inferior aos dois Euros, incluindo portes, e é uma opção que consideramos como obrigatória caso se adquira um rádio deste fabricante ou de outro que suporte igualmente configuração via computador.

segunda-feira, agosto 14, 2017

Pedido de ajuda da Europol

Recentemente, a Europol pediu a colaboração de todos no sentido de ajudar a identificar os locais onde foram tiradas um conjunto de fotografias e que estarão relacionados com crimes de pedofilía, cuja investigação ainda decorre, faltando elementos que se podem revelar conclusivos.

A foto que adicionamos é apenas uma de várias que podem ser vistas no "site" da Europol, onde estará incluída uma breve descrição, cada uma delas referente a um caso em aberto, tendo sido ocultados os menores envolvidos, por razões óbvias.

Qualquer informação pode ser relevante, mesmo que não identicando um local muito específico, se fornecer pistas, como informações sobre algum dos objectos visíveis ou sobre o conjunto, que pode estar presente noutros locais, podendo levar a um tipo de conexão entre estes.

Por exemplo, o quarto de hotel da foto pode não ser identificado em concreto, mas se um conjunto de elementos, como os candeeiros, roupa de cama ou tipo de chão coincidirem, existe uma hipótese de ter sido num outro quarto do mesmo hotel, pelo que serão dados relevantes para a investigação, justificando-se fornecer essa informação à Europol, que a filtrará de acordo com os dados que possui.

domingo, agosto 13, 2017

Correcção de velocidade nos Defender - 1ª parte

A instalação de pneus com dimensões superiores ao previsto pela marca tem como consequência, par além de questões legais, o desacerto no velocímetro, com este a marcar uma velocidade inferior à real, algo que, para além de induzir o condutor em erro, é impeditivo da homologação dos novos pneus.

Para os veículos com sistema mecânico, um simples carreto, com um número diferente de dentes, é suficiente para reajustar o velocímetro, com toda a operação a decorrer sem a necessidade de qualquer tipo de intervenção electrónica, sendo esta a solução para os modelos Tdi, sejam eles Land Rover Defender ou Discovery.

Com a referência FRC 3310, o carreto de 20 dentes de cor azul pode ser obtido por perto de uma quinzena de Euros e substitui outro, de cor verde, que tem a referência FRC 3311, de 22 dentes, na caixa de transferências, a velocidade passa a ser medida de forma mais correcta quando se colocam pneus de maiores dimensões.

É de notar que esta modificação não se verifica de forma idêntica para Defenders e Discovery, dado que estes possuem diferenças a nível de caixa de transferências e, porque os pneus previstos são diferentes, maiores no primeiro caso, a troca do carreto não ocorre com a mesma medida de pneus.

sábado, agosto 12, 2017

Lisboa, cidade fechada - 33ª parte

Mas o experimentalismo e a incapacidade de reconhecer e corrigir erros tem sido paga pelos residentes de várias formas, não apenas pelo incómodo gerado, mas também financeiramente, como consequência de uma maior demora nas deslocações no bairro e do aumento de danos nos veículos estacionados, como consequência das estreitas faixas de rodagem resultantes de um projecto absurdo.

A foto que ilustra o texto é disto exemplo, sendo patentes os danos num veículo correctamente estacionado provocados por uma camioneta de caixa aberta da própria Câmara Municipal que procedia à recolha de objectos volumosos e, ao efectuar uma curva apertada, não conseguir realizar a manobra sem provocar danos.

Estamos a falar de uma manobra efectuada com cuidado, a velocidade muito reduzida, por um veículo de dimensões inferiores à da maioria das viaturas de dois eixos são utilizados pelos bombeiros e que, supostamente, poderão circular pelo bairro, pelo que, durante uma missão de socorro, a possibilidade de este tipo de acidente, e mesmo a impossibilidade de passar, será de prever, não obstante as declarações de responsáveis camarários.

É patente que a realidade, que se pode comprovar, desmente as teorias com que os residentes foram confrontados, sendo óbvio para todos que a circulação se efectua com dificuldades, lentidão e com uma elevada probabilidade de acidentes ou de, dependendo do tamanho do veículo, chegar ao seu destino em tempo útil, situação que, numa missão de socorro, terá consequências da maior gravidade e imputáveis aos autores e decisores do projecto.

sexta-feira, agosto 11, 2017

Configuração do Baofeng via PC - 2ª parte

Outra vantagem óbvia é a possibilidade de gravar ficheiros de parametrização, o que permite fazê-lo da mesma forma a diversos equipamentos, bastando carregar os parâmetros para o rádio numa simples operação, pelo que é quase instantânea efectuar este tipo de operação com resultados idênticos um largo conjunto de equipamentos.

Também os testes ficam francamente facilitados, tal como a reposição de uma parametrização, pelo que o habitual receio de efectuar alterações difíceis de repor é ultrapassado, diminuindo em muito o período necessário para optimizar um dado modelo e replicar essas opções para todo um conjunto, mesmo que os equipamentos estejam distantes, enviando um ficheiro, desde que no destino esteja disponível um cabo e o "software" instalado num computador com Windows.

É de salientar que o mesmo cabo serve para um fim completamente diferente, concretamente actualizar a programação interna de alguns modelos, descarregando um ficheiro que a vai reescrever na totalidade, naquilo que se pode designar por fazer o "flash" do "firmware", para usar uma expressão popular.

Esta operação, em teoria mais simples, dado que corresponde apenas a descarregar um ficheiro, transferindo-o de um computador para um rádio, é, efectivamente, muito mais delicada, devendo-se efectuar testes de comunicação prévios e verificando se a bateria do equipamento está suficientemente carregada, porque a sua interrupção pode implicar o envio do rádio para reparação.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin