sábado, agosto 09, 2014

Uma oportunidade, a câmara de acção Ishare S200 - 1ª parte

Como alternativa à WVD5000, uma câmara de acção com "WiFi", para aqueles que prescidirem desta funcionalidade de comunicação sem fios, propomos uma alternativa bem mais em conta, que poderá ficar perto dos 60 Euros, incluindo portes, mas a que podem acrescer despesas alfandegárias, e que, em leilão, pode, com alguma sorte, ser adquirida por menos de 30 Euros.

Foi exactamente devido a uma aquisição nestas condições, por um preço de 11 Libras inglesas, a que acrescem outras 9 de portes, que optamos por este modelo concreto, resultando mais de uma oportunidade específica do que de uma escolha inteiramente planeada, a qual poderia ir no sentido de outro modelo com características semelhantes.

A Ishare S200 está incluída numa gama vasta, sendo o equipamento de entrada de uma linha que inclui no seu topo o modelo 600, com "WiFi", e que tem características e preço muito semelhantes aos da WVD5000, sendo uma alternativa de baixo custo para quem pretende adquirir uma câmara capaz de funcionar em condições algo extremas.

Tal como a maioria dos modelos deste segmento, a Ishare S200 inclui uma caixa estanque, resistente a impactos, e que permite ser usada não apenas debaixo de água, a profundidades de até 15 metros, mas também montada no exterior de um veículo, de uma bicicleta ou moto ou num capacete ou arnês.

sexta-feira, agosto 08, 2014

Princesinho, quatro anos de saudades...

Neste dia 08 de Agosto faz quatro anos que o Princesinho partiu, deixando, para além de um conjunto de recordações extraordinárias, uma enorme saudade e tristeza, agravada pelo facto de ter tido tão pouco tempo de vida e, em simultâneo, ter sido capaz de criar ligações tão fortes.

O filhote da Princesinha foi o último a abandonar a moradia onde nasceu, tal como tantos outros da sua família, fazendo-o apenas quando, após o termo de obras de requalificação, esta começou a ficar fechada, sem vidros partidos, o que impedia que saísse durante a noite para se alimentar, altura em que teve necessidade de procurar outro local onde residir.

O processo de aproximação foi moroso, algo comum à maioria dos gatos nascidos fora do convívio humano e que necessitam de ganhar confiança lentamente, quase sempre graças devido ao hábito de serem alimentados e a familiarizarem-se aos poucos a uma presença diferente, amiga e protectora.

Após ganhar confiança, o Princesinho revelou-se o amigo mais dedicado e divertido que se possa imaginar, surpreendendo diariamente, exigindo atenção e retribuindo sempre o carinho e amizade que sempre teve e tanto mereceu durante os meses em que a sua presença foi o traço dominante da sua nova casa.

quinta-feira, agosto 07, 2014

Em época de viagens... - 2ª parte

Não existe uma fórmula mágica, nem soluções milagrosas, acabando sempre por ser necessário tentar obter um compromisso entre desempenho em estrada e fora dela, sem perder muito em termos de conforto nem provocar demasiado esforço em termos dos componentes mecânicos ou a nível de transmissão e suspensão.

Em teoria, uma suspensão mais reactiva, ou um pouco mais firme, permite manter uma maior velocidade em estrada, mas caso o piso esteja degradado, o saltar pode implicar uma perda temporária de aderência, durante a qual o veículo fica difícil de controlar.

Acresce ainda o facto de uma excessiva dureza a nível da suspensão tornar o veículo menos confortável e fazer sentir mais as trepidações, podendo mesmo contribuir para o desgaste mais rápido de alguns componentes, submetido a maiores impactos resultantes da maior rigidez do conjunto.

Por outro lado, a popular remoção de barras estabilizadoras, de modo a favorecer o cruzamento de eixos, torna o veículo ainda mais oscilante, sobretudo de mais elevado, podendo o conjunto tornar-se perigoso quando a elevação resulta do uso de tacos ou a taragem das molas e reacção dos amortecedores é inferior ao preconizado pelo fabricante.

quarta-feira, agosto 06, 2014

Em época de viagens... - 1ª parte

Os acidentes com veículos todo o terreno, sobretudo da marca Land Rover, faz-nos sempre reflectir e o despiste de um veículo desta marca na tarde do passado dia 24, ao quilómetro 26.6 da Estrada Nacional 259, que liga Santa Margarida do Sado a Figueira de Cavaleiros, tendo ficado submerso num lago resultante de obras inacabadas do IP8, é motivo de reflexão.

A condutora, de 18 anos, ficou debaixo de água, tendo sido retirada pelo pai, de 54 anos, que a acompanhava, tendo os dois sido transportados, em estado considerado grave, do local do acidente, pelos bombeiros locais, de Ferreira do Alentejo, para o Hospital de Beja, numa acção de socorro que também envolveu a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), baseada no Hospital de Beja.

Sem particularizar, queremos relembrar que os todo o terreno com maior distância ao solo, do que resulta um centro de gravidade mais elevado, têm um comportamento dinâmico diferente do da maioria dos veículos, sentindo-se mais em curva ou durante as travagens em apoio, como resultado da nova distribuição de massas.

Quando modificados, nomeadamente com suspensão e pneus diferentes dos específicados pelo fabricante, caso a combinação não seja adequada, algo que não deixa de suceder, sobretudo quando as modificações não são supervisionadas ou orientadas por quem conheça estes veículos, tudo se pode complicar, acrescendo um novo factor de imprevisibilidade.

terça-feira, agosto 05, 2014

A câmara de acção submersível WDV5000 - 3ª parte

As imagens também podem ser transmitidas para um televisor, recorrendo à porta HDMI, com o controle a ser efectudo seja através dos botões existentes, seja com o auxílio do comando remoto, incluído no conjunto, e que permite operar a câmara em diversas situações onde o contacto físico é impossível ou indesejável.

O sistema de controle é facilitado pelo écran LCD monocromático colocado na parte posterior, onde surge um conjunto de três dígitos e um pequeno ícon, mas a ligação a um sistema com maior capacidade de visualização, como um telemóvel, onde pode ser apresentado o conteúdo gravado na memória, expande o número de opções e a facilidade do seu acesso.

Sem caixa exterior, esta câmara mede apenas 60 × 37 × 30 mm e pesa 57.5 gramas, aumentando marginalmente o volume e o peso, que sobe para as 82 gramas com a casa, a que acresce o peso do suporte a ser utilizado, que pode ser um dos incluídos ou outro que tenha o parafuso de 1/4" padronizado para equipamentos fotográficos.

O conjunto inclui a câmara, com a respectiva caixa de protecção estanque, sistemas de montagem para capacete e para guiador de bicicleta, um controle remoto, uma bateria de iões de lítio, um cabo de dados USB e o manual do utilizador, estando pronto a ser utilizado pelo preço de aquisição em função da existência de memória interna.

segunda-feira, agosto 04, 2014

Amazon lança loja de impressão 3D

Embora ainda com muitas limitações, dado que não oferece um serviço que permita a impressão de qualquer modelo, o passo dado pela Amazon ao implementar uma loja de impressão 3D aponta no sentido do que o futuro nos reserva, sendo de prever que, a muito breve prazo, surjam novas possibilidades.

O serviço prestado pela Amazon, cujos preços variam, mas que, em termos médios, se aproximam da trintena de Euros, baseia-se na impressão dos modelos que disponibiliza aos clientes e nos quais podem ser introduzidas algumas modificações ou personalizações, transformando-os em peças únicas, absolutamente exclusivas.

Obviamente, o próximo passo seria o de aceitar modelos dos clientes, em determinados formatos e dimensões, e imprimí-los tridimensionalmente, procedendo, tal como hoje, ao envio a partir das instalações do parceiro da Amazon selecionado para a morada do cliente.

Naturalmente que esta situação pode levantar algumas polémicas, nomeadamente quanto aos direitos de autor do modelo que dá origem ao objecto tridimensional, mas o mesmo pode acontecer quando as impressoras 3D forem tão populares como as que hoje utilizamos em casa, pelo que, objectivamente, só em casos extremos, ou perante a natureza do objecto a imprimir, surgirão verdadeiros entraves.

domingo, agosto 03, 2014

A câmara de acção submersível WDV5000 - 2ª parte

As resoluções de vídeo disponíveis são 1080P, correspondente a 2560 x 1920 pixels, com 30 imagens por segundo e 720P, equivalente a 1280 x 720 Pixels a 30 ou 60 imagens por segundo, sendo esta última a opção ideal para filmar em ambientes mais dinâmicos.

A memória interna inclui 8 Mb para o próprio "firmware" e 1 Gb de memória DDR3 para armazenamento de dados, que pode ser expandida via um cartão Micro SD de até 32 Gb, num máximo de 33 Gb para dados, essencialmente vídeos gravados no formato H.264.

A bateria de iões de lítio com uma capacidade de 1000 mAh permite gravar 110 minutos a 1080P a 30fps ou 720P a 60 fps com o "WiFi" desligado e perto de 60 minutos, nas mesmas resoluções, com o "wifi" activo.

São suportados computadores pessoais com sistemas operativos da família Microsoft Windows a partir do 2000, para efeitos de ligação física via USB, mas o envio de dados via "wifi" pode ser efectuado para outros disposítivos que implementem este tipo de comunicação, incluindo telemóveis.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin