sábado, junho 30, 2012

25 anos da Land Rover Owners

Image Hosted by Google A capa no número de Julho da Land Rover Owners

A popular revista Land Rover Owners comemorou o seu 25º aniversário com o número de Julho de 2012, onde se podem encontrar conteúdos incluidos ao longo de um quarto de século de história em que acompanhou a evolução da Land Rover. Desde uma selecção das melhores capas aos melhores produtos, passando por uma comparação do Ninety de há 25 anos com o actual Defender, e, de forma análoga, entre o Range Rover e o L322, o passado da marca é revisitado através dos modelos que foram sendo lançados. Este número com 252 páginas já se encontra à venda entre nós, ao preço habitual de 7.10 Euros, e em breve deverá ser díficil de encontrar, pelo que aconselhamos aos interessados a adquirir este número com a máxima brevidade.

sexta-feira, junho 29, 2012

Periodicidade, outra vez...

Image Hosted by Google Umas jantes, um dos projectos adiados

Uma longa série de incidentes e de avarias, a que se adicionam obras em casa que decorrem há perto de um ano têm vindo a criar um sem número de dificuldades para manter a periodicidade deste "blog". Infelizmente, mais do que dispender tempo em projectos e actividades novas, o tempo nem tem chegado para responder a todas as solicitações para manter o rumo dentro da normalidade, sendo notório que estas dificuldades têm vindo a aumentar. O mais natural é que alguns dos projectos tenham que ser adiados, de forma a podermo-nos concentrar na resolução dos actuais problemas, esperando-se que em meados de Agosto ou em Setembro, estes possam ser retomados. Também a periodicidade do "blog", infelizmente, tem-se vindo a ressentir, não obstante o esforço que fazemos, mas estamos conscientes de que o tempo não é elástico e, por muito que tentemos, não conseguimos manter a cadência a que habituamos os nossos leitores, facto pelo qual apresentamos as nossas desculpas.

quinta-feira, junho 28, 2012

Atrasos no desalfandegamento via CTT aumenta - 3ª parte

Image Hosted by Google Uma central de distribuição dos CTT

Em termos fiscais, esta é a pior combinação possível, dado que as receitas revertem para outro país comunitário, não havendo lugar a pagamentos aquando da entrada em Portugal, pelo que, para além dos inconvenientes para o comprador, será igualmente prejudicial para o Estado. Os CTT, neste caso concreto dos desalfandegamentos, acabam por ser prejudiciais ao desenvolvimento económico e mesmo na cobrança de receitas fiscais, sendo este um dos exemplos típicos de mau dimensionamento, resultante de um rigor excessivo face aos meios disponíveis. No fundo, este é mais um exemplo de um conjunto de opções a nível fiscal que sufocam o País, estrangulando a economia, dificultando um sem número de actividades que necessitam de bens importados, adiando ou perdendo receitas que, quase certamente, em muito excedem a colecta obtida.

quarta-feira, junho 27, 2012

TwoNav a 29.99 Euros

Image Hosted by Google Folheto do TwoNav

Já descrevemos o TwoNav, um "software" de navegação do CompeGPS, em textos anteriores, mas o facto de agora ser possível adquirir a licença por apenas 29.99 Euros em vez dos anteriores 49.99 leva-nos a voltar a mencionar este produto. Para além da versão paga, é possível usar uma versão livres, com algumas limitações, mas que pode satisfazer alguns dos nossos leitores, sendo ambas compatíveis com plataformas Windows, Windows Mobile, Android e Apple.

terça-feira, junho 26, 2012

Atrasos no desalfandegamento via CTT aumenta - 2ª parte

Image Hosted by Google O compressor adquirido no EBay

Igualmente grave é a postura dos CTT, consubstanciadas em respostas padrão, que não abordam a situação específica, e que remete a responsabilidade para a Autoridade Tributária, a qual, na verdade, nem terá ainda recebido a documentação referente ao processo. As respostas dos CTT, para além de pouco esclarecedoras, enfermam de falta de rigor e, o que é mais grave, incluem informações que não correspondem à verdade, entrando em contradição com dados rigorosos fornecidos por outras entidades. Esta situação torna pouco convidativo encomendar fora de território comunitário, podendo levar a aquisições dentro da Comunidade Europeia, sendo que neste caso os direitos, caso existam, serão pagos noutro país, que não Portugal, levando à quebra de receitas fiscais. É manifesto que o preço de um sem número de produtos noutros países comunitários é francamente inferior aos praticados entre nós, mesmo acrescendo um valor para portes para Portugal, pelo que, mesmo sendo economicamente menos vantajoso do que adquirir na Ásia, o facto é que a rapidez de entrega, aliada a um preço competitivo pode levar a uma opção neste sentido.

segunda-feira, junho 25, 2012

Atrasos no desalfandegamento via CTT aumenta - 1ª parte

Image Hosted by Google O compressor adquirido no EBay

É manifesto que o atraso na entrega de equipamentos transportados pelos CTT adquiridos fora de território comunitário e que necessitam de inspecção alfandegária tem vindo a aumentar, com as demoras a passar todos os limites do aceitável. Parece óbvio que existem instruções no sentido de um maior rigor, inspeccionando e inquirindo acerca de todos os bens que possam vir a ser tributados, do que resulta um aumento do número de aberturas e, consequentemente, uma maior demora. Se a esta vertente adicionarmos a contenção de custos, o que implica que a um maior volume de trabalho não corresponde um aumento proporcional de recursos, a maior demora de todo o processo é inevitável, com prejuizos para os utentes deste serviço. Prazos que rondavam as duas a três semanas há um par de anos andam agora perto do dobro, com as entregas a demorarem entre cinco a seis semanas de forma consistente, o que refuta a excepcionalidade das situações, tal como alegam os CTT.

domingo, junho 24, 2012

Reparação de comandos 3TBX

Image Hosted by Google Comandos 3TXB

Os comandos remotos de dois botões 3TXB, entre outros modelos, são populares entre os proprietários dos Land Rover, sendo comuns em modelos Defender e Discovery, sendo que muitos deles acabam por se detriorar devido aos longos anos de uso. Excluindo a electrónica, que implica normalmente a substituição da unidade, e a habitual troca de pilhas, é o exterior e os botões, os únicos componentes móveis, os componentes que sofrem maior desgaste e mesmo algumas avarias. Um serviço de reparação, capaz de repor um comando num estado semelhante a novo e sem obrigar a reprogramação, implica substituir todo o exterior, os botões internos do comando, removendo e soldando butões novos, e a colocação de uma nova bateria CR2032. Este serviço implica enviar o comando para a morada do laboratório onde serão efectuadas estas operações, sendo o custo aproximado da operação perto de 25 Euros, sem incluir o envio, um valor muito inferior ao de um comando novo e ao próprio serviço de programação.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin