sábado, dezembro 18, 2010

Alerta de baixas temperaturas - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Tempo frio em Portugal

Os distritos de Beja e Évora, onde se esperam temperaturas mínimas perto dos zero graus, encontram-se em "alerta laranja", o segundo mais grave, enquanto a maioria dos restantes distritos se encontra em "alerta amarelo" também devido ao frio.

Nos distritos do Norte do Continente as temperaturas estarão ainda mais baixas, mas tal é considerado como mais de acordo com os valores normais para esta época do ano, pelo que o risco é tido menor.

Em Lisboa, onde a temperatura mínima desceu até aos 3 a 4º, não foi activado nenhum plano de contingência, apesar de previsto o fornecimento de bebidas quentes, comida calórica e agasalhos para os sem abrigo, assegurando a Protecção Civil municipal que irá acompanhar a situação e intervir caso necessário.

Apesar de ser esperada uma subida de temperatura, em anos anteriores, quando a crise se sentia menos, notava-se uma maior intervenção da autarquia em condições similares, situação que, infelizmente, se estende a outros municípios que igualmente enfrentam dificuldades financeiras.

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Caixas empilháveis tipo Wolf: oportunidade antes da subida do VAT - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma caixa empilhável tipo Wolf

As caixas empilháveis tipo Wolf, fabricadas pela Flatdog, em plástico preto e decoradas com o logotipo do fabricante, estão agora disponíveis na Paddock Spares, beneficiando de um preço inferior aquele que encontramos nas lojas da concorrência.

As dimensões destas caixas são de 52 x 40 x 24 cm, são estanques e suficientemente resistentes para o uso em expedições, sobretudo devido aos cantos reforçados que suportam o peso da caixa e do conteúdo, podendo ser empilhadas e presas com cintas ou esticadores.

Estas dimensões adequam-se bem à plataforma de carga dos Defender e dos Serie, onde cabem quatro caixas nos modelos curtos, mas, pela sua largura excessiva, são incompatíveis com a colocação sobre os guarda-lamas, que devem ser reservadas para modelos mais apropriados ou para equipamentos específicos.

Este tipo de caixa complementa mas não substitui os modelos em metal, como os que se colocam sobre os guarda-lamas traseiros, e que oferecem uma muito maior segurança contra furtos, mas aumentam em muito a capacidade de arrumação e oferecem uma flexibilidade muito superior, sobretudo na altura de cargas e descargas, pelo que a aquisição será amplamente justificada para quem participe em expedições.

Propriedade das peças substituidas - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Caixa de velocidades de um Defender Td5

É de realçar que de uma má reparação podem resultar avarias secundárias, algumas difíceis de prever ou de relacionar, que inclusivé podem nem ser imediatas, mas que nem por isso deixam de ser da responsabilidade de quem efectuou o trabalho.

Tendo a peça substituida será possível, mesmo posteriormente, averiguar da sua avaria, caso tal realmente se verifique, mas também a implicação desta falha a nível de outros componentes, sejam mecânicos, sejam electrónicos, sendo a existência das peças substituidas e das facturas das reparações essenciais para uma reclamação fundamentada.

Sem as peças substituidas, e portanto sem ser possível verificar através de uma peritagem independente do seu real estado, o risco de uma reparação ser efectuada por tentativas, com substituição de peças em bom estado, as quais podem posteriormente ser revendidas a terceiros, aumenta muito substancialmente, com o risco de se eternizar enquanto os custos se avolumam.

Sabendo-se que mesmo com provas obter a justa compensação por um trabalho mal efectuado não é fácil, sem estas, exceptuando casos raros em que o prestador dos serviço reconhece o erro e o corrije, tal torna-se virtualmente impossível, acabando por ser o proprietário do veículo a suportar a totalidade dos custos.

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Transportador de pneu sobressalente Wolf

Image Hosted by ImageShack
Transportador de pneu sobressalente Wolf

Desde há muito que existem equipamentos ou opcionais destinados ou concebidos para os Land Rover de origem militar, muitos dos quais, pela sua qualidade e por não envolverem questões legais relacionadas com armamento, podem ser utilizados em modelos civis desta e de outras marcas.

Os sistemas de transporte de pneus sobressalentes Wolf são disso exemplo, consistindo, basicamente, numa pega em metal e numa lona, com presilhas, que envolve o pneu, de modo a que este possa ter transportado ou acomodado no interior de um veículo que disponha de uma estrutura interna compatível, como um "roll bar".

Se por um lado o funcionamento é quase intuitivo, embora a sua utilização dependa do modelo de jante, a sua utilização, em função da dimensão e do peso sê-lo-à menos, sendo de ter atenção ao apertar das presilhas e planear bem o esforço necessário para o transporte e instalação.

O preço deste sistema de transporte, que não aconselhamos a usar sem ajuda quando o pneu e jante sejam pesados, varia das vinte até às trinta libras, a que acrescem portes a partir de Inglaterra.

Propriedade das peças substituidas - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Unidade de gestão electrónica de um Puma

Temos verificado, e tal tem-se agravado recentemente, que muitas oficinas não devolvem as peças substituidas aquando das reparações, sendo que algumas delas, inclusivé, afixam declarações que estas passam a ser propriedade das mesma, sendo assim subtraidas ao legítimo proprietário.

Em primeiro lugar, de acordo com a legislação em vigor e independentemente do que seja dito ou escrito na oficina, todas as peças substituidas devem ser entregues ao proprietário, salvo um conjunto de situações excepcionais que prevejam a sua troca por peças recondicionadas ou a substituição graciosa ou em garantia, para usar os exemplos mais correntes.

Em segundo lugar, qualquer peça, independentemente do seu estado e condição, tem valor patrimonial, mesmo que residual, cabendo ao seu legítimo proprietário decidir do destino de um bem que lhe pertence sem ser submetido a qualquer tipo de pressão e, menos ainda, sendo-lhe prestada uma informação que entra em conflito com os seus direitos.

Tal permite uma maior segurança na reparação, com a certeza de que não foi recolocada a mesma peça após limpa ou reparada, caso tenha sido cobrada uma nova ou que a mesma após reparação não será vendida e instalada noutra viatura como nova, mas também como prova caso haja problemas após a reparação.

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Suportes para pranchas de desatascamento

Image Hosted by ImageShack
Suportes para pranchas de desatascamento

Transportar devidamente acondicionadas um par de placas de desatascamento, de modo a serem facilmente utilizadas, implica possuir suportes próprios, colocados num local adequado do veículo.

A instalação é extremamente simples, bastando escolher uma superfície plana, que pode ser interior ou exterior, furá-la, e aparafusar os suportes de acordo com o comprimento das pranchas a transportar.

Estes suportes destinam-se a pranchas com 38 ou 50 mm de espessura, os mais comuns entre os praticantes de todo o terreno, tendo as dimensões para transportar um par de pranchas.

O preço é de uma quinzena de Euros, a que acrescem portes, sendo necessário especificar na altura da encomenda se os suportes se destinam a pranchas de 38 ou de 50 mm, de modo a que os parafusos fornecidos tenha a dimensão correcta.

Suporte para "hi-lift"

Image Hosted by ImageShack
Suporte para "hi-lift"

Para aqueles que pretendam ou necessitem de transportar um "hi-lift" e pretendam um suporte a um preço inferior ao habitual, existe um modelo feito pela mesma empresa que produz os suportes para as placas de desatascamento que apresentamos recentemente.

Este item consiste num par de suportes idênticos, que podem ser instalados em qualquer superfície plana no interior ou exterior da viatura, sendo cada um preso por um par de parafusos, incluidos no conjunto, passando os pernes dos suportes pelos orifícios existentes nos "hi-lift".

Image Hosted by ImageShack
Suporte para "hi-lift" num Defender

De resto, a utilização é idêntica à da maioria dos suportes, com uma porca de orelhas para apertar e orifícios na rosca para colocar um cadeado, caso a instalação seja no exterior ou se pretenda uma maior segurança contra eventuais furtos.

O preço deste conjunto é pouco superior à quinzena de Euros, a que acrescem portes, ficando por perto de metade do valor de um dos modelos mais conhecidos, o que pode ser compensador, sobretudo para encomendas com maior volume.

terça-feira, dezembro 14, 2010

Sinalizador de emergência multi-funções - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Sinalizador de emergência multi-funções

Este equipamento inclui também um martelo, destinado a quebrar os vidros em caso de emergência, bem como uma lâmina para cortar os cintos de segurança, mais para socorrer terceiros do que na extraordinariamente remota possibilidade de o próprio cinto ficar preso.

As dimensões são de aproximadamente 19 cm de comprimento por 4 de diâmetro, com um peso de 153.8 gramas, sendo alimentado por um par de baterias AA, não incluidas, faltando obviamente a possibilidade de ligação a tomada de isqueiro e a inclusão de um suporte adequado.

O preço ronda os 5 a 6 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, caso se procure bem, podendo ser encontrados modelos equivalentes no mercado europeu ou nacional, embora com um valor final um pouco mais elevado do que o sistema que aqui sugerimos.

Transportar um pequeno "kit" de emergência, sobretudo em locais mais isolados ou quando as condições climáticas são mais desfavoráveis, é absolutamente essencial em termos de segurança, sendo este um investimento comparativamente baixo comparado com as vantagens que, em caso de necessidade, oferece.

Lagartas dobráveis para neve ou areia - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Lagartas para neve ou areia

As lagartas devem ser colocadas diante das rodas motrizes do veículo, ou daquelas que tiverem menos aderência, mas será de equacionar possuir dois pares caso se possua um veículo de tracção integral e usá-lo, caso o possua, com o bloqueio central ligado.

Por uma trintena de Euros, incluindo portes e instruções de uso, pode ser adquirido um par destas lagartas, essenciais para quem conduz em terrenos de fraca aderência como a neve ou a areia, mas que não são apropriadas, por exemplo, para terrenos pedregosos com grandes irregularidades.

Para uma utilização mais contínua ou terrenos mais agressivos, existem pranchas com outro tipo de características, sobretudo em termos físicos, mas cujo preço, obviamente, é muito superior, ultrapassando a centena de Euros por par e obrigam a um maior espaço para arrumação no veículo.

Caberá, portanto, a cada utilizador decidir do modelo mais adequado às suas necessidades e dentro do respectivo orçamento, sendo que para situações esporádicas ou casuais, ligadas sobretudo ao mau tempo, o modelo proposto poderá ser uma opção realista e sem custos excessivos.

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Microsoft lança novo conjunto de actualizações de segurança

Image Hosted by ImageShack
Um écran do Windows Update

Os utilizadores de produtos da Microsoft vão poder aceder, através do sistema de actualizações do sistema operativo, a um conjunto de 17 novas correcções de segurança, que visam eliminar 4 vulnerabilidades em produtos distintos.

Destas actualizações, duas são críticas, a classificação mais elevada em termos de risco, seguindo-se 14 consideradas importantes e uma última como moderada, sendo um dos pacotes com maior número de correcções lançado por este fabricante.

A Microsoft identificou falhas de segurança no Internet Explorer, Office, SharePoint e Exchange, as quais podem já ter sido utilizadas por "hackers" em ataques a equipamentos onde algum destes produtos estejam instalados.

O número de correcções ou actualizações de produtos da Microsoft tem vindo a aumentar, algo que traduz o crescente número de ataques bem como a maior atenção da empresa, traduzida no crescente número de relatórios de segurança, pelo que se espera que esta tendência se vá manter em 2011.

Lagartas dobráveis para neve ou areia - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Lagartas para neve ou areia

Os recentes nevões que assolaram sobretudo o Norte do País e a reconhecida falta de meios de limpeza de neve e mesmo de socorro capazes de operar nestas condições climáticas leva-nos a mencionar alguns equipamentos que podem reduzir o risco de circulação ou facilitar a saía de situações de imobilização.

Um dos meios mais conhecidos para que um veículo imobilizado num terreno com pouca adererência, como a neve ou a areia, é a de colocar sob os pneus uma superfície que ofereça um certo grau de sustentação e de atrito, de modo a recuperar a tracção.

As lagartas são construidas num plástico de alta-resistência flexível, com dobradiças em metal, e têm um padrão em favo de mel, de modo a ter uma boa aderência mesmo em terrenos difíceis ou irregulares.

Cada lagarta tem 60 cm de comprimento, 18 de largura e 1.25 de espessura, mas dobram-se de modo a ficarem com apenas 28cm de comprimento, passando a altura para o triplo.

domingo, dezembro 12, 2010

Sinalizador de emergência multi-funções - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Sinalizador de emergência multi-funções

Já propusemos diversos sistemas multifunções destinados a serem transportados no interior de veículos e capazes de serem utilizados em diversas situações de emergência, alguns dos quais, mais do que recomendados, deviam ser quase obrigatórios.

Entre estes, incluem-se extintores, lanternas, um agasalho, preferencialmente com faixas reflectoras, cabos de bateria e de reboque e tantos outros, pelo que será sempre de equacionar o uso de modelos com múltiplas funções.

Em termos centrais, este sinalizador inclui uma luz vermelha, destinada a avisar a presença, e uma lanterna convencional de luz branca, activadas por botões individuais, sendo a sua fixação facilitada por um iman que permite uma fácil aderência a superfícies magnéticas.

O sistema inclui um total de 9 "leds", com um brilho de entre 3000 a 5000 mcd, com autonomia de até 36 horas, se usado separadamente, enquanto a lâmpada de néon é de 2.5V e 0.3A pode operar até 4 horas continuamente.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin