sábado, maio 23, 2009

GPS pode degradar-se a partir de 2010 - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Uma representação do sistema GPS

No entanto, falar de colapso parece-nos alarmista, dado que o número de satélites necessário para que o receptor adquira a localização vai continuar a existir para além dessa data, sendo que apenas se deve falar em termos de degradação e de uma eventual perda de precisão que, na maioria das situações, não terá implicações funcionais.

Apesar desta visão, menos pessimista, esta significa apenas que o ano de 2010 não será aquele em que, mesmo sem investimentos, se pode esperar um colapso do sistema, de que resulte uma perda de qualidade que determine implicações funcionais com impacto real, mas que este é um alerta que não pode ser ignorado.

Se não houver substituição progressiva de satélites, o sistema GPS, tal como o conhecemos nos dias de hoje, deixará de obedecer aos critérios de qualidade inerentes à sua utilização nas situações mais exigentes, podendo ser substituido pelos sistemas russo ou chinês que, não temos dúvidas devido à sua implicação em termos militares, continuarão operacionais e a oferecer a precisão indispensável a uma utilização profissional.

Esta possibilidade tem, logicamente, um preço, o da substituição dos receptores, a maioria dos quais não pode ser reconfigurada para receber sinais de outro conjunto de satélites, que obedecem a regras de sincronismo próprias e emitem nas suas distintas frequências, mas pode abrir caminho para uma nova geração de equipamentos, com possibilidade de actualização por "software" e uma nível de compatibilidade mais abrangente e adequado a múltiplos sistemas.

sexta-feira, maio 22, 2009

Google testa serviço de tradução automática no Gmail


Image Hosted by Imageshack
Um écran do popular correio do Google

O correio electrónico do Google, o Gmail, está a testar uma nova funcionalidade de tradução automática, que permite efectuar traduções imediata de conteúdos escritos em 41 línguas diferentes, entre os quais se encontra o português.

Esta nova funcionalidade pode ser implementada através do Gmail Labs, o serviço de laboratório de teste do correio electrónico do Google, encontrando-se, portanto em teste, sendo possível ao utilizador activá-la e desactivá-la conforme as suas necessidades.

A tecnlogia é semelhante à que foi implementada a nível do motor de pesquisa do Google, pelo que as línguas previstas e os próprios resultados são equivalentes, vindo agora facilitar a experiência a nível de leitura de correio que, tipicamente, surge cada vez em mais idiomas.

Mesmo sabendo que os sistemas de tradução automática têm limitações, bem patentes no respeitante à língua portuguesa, esta é uma inovação que pode vir facilitar o uso do correio electrónico sobretudo nas mensagens internacionais.

GPS pode degradar-se a partir de 2010 - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Uma representação do sistema GPS

Um relatório feito pelo US Government Accountability Office (GAO) e apresentado ao Congresso dos Estados Unidos inclui a possibilidade de o sistema de orientação global, designado por GPS, pode entrar em colapso já a partir do próximo ano devido à desactualização dos satélites.

Com um total de 31 satélites que fornecem dados que são cruzados para que o recepctor de GPS calcule a posição em que ser encontra, dos quais 24 são necessários para uma precisão adequada, o mesmo número previsto no "chipset" SiRF III, é absolutamente necessário um investimento nesta área, algo que não tem sido realizado atempadamente.

Com satélites com quase uma vintena de anos ainda em serviço e o adiamento do lançamento de novas unidades em cerca de três anos devido a limitações financeiras, a possibilidade de falhas do serviço tem vindo a aumentar, com consequências nos mais diversos campos de actividade que usam cada vez mais este recurso tecnológico.

Esta situação, que já levou o Secretário e Departamento de Defesa Norte Americano a criar uma autoridade única para monitorizar o estado e actualização do sistema GPS pode implicar a emergência quer do sistema russo, o Glonass, actualmente destinado a uso exclusivamente militar, quer o chinês, previsto para breve, os quais podem complementar os satélites actuais em receptores preparados para o efeito.

Falta nesta equação, obviamente, a variável mais dificil de prever, concretamente o sistema europeu Galileu cuja entrada em serviço tem sido sucessivamente adiada e de cuja viabilidade económica, nesta situação complexa, seria benvinda, mas que pode ser ultrapassado pela entrada em serviço de serviços alternativos.

quinta-feira, maio 21, 2009

Rates Billing 2009 está próximo


Image Hosted by Imageshack
O cartaz do Rates Billing 2009

Lembramos que se realiza-se nos dias 12, 13 e 14 de Junho a edição de 2009 do Rates Billing, um dos encontros anuais de proprietários de Land Rover que mais adeptos e tradição tem entre nós e que, de certa forma, marca o início das actividades de Verão.

Tal como nos anos anteriores, este evento decorre ao longo de todo um fim de semana em S. Pedro de Rates, no concelho da Póvoa de Varzim, incluindo as tradicionais vendas e trocas de material, pista de obstáculos e, sobretudo, dias de convívio entre os adeptos da marca e do todo o terreno em geral.

Contactos, detalhes de programa e localização e toda a informação necessária para a participação neste evento podem ser encontradas no "site" criado para o efeito, sendo possível complementá-la através das conversas que decorrem em diversos foruns dedicados aos Land Rover.

Base para "hi-lift"


Image Hosted by Imageshack
Os vários modelos de base para "hi-lift"

Usar um "hi-lift" fora de estrada, sobretudo em terreno pouco consistente, pode ser complicado sem a adição de uma base de maiores dimensões sobre a qual se apoiar, evitando assim perda de eficiência e o risco de um acidente de consequências imprevisíveis.

De concepção semelhante à das pranchas destinadas a desatascar viaturas, moldadas no mesmo tipo de plástico reforçado com fibra de vidro em quadrículas, o aspecto destas bases "Chalange Pro Jack Base" alargadas é o de "waffles" com dimensões menores do que aquelas que estamos habituados a ver.

As dimensões destes equipamentos de baixo peso e fáceis de transportar actualmente disponíveis são de 160 x 160 x 50 mm, 250 x 250 x 38 mm, 240 x 270 x 28 mm e 260 x 310 x 50 mm, com preços respectivos de 6, 8, 9 e 11 libras inglesas, a que acrescem portes.

Este é um equipamento que consideramos não apenas útil, como também necessário, sobretudo para quem pratique todo o terreno de forma mais radical ou quem utilize os "high lift" em situações ou deslocações de emergência, como pode acontecer com os trajectos em corta-fogos durante o combate aos incêndios florestais.

quarta-feira, maio 20, 2009

Novo ataque de "phishing" contra o Facebook


Image Hosted by Imageshack
Um écran do Facebook

Apesar de não serem os alvos mais tradicionais de ataques de "phishing", as redes sociais, como o Facebook têm vindo a enfrentar um número crescente de ataques com o objectivo de obter dados pessoais dos utilizadores.

O novo ataque é semelhante ao que ocorreu no passado mês de Abril, baseando-se em mensagens falsas que redireccinam o receptor para um "site" ilegítimo, tentando obter os nomes ou identificação e "passwords" dos utilizadores que podem pensar estar a entrar no Facebook ou num serviço associado, que partilha o mesmo "login".

O objectivo primário não será o de aceder às contas dos utilizadores do Facebook, mas explorar a possibilidade de estes partilharam as identificações e "password" com outros "sites", entre os quais podem estar serviços bancário ou financeiros, mas poderá também contribuir para fraudes a nível de utilização de uma identidade falsa.

As fraudes feitas por via informática continuam a aumentar e enquanto algumas, apesar de espectaculares, tendem a ser inofensivas, como as célebres "cartas da Nigéria", outras, como o "phishing" ou o furto de dados pessoais têm consequências da maior gravidade para quem cai nas armadilhas que surgem com uma crescente frequência.

Novo motor de busca Wolfram Alpha já disponível


Image Hosted by ImageShack
Um écran do novo motor de pesquisa

Já está disponível na Internet o novo motor de busca Wolfram Alpha, seguindo um conceito completamente diferente do Google por ser mais do que um repositório de informações e possuir capacidade para responder a questões que incluam associações, cálculos ou comparações.

O sistema efectua comparações, relacionamentos e cálculos matemáticos, podendo responder a perguntas directas com uma resposta objectiva em vez de uma lista de "sites" para consulta, tal como sucede com outros motores de pesquisa,

Este novo motor, apesar das características inovadoras, tem ainda a limitação de ter uma informação excessivamente centrada na realidade americana, com as respostas às questões unicamente a surgirem em inglês.

Sem ser um concorrente directo do Google, o Wolfram Alpha vem complementar a oferta de motores de pesquisa e aponta numa direcção nova que se espera cada vez mais precisa e abrangente.

terça-feira, maio 19, 2009

...Até ao fim do mundo


Image Hosted by Imageshack
...Até ao fim do mundo

A "...Até ao fim do mundo" é um projecto que pretende proporcionar diversas actividades em contacto com o que a natureza numa das regiões mais remotas de Portugal, o Nordeste Transmontano, dando a conhecer o seu património cultural, as suas tradições e as gentes que aí habitam.

Entre as actividades encontram-se o todo o terreno, os passeios pedestres em burro Mirandês ou em bicicleta e a observação da riqueza de uma das raras regiões onde a Natureza permanece virtualmente intacta e usos e costumes continuam a observar tradições ancestrais.


Image Hosted by Imageshack
Passeios em todo o terreno

Outras informações relativamente às actividades desenvolvidas e os contactos podem ser encontradas no "blog" do projecto, podendo ser efectuados telefonicamente ou através de correio electrónico.

Esta é uma sugestão para um fim de semana diferente, individualmente, em família ou em grupo, que aqui deixamos aos nossos leitores, certos de que esta será uma experiência a repetir por parte de todos quantos aceitarem este desafio.

Abriu a primeira Escola de Voluntariado em Portugal - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Populações carenciadas em África

A formação de voluntário deve, por outro lado, ser um processo de avaliação e de triagem, que determine a adequação de cada indivíduo às missões a que se candidatam, sabendo-se que não basta nem a boa vontade, nem mesmo uma preparação adequada para que alguém desempenhe com sucesso uma missão que pode não corresponder nem às suas características, nem às suas expectativas.

Como resultado, podem-se perder indivíduos que, na missão adequada às suas características e com o enquadramento e apoio indispensável desempenhariam tarefas humanitárias de relevo, mas que abandonados à sua sorte num local que desconhecem e onde dificilmente se poderão integrar, podem não apenas desistir do projecto, como de toda uma vida que se dispunham a colocar ao serviço de quem mais necessita.

Existe uma óbvia necessidade de profissionalizar o voluntariado, sem perder o espírito de missão, mas dando os meios, os recursos e o apoio necessários para que as missões tenham sucesso, sendo exemplo desta evolução o Banco Alimentar ou as Equipas de Intervenção Pemanentes, onde é possível constatar a complementaridade e a integração entre voluntários e profissionais.

Hoje, dia 19, pelas 21:30, Sónia Fernandes apresenta no Armazém do Chá, R. José Falcão 180, no Porto o livro "Sobreviver em missão", onde estão narradas experiências que podem contribuir para uma melhor compreensão do seu pensamento e, espera-se, estimular novas vocações, cada vez mais necessárias num Mundo em que as desigualdades aumentam a cada dia.

Esta é uma iniciativa que continuaremos a acompanhar e merece o apoio de todos, seja a nível institucional, seja a nível individual, na perspectiva de que todos temos um papel a desempenhar no sentido de deixar este Mundo melhor do que o encontramos.

segunda-feira, maio 18, 2009

Lanterna com dínamo


Image Hosted by ImageShack
Lanterna com dínamo

As lanternas com dínamo, se bem que pouco sofisticadas, foram populares na Europa de Leste durante a Guerra Fria, evitando assim o consumo de baterias, pelo que eram um produto bastante difundido.

Pelo contrário, no Ocidente, a opção ia sobretudo na direcção de lanternas alimentadas com pilhas descartáveis, mas a crescente consciência ecológica, o custo de operação e a possibilidade de recarregar a bateria manualmente tem vindo a criar opções tecnologicamente mais avançadas.

O modelo que estará disponível no Lidl a partir de 21 de Maio recorre a um acumulador integrado, recarregável através de manivela ou cabo de alimentação ligado a fonte externa, não incluído, e tem uma excelente capacidade de iluminação recorrendo uma lâmpada de 12 LEDs.

Com um aspecto semelhante ao de uma lanterna convencional, com uma forma cónica que facilita a reflexão da luz, este modelo custa 12.99 Euros e assegura uma iluminação bastante razoável quando não exista corrente eléctrica disponível.

Abriu a primeira Escola de Voluntariado em Portugal - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Uma missão de voluntariado em Moçambique

Sónia Fernandes, uma antropóloga que já participou em diversas acções internacionais, fundou a primeira Escola de Voluntariado em Portugal, a "Pista Mágica", com o objectivo de formar e preparar voluntários de modo a que estes estejam preparados para enfrentar as dificuldades inerentes às suas missões.

Contrariando a actual perspectiva de que a um voluntário basta a sua boa vontade e conhecimentos básicos para ser integrado numa missão que, em muitos casos, carece de organização, enquadramento, apoio local ou mesmo dos recursos materiais básicos que permita o próprio funcionamento, esta escola aposta na formação e num profissionalismo cada vez mais necessários dada a maior complexidade do Mundo actual.

No caso de missões no estrangeiro, as dificuldades aumentam, com os inevitáveis choques culturais, os problemas de comunicação com os habitantes locais e mesmo com o país de origem, a falta de um conjunto de meios que são dados como de disponibilidade imediata para quem tenha vivido sempre num país Ocidental, são apenas exemplos de problemas que exigem uma preparação prévia em termos de conhecimentos e a nível psicológico.

Há, no entanto, locais onde o nível de dificuldades e de risco aumenta, sendo exemplo as missões realizadas em zonas de guerra, de conflito, de extrema fome, onde existem doenças epidémicas ou qualquer tipo de carência extrema, situações que potenciam a revolta e mesmo a revolta contra quem apenas pretende auxiliar.

Sem a preparação adquada, o risco da missão envolve não apenas os participantes, mas também aqueles que necessitam de ajuda, os quais, para além de pouco receberem, terão tendência a criar anti-corpos e rejeitar futuras missões de cujo sucesso, justamente, tendem a duvidar.

domingo, maio 17, 2009

Combate aos fogos vai contar com mais 80 equipas permanentes


Image Hosted by Imageshack
Bombeiros no combate a um incêndio

O secretário de Estado da Protecção Civil anunciou que a partir de 18 de Junho estarão disponíveis 120 Equipas de Intervenção Permanente, correspondendo a um aumento de 80 relativamente ao ano passado, e na sua maioria ficarão prontas para entrar em acção no início da "Fase Bravo" de combate aos incêndios florestais.

Estas equipas de cinco elementos destinam-se a desempenhar missões de socorro durante todo o ano, sendo um reforço no combate aos fogos florestais, complementando os bombeiros voluntários, que continuam a suportar a maior parte do esforço, e os perto de 1.000 efectivos da Força Especial de Bombeiros e do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS) da Guarda Nacional Republicana.

Estes número apontam claramente no sentido da profissionalização, inevitável como forma de compensar a diminuição da base de recrutamento a nível de voluntários e as crescentes dificuldades que a evolução económica e social tem na vida pessoal e profissional levanta a quem pretende optar pelo voluntariado.

O equilibrio entre profissionais e voluntários tem, naturalmente, vindo a ser modificado, com o pendor no sentido de uma maior profissionalização, mas mantendo-se a preponderância numérica a nível do voluntariado, que, continuando a ser a espinha dorsal do socorro, tem agora uma maior complementaridade por parte de efectivos permanentes.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin