quinta-feira, dezembro 31, 2015

Vítimas mortais de acidentes de viação aumentam em 2015 - 1ª parte

A evolução dos números ao longo dos meses apontava para um aumento do número de vítimas mortais, como consequência de acidentes de viação, invertendo uma tendência que se tinha vindo a manter nos anos mais recentes, facto que, obviamente, é preocupante e merece reflexão.

É de notar que, partindo de uma sinistralidade extremamente elevada, muito superior à verificada na Europa Ocidental, a tendência de descida que se verifica desde os anos oitenta era inevitável, muito contribuindo para tal a melhoria da rede viária e do parque automóvel, que nos anos anteriores se tinha detriorado de forma muito significativa.

Com a melhoria das infraestruturas, e aqui podemos incluir o sistema de socorro e a rede hospitalar, a diminuição do número de acidentes e do total de vítimas foi consistente, ficando, no entanto, em aberto a questão do contributo dos condutores e restantes utentes da via para esta evolução favorável.

Assim, o aumento do número de fatalidades necessita de ser analisado, averiguando as circunstâncias de cada acidente, de forma a aferir se estamos diante de uma inversão da tendência ou se, mesmo que estatisticamente seja improvável, tal resulta de um conjunto de circunstâncias anómalas que, conjuntamente, resultem num aumento de vítimas mortais.

quarta-feira, dezembro 30, 2015

Projectos para 2016 - 3ª parte

Estamos certos de que existem oportunidade nesta área, actualmente dominada por um conjunto restrito de empresas que, independentemente da sua qualidade, apresentam, em muitos casos, soluções dispendiosas e pouco inovadoras, na sua maioria proveniente de mercados internacionais onde os preços praticados tendem a ser francamente mais competitivos do que entre nós.

Continuamos a explorar algumas possibilidades no âmbito do turismo rural e de todo um conjunto de actividades conexas, incluindo passeios, expedições ou explorações, adicionando a recolha de imagens e documentação que possam complementar outros projectos em curso.

A possibilidade de os vários projectos previstos se complementarem, interagindo entre sí, partilhando recursos, será sempre factor essencial no sentido da respectiva rentabilização, evitando custos ou despesas em duplicado, pelo que todo o trabalho de planeamento e gestão serão essenciais e determinantes para a sua concretização.

Naturalmente, caso a oportunidade se propicie, estamos abertos a outras possibilidades e colaborações, desde que tal não comprometa ou prejudique projectos em curso dos quais resultem o assumir de responsabilidades perante terceiros, tudo dependendo do decorrer de um ano que, na presente conjuntura política e financeira, antecipamos como difícil e pouco propício a grandes aventuras.

terça-feira, dezembro 29, 2015

Coletes térmicos com conexão USB - 2ª parte

Um termóstato controla a temperatura, de acordo com a selecção, evitando que subidas ou descidas relevantes, protegendo o utilizador contra queimaduras ou de um súbito arrefecimento, pelo que a ligação pode ser mantida sem que a tal corresponda um aquecimento para além do pretendido.

O colete é fechado por um simples fecho éclair e possui um par de bolsos exteriores, mas, pela sua configuração, destina-se a ser usado entre outras camadas de roupa, que protejam quem o veste, bem como o próprio colete, de impactos ou mesmo de água e sujidade.

O preço de um destes coletes pode rondar a trintena de Euros, incluindo portes a partir da Ásia, sendo de muito fácil utilização, dado que basta efectuar a conexão via cabo USB a um conector para que comece a aquecer, mantendo a temperatura, via bateria interna, mesmo após desligada a conexão.

Para quem necessite de manter o máximo de mobilidade, um colete deste tipo pode-se revelar adequado, evitando o recurso a vestuário mais pesado e mantendo uma temperatura corporal dentro dos limites pretendidos, sendo para tal apenas necessária uma ligação USB, cada vez mais comum, mesmo que via uma das populares baterias portáteis usadas para carregar dispositivos móveis.

segunda-feira, dezembro 28, 2015

Projectos para 2016 - 2ª parte

Outro projecto a iniciar será o de, conjuntamente com uma oficina, desenvolver um conjunto de peças e "kits" de melhoramento para os Land Rover, de modo a obterem um melhor desempenho e uma maior adequação a algumas actividades específicas, fazendo um esforço no sentido da melhor relação entre preço e qualidade.

O "kit" para os motores 200 e 300Tdi, que incluem medição e monitorização de gases de escape e modificação na bomba injectora, o sistema de carga modular, que se destina a permitir o transporte de pneu sobressalente e "jerry cans" no tejadilho, podendo ser complementado com placas de desatascanço, ou "sand ladders", serão as primeiras apostas nesta área.

Os sitemas de acomodação de carga, que recorrem a "Wolf Boxes" em vez de gavetas e se destinam às caixas de carga dos primeiros modelos de Discovery e Range Rover, bem como os testes e eventual adopção de sistemas electrónicos de diagnóstico e os módulos de seguimento, estes já bem testados nas suas múltiplas funcionalidades, também serão incluídos num futuro projecto.

Já foram selecionados alguns fornecedores, com o objectivo de obter preços competitivos e soluções alternativas, evitando dependências excessivas ou dificuldades de fornecimento, estando ainda em aberto um conjunto de parcerias e colaborações, de preferência distribuidas por todo o País.

domingo, dezembro 27, 2015

Coletes térmicos com conexão USB - 1ª parte

Com temperaturas baixas, naturais durante o período Invernal, o habitáculo de diversos veículos, e o Defender é um bom exemplo, tendem a ser desconfortáveis, não protegendo adequadamente os ocupantes do frio, pelo que é sempre recomendável o uso de vestuário térmico.

Como alternativa a vestuário mais pesado, que tende a dificultar os movimentos, estão cada vez mais difundidos os coletes com resistência eléctrica interna que possa ser alimentada através de uma conexão USB, existente, de forma nativa ou via adaptador, num número crescente de veículos.

O modelo que apresentamos hoje é exemplificativo dos diversos coletes disponíveis no mercado, podendo ser fornecido em diversos tamanhos, desde o médio ao extra largo, embora seja sempre de verificar se estas designações são as que correspondem às medidas, sendo essencialmente composto por uma resistência, semelhante à de um cobertor eléctrico, dentro de um invólcuro em nylon/poliéster.

Uma característica deste colete é a de possuir três níveis distintos de aquecimento, através de um botão que inclui um símbolo avisador para cada, de cores vermelho, branco e azul, vísivel no exterior, correspondentes a temperaturas crescentes que, no limite, podem atingir os 60º.

sábado, dezembro 26, 2015

Localizar combustíveis mais baratos em "Android"

No tempos que correm, poupar é essencial e muitas aplicações têm como objectivo ajudar o utilizador a reduzir os custos, comparando preços e determinando o melhor local para efectuar uma compra que pode atingir um montante razoável, como atestar um depósito de combustível.

Entre as diversas aplicações para "Android" que se destinam a este fim, a "Viva Gas", da Memória Visual, foi a que apresentou melhores resultados, acedendo de forma correcta aos dados constantes da Direcção Geral de Energia e Geologia, a qual deve ser informada de véspera pelos revendedores, sobre os quais efectua um conjunto de operações, devidamente parametrizadas e filtradas pelo utilizador, que permite determinar o preço mínimo efectivo.

Este preço depende de factores como a distância a percorrer até ao local de abastecimento, recorrendo ao GPS do equipamento, o preço do combustível, o total de litros a abastecer ou a existência de cupões, mas não entra em conta, por exemplo, com o percurso a efectuar e quais os locais de abastecimento ficam de caminho ou na sua proximidade.

Acresce o facto de a aplicação ajudar a chegar ao local de destino, neste caso ao posto de abastecimento, e ser gratuita, consumindo apenas o tráfego de dados necessário para a navegação, e ocupando apenas de 4.5 Mb na memória do dispositivo, pelo que, caso através dela se obtenha alguma poupança, a sua instalação mais do que se justifica.

sexta-feira, dezembro 25, 2015

Feliz Natal de 2015

Tal como nos anos anteriores, e já são muitos desde que iniciamos este "blog", vimos desejar a todos os nossos amigos e leitores e respectivas famílias um Natal muito feliz e de agradecer, mais uma vez, a vossa presença e incentivo nos anos em que temos vindo a manter este "blog", e, especialmente, durante o ano de 2015, que está prestes a terminar.

Estamos conscientes de que, para muitos, estes anos, conjuntamente, formaram um ciclo duro, onde se multiplicaram situações complicadas e recordações dolorosas, algumas das quais deixarão marcas permanentes, pelo que nesta época de esperança, queremos lembrar aqueles que mais precisam de apoio, mesmo que este seja apenas uma palavra amiga.

Optamos por ilustrar este pequeno tecto com uma foto de um dos gatitos do bairro, o "Jaguar" com um fundo diferente, num trabalho em Photoshop, que é uma forma de recordar que muitos desses simpáticos amigos continuam à espera de um lar digno desse nome e de uma família a que possam chamar sua.

Para todos, os mais sinceros votos de umas Festas muito felizes.

quinta-feira, dezembro 24, 2015

Projectos para 2016 - 1ª parte

No final de mais um ano, durante o qual alguns dos projectos previstos foram cancelados ou adiados, por falta de disponibilidade ou porque conjunturalmente se considerou não ser a altura adequada para os concretizar, começamos a estabelecer quais os planos a realizar durante o ano prestes a começar.

Como prioridade, e independentemente dos apoios que sejam ou não obtidos, o projecto "Entre Fantasmas e Memórias", para o qual foi sendo efectuada uma preparação cuidada, incluindo estudos de viabilidade, e com o qual participamos no concurso da "Acredita Portugal", será o primeiro a ser iniciado.

Os meios necessários, incluindo a totalidade do material considerado indispensável, já se encontra disponível, ficando a faltar, unicamente, um "drone", com o qual pretendiamos obter um conjunto de perspectivas diferentes, mas consideramos que a indisponibilidade deste equipamento não deve comprometer o arranque do projecto e a construção de uma maquete que possa ser apresentada a possíveis financiadores ou apoiantes.

Está previsto começar pelo Centro do País, onde existem bases de apoio e núcleos ou clubes disponíveis para colaborar, bem como contactos junto de autarquias, o que facilita a divulgação do projecto, essencial para que este tenha o necessário equilíbrio financeiro que permita a sua realização através de etapas regulares.

quarta-feira, dezembro 23, 2015

O iCarsoft LR II Scanner - 2ª parte

O conjunto inclui, para além do "scanner", um cabo USB, um cartão de memória e um leitor USB que permite ler o cartão num computador pessoal, uma bolsa em "nylon" para transporte e o manual de utilizador, sendo assegurados pela iCarsoft que actualizações estarão presentes na Internet sem custos adicionais.

Este "scanner" suporte e está completamente desbloqueado para os seguintes modelos, incluindo os Discovery 2, com motor Td5 e centralinas MSB e NNN, mas não se encontram listados os Defender com o mesmo motor e gestão electrónica, apesar de surgirem no menu de selecção:

Discovery 2 1999 - 2004
Discovery 3 e 4 2004 - 2013
Freelander 1999 - 2007
Freelander 2 2008 - 2013
Range Rover 1999 - 2013
Range Rover Sport 2005 - 2013
Range Rover Evoque 2012 - 2013

Obviamente, perante as funcionalidades anunciadas e o conjunto de veículos suportados pelo fabricante, será sempre de conferir cuidadosamente se todas as funções estão presentes para os vários modelos e se a qualidade de informação fornecida, aferida por outro equipamento, está de acordo com o esperado.

O preço, não incluindo portes, ronda os 170 Euros, a que pode acrescer o VAT inglês e portes, conforme o regime fiscal e localização do comprador, o que pode resultar num preço final que ronda os 230 a 240 Euros, um valor que se pode justificar para quem efectue reparações nos vários modelos suportados.

terça-feira, dezembro 22, 2015

"Kits" de medição de gases de escape por 15 Euros - 2ª parte

Os resultados são apresentados num simples mostrador de 52 milímetros, para o qual estão disponíveis inúmeros suportes, singulares ou agrupados, podendo inclusivé substituir outro mostrador ou um relógio que tenha o mesmo diâmetro e seja considerado como dispensável.

O mostrador tem ligações para os conectores da sonda, bem como para alimentação, que deve ser permanente desde que com o veículo ligado, sendo retro iluminado através de "led", o que permitre ver com facilidade a escala graduada em graus célcios e que vai desde os 200 aos 1.200º, com uma margem de erro anunciada de 1%.

O preço de um destes "kits", incluindo portes a partir da Ásia, em pouco ultrapassa a quinzena de Euros, mas acresce, caso necessário, o suporte, que pode custar dois a três Euros, caso seja dos mais simples, a rosca para soldar na chapa que tapa o local de montagem da EGR, se for esta a opção, bem como a instalação, se esta for efectuada por um profissional pelo que, sem mão de obra, esta solução se pode aproximar da vintena de Euros.

No entanto, mesmo que consideremos este último valor, o acréscimo de segurança que a medição da temperatura dos gases de escape, um valor quase sempre negligenciado, mesmo em veículos modificados, mais que justifica este investimento num equipamento que, curiosamente, se encontra muito pouco divulgado entre nós, com as poucas soluções anunciadas a ter preços quase proibitivos.

segunda-feira, dezembro 21, 2015

O iCarsoft LR II Scanner - 1ª parte

O iCarsoft LR II Scanner é um dispositivo portátil de diagnóstico via OBDII/EOBD destinado aos Land Rover com gestão eletrónica, incluindo os principais modelos fabricados desde 1999 a 2013, bem como a todos os Jaguar entre 1994 e 2014, mas não se destina a efectuar programações, para o que será necessário outro tipo de equipamento.

Este equipamento permite ler, apagar e reiniciar códigos de erro e de serviço, nomeadamente os que surgem periodicamente, para além de ler e apresentar graficamente dados obtidos em tempo real através dos vários sensores do veículo, dependendo a extensão da informação da que é fornecida pela unidade electrónica que gere a viatura.

Entre as informações obtidas estão os testes e anulação de erros provenientes de ABS, EPB, SBC, ETC, SRS e da ECU ou centralina e o apagar de informação de serviço de óleo, travões, SAS e ETC nos modelos a partir de 2003 que implementam estas funcionalidades.

O iCarsoft LR II Scanner possui um écran a cores de 4 polegadas, permitindo uma leitura fácil, é controlado através de um conjunto de botões, sendo ligado a uma porta de diagnósticos através de um cabo com 1.80 metros de comprimento, com o equipamento a demonstrar solidez e qualidade de construção.

domingo, dezembro 20, 2015

"Morgaine Le Fey" - fotografia, vídeo, música e poesia

Porque os novos talentos merecem uma oportunidade, ou várias, divulgamos o trabalho de "Morgaine Le Fey" nas áreas da fotografia, vídeo, música e poesia, agora patentes num "site", onde é possível apreciar alguns dos exemplos de obras produzidas.

Para além dos diversos exemplos, nas várias áreas, está também disponível um formulário de contacto, para quem pretender recorrer à colaboração da autora nas diversas áreas a que se dedica ou, simplesmente, comentar os trabalhos aí expostos após percorrer as várias secções.

Sugerimos uma visita ao "site" e, caso possível, que ajudem a divulgar, aumentando assim a possibilidade de surgirem novas oportunidades a quem se encontra no início de uma carreira no campo artístico, onde todos sabemos que as dificuldades, sobretudo no início, podem comprometer novos talentos.

sábado, dezembro 19, 2015

Capas para assentos Tirol - 2ª parte

É de notar que este tipo de capa resulta bem em assentos com dimensões dentro do mais habitual, o encosto de cabeça fixa, sem "airbags" laterais, mas que não será o mais adequado noutros casos, para os quais existem modelos específicos, que permitem um conjunto de ajustes diferentes e não interferem com a utilização do "airbag", resultando, naturalmente, num preço bastante superior.

Por exemplo, o modelo básico da Tirol é compatível com os assentos de um Discovery 1, não apresentando problemas de instalação ou questões de conforto, mas já não tem o mesmo nível de compatibilidade com os assentos de um Defender e resulta mal nos modelos mais recentes, como os últimos Range Rover, incluindo o Evoque, ou os Discovery "Sport", que possuem assentos bem mais volumosos e sofisticados.

Disponíveis em diversas combinações de cores, mas com predominância para o negro, eventualmente combinado com cinzento ou creme, vendidos em conjuntos completos ou individualmente, os forros da Tirol custam, em média, 5 Euros por assento individual, incluindo o forro e o respectivo conjunto de moldas de fixação em plástico.

Do mesmo fabricante, e na mesma área, estão disponíveis conjuntos mais complexos, com encosto de cabeça separado, num total de 11 peças, protecções, para transporte de animais ou esteiras com sistema de aquecimento, todos com diversas combinações de cores e mesmo de finalização, acrescendo diversos acessórios para veículos destinados a fins completamente distintos.

sexta-feira, dezembro 18, 2015

Último Defender vendido por 549.000 Euros

O último Defender, com o número 2.000.000, foi arrematado por 549.000 Euros, sem dúvida o valor mais alto alguma vez pago por um exemplar deste modelo, com esta soma a reverter para instituições de solidariedade, incluindo a Cruz Vermelha e o Crescente Vermelho.

O processo de construção deste exemplar, leiloado pela Bonhams, estiveram envolvidas diversas personalidades ligadas à Land Rover, tornando-no num veículo único em termos de detalhes, da documentação, e do simbolismo, representando toda uma tradição e um longo percurso iniciado nos anos quarenta.

Era absolutamente inevitável que o último exemplar de uma longa linha de veículos, e estima-se que durante a última metade do século XX, o primeiro veículo a motor visto por metade dos habitantes deste planeta tenha sido um Land Rover, tenha tido como destino ajudar obras de solidariedade e de assistência, muitas das quais, desde há muito, utilizam modelos semelhantes nas mais difíceis condições.

Fecha assim, com chave de ouro e sem sucessor à vista, a produção do Defender, terminando uma longa linhagem que teve origem nos anos quarenta do século passado, sabendo-se que qualquer que seja o modelo que lhe suceda, independentemente da sua qualidade e carisma, terá muito pouco em comum com um veículo cuja forma de construção está hoje completamente em desuso.

quinta-feira, dezembro 17, 2015

"Kits" de medição de gases de escape por 15 Euros - 1ª parte

A medição da temperatura de gases de escape já foi abordada em textos anteriores, mas a importância de que se reveste, sobretudo quando estão em causa motores com algum tipo de modificação, da qual pode resultar um aumento de temperatura, leva-nos a voltar ao assunto, propondo o "kit" mais barato que encontramos no mercado.

Alertamos para o facto de este tipo de leitura ser efectuada de forma completamente diferente à do habitual termómetro, que mede a temperatura do líquido de refrigeração, enquanto neste caso a medição é dos gases de combustão, portanto traduzindo a temperatura interna do motor, que pode subir de forma desfazada relativamente ao líquido de refrigeração.

Tal como outros "kits", este é composto por uma sonda em aço inoxidável 304, com um diâmetro de 5 milímetros e um comprimento de 3 centímetros no respeitante à zona a ser exposta ao calor, e um comprimento total de 8 centímetros, à qual vem ligado um cabo de 2 metros, isolado e devidamente terminado.

A sonda tem uma roscagem 1/8" NPT, de compressão ajustável, e que pode ser colocada, tal como sugerimos, recorrendo a uma das placas que destinada a substituir a válvula de recirculação de gases de escape, ou EGR, devidamente modificada, que deve ser furada e roscada de forma adequada, eventualmente usando uma simples porca com a roscagem da sonda.

quarta-feira, dezembro 16, 2015

Gorro com "kit" de mãos livres

Um dos "kits" de mãos livres mais baratos, e talvez dos mais práticos, pelo menos no Inverno, é o simples gorro de vigía, muitas vezes designado por "watch cap", no qual se encontra incorporado um sistema de alta voz que comunica via "bluetooth" com um equipamento móvel.

Recorrendo ao protocolo "Bluetooth" V3.0+EDR, o pequeno sistema integrado tem um alcance de 10 metros, possuindo no seu interior uma pequena bateria de iões de lítio de 3.7 volts e 120mA, carregada via USB, que, após duas horas e meia de carga, permite um tempo de "standby" de 60 horas e até três horas e meia de uso activo.

Na parte lateral encontra-se um pequeno painel de controle, que permite activar o sistema, seja para atender chamadas e falar com mãos livres, seja para ouvir música, e aumentar ou diminuir o volume, com toda a electrónica a poder ser removida, de modo a que o gorro possa ser lavado com facilidade.

Disponível em diveras cores, sobretudo neutras, e em combinações de cores, neste caso em padrões algo vistosos, este gorro serve em cabeças com circunferência entre os 56 e 62 centímetros, tendo um preço a partir dos 7 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, bem como o cabo para alimentação, o que o transforma num dos sistemas de mãos livres mais acessíveis do mercado.

terça-feira, dezembro 15, 2015

Land Rover vai ter fábrica na Eslováquia

Confirma-se que a Land Rover irá ter uma fábrica na Eslováquia, onde, a partir de 2018, serão produzidos os veículos construídos em alumínio e, muito possivelmente, o sucessor do Defender, estando estimada uma produção inicial de 150.000 unidades por ano.

Na fábrica da cidade de Nitra, estará disponível a tecnolgia mais avançada, com indicações de que o novo Defender não usará o chassis T5, usado nos Discovery 3 e 4 e nos primeiros Range Rover Sport, abrindo caminho a um modelo completamente novo, cujos contornos ainda se desconhecem.

Depois de um investimento adicional de 450 milhões de Libras no centro de construção de motores de Wolverhampton, a nova fábrica vai elevar substancialmente o total de investimentos da Jaguar Land Rover, que deverá atingir os 11.000 milhões ao longo dos últimos 5 anos, como forma de aumentar a produção a níveis nunca antes atingidos.

Não obstante uma produção cada vez mais disseminada por todo o Mundo, a Land Rover continua a afirmar-se como uma marca inglesa, que pretende manter um estilo muito próprio, sendo para isso essencial que o sucessor do Defender esteja à altura das tradições de um dos mais icónicos modelos da marca, assegurando assim uma continuidade desde a apresentação dos primeiros série.

segunda-feira, dezembro 14, 2015

O localizador TK206 para portas ODB2 - 2ª parte

É de notar que este localizador, muito simplificado, usa a porta ODB2 para alimentação, não para obter dados, pelo que, caso o pino de alimentação seja padronizado, os restantes protocolos usados são irrelevantes, por esta informação, usada por localizadores mais sofisticados, não ser utilizado por este modelo.

Com apenas 7.3 x 4.8 x 2.5 centímetros, funcionando com alimentação a 12 ou 24 volts, este localizador suporta as habituais bandas GSM a operar em 850, 900, 1800 e 1900 MHz e GPRS classe 12, usando TCP/IP, o que permite ser utilizado em todo o Mundo, desde que as temperaturas sejam entre os -20º e os 70º.

Naturalmente que, para que este localizador cumpra adequadamente a sua função, a porta ODB2 tem que estar protegida, de modo a impossibilitar que o TK206 seja removido, do que resulta, naturalmente, a sua inutilidade funcional, a menos que seja mantido no interior do veículo, o que, graças à bateria interna, o mantém em acção.

O preço de um destes localizadores, incluindo portes, pode ficar abaixo da trintena de Euros, do que resulta não pagar direitos alfandegários, caso adquirido por um particular, constituindo uma alternativa interessante para quem possua um veículo com conector ODB2 e pretenda um sistema simples e prático de o localizar.

domingo, dezembro 13, 2015

Novos produtos da MUD para Defender

Entre os novos produtos que podem ser tentadores neste Natal que se aproxima, encontra-se a luz interior para Land Rover Defender proposta pela MUD, vendida por perto de 75 Euros, e que substitui, de forma simples e sem implicar transformações, a original, conhecida por ser pouco eficiente.

Baseada na tecnologia "led" cerâmica, de alta qualidade, esta luz de 6.000K tem uma intensidade e tonalidade que a aproxima da luz do dia, facilitando a visão no interior, sendo complementado por um "led" de cor vermelho destinado a uma melhor visão durante a noite, selecionável por um simples "switch".

Para o Defender 110 "Utility Wagon", um modelo semelhante à "Station Wagon", mas com compartimento traseiro destinado a carga, a MUD disponibiliza um conjunto de paineis que encaixam nos recortes das janelas, cobrindo-as de forma eficar, melhorando a finalização e reduzindo o barulhor.

Estes paineis, cujo preço se aproxima dos 240 Euros, inclui bolsas em rede para pequenos objectos, sendo de muito fácil instalação e contribuindo de forma significativa para o conforto, sobretudo se o veículo for utilizado em expedições ou viagens longas e tiver sido convertido para permitir habitar no interior.

sábado, dezembro 12, 2015

Capas para assentos Tirol - 1ª parte

O desgaste nos forros dos assentos de um todo o terreno é quase tradicional, sendo soluções típicas substituí-los, caso haja problemas estruturais, forrá-los de novo, dispendioso, mas que pode repor um assento como novo ou adquirir uma capa, talvez a solução mais prática e aquela que se apresenta como mais flexível.

Recorrer a uma capa, ou conjunto, tem um valor módico, mas esta tem que ser escolhida com cuidado, de modo a que o ajuste seja adequado, evitando que deslize com facilidade, o que implica possuir molas de fixação e a dimensão certa, mesmo que recorrendo a alguma elasticidade do tecido, o qual deve ser ligeiramente almofadado e, sobretudo, respirável, evitando o acumular de transpiração.

No caso das capas da Tirol, um dos numerosos fabricantes provenientes da Ásia, o tecido é composto por um misto de 63% de poliéster, a que acrescem outros 15% de poliéster não interlaçado e 22% de esponja, que amortece e compensa algum desgaste do forro original, sendo igualmente transpirável, resultando num material leve que permite manter o peso perto das 200 gramas para cada assento.

A instalação é extremamente simples, bastando envolver o assento com a capa, procedendo aos sempre necessários ajustes, e fazendo passar a extensão para fixação entre as costas e base do assendo, recorrendo-se aos pequenos "clips" incluidos para fixar correctamente a capa, que é compatível com a maioria dos assentos com encosto de cabeça.

sexta-feira, dezembro 11, 2015

O U100 UBS da Auto Plast Produkt - 2ª parte

A aplicação pode ser feita sobre metal, desde que limpo e sem vestígios de corrosão, sobre plástico, sobre um primário, ou sobre uma pintura, desde que em bom estado, devendo ser removidos materiais flexíveis, como massas com base de borracha, sendo aconselhável usar lixa ou mesmo um produto abrasivo para o efeito.

É possível adquirir meia dúzia destas latas por um valor que ronda os 25 Euros, acrescendo portes, que, a partir da Europa, podem-se aproximar da quinzena de Euros, constituindo uma excelente alternativa para proteger as zonas mais expostas de um veículo, isolando-o devidamente contra elementos e um uso mais violento.

Semelhante, mas destinado proteger de entidades mais violentas, o U200 UBS está disponível em "spray" de 500 gramas, nas cores negro, cinzento e branco, e em latas de 1 litro, nas mesmas cores, destinado a ser aplicado através de uma pistola com compressor, sendo uma boa alternativa para ambientes onde os impactos sejam mais severos.

Qualquer destes produtos tem uma relação preço/qualidade interessante, resultando numa solução muito pouco dispendiosa caso aplicada pelo próprio e seja dispensada uma pintura adicional, tendo como senão alguma rusticidade, tolerável num todo o terreno, e a falta de opções em termos de cores, o que, sendo um pouco limitativo, não compromete uma opção que consideramos dever ser tida em conta na altura de escolher uma pintura.

quinta-feira, dezembro 10, 2015

O localizador TK206 para portas ODB2 - 1ª parte

Os cada vez mais diversificados sistemas de seguimento para veículos que ligam directamente ao conector de diagnósticos, a porta ODB2 instalada na maioria dos veículos recentes, levam a que muitos fabricantes transponham a electrónica de versões mais comuns para este tipo de localizador.

O TK206, um modelo Xexun ou derivado desta, conforme a proveniência, corresponde, de forma simplista, à electrónica de um conhecido TK102 implementada num invólcuro que obtém alimentação eléctrica e sinais de comunicações através da porta ODB-2, dispensando assim instalação, que se limita a encaixar o localizador no seu local de funcionamento.

Assim, dentro de um pequeno invólcuro está um receptor de GPS que, através de um equipamento de comunicações que recorre à rede móvel, tendo no seu interior um vulgar cartão SIM, envia e recebe dados para um telemóvel, caso se usem SMS como forma de comunicação, ou para uma plataforma mais sofisticada, se a opção for recorrer a dados via TCP/IP.

O sistema de GPS e LBS tem uma precisão na ordem dos 5 a 20 metros, possuindo indicador luminoso de sinal de GPS, estando implementadas as habituais funcionalidades de alarme de velocidade excessiva, saida de uma zona pré-delimitada, corte de bateria ou armazenamento de percursos efectuados por um período de até três meses.

quarta-feira, dezembro 09, 2015

O U100 UBS da Auto Plast Produkt - 1ª parte

Quando se fala em pinturas destinadas a proteger veículos, o nome Line-X surge em primeiro lugar, mas o elevado preço do produto e a necessidade de equipamento específico para aplicação, sobretudo quando a ideia é pintar uma maior extensão, pode desencorajar muitos interessados, levando-os a equacionar outras opções.

O U100 UBS da Auto Plast Produkt, uma empresa polaca que produz diversos produtos para veículos, é um revestimento com base de resinas, que inclui um grande número de partículas sólidas, numa percentagem de 72%, protegendo eficazmente contra projecções e pequenos impactos.

Considera-se que possui uma resistência química muito boa contra óleos, água e sal e boa contra acidos e bases,, suprimindo ainda bastante o ruido, podendo servir de base para outra pintura, aplicada de forma idêntica a sobre um primário convencional.

O U100 UBS é vendido em latas de 1 quilo, estando disponível em negro e cinzento, cada uma delas permitindo cobrir, via aplicação à pistola, entre 5 e 7 metros quadrados, com secagem em perto de uma hora e meia, podendo ser aplicada uma segunda camada uma hora após a primeira.

terça-feira, dezembro 08, 2015

Saco de tejadilho da Front Runner

Concebido para armazenar as populares "Wolf Box", muito utilizadas em expedições, o saco de trânsito desenhado pela Front Runner adequa-se ao transporte de outros conteúdos, podendo ser colocado numa grade de tejadilho, onde resiste bem a vento e chuva e mesmo a pequenos impactos com ramos.

Este saco tem 121 x 52 x 27 centímetros, quando cheio, ocupando um volume insignificante quando dobrado e armazenado, e é feito num tecido "denier" 600, em poliéster, acolchoado, sendo fechado por um fecho éclair, o qual é protegido por uma dobra de tecido, segura na posição pretendida por velcro.

Uma vez cheio, este saco é colocado sobre uma grade e prende-se por um conjunto de tirantes ou correias, devendo-se, naturalmente, ter em atenção o peso no interior, que pode desequilibrar o veículo, ou mesmo a existência de arestas que, em manobras mais agressivas, podem ir danificando ou enfraquecendo este saco.

Com um preço que ronda os 110 Euros, acrescendo portes, quando aplicável, esta não é uma solução particularmente económica, sendo o preço justificado pela qualidade e pela capacidade para armazenar um grande volume no seu interior, protegendo-o adequadamente, e possuir as dimensões certas para quem pretenda utilizar este saco para proteger "Wolf Box" armazenadas no exterior de um veículo.

segunda-feira, dezembro 07, 2015

Falta de acessibilidades em ambiente urbano - 3ª parte

A dificuldade é agravada quando a iluminação pública é afectada, algo bastante comum neste tipo de situação, não apenas pela remoção temporária de candeeiros, mas também pelo corte geral que ocorre quando a rede é danificada ou interrompida, facto que temos comprovado acontecer com uma muito maior frequência do que se espera.

Circular sem iluminação, e recordamos que no Inverno, pelas 17:30 pode ser noite, sobre vias cobertas de terra e destroços, é manifestamente complexo, sobretudo quando a zona é relativamente desconhecida e, portanto, propensa a diversas surpresas, que podem surgir sob as mais diversas formas, incluindo, por exemplo, acessos ao sistema de esgotos abertos.

Caso estejamos a falar de veículos de socorro ou das forças policiais em deslocação de urgência, efectuada a uma velocidade elevada, a probabilidade de um acidente aumenta, tal como as consequências de uma opção errada na escolha do trajecto, sendo perfeitamente possível que a missão fique comprometida ou com resultados aquém do esperado e mesmo do minimamente exigível.

A falta de acessibilidades, infelizmente, é comum em meios rurais, mas tende a ser ignorada ou negligenciada em ambientes urbanos, onde se assume que tal problema não se coloca, excluindo-se situações excepcionais ou como consequência de um tráfego particularmente intenso, pelo os cuidados necessários para obviar a problemas ou demoras no socorro são omitidos dos planos de obras, os quais não contemplam alternativas adequadas.

domingo, dezembro 06, 2015

Lâmpada de trabalho em retrovisor de Defender

Integrar uma luz de trabalho no espelho retrovisor de um Defender, pode parecer um "ovo de Colombo", e permite de forma simples e eficaz dispor de um foco orientável de forma manual ao alcance da mão, com possibilidade de orientar o foco para toda a zona lateral do veículo.

Esta peça, disponibilizada pela Bearmach sob a referência BR1914LEDK, encaixa nos mesmos braços de suporte dos espelhos de origem, bastando efectuar a sua substituição e a ligação a um ponto de alimentação com interruptor e, preferencialmente, fusível independente.

A iluminação é proporcionada por um sistema de "leds" de 21W, possui um encaixe para os dedos, de modo a facilitar a orientação, e é finalizada em negro fosco ou brilhante, mas pode ser facilmente pintado noutra cor, caso se pretenda que combine com a cor do veículo onde é instalado.

Com um preço que fica um pouco abaixo dos 60 Euros, a que acrescem portes, esta é uma solução prática, fácil de instalar e fornecida a um preço aceitável, mas que, tal como quase tudo entre nós, pode ter implicações legais, pelo que a Bearmach devia providenciar uma tampa adequada, que evitasse que esta luz ficasse visível quando não em uso.

sábado, dezembro 05, 2015

"Download" de albuns no Facebook

O Facebook permite agora descarregar, de uma só vez, cada album alojado nesta rede social, em vez de, tal como até agora, obrigar a efectuar o "download" individual de cada foto, o que resulta num processo lento e trabalhoso caso o número de fotos incluidas seja elevado.

Nas configurações de cada album ou "settings", surge agora uma opção que diz "Download album" e, ao ser selecionada, alerta para uma eventual demora no processamento, dependendo da dimensão do album, avisando o utilizador quando pode efectuar a gravação numa unidade de armazenamento.

As fotos são comprimidas num único ficheiro de extensão ".zip", que pode ser descompactado pelo próprio sistema operativo, para além dos programas habituais, como o "PkZip" ou o "7-Zip", ficando com os nomes numa simples sequência numérica, começando no 1 e terminando no número correspondente ao das fotos incluidas.

Naturalmente, todos os comentários, "likes" ou outra informação incluida na plataforma da rede social é perdida, tal como a informação original que é retirada pelo Facebook, como os metadados que incluem, por exemplo, as caraterísticas do equipamento com que a foto foi obtida, e que são filtrados no momento do "upload", mas, mesmo nestas condições, esta é uma funcionalidade interessante, que complementa a possibilidade de descarregar a totalidade dos dados do utilizador, que analisamos previamente.

sexta-feira, dezembro 04, 2015

Falta de acessibilidades em ambiente urbano - 2ª parte

Infelizmente, é manifesto que tal não se verifica, com alguns quarteirões, mesmo que de pequenas dimensões, a constituirem-se como autênticas ilhas, cercados de estaleiros ou vias sem condições de circulação, onde o tráfego é proíbido, muitas vezes ocupadas por máquinas e estaleiros que vedam qualquer tipo de acesso em caso de emergência.

Se bem que a probabilidade de uma missão de socorro nestas áreas possa parecer baixa, quando estas se estendem, abrangendo populações compostas, em grande percentagem, por idosos, que facilmente podem perder o equilíbrio quando se deslocam sobre terrenos não aplanados, o que pode ser agravado pela chuva, podemos intuir que um acidente pode ser mais expectável do que parece à primeira vista.

Acresce, naturalmente, a maior incidência de doenças no período invernal, que afectam, igualmente, aqueles que são mais idosos, com o transporte para uma unidade de saúde, e desta para a respectiva residência, a ser dificultada face à impossibilidade de os meios de socorro se deslocarem até ao local do pedido de ajuda.

Uma maior pluviosidade tem efeitos na visibilidade, mas também oculta obstáculos, como valas ou objectos contundentes, dificulta manobras e, ao arrastar as terras soltas, pode facilmente bloquear sistemas de drenagem, provocando inundações nas habitações circundantes e podendo compromenter os trabalhos realizados, danificando a obra realizada, e a sua continuação, que pode implicar extensos trabalhos de recuperação ou reposição.

quinta-feira, dezembro 03, 2015

Instruções de instalação da "Safety Devices" online

A "Safety Devices", talvez o mais conhecido fabricante de "roll bars", foi a responsável pela instalação deste tipo de equipamento de segurança nos Land Rover Defender "Crew Cab" utilizados no último filme da série "James Bond", "Spectre", onde ficou patente, mais uma vez, a solidez e qualidade de construção destas estruturas.

Para além das descrições detalhadas e das fotos incluidas no "site", a "Safety Devices" inclui ainda as instruções de instalação, em formato PDF, de modo a que instaladores e potenciais interessados possam estudar não apenas o processo de instalação, mas também eventuais alterações a introduzir, as quais podem implicar cortes ou desvio de componentes, tornando o processo algo irreversível.

Esta irreversibilidade, dado que as marcas de instalação dificilmente irão desaparecer mesmo após retirar todos os componentes, pode ser relevante na selecção de um equipamento, ou mesmo pela opção de o instalar ou não, pelo que só estudando as instruções passo a passo é possível aferir do real impacto da instalação de um "roll bar", mesmo a nível do uso de espaço, sobretudo nos componentes internos, e as diferenças na configuração do veículo.

A escolha de um "roll bar" é das mais complexas e das que envolvem uma maior responsabilidade, tal a importância na segurança de um veículo, mas também, pelo peso e volume, no seu desempenho e equilíbrio de massas, o que tem relevo em termos dinâmicos e, consequentemente, na estabilidade, distâncias de travagem ou outras manobras, as quais serão substancialmente alteradas com a adição deste componente.

quarta-feira, dezembro 02, 2015

Falta de acessibilidades em ambiente urbano - 1ª parte

Quando o Inverno, e o mau tempo, se aproximam, um conjunto de obras que deveriam ter sido executadas quando as condições climáticas são mais favoráveis, tendem a abrandar, podendo ficar suspensas por um período prolongado, eventualmente por vários meses, comprometendo acessibilidades e a própria segurança de quem habita nas imediações.

A questão das acessibilidades não se confina ao conforto, ou ao direito de circulação, tendo implicações bastante mais profundas, penalizando fortemente quem tem mobilidade reduzida ou dificuldades de locomoção, podendo, em situações mais graves, ter um impacto na segurança de pessoas e bens, ao dificultar, e mesmo impossibilitar, a circulação de meios de socorro.

Muitos de nós têm vivo na memória o incêndio do Chiado, não obstante o tempo que passou, recordando as dificuldades que os meios de socorro tiveram durante a aproximação, com as ruas bloqueadas por um conjunto de obstáculos que comprometeu o combate às chamas em diversos locais, permitindo que o fogo se propagasse com maior facilidade.

No conjunto de obras que se verificam em arruamentos contíguos, vedando o acesso a veículos e mesmo a peões com maiores dificuldades de locomoção, como idosos e doentes, a manutenção de um conjunto de acessibilidades para veículos de socorro e mesmo para aqueles que transportam quem não se pode mover de outra forma, deve ser devidamente acautelado, estabelecendo planos de contingência e itinerários alternativos aceitáveis.

terça-feira, dezembro 01, 2015

Caixa sob o assento central dos Defender

Existe algum espaço disponível sob o assento central dos Defender com caixas LT77 ou R380, mesmo nos quais esteja instalado uma "cubby box", o qual pode ser aproveitado para armazenar alguns items de pequenas dimensões que, mesmo não sendo de uso imediato, devam ser facilmente acessíveis.

Uma solução possível, concebida pela YRM Metal Solutions, é uma caixa sem tampa, a qual é formada pela base do assento central, construida em alumínio de 2 milímetros, cortado por um equipamento de controle numérico, de modo a garantir uma excelente precisão, resultando num acabamento irrepreensível.

O preço desta caixa, de muito fácil instalação, ronda os 60 Euros, a que acrescem portes a partir de Inglaterra, sendo de muito fácil instalação e permitindo não apenas transportar alguns items, mas protegê-los dado ficarem bastante escondidos e com uma acessibilidade não intuitiva para quem não conheça bem os Defender.

A YRM Metal Solutions tem um largo conjunto de peças opcionais, como caixas ou protecções, e de reparação, sobretudo a nível de paineis, para diversos modelos da Land Rover, incluindo os Defender, Serie 1, 2 e 3, Discovery 1 e 2 e Range Rover, sendo uma opção a ter em conta para os adeptos da marca.

segunda-feira, novembro 30, 2015

Nova vaga de suicídios em forças de segurança? - 6ª parte



É de acrescentar que este não é um problema exclusivamente nacional, verificando-se, em média, dois suicídios mensais na Polícia Nacional, em Espanha, com países onde a realidade é bem mais gravosa, enquanto noutros este tipo de problemática, que afecta toda a sociedade, e tem especial incidência nas forças de segurança e entidades ligadas ao socorro e mesmo prestação de cuidados de saúde, é virtualmente desconhecido, tal o baixo número de ocorrências e o facto de não se destacar do resto da sociedade.

Queremos chamar a atenção para o facto de noutras profissões onde se verifica um muito elevado "stress", como as que se relacionam com o socorro, e com maior incidência naquelas onde o número de voluntários é mais elevado, o acompanhamento é francamente menor, sendo os estudos e avaliações menos rigorosos pelo que, efectivamente, não se pode afirmar que existam estatísticas credíveis que ilustrem esta realidade.

No entanto, a falta de dados não invalida algo que é intuitivo e decorre do tipo de missão, das condições em que estas se realizam e de uma conjuntura particularmente desfavorável, agravada pela falta de acompanhamento e por uma menor formação nesta área, pelo que a um desconhecimento generalizado acresce uma manifesta negligência por parte de uma estrutura pouco atenta ao desgaste, sobretudo nos períodos de perdas de vidas humanas ou de outras situações de ruptura.

Devendo ser analizado de forma particular, este problema de saúde pública tem uma especial incidência em conjuntos ou classes profissionais específicas, refletindo assim o estado da sociedade e acompanhando, em grande medida, salvo nas alturas em que são tomadas medidas concretas, o que se verifica com a população em geral, pelo que não pode ser extraído de um todo e solucionado isoladamente, como se tudo em redor não fosse determinante para a existência desta problemática.

domingo, novembro 29, 2015

Land Rover Owners de Janeiro de 2016 já nas bancas

Ainda em Novembro, chegou aos locais de venda habituais a edição de Janeiro de 2016 da Land Rover Owners International, com o protagonismo a ir directamente para a longa história que vai buscar inspiração ao "Jeep", de fabrico americano, dando origem aos Serie e terminando com os Defender, abrangendo quase meio século onde estes modelos atingiram um estatudo único na Land Rover e no mundo automóvel.

Este artigo é complementado com a apresentação de diversos modelos, o restauro de um Serie 1 80" de pré produção, a longa entrevista com Arthur Goddard, engenheiro chefe do projecto que deu origem aos Serie, o uso destes veículos fora de estrada, e todo um conjunto adicional de informação interessante.

Num número dedicado ao termo da produção do Defender, mesmo as transformações, os artigos sobre passeios e expedições, e mesmo na área técnica, se baseiam em muito neste modelo, para o qual se desconhece um substituto, e que se torna cada vez mais apetecível para os adeptos da marca e, possivelmente, para investidores, certo de que após o termo da produção, se irá verificar uma valorização.

Este é obviamente um número especial, onde os diversos artigos técnicos, apresentação e uma breve crítica de alguns novos produtos, reforçados pelas numerosas páginas de publicidade temática, para além de muitos outros artigos, justificam a sua aquisição, mesmo por parte daqueles que apenas adquirem a LRO de forma esporádica.

sábado, novembro 28, 2015

Promoção de ferramentas em dose dupla no Lidl

Não nos recordamos de uma promoção de ferramentas em dose dupla, ou seja quando o total de produtos se concentram numa única temática, pelo que, tendo em conta a variedade, se justifica uma visita ao Lidl, a partir da próxima 2ª feira, dia 23, caso se pretenda adquirir algum dos equipamentos anunciados.

Estão incluídas ferramentas para madeira, como uma fresadora, e para metal, como uma rebarbadora, bem como um conjunto polivalente, adequado para diversos materiais, como uma serra com diversas lâminas, chaves de vários tipos, fitas e colas ou um transferidor.

Destacam-se os conjuntos de chaves e pontas, de chaves sextavadas e com roquete, bem como um conjunto de chaves de parfusos, bem como diversos acessórios para ferramentas, como discos e acessórios para rebarbadora ou um aspirador para líquidos e pó, vocacionado para pequenas oficinas.

Também estarão disponíveis equipamentos ou items menos específicos mas igualmente úteis, como projectores com detecção de movimentos, adequados a acessos, conjuntos de x-actos ou lanternas, entre outros, que terão utilidade para muitos, mesmo para os que não recorrem a ferramentas no seu dia a dia.

sexta-feira, novembro 27, 2015

Nova vaga de suicídios em forças de segurança? - 5ª parte

Criado o cenário, estabelecido o propósito, a questão dos meios é secundária e instrumental, um elemento facilitador que não pode ser incluido no conjunto de motivações de que decorre todo o complexo processo que termina na decisão, convicta, de recorrer ao suicídio não como forma de alerta, mas como o que o próprio considera a única solução possível para o conjunto dos seus problemas.

No caso dos elementos das forças de segurança, que mesmo quando em baixa psiquiátrica, muitas vezes continuam na posse de armas de fogo, a facilidade com que o acto é praticado devido à imediata disponibilidade de um meio eficaz e que, sendo correctamente utilizado, não implica sofrimento físico, é manifesto que o risco do acto, não da decisão, aumenta substancialmente, pelo que um acompanhamento mais eficaz e implementação de novos sistemas de alerta é absolutamente essencial.

Não se pode confundir a imediata disponibilidade de meios com a determinação de os utilizar, ou seja, facilitando a decisão, ao eliminar um obstáculo que cria uma barreira funcional que pode corresponder, sobretudo, a um intervalo de tempo, evitando um impulso momentâneo, tipicamente apenas se adia o inevitável salvo quando deste compasso de espera resulta uma intervenção, para a qual tem que haver um alerta.

Portanto, a manutenção da arma, que obviamente deve ser evitada em situações de risco para o próprio ou para terceiros, não será determinante, sabendo-se que, mesmo na ausência de um meio considerado mais eficaz, quem efectivamente estiver decidido a por termo à vida o fará, recorrendo a uma das inúmeras alternativas ao alcance de todos.

quinta-feira, novembro 26, 2015

"Google +" tem nova apresentação

O "Google +", um dos produtos do Google que tem uma vertente de rede social e de partilha, foi recentemente modificado, com a apresentação de conteúdos e a integração com outras plataformas a ser melhorada, resultando numa navegação mais fluida e intuitiva.

Não sendo um concorrente directo das redes sociais mais convencionais, como o Facebook, o "Google +" destina-se sobretudo a partilhar conteúdos já presentes nas plataformas e serviços do "mundo" Google, como os provenientes do Blogger ou do Youtube, funcionando como um ponto de convergência e integração, que, ao contrário de outros, não foi concebido para funcionar de forma autónoma.

Na sua nova versão, o "Google +" apresenta um novo sistema de menus, acesso mais rápido às configurações, um botão que permite uma partilha rápida em vez da caixa de diálogo da versão anterior, tendo uma aparência simplificada, com mais espaço do écran disponível para informação.

Está igualmente presente a opção de regressar ao formato anterior, pelo que se pode experimentar esta nova versão sem receio de não haver reversibilidade, sendo de prever que, como em situações anteriores, se verifiquem sucessivos ajustes até que estabilize, altura em que o modelo anterior será defenitivamente desactivado.

quarta-feira, novembro 25, 2015

Nova vaga de suicídios em forças de segurança? - 4ª parte

Apenas um acompanhamento atento, que, como mencionamos anteriormente, necessita de ser efectuado pelos pares e não pela hierarquia, pode permitir um alerta prévio adequado, dado que a maior confiança e partilha tendencialmente é entre quem desempenha funções conjuntamente e sem dependências hierárquicas relevantes, nomeadamente as que têm peso na carreira, aos quais dificilmente se confessará algo que, intuitivamente, se assume poder ser prejudicial para o próprio.

Para que tal resulte, para além de confiança, é necessária preparação adequada, sendo essencial uma formação básica que contribua para detectar sinais, ou combinações destes, que, em muitos casos são subtís e necessitam de ser enquadrados numa dada conjuntura como forma de obter um panorama mais completo e abranjente de uma situação que, após um período de alguma estabilidade, tende a agravar-se com alguma rapidez.

É sempre de notar que em estruturas fortemente hierarquizadas, raramente, por diversas razões, o próprio alerta um superior, pelo que este, para além de sensibilizado e alerta, deverá estar preparado para reconhecer um conjunto de sinais que, conjuntamente, devem levar a equacionar uma análise mais profunda, se bem que discreta e não intrusiva, com a possibilidade de encaminhar o caso, se tal se justificar, para um gabinete especializado.

Conforme referimos em textos anteriores, situações de ruptura ou de perda, dificuldades económicas, problemas de saúde, mesmo mudanças bruscas e contra vontade, podem ser factores a registar, conjuntamente com mudanças de atitude ou comportamento, como o assumir de riscos mais temerários, irritabilidade ou dificuldades de relacionamento, desleixo no cumprimento dos deveres ou mesmo na apresentação, para citar alguns dos alertas que constam de tabelas que ajudam a avaliar o risco de suicídio.

terça-feira, novembro 24, 2015

"Guia para a aventura" da LRO para Defender

Na despedida do Defender, o número de edições especiais dedicadas a este icónico modelo da Land Rover tem vindo a aumentar, com a Land Rover Owner International a lançar um "Guia para a aventura" onde a utilização deste tipo de veículo é proposta ao longo de uma centena de páginas.

Incluindo áreas tão distintas como a preparação, com um conjunto de melhoramentos a vários níveis, destinos, com especial destaque para o Sahara e para Portugal, que continua a ser um dos locais favoritos para o todo o terreno, e com um conjunto de veículos transformados para permitir viagens em autonomia, como forma de inspiração, esta publicação é abrangente e completa.

Não sendo inteiramente original, esta compilação é bastante interessante, incluindo todo um conjunto de informação temática, anteriormente dispersa, que pode ser usada mais como inspiração do que como guia, ajudando bastante quem se queira iniciar neste tipo de actividade ao volante de um Land Rover.

Tal como outros números especiais da LRO, também este deve ser encomendado via Internet, do que decorre, naturalmente, um acréscimo de custos, os quais, caso se opte por uma encomenda com diversas publicações, acabam por ser repartidos, diminuindo proporcionalmente.

segunda-feira, novembro 23, 2015

Nova vaga de suicídios em forças de segurança? - 3ª parte

O desenraizamento, com a colocação em locais distantes do de origem, onde, muitas vezes, o custo de vida é bastante mais elevado, como no caso das grandes cidades, para além do desgaste proveniente do isolamento e, por vezes, de alguma desadaptação, traduz-se num aumento de custos, que facilmente ultrapassam os limites do aceitável, comprometendo o equilíbrio financeiro e conferindo um sentido de inutilidade ao esforço realizado.

Quando estes destacamentos de longa duração resultam numa fragmentação familiar, e nesse caso a pressão financeira pode aumentar substancialmente, dados os custos inerentes a dois locais distintos e a viagens, tudo se torna mais pesado, com a possibilidade de rupturas, nos campos pessoais e profissionais, a aumentarem, implicando uma muito menor tranquilidade e aumentando os níveis de frustração.

A complexidade e especificidade do trabalho policial, sobretudo quando efectuado por turnos em horários especialmente longos, decorrendo em locais desconhecidos e adversos, onde a imprevisibilidade e a expectativa são constantes, interagindo com vítimas e algozes em cenários de violência, são conhecidos, mesmo que muitas vezes sub-avaliados quanto aos efeitos que podem provocar em que diariamente se defronta com esta multiplicidade de situações.

Lidar diariamente com situações de violência, mesmo quando esta não é intencional, como no caso dos acidentes, e com casos de morte com frequência, não gera habituação, apenas uma forma diferente de encarar algo que, na sua completa amplitude, continua a ser perturbador e incompreensível, gerando uma permanente inquietação, mesmo que esta não seja confessada.

domingo, novembro 22, 2015

Canetas de auto defesa por 4 Euros

Sendo consideradas como uma forma rudimentar de conferir um melhoramento da capacidade de auto-defesa, as canetas tácticas, basicamente um modelo de caneta de alta resistência com uma das extremidades a terminar em forma de bico, tem vindo a ganhar alguma popularidade, surgindo cada vez modelos mais acessíveis.

Com preços a começar nos quatro Euros, este típo de caneta, construída em alumínio aeronáutico, leve e de muito grande resistência, para além da sua utilização normal como instrumento de escrita, serve como instrumento de impacto, seja contra um eventual agressor, seja para partir um vidro de um veículo, em caso de necessidade.

Este modelo concreto tem perto de 15 centímetros de comprimento e a forma do bico, segundo o fabricante, foi concebida para conservar marcas de ADN de um agressor contra o qual seja usada, de modo a que possa ser utilizado para posterior identificação do mesmo, algo que não deixa de ser uma ideia interessante, caso a investigação siga por essa via.

Leve, fácil de transportar e discreta, esta caneta substitui com vantagem modelos mais convencionais, estando disponíveis no mercado modelos mais sofisticados ou de melhor qualidade que, não obstante um preço que pode ser substancialmente mais elevado, acabam por depender, em termos de eficácia, mais da perícia e sangue frio do seu utilizador do que das suas próprias qualidades.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin