sábado, abril 28, 2012

Autocolante "One live, live it"

Image Hosted by Google Um autocolante "One live, live it"

Os autocolantes "One live, live it" são típicos de vários eventos e associados tipicamente ao Camel Trophy, existindo em inúmeros modelos, cores e dimensões, ao que correspondem preços extremamente variáveis. Aqueles que são produzidos pela A1 Vynil Grafix tem 570 mm de comprimento e 50 de altura, estando disponíveis nas cores mais habituais, por um preço que ronda os 3.50 Euros o conjunto de três, ou por pouco mais de um par de Euros em cores específicas. Tal como outros fabricantes, estes autocolantes são feitos em vynil para exterior, com duração estimada entre os 5 e os 7 anos, resistente a raios solares, com papel de suporte para uma mais fácil aplicação, que pode ser efectuada em qualquer superfície lisa e não porosa. Esta é uma forma prática e económica de decorar um veículo, eventualmente escondendo alguma pequena mazela, sendo a aplicação, que descrevemos num texto anterior, muito simples e rápida de efectuar.

sexta-feira, abril 27, 2012

"Release Preview" do Windows 8 disponível em Junho

Image Hosted by Google Um écran do Windows 8

A "Release Preview" do Windows 8, a última a ser disponibilizada antes de lançada a versão defenitiva, está prevista para a primeira semana de Junho, altura em que os testes por parte de uma audiência mais alargada poderão começar. Esta versão incorporará os melhoramentos e correcções resultantes das fase de desenvolvimento e teste e estará muito próxima da versão final, que apenas terá como diferença a incorporação da correcção de erros que entretanto sejam detectados na última versão "beta", lançada no final do mês passado. Depois da aposta, e do sucesso, do Windows 7, o novo sistema operativo da Microsoft rompe com algumas tradições do passado, sobretudo a nível de "interface" gráfico, compatibilizando as várias plataformas de "hardware" a que se destina, que incluem PCs convencionais, "tablets" ou dispositivos móveis.

quinta-feira, abril 26, 2012

Vantagens e desvantagens de importações da Ásia - 3ª parte

Image Hosted by Google Uma central de distribuição dos CTT

Com períodos de desalfandegamento incertos e extremamente prolongados, sobretudo numa altura em que, em prol de receitas fiscais, mesmo equipamentos de valor insignificante são inspeccionados e taxados, do que resultam atrasos absurdos, torna-se impossível efectuar previsões de entrega realistas sem correr grandes riscos. Assim, adquirir equipamentos fora da União Europeia, mesmo que economicamente muito compensador, pagando ou não direitos alfandegários, pode tornar-se inviável se parte indispensável de um projecto em curso, o qual pode ser indefenidamente adiado como resultado do funcionamento dos serviços postais e da alfândega. E se nalguns casos pode ser uma opção financeira, quando o mesmo equipamento se encontra disponível no mercado nacional ou comunitário, por vezes a um preço várias vezes superior, quando o mesmo não está disponível na União Europeia, tudo se complica, sendo que um atraso pode, em situações específicas, comprometer a viabilidade não apenas de um projecto, mas de uma actividade empresarial. A falta de competitividade de um País resulta de um sem número de factores, alguns deles pouco aparentes, mas cujos efeitos directos ou indirectos podem comprometer diversas actividades, sendo o mau funcionamento de alguns serviços particularmente gravosos para a economia, sem que haja da parte dos responsáveis um esforço para alterar esta lamentável situação.

quarta-feira, abril 25, 2012

Vantagens e desvantagens de importações da Ásia - 2ª parte

Image Hosted by Google Registo de um objecto nos CTT

Mas nem tudo são vantagens, sobretudo quando existe inspecção alfandegária, situação onde o atraso na entrega pode prolongar-se por algumas semanas, acabando a entrega por ser realizada para além dos 45 dias que o EBay impõe como limite para reclamar caso surja algum problema. Também não queremos deixar de apresentar um exemplo concreto, de entre vários, de forma a ilustrar esta situação e eliminar qualquer suspeita de uma imprecisão ou, o que seria mais grave, de uma difamação do serviço. A encomenda com a referência RB276658416HK, proveniente de Hong Kong, de onde foi expedido a 27 de Março, quatro dias após entregue nos correios locais, chegou a Portugal a 02 de Abril, tendo sido entregue na alfândega um dia depois. Entre o dia 03 de Abril e o dia 19, altura em que deu entrada no depósito temporário da alfândega e foi enviado o pedido de documentação para o desalfandegamento, que inclui cópia do cartão de contribuinte do comprador e da factura comercial ou equivalente, o objecto em questão ficou em espera, a qual se cifrou em dezasseis dias, ou seja, mais de duas semanas.

terça-feira, abril 24, 2012

ACP disponibiliza aplicação para Android

Image Hosted by Google Écran da aplicação do ACP

O Automóvel Clube de Portugal (ACP) disponibilizou uma aplicação gratuita para a plataforma "Android", desenvolvida pelo Google, que permite aceder a um conjunto de informações relevantes para quem conduz em Portugal. Apesar de desenvolvida a pensar nos sócios, dado incluir guias de desconto, contactos do Clube e outras especificidades, mesmo quem não o seja pode encontrar inúmeras vantagens no seu uso, recorrendo, por exemplo, à ajuda no preenchimento de uma declaração amigável de acidente ou a uma pesquisa de trajectos. Toda a utilização é simples e intuitiva, resultando mesmo nos equipamentos com um écran de menores dimensões, tirando partido dos recursos deste tipo de equipamento, como o GPS ou o WiFi, de forma a proporcionar uma solução integrada. A aplicação do ACP pode ser descarregada gratuitamente através do "Android Market" ou "Play Store", para usar a terminologia mais actual, sendo compatível com versões 2.1 e superiores desta plataforma e requerendo 4 Mb disponíveis para a sua instalação.

Vantagens e desvantagens de importações da Ásia - 1ª parte

Image Hosted by Google Um adaptador "bluetooth"

Nos últimos tempos temos-nos apercebido de algumas descrepâncias de preço absurdas entre o mesmo produto adquirido localmente, mesmo em lojas que tipicamente praticam preços baixos, e o valor no país de origem, nomeadamente na Ásia. Exemplo é o adaptador "bluetooth" de pequenas dimensões que adoptamos, e que adquirimos pelo preço de uma libra, incluindo portes, e temos encontrado á venda por onze Euros, o que é quase dez vezes mais do que encomendando no exterior. Outro exemplo, menos gritante, é o dos cabos USB ou mini USB, que tipicamente se adquirem entre nós por entre dois e três Euros e que, encomendados no EBay, podem ser comprados por uma Libra o par, incluindo portes para Portugal. Neste último caso, o valor pago em Portugal será entre cinco e seis vezes mais elevado, e podiamos continuar a dar exemplos sucessivos de equipamentos, sobretudo a nível de electrónica, onde os portes pouco se fazem sentir dado o seu escasso peso e volume, que ilustram esta situação.

segunda-feira, abril 23, 2012

O rádio CB Voyager VR-119 - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack O "chip" HT64R64 para o Voyager VR-119

Existem selectores para o modo de operação, nomeadamente "normal", "canal 9" e "canal 19", bem como para selecionar AM ou FM e botões para ajuste do volume, "squelch" e selecção do canal, estando esta funcionalidade também disponível no microfone. O écran LCD, de boas dimensões e visibilidade, tem um medidor de S/RF, para além de indicador do canal, modo AM ou FM, modo de transmissão, e os botões acessíveis facilitam em muito a operação deste rádio que inclui ASQ. Está incluido o microfone, tal como o suporte para instalação em viatura, com todos os acessórios necessários com excepção da antena e respectivo cabo, e instruções de configuração e de utilização em diversas línguas. Não sendo tão conhecido como um Midland ou mesmo um TTI, o Voyager é uma opção interessante para quem pretende um rádio CB de baixo preço, talvez mesmo o mais baixo do mercado para este tipo de configuração, e pode ser um equipamento de entrada a ter em conta para quem pretenda um rádio a operar em AM e FM.

domingo, abril 22, 2012

O rádio CB Voyager VR-119 - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack O rádio CB Voyager VR-119

Entre as inúmeras ofertas de rádios CB a operar em AM e FM, o Voyager VR-119 destaca-se pelo muito baixo preço, aliado a um conjunto de características interessantes, que incluem a maioria das presentes em produtos da concorrência, a que acrescem algumas originalidades. O VR-119 pode ser adquirido por um preço que ronda os 50 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, aos quais podem ser adicionados direitos alfandegários, um valor competitivo para um rádio a operar em FM e AM e cujos 40 canais nativos podem ser expandidos a 240 mediante a substituição de um integrado. Por perto de 6 Euros, o fornecedor pode substituir o integrado de origem por um HT64R64, que, a pedido do comprador, pode ser incluido sem custos adicionais mas não instalado, operação que implica conhecimentos de electrónica pelo que se aconselha a solicitar o serviço na origem ou confiá-lo a um especialista. Após a substituição, os 40 canais de origem são expandidos a 240, sempre mantendo as frequências originais e mantendo a compatibilidade com as adoptadas a nível comunitário e nas potências adequadas ao uso em Portugal.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin