sábado, janeiro 03, 2009

Mais equipas profissionais nos bombeiros em 2009 - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Bombeiros sapadores de Mafra

Cerca de 80 municípios manifestaram interesse em assinar com o Governo o protocolo de criação de Equipas de Intervenção Permanente (EIP), aumentando substancialmente as adesões obtidas durante a fase inicial, quando apenas 43 protocolos foram assinados, com somente 28 EIP em funcionamento e as restantes em processo de selecção de elementos, o que fica muito longe das 60 equipas operacionais previstas para o ano de 2007.

Inicialmente, estava previsto a criação de 60 EIP em 2007, seguindo-se 70 em cada um dos anos subsequentes, pelo que era expectável que no final de 2009 estivessem operacionais um total de 200 equipas, número muito acima das 123 previstas e caso se concretizem as intenções das autarquias envolvidas.

No entanto, continua por defenir o calendário de formação, mesmo o destinado às EIP já constituidas, estando a Escola Nacional de Bombeiros (ENB) a efectuar uma avaliação prévia das qualificações dos seus elementos, de modo a definir e preparar os conteúdos dos cursos a ministrar.

Os recursos da ENB apenas permitem formar os cerca de 300 oficiais bombeiros ou os elementos das equipas, pelo que será necessário optar entre um e outro grupo, mas os conteúdos estarão acordados com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), não obstante as dúvidas expressas pelo director da Escola.

sexta-feira, janeiro 02, 2009

LG apresenta "telemóvel-relógio" 3G este mês


Image Hosted by ImageShack
O novo modelo GD910 da LG

Há muito que se esperava um "gadget" deste tipo e a LG Electronics concretizou-o agora, sob a forma de um telemóvel de pulso de 3ª geração, com capacidade de videochamada que vai ser apresentado durante o Consumer Electronics Show a decorrer neste mês de Janeiro, em Las Vegas, entre os dias 8 e 11.

O novo telemóvel de pulso tem um éran táctil ou "touch-screen" de 1.4 polegadas e câmara fotgráfica integrada, respondendo a comandos de voz.

O GD910 permite transmitir dados até 7.2 Mbits/segundo, de acordo com a norma HSPDA, associada ao 3.5G e usa tecnologia WCDMA, o que permite realizar video-chamadas com recurso à câmara integrada no equipamento e situada no canto superior direito do ecrã.

Apesar das suas reduzidas dimensões, o GD910 possui conectividade "bluetooth", leitor de MP3, microfone e é construido à prova de água, algo de essencial para quem usa um telemóvel no pulso e o expoe aos elementos.

Apesar de ainda não haver uma data de lançamento oficial, o GD910 deverá começar a ser vendido na Europa brevemente, dada a pressão da concorrência que, quase certamente, irá lançar produtos igualmente inovadores.

Equipa ou bombeiro de Intervenção Permanente - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um incêndio em Portugal

O efectivo de cinco elementos das Equipas de Intervenção Permanente (EIP) leva-nos a efectuar algumas contas, que aqueles que têm experiência organizacional ou prestaram serviço militar facilmente podem efectuar, chegando sempre a resultados parecidos com os nossos e que revelam que não é possível uma cobertura horária permanente com este número de efectivos.

Partindo dos 365 dias que tem um ano civil e deduzindo fins de semana, férias e feriados, obtemos um número de dias que rondará os 230, dependendo do calendário exacto, e não incluindo faltas por doença, do que resulta uma redução em termos de dias úteis que se aproxima de 63%, representando menos de dois terços do total.

Observando agora o número de turnos necessários para cobrir cada período de 24 horas, que serão três caso cada elemento trabalhe durante oito horas e um pouco mais se o horário for inferior, os 63% deverão ser divididos por entre três e um número um pouco superior, pelo que, arrecondando, andaremos perto dos 20%, um número conhecido por parte de quem tem que organizar escalas para serviços de atendimento permanente.

Quando temos cinco elementos, 20% correspondem a um único elemento que será a disponibilidade possível com tão baixos efectivos, pelo que em vez de EIP podemos ter o solitário bombeiro de intervenção permanente, que, esperamos, não seja obrigado, por qualquer ordem ou instrução, a permanecer no quartel enquanto espera e desespera por reforços ou, simplesmente, por alguma companhia.

quinta-feira, janeiro 01, 2009

A Cruz - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 5ª imagem




Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 6ª imagem




Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 7ª imagem




Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 8ª imagem

Feliz 2009


Image Hosted by ImageShack
Um Feliz Ano de 2008 para todos!

No início de um novo ano, desejamos a todos os nossos amigos e leitores um 2009 muito feliz em que os vossos desejos se tornem realidade.

Esta é, sobretudo, uma altura de celebração, pelo que não vamos perder-nos em análises do ano que agora terminou nem entrar em previsões para o futuro, optando por deixar, sobretudo, uma mensagem de esperança e de confiança no futuro.

A todos, desejamos um feliz ano de 2009 com muita alegria e paz.

quarta-feira, dezembro 31, 2008

A Cruz - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 1ª imagem




Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 2ª imagem




Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 3ª imagem




Image Hosted by ImageShack
A Cruz - 4ª imagem

Windows 7 Beta 1 já está em "sites" de partilha de ficheiros


Image Hosted by Imageshack
O Windows 7 já se aproxima da fase final

A versão Beta 1 do futuro Windows 7, a ser disponibilizado mais para o final de 2009, já se encontra disponível em "sites" de partilha de ficheiros.

O sucessor do Vista foi entregue a um grupo restrito ligado ao desenvolvimento e a sua apresentação oficial apenas ocorrerá em Janeiro, quando Steve Balmer, o sucessor de Bill Gates, discursar na feira CES, no próximo mês de Janeiro, mas há algum tempo que se sabia que o novo sistema operativo já estava numa fase Beta, portanto, pronto para iniciar o período de testes.

Quem já testou o Windows 7 considerou-o superior ao Vista, mais sólido e rápido, algo expectável dado que tem muito menos linhas de código que o seu antecessor, o qual, efectivamente, nunca teve exito ou conseguiu substituir o XP, que continua a ser o preferido do mercado empresarial.

Esperamos ter a oportunidade de testar o novo sistema operativo da Microsoft ainda no mês de Janeiro ou em inícios de Fevereiro, altura em que voltaremos a este assunto para relatar as primeiras impressões sobre o Windows 7.

terça-feira, dezembro 30, 2008

Um cybercafé com uma função social


Image Hosted by ImageShack
O interior de um cybercafé

Um cibercafé japonês permite aos seus clientes sem uma morada física recorrerem ao seu endereço postal para efeitos de candidatura a um emprego.

Para além de disponibilizar meios para o envio de currículos ou contactos por via electrónica, inerente à sua actividade comercial, o Cyber @ Cafe permite aos sem abrigo ou desalojados, em muitos casos devido à perda de emprego, que sejam contactados por correio dirigido à sua própria morada, de forma a ultrapassar uma das limitações de quem perdeu a casa.

Sem excluir a possibilidade de esta ser uma manobra publicitária ou de haver compensações devido ao aumento do volume de negócios, o acto de solidariedade deste estabelecimento e a responsabilidade social dos responsáveis não pode deixar de ser considerada como uma inovação no sentido de auxiliar um conjunto de cidadãos particularmente vulnerável.

Este é um exemplo que consideramos ser interessante mencionar numa época em que a solidariedade devia estar mais presente e quando o País, independentemente de algumas declarações fantasistas, atravessa uma grave crise económica e social que coloca em causa direitos fundamentais dos cidadãos.

Escola do Cerco: brinquedo ou réplica - 2 ª parte


Image Hosted by ImageShack
Uma pistola de plástico junto de uma real

No entanto, o MP, perante uma situação que tem uma óbvia gravidade e poderá repetir-se caso não haja consequências, optou por esperar pelas conclusões do inquérito a realizar na própria escola, quando este, efectivamente, devia ser independente dado que a responsabilidade criminal, a existir, não deve ser misturada com a disciplina interna de um estabelecimento de ensino.

Se atentarmos ao facto de que a própria escola tinha minimizado o incidente, sem que houvesse sequer uma acção disciplinar num caso que apenas foi publicamente conhecido após divulgação na Internet do vídeo gravado na altura, parece-nos óbvio que qualquer sanção, a existir, não refletirá o excessivo rigor, para usar um eufemismo, da legislação actualmente em vigor.

É altura de os responsáveis políticos e o poder judicial assumirem as suas responsabilidades e aplicarem a má legislação produzida, mesmo que manifestamente injusta, de modo a que haja um escrutínio do trabalho legislativo produzido e as consequências deste sejam devidamente refletidas na sociedade.

Caso este incidente seja esquecido pelo poder judicial, então o princípio da universalidade da lei está posto em causa e podemos concluir que a última revisão da Lei das Armas não passa de uma resposta conjuntural, aplicada selectivamente segundo as conveniências do poder político e judicial, violando gravemente os princípios constitucionais.

E se todo este incidente ocorrido numa escola pública for considerado pelo MP como uma mera brincadeira, então estaremos todos no direito de brincar impunemente da mesma forma e onde quer que seja.

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Temporizador para webcam


Image Hosted by ImageShack
Écran do Astra Image Webcam Video Grabber

Já não será muito habitual nos dias de hoje, dado que existe um cada vez maior número de dispositivos que permitem obter fotos de qualidade e incorporam um sistema de temporização, mas para alguns a "webcam" ligada ao computador continua a substituir a máquina fotografica ou mesmo o telemóvel.

Um dos programas que permite temporizar uma foto a ser obtida via "webcam" é o Astra Image Webcam Video Grabber, um produto "freeware" de instalação e utilização simples, com muito poucos menus, mas que permite configurar temporizações seja para "frames" individuais, que darão lugar a fotos, quer para vídeos.

Para usar o Astra, basta selecionar o activar camara, seguindo-se a opção de conectar, tendo-se então acesso ao quadro de controle principal, onde está presente a configuração da "webcam" e os vários temporizadores, que permitem parametrizar o intervalo entre fotos, quando será tirada e as características de um vídeo a ser gravado.

A principal limitação que encontramos é a gravação em formato bmp, de dimensões muito superiores às do popular jpg, sem que a tal corresponda um aumento visível de qualidade, o que obriga a um processo de conversão que implica a existência ou instalação de um programa adicional, mas esta será uma solução para quem não disponha de um equipamento mais adequado à prática da foto digital.

Fogos de Inverno - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
Uma habitação queimada

Também este ano, a utilização indevida de um cobertor eléctrico, que foi mantido ligado durante um período considerável e assim permaneceu após a vítima se ter deitado, ao contrário das instruções para este tipo de produto, provocou queimaduras graves num residente na cidade do Porto

No entanto, existem outros perigos, como a intoxiação por monóxido de carbono, que surge normalmente associada a sistemas de aquecimento inadequados ou usados de forma errada, sendo disso exemplo o uso de aquecedores de jardim a gás no inteior de habitações, do que resultaram, ainda recentemente, diversas mortes em Espanha.

A maioria das habitações portuguesas não dispõe de detectores de monóxido de carbono, algo que pelo baixo preço podia ser incluido na contratação do serviço com os fornecedores, nem uma protecção efectiva contra curto-circuitos ou sobretensões, mais uma vez algo que pode ser minimizado através de um equipamento de baixo custo.

Também existem alarmes que podem ser ligados a uma simples linha telefónica e que incluem um controle remoto capaz de os activar e de enviar uma mensagem para um número pré-programado, que pode ser uma central de emergência, um quartel de bombeiros ou uma entidade onde exista atendimento permanente e possa dar seguimento ao pedido de ajuda.

Não existem soluções absolutas, mas, para além da prudência, não custa mais do que poucas dezenas de euros aumentar o nível de segurança através de dispositivos de protecção e de alerta que, em caso de imprevisto, poderão evitar a perda de vidas humanas e minimizar os danos em bens materiais.

Seria importante que associações, sobretudo as que apoiam os idosos, mas também as que estão ligadas ao socorro, sensibilizassem aqueles que estão em situação de maior vulnerabilidade no sentido de instalar sistemas de alerta e, se possível que instituições apoiassem financeiramente a aquisição e instalação, certo de que muitos acidentes poderiam ser evitados ou minimizados.

domingo, dezembro 28, 2008

Escola do Cerco: brinquedo ou réplica - 1 ª parte


Image Hosted by ImageShack
Uma pistola de plástico: brinquedo ou réplica

O lamentável episódio ocorrido na Escola do Cerco, no Porto, onde jovens perto da maioridade apontaram uma pistola de plástico a uma professora enquanto exigem melhores notas e a tentativa por parte das autoridades escolares no sentido de abafar o caso, merece um pequeno comentário, dada a absurda falta de objectividade com que tem sido tratado.

Quando se fala em "arma de plástico", tanto podemos estar a falar de um "brinquedo", como de uma "réplica", cuja posse e utilização está devidamente contemplada na fundamentalista Lei das Armas recentemente aprovada e que merece as maiores críticas dadas as implicações que tais alterações acarretam.

A arma empunhada pelo aluno, que aparenta reproduzir uma arma real e com ela pode ser confundida por quem não seja um especialista, enquadra-se, muito provavelmente, na categoria das "réplicas" e, como tal, estamos perante um crime tipificado na legislação previamente mencionada e que, em muitos casos, implica o cumprimento de uma pena desajustada ao acto e, possivelmente, a uma medida de coação de prisão preventiva.


Image Hosted by ImageShack
Brinquedo, réplica e uma Glock real (foto BBC)

O facto de este incidente ter ocorrido em plena sala de aulas, perante menores, num local onde a segurança deve ser tomada a sério e qualquer crime assume contornos de maior gravidade, está longe de ser um atenuante, revestindo-se de uma gravidade que apenas a publicação na Internet do vídeo desta ocorrência evitou ser abafado.

Dado que o caso é hoje público, seria expectável que o Ministério Público (MP) autonomamente ou a pedido do Ministério da Educação ou da direcção da escola em causa, avançasse para um inquérito de modo a apurar as circunstâncias exactas desta ocorrência e a responsabilidade e culpabilidade dos vários envolvidos, que passam pelos alunos e terminam em quem pretendeu abafar uma situação que, face à legislação actual, é grave.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin