sábado, dezembro 31, 2005

Projecto SidCarta


Image Hosted by Imageshack
Mapa antigo de Lisboa

O Instituto Geográfico do Exército, para além dos novos sistemas de informação digital, iniciou um projecto de recuperação da antiga cartografia militar portuguesa, denominado SidCarta, de forma a torná-la novamente disponível a todos quantos apreciam ou estudam mapas antigos.

Para além de permitir uma consulta histórica e apreciar a beleza de alguns dos mapas feitos pela Engenharia Militar Portuguesa, a comparação com os actuais é um exercício interessante na avaliação do quanto mudou o território nacional e na forma como este tem sido representado cartograficamente ao longo dos séculos.

No site do IGEOE, estão disponíveis imagens de alguns dos mapas incluidos neste Projecto, bem como detalhes relativos aos mesmos, valendo a pena uma visita a esta amostra com contornos de pequena exposição virtual.

IGEOE-Sistema de Informação Geográfica


Image Hosted by Imageshack
Mapa satélite de Vila Ruiva - Serra da Estrela

Não é só o Google Earth que permite obter mapas ou visualizações de imagens de satélite do território português, tendo o Instituto Geográfico do Exército, a partir do seu site, um sistema de informação geográfico semelhante.

Igualmente interactivo, mas sem a necessidade de instalar qualquer programa, o IGEOE-SIG oferece informações semelhantes às dos mapas militares da Série 888, com a vantagem acrescida de disponibilizar imagens de satélite das mesmas áreas para além de diversas funcionalidades inexistentes na versão impressa.

A imagem apresentada, de uma pequena aldeia no sopé da Serra da Estrela, é exemplificativa do tipo de imagens de satélite que se pode obter no interior do País, com uma definição inferior à disponibilizada para as áreas litorais, tal como acontece nos restantes sistemas de informação geográfica conhecidos.

Em muitos casos, utilizando um programa apropriado, é possível afinar a imagem, realçando as formas e corrigindo a cor, de forma a que esta se aproxime tanto quanto possível da realidade, mas tal só é possível com imagens estáticas de que resulta a perda de interactividade.

Neste exemplo, é visível a linha divisora entre duas cartas da Série 888 à escala 1/25.000, a 191 e a 202, com indicação do número de referência das mesmas, sendo possível adicionar ou remover diverso tipo de informação geográfica ou administrativa.

A maior falha a ausência deste sistema é um "interface" com GPS e um programa que sirva de interface, facilitando os controles e aumentando a rapidez, embora a ausência deste o torne mais universal e compatível com qualquer "browser".

Embora ainda falte um longo caminho a percorrer para fornecer imagnes detalhadas de todo o território nacional, o IGEOE tem vindo a apresentar trabalhos cada vez mais interessantes e a integrar-se na nova era digital com a mesma qualidade da época em que recorria sobretudo à informação impressa, demonstrando que em Portugal existe a capacidade de produzir mapas ao nível do que de melhor existe no Mundo.

sexta-feira, dezembro 30, 2005

Época de ouro no Ebay


Image Hosted by Imageshack
Site do Ebay Inglês

Podem ser prendas de Natal não desejadas ou uma forma de recuperar financeiramente das despesas, muitas vezes excessivas, desta época, mas subitamente o número de peças e equipamentos para Land Rover no Ebay inglês aumentou substancialmente, recuperando de uma época algo fraca.

Tal como nos meses de Junho e Julho, em que as férias fazem aumentar as vendas, ou em Setembro, quando os equipamentos adquiridos para o Verão começam a ser vendidos para financiar outros mais adaptados ao Inverno, esta é uma época de ouro que sugerimos que aproveitam.

Aos que os gastos no Natal ainda permitam alguma disponibilidade, e sempre sem recorrer à tentação fácil dos créditos pessoais, desejamos prudência e boas compras!

GNR para incêndios disponível apenas em 5 distritos do País


Image Hosted by Imageshack
Agentes da GNR

Durante a próxima época de incêndios florestais, o Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro da GNR (GIPS/GNR) vai intervir apenas em 5 distritos portugueses, considerados como os mais vulneráveis.

A opção por Vila Real, Viseu, Coimbra, Leiria e Faro foi considerada como tecnicamente correcta pelos bombeiros, que, no entanto, criticaram o tipo de meios humanos escolhidos.

"A opção do GIPS/GNR é política e legítima, mas discordamos porque seria possível fazer este grupo apenas na esfera dos bombeiros", considerou Duarte Caldeira, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Segundo Fernando Curto, presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, "é uma situação que não se entende. Recomendámos a criação de uma "taskforce" de combate a incêndios a nível nacional e resulta ser apenas parcial e, sobretudo, para o interior do País, quando a esmagadora maioria dos incêndios ocorre no Litoral".

Mais grave ainda, de um efectivo que se previa ser de 500 elementos, o GIPS vai contar apenas com 350 militares, mas o Ministério da Administração Interna já admitiu que este número vai apresentar, operacionalmente, a disponibilidade permanente de apenas 100, formados a partir da última semana de Janeiro e a até 15 de Abril.

Quem tem alguma experiência em termos organizativos, sabe que quando se pensa em termos de escalas de serviço o efectivo diminui substancialmente, de forma similar aos números acima exemplificados.

É ainda de ter em conta que por férias, baixas e outros impedimentos, que no caso dos agentes da autoridade pode ser algo tão simples como ir a um Tribunal prestar depoimento, pode resultar uma disponibilidade permanente bastante inferior aos números mencionados.

Assim, dos 20 elementos permanentes por distrito, é bastante provável que pouco mais de uma dúzia estejam realmente disponíveis, sendo a sua eficácia condicionada pelos escassos meios existentes, pelo que se receia pela eficácia desta medida que parece cada vez menos acertada, sobretudo tendo em conta os riscos resultantes da escassa experiência dos elementos destinados a esta nova missão.

Lembramos ainda, que a experiência do uso de meios militares, tal como de bombeiros sem a experiência e o enquadramento necessário, demonstrou ser trágica no passado e o mesmo pode repetir-se no futuro caso não sejam tomadas as precauções adequadas em termos de formação, treino e acompanhamento.

Estamos certos de que com o mesmo investimento nos bombeiros, profissionais ou voluntários, e nos meios de prevenção, seria possível não só obter melhores resultados, como conseguir uma maior e mais do que necessária colaboração da sociedade civíl.

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Smokey Bear


Image Hosted by Imageshack
Site do Smokey Bear

O site do Smokey Bear é um dos mais interessantes na prevenção de fogos florestais que encontramos até hoje, com mensagens claras e um especial enfâse no facto de esta ser uma tarefa de todos e cada um, tal como temos vindo a afirmar.

Embora com um aspecto que parece essencialmente destinado a crianças, incluindo jogos para os mais jovens, a mensagem é clara e para todas as idades e um exemplo que devia ser seguido em todo o Mundo.


Image Hosted by Imageshack
Símbolo do Smokey Bear

Com imagens e animações que incluem alguns personagens da Disney complementadas por textos de fácil compreensão, é um site agradável de consultar e onde as informações e esclarecimentos são prestados de forma acessível para todos, mesmo para os que estão menos habituados à língua inglesa.

Hoje propomos uma visita a este site, que lamentamos não estar traduzido nem ter um equivalente em português, mas cujas informações e mensagens são extremamente importantes, pelo que certamente voltaremos para uma nova visita, enquanto fazemos votos para que as autoridades nacionais sigam este exemplo.

Catálogo da Bearmach no Land Rover Owner International


Image Hosted by Imageshack
Capa do catálogo da Bearmach

No número de Janeiro de 2006 da Land Rover Owner International, já disponível nas bancas, vem incluido um catálogo completo da Bearmach onde são apresentados os produtos deste popular fornecedor.

Ao longo de 130 páginas, são apresentadas desde peças ou equipamentos opcionais a miniaturas, passando por quase tudo o que se pode imaginar num Land Rover, incluindo as referências e os preços actuais.

Sendo uma das maiores empresas na venda de equipamentos para Land Rover, o catálogo da Bearmach está à altura do que se espera de um fornecedor conhecido em todo o Mundo pelos proprietários de veículos desta marca.

Embora os items apresentados constem do site da Bearmach, o catálogo afigura-se como um meio de consulta francamente mais prático, pelo que poderá ser mais uma justificação para adquirir a revista que inclui um interessante conjunto de artigos a começar pelos "Segredos de Condução Militares" do Exército Inglês.

quarta-feira, dezembro 28, 2005

5.000 visitas


Image Hosted by Imageshack
5.000 visitas

Ao atingir as 5.000 visitas, não queremos deixar de agradecer a todos quantos nos visitaram e a quem colocou ligações nos seus blogs e sites para o nosso.

A todos o nosso obrigado e continuamos a contar convosco neste espaço de reflexão.

Placa de instruções da caixa de transferências


Image Hosted by Imageshack
Placa de instruções da caixa de transferências

Conforme mencionamos anteriormente, disponibilizamos a imagem da placa de instruções da caixa de transferências em tamanho real, de modo a que possa ser impressa no material adequado.

Chamamos a atenção para o facto de esta impressão deva ser ajustada de modo a ficar da dimensão das placas de identificação do veículo.

Com técnica de impressão, sugerimos reduzir o número de cores e eliminar ou atribuir transparência à cor prateada e imprimir sobre plástico autolocante prateado, recortando-o de forma a manter uma pequena margem de 3 milimetros a toda a volta.

A redução do número de cores para 16, também permite corrigir as pequenas irregularidades de cor derivadas da idade desta peça, a qual já apresenta algum desgaste.

Embora no EBay seja possível obter estas placas a um baixo preço, a impressão em plástico autocolante pode ser uma alternativa barata até ser obtida uma solução defenitiva.

Nova versão do Google Earth


Image Hosted by Imageshack
Imagem de Veneza no Google Earth

Enquanto a base de dados do Google Earth continua a aumentar, em grande parte devido às contribuições de milhares de utilizadores que enviaram imagens e mapas, foi lançado um novo mecanismo de pesquisa, mais leve e rápido.

Actualmente, a última versão deste software é a Beta 3.0, nas várias opções Standard, inteiramente gratuita, e Plus ou Professional, que necessita de ser paga e adiciona novas possibilidades.

Em áreas onde a definição é elevada, na companhia de um receptor de GPS, funcionalidade disponível na versão Plus, e com uma placa de ligação UMTS que permita um acesso de alta velocidade à Internet, o Google Earth Plus é uma solução alternativa ou complementar aos sistemas de orientação convencionais, com o valor acrescentado de oferecer os sistemas de pesquisa impares da Google, capazes de conduzir os utilizadores em quase todo o Mundo.

Para tirar partido desta solução, aconselha-se a utilização de um portátil com processador de 500 Mhz ou superior e 256 Mb de memória RAM, um écran com uma resolução de 1024x768 pixels e Windows 2000 ou XP, complementado por um GPS com ligação ao portátil e uma placa UMTS PCMCIA.

Quem quiser utilizar o Google Earth Plus como complemento de outro software e pretenda partilhar o GPS, deverá ainda instalar o GPS Gate de forma a que as várias aplicações possam receber o sinal do GPS em simultâneo.

Este conjunto permite a quem instalar o Google Earth Plus obter informações em tempo real através de um sistema flexível e em constante actualização, onde se incluem não apenas informações geográficas, mas também onde encontrar restaurantes, lojas, cinemas e tudo o que um viajante pode procurar.

terça-feira, dezembro 27, 2005

Contactos da Land Rover em Inglaterra


Image Hosted by Imageshack
Land Rover Discovery G4

Embora já tenha colocado esta informação num Fórum, deixamos aqui o contacto do Centro de Relacionamento com Clientes da Land Rover em Inglaterra, último recurso quando os contactos com o representante em Portugal não surtem os efeitos desejados:

Land Rover
Customer Relationship Center
Browns Lane
Allesley
Coventry CV5 9DR
United Kingdom

É conveniente insistir no sentido de intervirem directamente e não apenas de encaminharem a carta para a filial em Portugal, dado que, por experiência própria que um dia será relatada, a Land Rover inglesa tende a enviar aos representantes as missivas, provavelmente imaginando que estes resolverão as questões colocadas.

Penso que, infelizmente, a Land Rover em Inglaterra não tem a noção correcta da insatisfação com o serviço da sua filial portuguesa nem estará ao corrente da forma como esta tende a não resolver as situações que lhe são colocadas, manifestando uma completa indiferença perante as queixas ou pedidos de assistência dos clientes que é suposto servir.

Num próximo texto, iremos relatar uma experiência de contacto com a Land Rover inglesa, esperando apenas que esta nos responda a uma carta, sendo que consideramos que não havendo resposta num prazo razoável, concluiremos que optou por deixar a situação nas mãos da sua filial portuguesa.

Velocidades de transmissão de dados em UMTS


Image Hosted by Imageshack
Placa PCMCIA UMTS Merlin U630

As novas tecnologias permitem um acesso cada vez mais rápido à informação, utilizando as redes de transmissão de dados das operadoras de telecomunicações.

A ligação pode ser obtida através de uma placa própria, como a Merlin U630 para redes UMTS, ou da ligação a um telemóvel com capacidade de transmissão de dados, sendo a velocidade máxima determinada pelas capacidades do equipamento e da rede no local e nas condições em que a comunicação se efectua.

Assim, estão actualmente disponíveis a nível europeu 3 diferentes protocolos, a que correspondem distintas velocidades máximas de acesso:

UMTS 384 Kbps
GPRS 53.6 Kbps
GSM 14.4 Kbps

Tipicamente, os equipamentos tentam estabelecer uma ligação utilizando o protocolo mais favorável, que permita uma velocidade mais elevada, a menos que haja uma configuração específica ou restrições contratuais que determinem outro critério.

Quando não é possível comunicar utilizando o protocolo desejado, ou existe uma perda de qualidade derivada das condições de transmissão, o equipamento de comunicação tenta manter a ligação baixando a velocidade ou tentando outro protocolo.

Assim, se um equipamento estabeleceu uma sessão de transmissão de dados via UMTS e perde o acesso a esta rede, tentará operar em GPRS e, caso tal não seja possível, poderá tentar em GSM, com as consequentes perdas em termos de velocidade, sendo que, caso haja uma degradação substancial, a aplicação pode inclusivé deixar de funcionar.

Actualmente, a rede UMTS, normalmente associada aos telemóveis de 3ª geração, apenas cobre áreas restritas do território nacional, pelo que o sistema implementado nos automóveis da Brigada de Trânsito que aqui noticiamos, quando fora dos grandes centros urbanos, tende a ficar demasiadamente lento para ser praticável.

A possibilidade de utilizar ligações de alta velocidade permite o acesso, por exemplo, a sistemas de informação geográfica, como o Google Earth, que, em conjunto com um GPS, pode servir de alternativa aos sistemas de orientação convencionais.

Talvez agora, que a ainda fraca disseminação da rede UMTS afecta directamente os interesses do Estado, possamos assistir a uma maior implementação que venha a cobrir todo o território nacional e não apenas as áreas onde existem mais clientes.

segunda-feira, dezembro 26, 2005

Postal de Natal em russo


Image Hosted by Imageshack
Postal de Natal em russo

Para os ortodoxos, o Natal é apenas comemorado na noite de 6 de Janeiro, quase duas semanas após ter sido festejado pelos católicos, mas já recebemos cartões de alguns dos nossos amigos da Rússia e da Ucrania.

Com os desejos de um Feliz Natal para os nossos amigos de Leste, aqui deixamos o cartão que um deles nos enviou.

Incêndios de Natal


Image Hosted by Imageshack
Lareira acesa, um dos perigos de Inverno

É exactamente na época de Natal que chegam aos quarteis dos Bombeiros um maior número de pedidos de socorro para incêndios domésticos, como resultado de fogos derivados de lareiras, braseiras ou fugas de gás de equipamentos de aquecimento.

Se relativamente aos fogos existe um alerta, derivado do aumento da temperatura ou das labaredas, as fugas de gás resultantes de uma má queima são inodoras e invisíveis, portanto, dificilmente são detectadas, provocando uma morte silenciosa.

Fica aqui um alerta que nunca é de mais repetir, no dia seguinte à morte de duas crianças em Vila Nova de Gaia, vítimas de um incêndio doméstico, e de uma idosa, intoxicada por monóxido de carbono durante o sono, pelo que sugerimos uma visita ao site da Direcção-Geral de Geologia e Energia e, como prenda de Natal atrasada, um detector que alerte em caso de fuga de gás.

domingo, dezembro 25, 2005

6 mortos e 10 feridos graves desde o início da Operação Natal


Image Hosted by Imageshack
Acidente de viação ocorrido durante a noite

Só ontem, véspera de Natal, foram registados 299 acidentes de viação, de que resultaram 3 mortos, 10 feridos graves e 97 feridos ligeiros, o que eleva para 6 as vítimas mortais desde o início da operação especial de vigilância no Natal.

No dia anterior, 6ª feira, tinham-se verificado 375 acidentes, de que resultaram 3 mortos, 13 feridos graves e 89 feridos ligeiros.

No sábado, a GNR detectou 58 condutores com excesso de álcool, 29 dos quais foram detidos por apresentarem uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 1,2, num total de 2.243 condutores fiscalizados, tendo registado 943 autos de contra ordenação, dos quais 486 por infracções graves e 76 por infracções muito graves.

Foram detectados 880 casos de excesso de velocidade, 44 condutores ou passageiros sem cinto de segurança ou sistema de retenção adequado, 19 de circulação de veículo sem seguro obrigatório e detidos 9 condutores por condução sem habilitação legal.

As estatísticas portuguesas são, no entanto, bastante enganadoras dado que apenas incluem as vítimas declaradas mortas na altura do acidente ou nas primeiras horas após este acontecer, e não aqueles que, após internamento hospitalar vêm a sucumbir e que, segundo as poucas estatísticas disponíveis, correspondem a metade dos feridos graves.

Também os 5 turistas italianos mortos num acidente na Madeira, não foram incluidos, dado que não se deveu ao normal tráfego resultante das viagens natalícias, pelo que continua a haver um esforço para esconder a realidade tal como ela é, ocultando uma substancial percentagem de vítimas mortais.

Assim, enquanto se manipula as estatísticas e a opinião pública, é possível fazer crer que tem havido uma redução do número de acidentes superior à real e, de alguma forma, esconder uma triste realidade que coloca Portugal fora dos parametros de qualquer país civilizado.

É Noite de Natal


Image Hosted by Imageshack
Presentes junto de Árvore de Natal

E, portanto, tempo para estar com aqueles que nos são mais queridos.

A todos um Feliz Natal.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin