sábado, outubro 29, 2005

Indicador de combustível, temperatura e carga em Série 3


Image Hosted by Imageshack
Mostrador modelo Smiths

Bem mais barato do que uma unidade nova, cada vez mais difícil de encontrar ou de uma recondicionada, cujo qualidade do trbalho é sempre difícil de aferir e muitas vezes não passa de um simples teste de funcionamento, a aquisição de um mostrador em 2ª mão e em bom estado acaba por ser uma opção razoável.

Este indicador de níveis de combustível, adquirido num leilão em Inglaterra, temperatura e carga fabricado pela Smiths e utilizada durante anos pela Land Rover, é um modelo fiável, cuja longevidade faz justiça à dos Série em que era instalado.

A unidade que adquirimos, sendo usada, tem a face praticamente nova, pelo que apenas necessitou de uma pequena limpeza para ter o aspecto que se pode ver nas fotografias, notando-se apenas uma ou outra pequena imperfeição no aro exterior pintado em preto.


Image Hosted by Imageshack
Vista posterior de mostrador modelo Smiths

Se na primeira fotografia se pode ver a imagem mais conhecida deste mostrador, na 2ª podem-se ver as ligações para os vários indicadores de nível e a forma de fixação no interior do painel, através de 3 parafusos com grampos de fixação e porcas.

Chamamos a atenção para o facto de ser mais difícil encontrar velocímetros, dado que em Inglaterra a esmagadora maioria dos exemplares têm a escala principal em milhas e apenas uma secundária, de difícil leitura, em quilómetros por hora.

Neste caso concreto, por um preço de 6.50 £, a que acrescem algumas libras de transporte, foi possível obter esta unidade em perfeito estado de funcionamento e pronta a substituir, caso seja necessário, a que se encontra no nosso Série 3.

sexta-feira, outubro 28, 2005

In Amen we don't trust


Image Hosted by Imageshack
Site da Amen portuguesa

Hoje o site do Verão Verde surgiu substituido por uma versão antiga, sem que houvesse qualquer informação por parte do prestador de serviços, a Amen portuguesa.

Apesar de termos feito o upload integral do site, este permanece inalterado, levando sendo óbvio que há um erro a nível do prestador deste serviço ou foram efectuadas alterações sem comunicar ao cliente, sobretudo porque efectuamos testes junto de um servidor de backup na Netcabo e o site foi actualizado conforme era de esperar.

Independentemente do sucedido, é uma situação de extrema gravidade e juridicamente delicada, pois a substituição de um conteúdo, mesmo que por uma cópia antiga, pode ter implicações legais sérias que, para já nos abstemos de comentar.

Dado que este é o mesmo prestador de serviços que há meses permitiu a perda de mensagens de correio electrónico devido a "um problema num bastidor", não tendo prestado as devidas informações aos clientes, consideramos estar diante de um grave caso de reincidencia.

Acabamos de receber uma resposta da Amen, segundo a qual tal se deve a uma alteração de servidores que ficará regularizada dentro de horas.

No entanto, o facto de não haver um aviso prévio para algo que, segundo informação recebida, foi planeado, e o facto de esta situação ser classificada como uma mero inconveniente, continua a revelar um comportamento a todos os títulos inaceitável que muito reprovamos, pelo que informaremos a DECO do sucedido de forma a que os consumidores em geral sejam alertados para uma empresa que não cumpre os requisitos mínimos de qualidade.

Incêndios Florestais, Sociedade Anónima


Image Hosted by Imageshack
Conselho de Ministros

No próximo Sábado realiza-se um Conselho de Ministros extraordinário para analisar o relatório da APIF e estudar medidas de prevenção e combate aos fogos florestais.

Numa primeira análise do conjunto de propostas elaborado pela APIF, ficou-nos a ideia de que serão de execução difícil, sendo pouco consentaneas com o actual estado das finanças públicas, pelo que a implementação parece pouco crível.

Por outro lado, tratando-se de um plano complexo e a médio e longo prazo, fica em aberto o nível de vulnerabilidade durante o período que medeia até à sua entrada em vigor efectiva, sendo duvidoso que posteriores Governos não alterem ou esqueçam o que agora é proposto.

Mas um dos aspectos que mais reservas nos causam é o facto de se prever a constituição de uma sociedade anónima cujo papel se pode substituir ao do próprio Estado.

Embora a eficácia e a eficiência normalmente associadas a uma gestão empresarial possam e devam ser aplicadas na estratégia de prevenção e combate aos incêndios florestais, a sobreposição destas ao superior interesse público pode trazer consequências absolutamente contraditórias em relação aos fins a que se propõe, dando lugar a uma perspectiva economicista incapaz de defender as populações e os seus haveres.

Dado que a segurança e protecção dos cidadãos compete constitucionalmente ao Estado, a cedência deste dever exclusivo a uma empresa, mesmo que de capitais públicos ou municipais, parece-nos um precedente perigoso, sobretudo se imaginarmos o que poderá suceder extrapolando este novo conceito para outras áreas como a segurança interna ou a defesa nacional.

Aguardamos com interesse e alguma apreensão os resultados da reunião que decorrerá amanhã, esperando sinceramente que não assistamos mais uma vez a uma inversão de valores e a uma demissão por parte do Estado de uma missão que só a ele compete.

quinta-feira, outubro 27, 2005

Amortecedor de direcção com retorno (continuação)


Image Hosted by Imageshack
Site do distribuidor na Austrália

Seguem-se os esclarecimentos da empresa vendedora relativamente a esta peça que está à venda no EBay por 69.00 £ a que acrescem 28.00 de envio a partir da Austrália e eventuais direitos alfandegários.

Hi Nuno. Thanks for your email.

Our weblinks do not show the same degree of detail as provided in the ebay listing.

The damper is available to suit power steering models as well as non-power steering models.

We have asked ebay buyers to tell us whether or not they have power steering, because we supply a different strength of spring depending on the situation.

In your case, we will supply you the power-steering version of this damper. For your friends that don’t plan to fit power steering in the near future, we will provide them with the non-power steer version.

For your friends, I would choose the manual steer version of this damper and retain it even if they decide to go to power-steer.

If they go to power steering, they will still have the benefits they would have previously enjoyed, it’s just that they could get even better performance if they bought another power-steer version damper.

Best regards,

Kirk.


Assim, concluo que é possível usar a versão para direcção assistida mesmo em veículos que não a tenham, embora com uma menor força de retorno, sendo esta a opção para quem pretenda vir a instalá-la.

Quem não previr a instalação de uma direcção assistida, deverá escolher o modelo feito especificamente para o efeito, com a qual se obtém uma melhor força de retorno.

Tal como mencionamos, pode ser um auxiliar interessante a um preço razoável e muito abaixo dos praticados para as direcções assistidas, mesmo se entrarmos em conta com o custo das unidades vendidas em 2ª mão, que infelizmente são cada vez mais raras.

Barra para cintos de segurança para Série 3


Image Hosted by Imageshack
Barra para cintos de segurança

Este modelo de barra para cintos de segurança, adquirido em Inglaterra através do EBay, é, segundo nos foi dito, proveniente de um Série 2A ou 3 em versão militar com soft-top, notando-se várias diferenças em relação ao modelo actualmente instalado nos Defender.

Como particularidade, é totalmente construida em tubo com um diâmetro de 2.5 cm, com excepção dos suportes, sendo aparafusada em 4 pontos no topo da paredes laterais da caixa de carga logo atrás do habitáculo.

Possui dois orifícios roscados para o cinto na sua parte superior numa peça em angulo recto que permite uma fácil adaptação para outros fins

Apesar da sua rigidez e baixo custo, esta barra tem o óbvio inconveniente de ser completamente incompatível com o hard-top excepto se pensarmos em alterações que se podem revelar algo complexas e, provavelmente, injustificáveis.


Image Hosted by Imageshack
Detalhe da barra para cintos de segurança

Esta barra terá ainda uma segunda função, a de suportar o "hi-lift", bastando para tal colocar dois parafusos longos no local apropriado, de forma a poder segurá-lo com um par de porcas de orelha, evitando assim o sempre dispendioso suporte que é habitual adquirir.

A nossa opção será, em princípio, a de furar na peça vertical em cuja superfície horizontal é aparafusado o cinto, de modo a que o "hi-lift" fique numa posição paralela e a nível inferior relativamente à barra.

Esta disposição, com a inclusão do suporte do "hi-lift", obriga, naturalmente, a prescindir do suporte de colocação interior do pneu sobressalente, com a necessidade de o deslocar ou para o capot ou para a porta traseira, aumentando assim o espaço interior disponível, que nunca é muito num Série curto como o nosso.

Estas modificações serão efectuadas após a instalação da barra o que, conforme mencionado anteriormente, será efectuado quando o tempo justificar a remoção do hard-top e obrigar à recolocação dos cintos de segurança.

quarta-feira, outubro 26, 2005

Amortecedor de direcção com retorno ao centro


Image Hosted by Imageshack
Amortecedor RTC 4Way

Este modelo de amortecedor de direcção com retorno à posição central (Return to Center) surgiu recentemente no Ebay, anunciado pelo vendedor como um auxiliar de direcção aplicável nos Land Rover Série desde o S1 ao S3 e incluindo as versões curtas e longas.

Não sendo uma direcção assistida, o retorno automático da direcção à posicão central, ou uma ajuda mecânica nesse sentido, será sempre um contributo agradável nos Série, onde certas manobras, como o estacionamento em lugares apertados, exige algum esforço muscular.

Como as informações disponibilizadas são escassas, solicitamos por correio electrónico mais alguns detalhes no sentido de apurar se o mesmo amortecedor pode ser ajustável se for instalada uma direcção assistida ou se terá de ser substituido caso esta seja instalada.

Dado que na primeira resposta a esta questão, que pode ser determinante no caso de quem planeie no futuro instalar uma direcção assistida e não queira adquirir um novo amortecedor, aguardamos mais esclarecimentos que apresentaremos quando tivermos esta informação.

Alterações nos datums das cartas militares 1/25.000


Image Hosted by Imageshack
Site do Instituto Geográfico do Exército

Segundo informação do IGEOE, as cartas militares na escala 1/25.000 da Série 888 publicadas desde 01 de Maio de 2001, foram feitas segundo o datum e elipsoide WGS84 e não em European 1950 Portugal-Spain, sendo utilizada a projecção UTM.

Chamamos a atenção para este facto caso haja substituição de cartas dado que a manutenção do antigo datum leva a um desvio de vários metros, devendo esta alteração ser feita a nível do software utilizado para carregar os mapas.

Para mais informações, nos arquivos deste blog encontra-se um texto com algumas explicações sobre datums e as implicações que uma selecção errada podem ter.

Rádio Kington VHF TG-2118


Image Hosted by Imageshack
Radio Kington VHF TG-2118

Por um preço pouco superior ao de um simples "walkie-talkie", adquirimos recentemente no Ebay um rádio VHF por 60 euros, valor este já com envio a partir de Hong Kong e seguro, mas sem incluir eventuais direitos alfandegários.

Com uma potência de 2.5 W e seleção de frequencias por teclado, este modelo possui 15 memórias, capacidade de scanning e é fornecido com duas baterias recarregáveis e o respectivo carregador, para além dos laços e clips de fixação habituais.

Os modelos deste fabricante são capazes de operar em frequências entre os 130 e os 170 MHz ou na gama dos 300-400 Mhz, destinando-se a comunicar em VHF ou UHF.

Lamentavelmente, a qualidade de tradução do manual para inglês, a única para além do original em chinês, é de muito má qualidade, com frases completamente imperceptíveis alternando com erros clamorosos próprios de uma tradução automática sem revisão, o que obriga a várias experiências para configurar correctamente o equipamento.

Este tipo de rádio obriga, para ser utilizado legalmente, a uma licença a ser obtida junto da ANACOM ou, em alternativa, ficará restringido a situações em que exista um acordo de colaboração com entidades autorizadas a operar nas frequências de VHF, como é o caso das corporações de Bombeiros.

Dado que o nosso objectivo é o de o utilizar exclusivamente em cooperação com entidades autorizadas, as quais devem fornecer uma credencial com a devida permissão, a questão da licença fica, pelo menos para já e enquanto decorre um período de testes, adiada.

terça-feira, outubro 25, 2005

Geocaching em Portugal


Image Hosted by Imageshack
Site do Geocaching em Portugal

Em temos básicos, o Geocaching consiste num jogo onde se tenta descobrir um objecto, designado por "cache" através de coordenadas e com o auxílio de um aparelho de GPS.

Apesar do princípio lúdico, é uma excelente escola para quem se inicie nos meandros da orientação com recurso a meios electrónicos, podendo ser praticado quer individualmente quer em conjunto, a pé, de bicicleta ou em veículos todo o terreno, como aconteceu recentemente numa actividade conjunta com o Fórum Land Rover.

No site que referimos, encontram-se artigos, foruns e os contactos de numerosos praticantes desta modalidade ainda pouco conhecida, mas que estamos certos de que irá ter cada vez mais adeptos desejosos de descobrir não só as "caches", mas também o País em que vivemos.

Aconselhamos, se tal nos é permitido, a registarem-se e a participar ou pelo menos ler os artigos e as mensagens que estão no fórum, as quais constituem uma excelente base de aprendizagem para quem se interesse por questões de orientação.

Hard-Top modelo Santana - Algumas fotos


Image Hosted by Imageshack
Detalhe de janela interior de hard-top de Santana

Conforme mencionamos, disponibilizamos hoje mais duas fotografias com detalhes do hard-top de Santana, concretamente o detalhe de uma janela interior e uma vista lateral.

Esta 1ª fotografia destina-se a mostrar de forma mais detalhada as janelas laterais e superiores vista do interior do veículo, podendo-se verificar a espessura do hard-top, composto por superfícies exterior e interior independentes.

Este modelo de hard-top isola razoavelmente o interior do ponto de vista térmico, tanto quanto é possível num Land Rover Série, e não se nota entrada de água pelas várias janelas, sendo uma opção interessante mesmo em termos estéticos.

No topo, pode-se ver uma peça metálica cuja utilidade desconhecemos, pelo que agradecemos a quem tiver alguma informação, o favor de nos contactar.


Image Hosted by Imageshack
Vista lateral de hard-top modelo Santana

Na vista lateral distinguem-se as janelas com abertura de correr, num sistema muito semelhante ao das portas, e a claridade que, num dia de Sol, se pode sentir no interior do veículo entrando por 11 janelas só contando com as do hard-top.

Mesmo não sendo de grandes dimensões, o conjunto de janelas superiores altera de forma significativa a luminosidade interior quando comparada com as das versões inglesas, provavelmente menos inspiradas para tirar partido do Sol do que os modelos espanhóis.

segunda-feira, outubro 24, 2005

Miniaturas promocionais e angariação de fundos


Image Hosted by Imageshack
Miniatura de Land Rover dos Bombeiros

Têm surgido no mercado miniaturas de boa qualidade e a um preço acessível que reproduzem fielmente veículos utilizados por diversas corporações de Bombeiros.

Com valores que variam entre os 2.5 e os 5 euros, é possível adquirir modelos dos mais diversos veículos de emergência, que vão desde ambulâncias a auto-bombas, muitos deles feitos a pensar no mercado inglês ou espanhol.

Sabemos que ainda hoje os Série 3 continuam a prestar serviço em várias corporações, podendo ser individualizados através de logotipos e insígnias próprias de uma das inúmeras Corporações de Bombeiros de forma a tornarem-se peças únicas.


Image Hosted by Imageshack
Miniatura de Land Rover dos Bombeiros

Se bem que nas miniaturas vendidas comercialmente a decoração seja standard, é possível imprimir em papel próprio, que se pode adquirir em lojas da especialidade, as decorações que particularizam as viaturas de determinadas corporações, tornando-as em edições limitadas tão do agrado dos colecionadores.

Assim, propomos que estas miniaturas, devidamente decoradas com as insígnias individuais de cada Corporação, eventualmente acompanhadas de um autocolante ou de algo que personalize a embalagem, sejam utilizadas como forma de angariação de fundos, contribuindo assim para o equilibrio financeiro de cada Associação ou como contributo para outras acções de solidariedade protagonizadas por clubes ou outras entidades.

Alerta público contra o encerramento da APIF


Image Hosted by Imageshack
Site da Câmara de Miranda do Corvo

A Câmara Municipal de Miranda do Corvo, através de comunicado que transcrevemos parcialmente, alerta para a possível extinção da APIF.

Consta que o Governo tenciona encerrar a Agência Nacional para a Prevenção dos Incêndios Florestais (APIF).

Esta agência foi criada pelo Governo de Durão Barroso em Abril de 2004, tendo a mesma iniciado funções em Agosto de 2004.

A APIF está sedeada em Miranda do Corvo, na Zona do Pinhal, próxima da Universidade de Coimbra e equidistante de Lisboa e do Porto.

Depois da catástrofe dos incêndios florestais de 2005 tornou-se mais evidente que o país tem de apostar na prevenção dos incêndios e que não basta gastar dinheiro no seu combate.

O investimento na prevenção dos incêndios aumenta a riqueza nacional. A aposta prioritária no combate, com gastos excepcionais de dinheiro, empobrece o país.

É um absurdo político que o Governo pretenda encerrar a APIF.

A Câmara Municipal de Miranda do Corvo já pediu audiências ao Primeiro-Ministro, ao Ministro da Agricultura e ao Ministro da Administração Interna, alertando-os para este grave erro estratégico.

A APIF deve ver aumentadas as suas competências e ver reforçada a sua capacidade de intervenção, para poder ter uma actividade mais eficaz.

A Câmara Municipal vai apelar a todos os partidos políticos com assento na Assembleia da República para que impeçam este erro estratégico do Governo.

Vieram as chuvas mas os incêndios vão continuar em 2006.

É no Inverno que se deve planear a prevenção
.

Sabemos que o Partido Ecologista "Os Verdes" já solicitou explicações no Parlamento relativamente a esta questão.

Embora a actual disseminação de agências e autoridades possa ser contraproducente, a APIF, devido ao perfíl científico dos seus membros, tem uma especial capacidade de intervenção baseada na credibilidade das suas propostas.

Hard-Top modelo Santana em Série 3


Image Hosted by Imageshack
Vista interior de hard-top modelo Santana

Os Série são autênticos puzles, podendo dar origem a combinações algo imprevistas, nomeadamente através da instalação ou adaptação de peças ou opcionais que não constavam das especificações originais.

Neste caso concreto, o hard-top é de origem espanhola, proveniente de um Santana, com um conjunto de diferenças que mais distraidos podem confundir com a versão tropical, dada a existência de janelas laterais superiores, mas que é bastante diferente do modelo inglês nos detalhes.


Image Hosted by Imageshack
Vista traseira do hard-top Santana

Sem a típica cobertura dupla separada, como acontece com os modelos tropicais, a versão do Santana, tem ventiladores na parte traseira e um conjunto de 4 pequenas janelas na parte superior, o que contribui para uma maior luminosidade que alegra a atmosfera a bordo.

Neste caso, a própria porta traseira de abertura lateral é dividida em duas peças, podendo ser separada caso se opte por desmontar a capota rígida nos meses de Verão, algo que é permitido segundo o livrete do veículo e particularmente apreciado pelos proprietários dos Série.

Num próximo texto, que esperamos disponibilizar amanhã, vamos incluir mais fotografias deste modelo, incluindo os detalhes das janelas laterais que ainda faltam.

domingo, outubro 23, 2005

Proposta Técnica de Plano Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios


Image Hosted by   Imageshack
Site da Agência para a Prevenção de Incêndios Florestais

Está disponível em formato PDF, a Proposta Técnica de Plano Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios, que os mais interessados podem descarregar e analisar.

Após uma primeira leitura de um documento com mais de 200 páginas, a que se adicionam diversos anexos, a primeira impressão é de que estamos perante um documento bem elaborado mas cuja aplicação prática poderá não ter os resultados desejados dado não prever uma mobilização da sociedade civíl através da participação no esforço comum, prevendo apenas a sua sensibilização para a problemática dos incêndios florestais.

Também o envolvimento das autarquias e o esforço de desenvolvimento das áreas do interior não é contemplado com a importância que é devido ao factor que mais pode contribuir para a solução deste problema, deixando a amarga impressão de que tudo poderá ser solucionado de forma administrativa, erro comum e cujas consequências são por demais conhecidas.

Adicionamos o link para o Fórum dos Bombeiros do Distrito da Guarda


Image Hosted by Imageshack
Site dos Bombeiros do Distrito da Guarda

Os Bombeiros do Distrito da Guarda, para além do site, têm um fórum de discusão sobre temas relacionados com a sua actividade dirigido especialmente para os factos ocorridos no seu distrito.

Dado que vários dos leitores deste blog são do mesmo Distrito, sugerimos uma visita quer ao Site e aos links que nele se encontram, quer ao Fórum onde se podem encontrar comentários relativamente à problemática dos incêndios.

Para apoiar as iniciativas deste Grupo de Bombeiros, existe uma loja onde se vendem diversos produtos alusivos, para além de se poderem associar através dos sites das várias corporações.

Kit de insonorização para Série - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Esquema do kit de insonorização para Série

Para os mais interessados, aqui fica o esquema do kit de insonorização, com os recortes das várias peças que o compõem.

Todas estas peças são em material isolante, semelhante ao que se pode encontar na maior dos automóveis de produção recente e podem facilmente ser duplicados a partir deste esquema devidamente ampliado.

Para tal, basta usar como escala a medida de uma das peças de maiores dimensões e formato mais regular, como, por exemplo, as que ficam na zona dos pés.

Assim, a peça identificada com o número 4 e cuja dimensão lateral, em posição horizontal na imagem, é de 70 cm pode servir de escala para uma primeira ampliação após o que se pode proceder a testes que levem a eventuais ajustes antes de ampliar as restantes peças.

É um trabalho que pode requerer alguma paciência, mas que não exige nem muita prática, nem equipamentos complexos mas que também pode ser solicitado a quem esteja habituado a alcatifar, ficando bastante mais económico do que adquirir o kit pronto a instalar.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin