sábado, novembro 13, 2010

O colete "Ultimate Veste" da Foxfire

Image Hosted by ImageShack
Um colete da Foxfire

No passado apresentamos o casaco multi-funções "Discovery" da Foxfire, estando disponível, no mesmo estilo e de qualidade idêntico, um colete designado por "Ultimate Vest" ou UVC, também incluido na linha "Thunder River".

Entre as características principais deste colete feito em algodão encontram-se os 19 bolsos, dos quais 3 são internos, a rede interna para ventilação, o sistema de ajuste através de "D-rings", apresentando uma capacidade de carga bastante superior à do casaco, mas, obviamente, sem o conforto das mangas amovíveis deste.

Os tamanhos disponíveis vão do XS até ao XXL, com variações dependendo do volume e formato do corpo, todos nas cores khaki, amarelo-areia e negro, existindo pequenas variações de modelo, concretamente a nível do número e formato dos bolsos.

Este é um produto bem acabado, que no mercado tende a ter preços médios que rondam a meia centena de dólares, mas que tem surgido no EBay por valores muito inferiores, sendo possível adquirí-lo por preços inferiores à vintena de Euros, incluindo portes, o que o torna particularmente competitivo e uma excelente opção dada a relação preço/qualidade.

sexta-feira, novembro 12, 2010

Sinais de ligação do conector OBD-2 - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um conversor OBD-2

É de notar que a ficha utilizada pode não obedecer ao normalizado, com 16 pinos, algo que surje em fabricantes como, por exemplo, a Renault ou a Audi, para o que existem conversores que actuam a nível físico, já que em termos lógicos e de protocolo, estes mantêm-se inalterados.

Para quem necessitar, ou enfrentar dificuldades, esta é a lista completa dos vários sinais atribuidos aos pinos do conector OBD-2, chamando-se a atenção, em caso de erro de comunicação, para a necessidade de verificar os valores eléctricos nos pinos da bateria e de massa.

1.-
2.Bus positive Line (sinal positivo) do protocolo SAE-J1850
3.-
4.Terra do chassis
5. Terra do sinal
6.CAN high (ISO 15765-4 e SAE-J2234)
7.K line dos protocolos ISO 9141-2 e ISO 14230-4
8.-
9.-
10.Bus negative Line (sinal negativo) do protocolo SAE-J1850
11.-
12.-
13.-
14.CAN low (ISO 15765-4 e SAE-J2234)
15.L line dos protocolos ISO 9141-2 e ISO 14230-4
16.Voltagem da bateria

Criminalização da política? - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um estabelecimento prisional em Portugal

Esperemos que o exemplo da Islândia seja seguido e aceite como uma evolução natural e necessária, essencial para dar alguma credibilidade à classe política, a qual, ao esconder-se atrás de uma legislação que a protege, surge como inimputável, estatuto que, legitimamente, apenas pode ser atribuido a quem enferme de condições específicas.

Lamentavelmente, não acreditamos que com os actuais políticos, sem que exista uma ruptura flagrante com o actual sistema, as alterações necessárias sejam introduzidas, pelo que terá que se equacionar se, perante as limitações impostas, que impedem uma verdadeira renovação, nos encontramos realmente a viver sob um regime democrático, dadas as restrições existentes no sentido de impedir uma verdadeira intervenção cívica.

Ao afastar os cidadãos de muitas formas de poder, proibindo, por exemplo, que concorram a deputados sem se integrarem num partido político, adiando continuamente as listas uninominais, jogando com as circunscrições eleitorais e com a divisão administrativa do território, entre tantas outras, é manifesto que existe um controle oligárquico destinado a perpetuar no poder, mesmo que com alternância, o mesmo conjunto de indivíduos, cuja provas estão mais que dadas.

Criminalizar as más decisões políticas nunca poderá ser um acto isolado, mas parte de uma mudança de paradigma, absolutamente necessária, sem o que o nosso País continuará na rota do empobrecimento, do descrédito, aproximando-se a passos largos de um colapso económico e social, cujos sinais são cada vez mais evidentes, mas cujos alertas continuam a ser ignorados pela actual classe política.

quinta-feira, novembro 11, 2010

Sinais de ligação do conector OBD-2 - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Ligações de um conversor OBD-2 - Série

Já apresentamos diversos produtos ou equipamentos que usam ligações OBD-2, pelo que se justifica detalhar um pouco o conector, com informação sobre os pinos utilizados.

Nem todos os pinos, concretamente o 1, 3, 8, 9, 11, 12 e 13, estão ligados, e a utilização dos restantes depende do protocolo utilizado, podendo ou não estar em uso conforme o equipamento e as respectivas funcionalidades ou configurações.

Em contrapartida, outros sinais são absolutamente decisivos para que a ligação funcione e uma variação de voltagem acima ou abaixo do que o equipamento necessita inviabiliza imediatamente qualquer comunicação, não chegando a ser testado qualquer dos protocolos disponíveis.

Entre estes, os mais sensíveis são os sinais de terra, nos pinos 4 e 5, e o 16, correspondente à voltagem da bateria, onde um valor um de 2 volts a mais ou a menos dos 12 pode inviabilizar a comunicação, razão pela qual esta muitas vezes não funciona em veículos que apresentam problemas eléctricos ou tão somente uma bateria parcialmente descarregada.

Não há socorro para este Orçamento... - 4ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um helicóptero do INEM

O aumento de populações desempregadas nas grandes cidades, para além de todos os problema sociais que daí advêm, para além de criar situações de tensão e de conflitualidade crescentes, tornam virtualmente impossível manter um apoio mínimo por parte das instituições que prestam ajuda, elas próprias enfrentando dificuldades acrescidas perante a diminuição de meios e aumento de encargos.

Decorre desta problemática, e do aumento generalizado da pobreza, uma maior vulnerabilidade das populações, fruto da diminuição da qualidade e quantidade de alimentação, do corte em medicamentos, de uma menor qualidade de vida ou do aumento do stress, uma maior necessidade de intervenção mesmo a nível de um suporte que pode ser social, mas também se estende, no limite, à área do socorro.

Sabendo-se que em época de crise, para além da assistência social, os cuidados médicos e o esforço na área do socorro aumentam, situação potenciada por um conjunto de decisões que afasta parte da população dos locais onde o apoio é prestado, prevê-se um aumento em diversos tipos de missão, sobretudo em termos de transporte de doentes

A falta de confiança nacional tem tradução externa, patente na subida dos juros da dívida pública e na lamentável classificação do actual ministro das Finanças como o pior da Comunidade Europeia, bem como na continua falta de liquidez dos bancos portugueses e da crescente dificuldade em financiar-se no exterior, não apenas antecipa uma recessão, mas faz prever novos cortes comprometedores para a segurança dos cidadãos.

quarta-feira, novembro 10, 2010

Zapp quer implementar rede 4G/WiMax em 2011

Image Hosted by ImageShack
Um adaptador 4G/WiMax Samsung B3710

A Zapp.pt, uma das operadoras de Internet sem fios nacionais, acordou uma parceria com a empresa chinesa ZTE, que fabrica adaptadores de rede, no sentido de implementar aquela que será a primeira rede nacional de 4G/WiMAX.

A Zapp.pt pretende fazer migrar a sua actual rede CDMA 450 Mhz para CDMA2000, EVDO Revisão B, num projecto estimado em 30.000.000 de euros, que permitirá que os serviços 4G estejam disponíveis em Lisboa, Porto e noutras grandes cidades até Julho de 2011.

Em áreas de importância estratégica para a empresa, as velocidades chegarão aos 40 Mbps, sendo provavel que o equipamento de acesso a fornecer seja o adaptador USB ZTE TU25 WiMax, já disponível no mercado, onde concorre com modelos de diversos fabricantes asiáticos, com o da Samsung.

Com estas velocidades e o advento de "routers" que usam ligações sem fios com redundância ou "backup" no caso de falha da ligação principal, como o Asus RT N-13U, torna-se possível manter pequenas redes sempre activas e com um desempenho aceitável, de modo a que os utilizadores pouco se apercebam da queda do circuito de dados primário.

Criminalização da política? - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma inauguração de uma estrada

No fundo, a menos que este ciclo vicioso, que ao invês de punir, premeia a incompetência e mesmo um conjunto de crimes, sejam eles devidamente tipificados, ou o sejam apenas de facto, como, por exemplo, o de quem promete o que sabe não poder cumprir ou para obter uma vantagem pessoal, sacrifica o interesse público, seja interrompido, dificilmente se pode inverter a degradação da imagem da política junto do cidadão comum.

Como forma não apenas de melhorar a imagem, mas sobretudo para premiar o mérito e expulsar os incompetentes, responsáveis pelo actual estado do País, manifestamente não basta deixar de eleger quem comete erros grosseiros, mas antecipar que quem não está à altura de um cargo, deixa de a ele concorrer, evitando assim enfrentar sérias consequências, é imperativa a alteração do actual quadro legal, passando as sanções para outro patamar.

Quando sabemos que um gestor, independentemente do grau da sua responsabilidade, muitas vezes devido a factores externos que podem, inclusivé, resultar de decisões governamentais, pode responder pessoalmente pelos pelos resultados da empresa, torna-se óbvio que o mesmo nível de responsabilização deve ser extendido a quem gere o património de todos de forma incompetente, prejudicando não apenas os funcionários de uma empresa, mas todo um País.

Apenas uma legislação benévola e desresponsbilizadora, feita pelos próprios, tem evitado que todo um conjunto de crimes sejam virtualmente impossíveis de punir, como a corrupção, ou completamente impossíveis, como a gestão criminosa de bens públicos, algo que, manifestamente terá que mudar, tal como acontece, por exemplo, na Islândia, onde, peranta uma situação de ruina, se optou por esta via.

terça-feira, novembro 09, 2010

Óculos de protecção ESS ICE 2.4 anti-reflexo

Image Hosted by ImageShack
Óculos de protecção ESS ICE 2.4 anti-reflexo

Já apresentamos num texto anterior os óculos de protecção ESS ICE 2.4, com lentes de policarbonato desmontáveis que podem incluir modelos anti-claridade, anti-reflexo ou transparentes, apenas para protecção.

Normalmente, a aquisição deste modelo é dispendiosa, podendo andar pela meia centena de euros, mas para quem necessite apenas da lente anti-reflexo para uso autónomo, os excedentes militares podem ser uma opção interessante, dado o baixo preço pelo qual são comercializados.

O preço, já com portes a partir de Inglaterra ronda a vintena de euros e, se é superior ao de muitos óculos de aspecto semelhante à venda em Portugal, a sua resistência coloca-os num universo à parte em termos de segurança e durabilidade.

A protecção dos olhos e do sentido da vista mais que justifica uma atenção especial e, para quem necessite de lentes anti-reflexo, a protecção conferida por estas, capazes de deter estilhaços e mesmo alguns projéteis, esta será, sem dúvida, uma opção a ter em conta.

Criminalização da política? - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma inauguração

Declarações recentes, protagonizadas por figuras de relevo da Oposição, vêm relançar a questão do nível de responsabilidades que se deve assacar a um detentor de um cargo público quando falha no desempenho da missão que voluntariamente assumiu, caso se verifiquem um determinado número de condições.

Esta possibilidade, de um governante responder a nível civil e criminal pelo fracasso do seu desempenho, e pelas consequências que daí possam advir, é actualmente impossível, algo óbvio sabendo-se que as leis foram feitas pelos próprios políticos à medida das suas necessidades, recorrendo estes ao argumento de que a sanção será política.

Naturalmente que existe uma suposta penalização correspondente à não eleição, mas no actual sistema, mais do que um castigo, tende a ser um prémio que será consubstanciado na nomeação para uma empresa pública onde será principescamente pago pelos contribuintes, obrigados a contratar como gestor quem demonstrou não apenas incompetência como, tantas vezes, falta de seriedade.

Desta forma, e como é do conhecimento geral, é manifesto que a suposta responsabilização ou penalização política não resulta como sanção, mas tão somente como uma breve e compensadora "travessia do deserto", enquanto aguarda pela próxima oportunidade de devastar o Pais.

segunda-feira, novembro 08, 2010

Um suporte de "jerry can" pronto a instalar

Image Hosted by Imageshack
Um suporte de "jerry can" pronto a instalar

Recorremos ao conjunto de "sprays" da Tintauto, que apresentamos num texto anterior, para pintar um suporte de "jerry can" que adquirimos no EBay inglês e se destina a ser colocado na porta traseira do Defender.

Neste caso, como o suporte do sobressalente foi removido, a opção natural é a de colocar este suporte na porta, sendo necessário proceder aos furos para os parafusos e aconselhando-se a colocar no interior uma placa de ferro com furação semelhante, evitando assim danificar a porta.

O processo de instalação é, portanto, extremamente simples, bastando para o efeito desmontar o forro interior da porta, furá-la nos locais adequados e aparafusar o suporte, após o que esta está pronto a receber um "jerry can" que terá de ser do modelo americano, ou seja, com o rebordo inferior, de modo a ficar devidamente preso.

Como opção, é possível construir uma pequena peça em metal, encaixada no rebordo, que sirva de base a outros modelos de "jerry can" e soldá-la, podendo assim usar o modelo alemão ou inglês, o qual tende a ter uma base mais arredondada e sem rebordos.

Não há socorro para este Orçamento... - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma floresta queimada

Com a redução orçamental, na ordem dos 9%, que se verifica no Ministério da Saúde, de onde provêm verbas para o socorro, sendo o exemplo mais óbvio o do Instituto Nacional de Emergência Médica, é expectável que esta instituição seja abrangida pelos cortes, algo que terá impacto a nível operacional e na própria estrutura organizacional, bem como nas perspectivas de quantos lá trabalham.

Os primeiros alertas já surgiram, por parte de elementos das forças policiais, área onde o impacto dos valores constantes do actual orçamento são facilmente verificáveis, esperando-se que em breve representantes de outros sectores, entre os quais os que estão ligados à protecção civil e ao socorro, revelem as suas preocupações.

Com a atribuição de verbas, resultantes da aprovação na especialidade do Orçamento, mesmo as classes profissionais onde existe uma maior descentralização, incluindo voluntários, prevê-se que surja idêntica contestação, com o agravante de, em função do tipo de vínculo, do qual resulta uma menor dependência, facilmente se traduz numa desmotivação e mesmo afastamento.

Esta perspectiva, aliada a um inevitável empobrecimento generalizado, que irá sobretudo afectar as zonas deprimidas do Interior, violando princípios básicos de solidariedade nacional, e mesmo o espírito da própria Constituição, irá aumentar o contraste entre as regiões e, quase certamente, resultará no aumento de migrações, sobretudo entre os jovens desempregados, que dificilmente encontrarão trabalho nas grandes cidades dos Litoral.

domingo, novembro 07, 2010

O rádio CB Cobra 29 - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
O rádio CB Cobra 29 WX NW BT

A interacção com o sistema de telefone móvel é ainda reduzida, estando presente um botão de marcação automática, que repete o último número marcado, e outro para atendimento e termo automático da conversação, ficando outras funcionalidades a cargo do telemóvel, pelo que se aconselha um modelo com marcação por voz.

O rádio CB Cobra 29 WX NW B tem um preço que ronda a centena e meia de euros, com portes a partir dos Estados Unidos, acrescendo, obviamente, direitos alfandegários, quase inevitáveis para um equipamento deste tipo, o que elevará o preço final para algo que se vai aproximar dos duzentos euros.

Um pouco mais caro, com uma vintena de euros de diferença, está igualmente disponível o Cobra 29LTD-BT, que permite comunicações via bandas laterais, e que, pela diferença de preço, provavelmente será a melhor opção dentro desta família que agora surge, mas presume-se que em breve existam na Europa modelos com as mesmas funcionalidades e mais adaptados aos nossos hábitos.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin