sexta-feira, dezembro 31, 2010

Consola de tejadilho para Defender

Image Hosted by ImageShack
Consola de tejadilho para Defender

Para além das consolas mais convencionais, que são colocadas no "tablier" ou mesmo na "cubby box", existem modelos que permitem aproveitar a parte central do tejadilho dos Land Rover Defender com tecto rígido, mesmo que na versão "truck cab".

O objectivo central desta unidade, que pesa perto de 8 kg, é a de alojar o rádio e o CB, mas possui espaço para outros equipamentos, como um GPS, dando alguma liberdade de configuração, embora obrigando a mudar a luz inferior caso se pretenda manter esta funcionalidade.

Image Hosted by ImageShack
Consola de tejadilho para Defender

O formato permite uma instalação fácil, sem afectar o espaço interior e protegendo os equipamentos nele instalados de eventuais entradas de água, nem interferindo com a visibilidade directa ou do espelho retrovisor.

O preço, com taxas de 2010, as quais irão aumentar no próximo ano, mas sem incluir portes a partir de Inglaterra, ultrapassa um pouco as três centenas de Euros, sendo compatível com todos os Defender de tejadilho rígido, apesar de feito de acordo com o perfíl dos Td5.

A câmara para automóvel HD720P - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Conectores e comandos da câmara HD720P

Na gravação pode ser incluida a data e hora, e para além de imagem pode ser gravado o som através de um microfone incorporado, com a possibilidade de o conteúdo ser visualizado no écran LCD de 2.3" rebatível.

Os comandos são extremamente fáceis de operar, com um conjunto de botões laterais e menus de navegação sobre o écran, sendo assim selecionadas as opções possíveis, como o número de imagens por segundo ou a resolução das mesmas.

A HD720P é alimentada a 5 Vols DC, podendo ser via o carregador de automóvel, que se liga a uma tomada de isqueiro padronizada, ou ligada a uma tomada doméstica de 220 Volts, para o que é necessário adquirir separadamente um transformador.

Este modelo mede apenas 100 x 63 x 25 mm e no conjunto, para além da alimentação via tomada de isqueiro, inclui o suporte com sucção para montagem no parabrisas, um cabo USB para transferência de dados e o manual do utilizador.

quinta-feira, dezembro 30, 2010

Painel de instrumentos para Defender iluminado com "leds"

Image Hosted by ImageShack
Painel de instrumentos de um Defender iluminado com "leds"

Não sendo particularmente favoráveis a alterações estilísticas nos Defender, reconhecemos que algumas melhorias, inclusivé a nível da visibilidade do painel de instrumentos podem ser vantajosas, sem com tal desvirtuar excessivamente este modelo conhecido por ser algo espartano.

A ideia é converter a iluminação do painel de instrumentos do Defender em algo semelhante ao de veículos mais recentes, como os últimos modelos da VolksWagen ou da Audi, que usam um sistema de "leds" de cor azul.

Para instalar basta desmontar o painel e substituir as lâmpadas convencionais aí instaladas pelos novos "leds", os quais já incluem uma resistência de modo a evitar a utilização de componentes adicionais e a permitir, caso se pretenda, repor a situação de origem.

O preço, com portes incluidos, fica um pouco abaixo da trintena de Euros, podendo ser encomendados em azul, tal como surge na imagem, em vermelho ou em branco, e para modelos com odómetro analógico e digital, ficando-se assim com um painel iluminado por "xenon", bastante mais visível do que na versão anterior.

A câmara para automóvel HD720P - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
A câmara para automóvel HD720P

A evolução nas câmaras destinadas a gravar percursos realizados por um veículo em movimento tem sido constante, pelo que, com base num modelo recente e de baixo custo, decidimos voltar a este tema, dado que estes equipamentos podem ter múltiplos usos.

Estas câmaras têm diversas utilidade, desde o simples lazer, que será o motivo da aquisição da maioria, até um uso profissional, como o registo de uma missão, mas também como forma de implementar um sistema que permita, em caso de acidente, ter ums testemunha virtual.

A câmara HD720P é um gravador de vídeo com um sensor de 1/4" CMOS, que permite resoluções até 1280 x 768 pixels em formato WxGA, 720 x 480 e de 640 x 480 em VGA, ambos com até 30 imagens, ou "frames" por segundo.

O vídeo é gravado em formato AVI, gravado num cartão de memória SD/MMC com até 64 Gb, começando a gravar automaticamente após a câmara ser ligada e usando o método cíclico, de reescrever o bloco de gravação de 5 minutos mais antigo, quando a memória fica cheia.

quarta-feira, dezembro 29, 2010

O 1º Land Rover da Matchbox

Image Hosted by ImageShack
O 1º Land Rover da Matchbox

Para os colecionadores mais antigos, a Matchbox será um dos fabricantes mais emblemáticos, sobretudo devido aos pequenos modelos de baixo preço e dimensões reduzidas que cabiam numa caixa semelhante às usadas para vender fósforos.

As primeiras miniaturas da Matchbox, e não apenas as que reproduzem este Land Rover, são sobretudo brinquedos, destinados a crianças, e não modelos rigorosos para adultos, pelo que o nível de detalhes é francamente baixo e a própria linha muito simplificada.

Image Hosted by ImageShack
O 1º Land Rover da Matchbox

Assim, o Serie I tem apenas o formato geral, sendo omitido sobretudo aquilo que será mais frágil, como o parabrisas que aqui não tem vidros, mas incluindo a figura de um condutor, apelativa para os mais novos, e com um conjunto de pneus e jantes que pouco têm a ver com a realidade, sendo, no sobretudo, um brinquedo sólido e duradouro feito numa época em que estas eram as exigências fundamentais.

Enquanto o modelo original, fabricado nos anos 50, pode custar acima da centena de Euros, com os preços a disparar caso esteja como novo e inclua a caixa, a reprodução agora lançada no mercado custa menos de sete Euros, incluindo a caixa e o historial do modelo e da marca.

"Operação Natal": aumento do número de mortos nas estradas - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um automóvel acidentado

A este cenário, temos forçosamente de adicionar o comportamento dos condutores, excessivamente confiantes nas próprias aptidões e na sorte, a qual nem sempre os acompanha, pelo que o número de manobras irrefletidas continua a manter-se elevado, facto bem patente na própria observação que se pode efectuar no dia a dia.

Acresce ainda o facto de nestes dias de fim de semana de Natal haver condições meteorológicas desvaforáveis, com chuva sobre a maioria do território nacional, queda de neve no Norte e terras altas e formação de nevoeiro, factor que, inevitavelmente, faz aumentar o número de acidentes em vias muitas vezes mal concebidas, com pisos inadequados e mau escoamento de água.

Lembramos que ao número de mortos contabilizados, segundo as projecções disponíveis, irão acrescer perto de 30% mais, resultantes dos feridos que perdem a vida no primeiro mês de internamento hospitalar, pelo que o total poderá rondar as 12 vítimas mortais, o qual traduz com maior precisão a realidade nacional.

Depois de uns breves dias de acalmia, virá um período idêntico na passagem de ano, o qual, estatisticamente, tende a ser ainda mais complicado do que a época natalícia, com mais acidentes de viação e um maior número de vítimas, pelo que reiteramos, uma vez mais, os conselhos habituais que visam uma condução tão segura quanto possível.

terça-feira, dezembro 28, 2010

O multi-funções Houdini 30100 par automobilistas

Image Hosted by ImageShack
O multi-funções Houdini 30100 par automobilistas

Nesta época de Natal, mantemos a tradição de anos anteriores de sugerir algumas pequenas recordações que sejam simultaneamente úteis e possíveis de adquirir a um preço módico, evitando a tentação de gastos excessivos.

Um dos equipamentos multi-funções de pequena dimensão destinados aos condutores é o Houdini 30100 Automotive Escape Tool (AET), concebido sobretudo a pensar na possibilidade de haver ocupantes presos no interior de um veículo.

No Houdini estão concentrados quatro instrumentos, incluindo uma ponta para quebrar vidros, uma lâmina protegida para cortar o cinto de segurança, uma lanterna com lampada de "led" de 5 lumens, cuja bateria permite uma autonomia de até 5 horas e um apito, audível até cerca de 400 metros de distância.

Apesar de a hipótese de um cinto de segurança ficar encravado ser virtualmente inexistente, não deixa de ser real, pelo que o interesse do Houdini recai essencialmente nas suas restantes funcionalidades, as quais podem ser úteis em situações de emergência na sequência de um acidente rodoviário.

O VAT inglês aumenta a 04 de Janeiro

Image Hosted by ImageShack
O VAT inglês aumenta a 04 de Janeiro

Já tinhamos mencionado num texto anterior o aumento do VAT inglês, equivalente ao nosso IVA, de 17.5% para 20%, efectivo a partir do próximo dia 04 de Janeiro de 2011.

Este aumento vai-se reflectir nos productos adquiridos por particulares em Inglaterra, bem como por todos quantos optem por aí pagar este imposto, pelo que estes últimos 10 dias podem ainda ser aproveitados para uma poupança de 2.5%.

Dado que esta mudança ocorre numa 3ª feira, a seguir a um período de passagem de ano onde o comércio está encerrado, será prudente os interessados não esperarem pelos últimos dias, pois a taxação corresponde ao dia do processamento da encomenda, que pode não ser automático por requerer validação, e que pode não coincidir com a introdução da mesma.

Não obstante esta subida, o nível deste imposto em Inglaterra continuará inferior ao praticado entre nós, mas ultrapassa o de outros países, como a Alemanha, pelo que será de reavaliar, mais uma vez, da vantagem de adquirir determinados bens noutros países comunitários.

segunda-feira, dezembro 27, 2010

Nova versão "beta" do Firefox 4 disponível

Image Hosted by ImageShack
Um écran do novo Firefox

Uma nova versão "beta" da versão 4 do "Firefox", a oitava desta fase de desenvolvimento e teste, está disponível para descarga, corrigindo perto de 1.400 falhas identificadas na versão anterior e lançada há apenas seis semanas.

O novo "browser" tem suporte para WebGL, um sistema de sincronização de separadores, melhor gestão das extensões, maior segurança de navegação e diversas funcionalidades melhoradas e simplificadas.

Esta versão "beta", a última deste ano, chega com algum atraso face ao previsto, esperando-se que em 2011 surjam mais duas versões também "beta", após o que deverá ser disponibilizada a versão final do "Firefox 4".

"Operação Natal": aumento do número de mortos nas estradas - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Vitima de acidente de viação em Portugal

O número de mortos em acidentes rodoviários nesta época natalícia, a ultrapassar em número de vítimas mortais o ano anterior, segundo os dados disponíveis, merece alguma reflexão, com a atenção a incidir sobre a alteração de alguns parâmetros da sinistralidade viária.

Verifica-se que tem havido menos acidentes do que no ano passado, mas que a sua gravidade tende a aumentar, não obstante a renovação do parque automóvel, o que se traduz por uma maior segurança dos mesmos, os quais circulam, em teoria, em vias igualmente mais seguras.

No entanto, se tal em teoria é verdade, na prática pode não o ser, se introduzirmos na equação o efeito resultante da crise que se atravessa e que tem como consequências uma diminuição dos níveis de manutenção de viaturas e vias e a opção por vias não portajadas, as quais tendem a ser menos seguras que aquelas que implicam pagamento.

Temos assim veículos mais sofisticados, que dependem cada vez mais de uma manutenção adequada de que muitas vezes não beneficiam, com comportamentos imprevisíveis, deslocando-se em vias de qualidade duvidosa, suficientemente desimpedidas devido à diminuição de tráfego resultante da crise, a velocidades superior aos limites da segurança.

domingo, dezembro 26, 2010

Novos Land Rover da Airfix em 2011

Image Hosted by ImageShack
O Land Rover Snatch

A Airfix, um dos mais antigos e conhecidos fabricantes de modelos em miniatura anunciou a sua lista de novidades para o ano de 2011, incluido entre eles dois novos Land Rover do Exército Inglês em serviço no Afeganistão, ambos com base no Defender 110.

O conjunto com a referência A06301 e designado por "British Land Rover Twin Set" inclui dois Land Rover na escala 1/48, o modelo armado WMIK e o Snatch, um veículo de transporte que tem sido alvo de numerosas críticas devido à sua fraca blindagem, incapaz de proteger os seus ocupantes contra explosivos colocados à beira das estradas.

O WMIK ou "Weapons Mounted Installation Kit", por seu lado, é um modelo armado, onde o poder de fogo, mobilidade e visibilidade tenta compensar a falta de protecção oferecida às tripulações, tendo vindo a prestar um serviço importante na luta contra os Talibans.

Apesar de esta não ser a nossa escala favorita, estes são dois modelos interessantes e inéditos, reproduzindo dois veículos actuais que têm surgido por diversas vezes na comunicação social e nas publicações da especialidade.

sábado, dezembro 25, 2010

Feliz Natal de 2010

Image Hosted by ImageShack
Feliz Natal de 2010

Tal como em anos anteriores, este é o momento de desejar a todos os nossos amigos e leitores um Natal muito feliz e de agradecer a vossa presença e incentivo ao longo do ano de 2010, agora prestes a terminar.

O ano de 2010 foi duro, com situações complicadas e mesmo dolorosas, algumas das quais deixam marcas permanentes, mas esta é uma época de esperança, em que todos nos devemos centrar no que a vida tem de melhor e lembrar aqueles que mais precisam de nós.

O ano que se avizinha será, tudo indica, um período difícil, onde as dificuldades e as injustiças se irão agravar, pelo que a solidariedade de todos quantos lutam por um Mundo melhor é mais do que nunca necessária.

Para todos, os mais sinceros votos de umas Festas muito felizes.

sexta-feira, dezembro 24, 2010

Contagem de vítimas de acidentes no 1º mês de internamento aumenta mortes em 30% - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um acidente de viação em Portugal

Este novo modelo estatístico vem revelar alguns dados importantes em termos de sinistralidade, sendo um dos mais preocupante o referente aos peões, com uma taxa de mortalidade mais de 80% superior ao resultante do modelo anterior, facto que deve ser investigado por revelar um tipo de traumatologia diferente do existente entre os automobilistas vítimas de acidentes.

Esta análise de um tipo de acidente que, na sua maioria, ocorre dentro de localidades, onde o socorro tende a ser mais rápido, seja pela distância, seja porque situações de desencarceramento, que atrasam a evacuação para um serviço de atendimento, são raras, deverá ser prioritário, de forma a eliminar pontos negros e a adoptar novas medidas preventivas e repressivas.

O aumento do número de vítimas mortais entre os peões será o que de mais importante resulta deste modelo, dando razão à Associação dos Cidadãos Auto-Mobilizados que tem alertado para a necessidade de um maior cuidado na circulação urbana e na implementação de meios que previnam atropelamentos, como, por exemplo, restringindo a velocidade ou melhorando as passadeiras, sobretudo nos locais mais críticos, onde se conta uma maior número de acidentes.

Será também de avaliar o modelo de socorro existente à luz destas estatísticas, do tipo de vítima e de trauma resultante dos acidentes, sobretudo daqueles cuja gravidade agora é revelada, bem como da adequação da actual rede hospitalar, resultante do encerramento de numerosos serviços de atendimento, à realidade que os números agora apresentados revelam.

Comércio electrónico aumentou mais de 20% em 2010 - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um anúncio de um "site" de vendas "on-line"

Se mesmo incluindo portes, os quais tendem a ser superiores às da despesa de deslocação a um local de venda, esta continua a ser uma opção vantajosa mesmo recorrendo a lojas nacionais, em termos de transações internacionais, sobretudo a nível intra-comunitário, a vantagem será muito superior dadas as flagrantes diferenças de fiscalidade, tendência que se irá agravar em 2011.

A deslocação de compras, que já se verifica ao longo da fronteira terrestre e abrangendo uma cada vez maior faixa do território nacional, numa profundidade que será de estudar dado poder corresponder, com distintas gradações, a uma área que pode incluir perto de um quarto do total, com consequências económicas e financeiras devastadoras.

Se a esta vulnerabilidade territorial acrescentarmos a que deriva da penetração das novas tecnologias, cada vez mais difundidas mesmo nas zonas mais remotas, o risco de as compras no estrangeiro aumentarem para níveis comprometedores da sustentabilidade da economia nacional é bem real e merece ser estudado pelos especialistas na matéria.

As reais perspectivas económicas de um País têm que ser equacionadas a nível global, ultrapassando os antigos paradigmas que se afastam da realidade, sem o que estudos e projecções estarão completamente falseados, induzindo novos erros no já pouco credível sistema de análise do qual resultam cenários macro-económicos ficcionais.

quinta-feira, dezembro 23, 2010

Google alerta para "sites" suspeitos

Image Hosted by ImageShack
O sistema de alerta do Google

O sistema de alerta contra "sites" suspeitos, supostamente infectados ou com "software" que de alguma forma possa afectar o funcionamento dos computadores que a eles acedem já estão disponíveis em diversos produtos de segurança, chegando agora a vez do Google adicionar uma funcionalidade semelhante ao seu motor de pesquisa.

O novo sistema de alerta do Google avisa quem navega na Internet e tenta aceder a um "site" recorrendo ao seu motor de pesquisa através de um "pop-up" que aconselha o utilizador a não aceder às páginas infectadas, mas sem o impedir de o fazer.

A detecção de "sites" suspeitos é efectuada de forma automática, no momento da indexação, a qual agora é realizada com uma muito maior frequência, sendo a infecção reportada aos respectivos gestores de conteúdos de modo a que este as remova,

Na época de Natal o número de infecções tende a aumentar, com diversos anúncios de empresas reputadas a serem infectados, sabendo-se que, mesmo após avisos do "software" de segurança, muitos são aqueles que acedem a "sites" suspeitos, esperando-se que com esta iniciativa do Google sejam mais os que deixam de correr riscos.

Comércio electrónico aumentou mais de 20% em 2010 - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um top de "sites" de vendas "on-line"

O aumento de vendas através do comércio electrónico, a nível nacional, foi estimado em mais de 20%, usando dados obtidos em Portugal, mas este será um incremento muito inferior ao real se forem incluidas compras fora do território nacional.

A tendência para aumentar as compras "on-line" revela uma mudança comportamental, com os clientes a sentirem uma maior segurança ao efectuar este tipo de transação, mas também uma menor disponibilidade para o fazer pessoalmente e a opção por preços mais baixos, dispensando serviços personalizados.

Podemos, obviamente, admitir que seja a necessidade de obter melhores preços a mudar algumas mentalidades, sabendo-se que quando existe falta de recursos financeiros, assumem-se maiores riscos, os quais deixam de ser considerados como tal se a experiência é positiva, passando a fazer parte de novos hábitos de consumo.

Estes novos hábitos, resultantes de uma pressão que se sente em altura de crise, irão manter-se após esta ser ultrapassada, quando a conclusão for a de que, tomando as devidas precauções, as compras via Internet são seguras e podem resultar numa poupança significativa.

quarta-feira, dezembro 22, 2010

Um País que se arrasta entre a burocracia e a incompetência - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Viatura dos CTT num local para deficientes

Na 6ª feira, dia 17, num contacto telefónico para a linha de apoio dos CTT, 707 262626, para além da inexistência de previsão, a assistente considerou como razoável um prazo de duas a três semanas entre a saida da Alfândega e a entrega, tal como o facto de um objecto postal registado enviado por correio expresso, após retido para efeitos aduaneiros, deixar de ser prioritário.

Aparentemente, segundo os CTT, quando o precurso prioritário de um objecto é interrompido, a urgência deixa de existir, não obstante tal penalizar duplamente o destinatário que, naturalmente, pagou a urgência desde o envio até à entrega.

Também o prazo que medeia entre o envio e a entrega, que ultrapassa em muito um mês, excede o que podemos considerar como razoável, ultrapassando, por exemplo, aquele que é estipulado em muitos concursos públicos onde a entrega de um dos equipamentos concorrentes é obrigatória, pelo que quem confiasse nos CTT numa situação destas, estaria inevitavelmente eliminado.

Quando muito se fala em simplificação de processos ou em combate contra a burocracia, nada mais certo que é mais fácil alterar leis e regulamentos do que contrariar uma realidade que nos atira continuamente para fora de qualquer comparação com os países desenvolvidos com os quais se prentende competir.

Época de acidentes - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Acidente de viação em Portugal

Infelizmente, muitos são os condutores que transitam de um automóvel para uma viatura cujas características são completamente diferentes sem adequar o estilo de condução nem efectuar a necessária aprendizagem e adaptação, insistindo em manter o mesmo tipo de condução quando a mesma não é compatível com a viatura que agora conduzem.

O resultado de uma colisão contra outro veículo, que na maior parte dos casos será de menores dimensões, mais leve e mais baixo, tem também um efeito devastador, resultando normalmente em ferimentos graves nos ocupantes de quem se veja envolvido num acidente em que um todo o terreno ou outro modelo de porte considerável esteja envolvido.

Com o mau tempo, sobretudo a chuva, neve e nevoeiro, as condições de aderência diminuem, facto agravado pela fraca visibilidade nos curtos dias solares de Dezembro, bem como pelo aumento do tráfego de quantos pretendem passar o Natal nas suas terras de origem e que fazem longas viagens nesta época do ano.

Deixamos o apelo, tantas vezes repetido, no sentido de uma condução prudente e de evitar atitudes que contribuem para estigmatizar os veículos todo o terreno, cujos condutores são tantas vezes acusados de se comportarem de forma irresponsável e contribuirem para alguns dos acidentes mais graves que ocorrem no nosso País.

terça-feira, dezembro 21, 2010

Um País que se arrasta entre a burocracia e a incompetência - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
O registo da encomenda

O registo da imagem quase dispensa palavras e é bem exemplificativo da burocracia e da manifesta incapacidade de serviços públicos prestarem um serviço de qualidade em áreas onde acabam por ter uma exclusividade ou uma preponderância que os torna virtualmente incontornáveis.

De forma muito resumida, esta encomenda saiu de Israel no dia 17 de Novembro, via correio Expresso, tendo entrado no sistema informático dos CTT a 23 do mesmo mês, o que não quer dizer que não pudesse estar em Portugal há alguns dias, entrando na Alfandega de Lisboa dois dias depois.

A verificação aduaneira iniciou-se no dia 29, tendo recebido uma carta da Alfândega no dia 02 de Dezembro, solicitando autorização de abertura, dado que este objecto postal foi considerado como uma carta e não uma encomenda, e portanto só podendo ser aberta com autorização judicial ou do destinatário, a qual foi respondida no mesmo dia, igualmente via CTT.

Quase duas semanas depois, a 14 de Dezembro, sem novos contactos, a encomenda sai do depósito temporário da Alfândega e passa outra vez para a responsabilidade dos CTT, ficando no Centro de Distribuição Sul desde o dia seguinte, sem alteração do estado até ao fim da semana.

Época de acidentes - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Acidente de viação em Portugal

Neste período festivo que se avizinha, não podemos deixar de apelar a todos quantos circulam na estrada que adoptem atitudes de prudência e civismo, evitando, tanto quanto possível, contribuir para o elevado número de acidentes de viação que ocorrem nesta época do ano.

Nos últimos dias têm-se verificado diversos acidentes nos quais têm sido protagonistas vários veículos de todo o terreno, a maioria deles pertencente a classe dos SUV, cuja concepção, em muitos casos, resulta num modelo perigoso, que permite altas velocidades em estrada, mas cujo elevado peso e centro de gravidade tem como consequência um comportamento dinamico inadequado às prestações da viatura.

Ao contrário da maioria dos veículos concebidos como todo o terreno, cujas prestações em estrada são limitadas por uma velocidade relativamente baixa, muitos SUV, ao tentar combinar um bom desempenho em estrada e fora dela, facilmente vão para além dos limites da segurança, resultando em acidentes.

Estes veículos tornam-se especialmente perigosos em curva, com o elevado centro de gravidade a aumentar o raio de viragem, provocando uma saida de estrada, ou em travagem, onde o elevado peso aumenta a distância necessária para proceder á imobilização, alongando em muito o espaço que o condutor pensa ser necessário para parar.

segunda-feira, dezembro 20, 2010

Corpo humano tridimensional através do Google

Image Hosted by ImageShack
O corpo humano tridimensional, segundo o Google

O Google disponibilizou uma aplicação, semelhante ao Google Maps, que permite visualizar em modo tridimensional um modelo do corpo humano que foi designado por "Google Body Browser".

O novo sistema desenvolvido pelo Google Labs, tem muitas analogias com os produtos de cartografia que desenvolveram previamente, incluindo muitas das funcionalidades interactivas, com a diferença de se destinarem a um objecto diferente.

Para utilizar esta aplicação é necessária uma ligação à Internet, um "browser" com suporte WebGL e suporte para conteúdos "on-line" tridimensionais, o que neste caso implica uma placa gráfica compatível com OpenGL.

Para estudantes, professores ou para quem tenha curiosidade de conhecer melhor o corpo humano, esta proposta do Google surge como uma novidade interessante a ser devidamente explorada.

Alerta de baixas temperaturas - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Tempo frio em Portugal

No entanto, não obstante a premência desta situação, é manifesto que continua a haver uma inversão de prioridades, patente no investimento, ainda que menor do que em anos anteriores, nas iluminações de Natal, enquanto os pequenos gastos em acções de solidariedade, como ajudar os mais vulneráveis a enfrentar o frio, são secundarizadas.

Esta escala de prioridades, ou de valores, com verbas que são atribuidas a iniciativas que, não obstante possam dar alguma beleza à cidade, em nada contribuem para a solução dos problemas dos seus habitantes, enquanto são retiradas verbas ao que realmente pode fazer a diferença e contribuir para que alguns dos mais vulneráveis tenham um Natal um pouco melhor.

Acaba por ser a sociedade civil, ela própria extremamente fragilizada pelas dificuldades crescentes que também enfrenta, através de acções de solidariedade, a acudir às situações mais prementes, que parecem multiplicar-se nas grandes cidades, suprindo parcialmente as omissões das entidades oficiais, as quais parecem alhear-se das tragédias individuais que hoje proliferam.

Sabemos que este fim de ano e aquele que se aproxima serão difíceis, cheios de incerteza, e que as entidades oficiais irão reduzir cada vez mais os seus gastos sociais, pelo que a opção da câmara de Lisboa perante esta vaga de frio indicia o que devemos esperar nos meses que se avizinham e o quanto os mais necessitados irão depender da solidariedade dos que ainda podem dispensar um pouco do que possuem.

domingo, dezembro 19, 2010

Caixas empilháveis tipo Wolf: oportunidade antes da subida do VAT - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma caixa empilhável tipo Wolf

Para utilizadores mais exigentes, temos visto sistemas de "racks" ou de prateleiras interiores que são adequados a estas caixas, as quais pela sua altura, também podem ser facilmente transportadas nas grades colocadas sobre o tejadilho.

O preço na Paddock Spares é de 27.60 Euros, a que acresce o VAT inglês, bem como os portes, que ultrapassam em pouco a vintena de Euros para parcelas com até 30 kg de peso e que não sejam demasiado volumosas, sobretudo em termos de comprimento.

Lembramos os eventuais interessados que o VAT inglês vai aumentar a partir do início de 2011, passando dos actuais 17.5% para os 20%, o que representa um aumento de 2.5%, vai encarecer os produtos adquiridos nesse País, pelo que, caso se perspective uma eventual encomenda, será de a efectuar antes do fim do ano.

Ao aumento do VAT, provavelmente o aumento de outros encargos e os típicos ajustes resultantes da inflação esperada, facilmente pode elevar os preços em perto de 5%, situação que, quase certamente não acontecerá apenas em Inglaterra, mas também em Portugal e noutros países europeus que enfrentam maiores dificuldades no equilibrio das contas públicas pelo que, do ponto de vista fiscal, a vantagem irá para aquisições na Alemanha onde, infelizmente, as peças para Land Rover são pouco competitivas em termos de preços.

sábado, dezembro 18, 2010

Alerta de baixas temperaturas - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Tempo frio em Portugal

Os distritos de Beja e Évora, onde se esperam temperaturas mínimas perto dos zero graus, encontram-se em "alerta laranja", o segundo mais grave, enquanto a maioria dos restantes distritos se encontra em "alerta amarelo" também devido ao frio.

Nos distritos do Norte do Continente as temperaturas estarão ainda mais baixas, mas tal é considerado como mais de acordo com os valores normais para esta época do ano, pelo que o risco é tido menor.

Em Lisboa, onde a temperatura mínima desceu até aos 3 a 4º, não foi activado nenhum plano de contingência, apesar de previsto o fornecimento de bebidas quentes, comida calórica e agasalhos para os sem abrigo, assegurando a Protecção Civil municipal que irá acompanhar a situação e intervir caso necessário.

Apesar de ser esperada uma subida de temperatura, em anos anteriores, quando a crise se sentia menos, notava-se uma maior intervenção da autarquia em condições similares, situação que, infelizmente, se estende a outros municípios que igualmente enfrentam dificuldades financeiras.

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Caixas empilháveis tipo Wolf: oportunidade antes da subida do VAT - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma caixa empilhável tipo Wolf

As caixas empilháveis tipo Wolf, fabricadas pela Flatdog, em plástico preto e decoradas com o logotipo do fabricante, estão agora disponíveis na Paddock Spares, beneficiando de um preço inferior aquele que encontramos nas lojas da concorrência.

As dimensões destas caixas são de 52 x 40 x 24 cm, são estanques e suficientemente resistentes para o uso em expedições, sobretudo devido aos cantos reforçados que suportam o peso da caixa e do conteúdo, podendo ser empilhadas e presas com cintas ou esticadores.

Estas dimensões adequam-se bem à plataforma de carga dos Defender e dos Serie, onde cabem quatro caixas nos modelos curtos, mas, pela sua largura excessiva, são incompatíveis com a colocação sobre os guarda-lamas, que devem ser reservadas para modelos mais apropriados ou para equipamentos específicos.

Este tipo de caixa complementa mas não substitui os modelos em metal, como os que se colocam sobre os guarda-lamas traseiros, e que oferecem uma muito maior segurança contra furtos, mas aumentam em muito a capacidade de arrumação e oferecem uma flexibilidade muito superior, sobretudo na altura de cargas e descargas, pelo que a aquisição será amplamente justificada para quem participe em expedições.

Propriedade das peças substituidas - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Caixa de velocidades de um Defender Td5

É de realçar que de uma má reparação podem resultar avarias secundárias, algumas difíceis de prever ou de relacionar, que inclusivé podem nem ser imediatas, mas que nem por isso deixam de ser da responsabilidade de quem efectuou o trabalho.

Tendo a peça substituida será possível, mesmo posteriormente, averiguar da sua avaria, caso tal realmente se verifique, mas também a implicação desta falha a nível de outros componentes, sejam mecânicos, sejam electrónicos, sendo a existência das peças substituidas e das facturas das reparações essenciais para uma reclamação fundamentada.

Sem as peças substituidas, e portanto sem ser possível verificar através de uma peritagem independente do seu real estado, o risco de uma reparação ser efectuada por tentativas, com substituição de peças em bom estado, as quais podem posteriormente ser revendidas a terceiros, aumenta muito substancialmente, com o risco de se eternizar enquanto os custos se avolumam.

Sabendo-se que mesmo com provas obter a justa compensação por um trabalho mal efectuado não é fácil, sem estas, exceptuando casos raros em que o prestador dos serviço reconhece o erro e o corrije, tal torna-se virtualmente impossível, acabando por ser o proprietário do veículo a suportar a totalidade dos custos.

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Transportador de pneu sobressalente Wolf

Image Hosted by ImageShack
Transportador de pneu sobressalente Wolf

Desde há muito que existem equipamentos ou opcionais destinados ou concebidos para os Land Rover de origem militar, muitos dos quais, pela sua qualidade e por não envolverem questões legais relacionadas com armamento, podem ser utilizados em modelos civis desta e de outras marcas.

Os sistemas de transporte de pneus sobressalentes Wolf são disso exemplo, consistindo, basicamente, numa pega em metal e numa lona, com presilhas, que envolve o pneu, de modo a que este possa ter transportado ou acomodado no interior de um veículo que disponha de uma estrutura interna compatível, como um "roll bar".

Se por um lado o funcionamento é quase intuitivo, embora a sua utilização dependa do modelo de jante, a sua utilização, em função da dimensão e do peso sê-lo-à menos, sendo de ter atenção ao apertar das presilhas e planear bem o esforço necessário para o transporte e instalação.

O preço deste sistema de transporte, que não aconselhamos a usar sem ajuda quando o pneu e jante sejam pesados, varia das vinte até às trinta libras, a que acrescem portes a partir de Inglaterra.

Propriedade das peças substituidas - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Unidade de gestão electrónica de um Puma

Temos verificado, e tal tem-se agravado recentemente, que muitas oficinas não devolvem as peças substituidas aquando das reparações, sendo que algumas delas, inclusivé, afixam declarações que estas passam a ser propriedade das mesma, sendo assim subtraidas ao legítimo proprietário.

Em primeiro lugar, de acordo com a legislação em vigor e independentemente do que seja dito ou escrito na oficina, todas as peças substituidas devem ser entregues ao proprietário, salvo um conjunto de situações excepcionais que prevejam a sua troca por peças recondicionadas ou a substituição graciosa ou em garantia, para usar os exemplos mais correntes.

Em segundo lugar, qualquer peça, independentemente do seu estado e condição, tem valor patrimonial, mesmo que residual, cabendo ao seu legítimo proprietário decidir do destino de um bem que lhe pertence sem ser submetido a qualquer tipo de pressão e, menos ainda, sendo-lhe prestada uma informação que entra em conflito com os seus direitos.

Tal permite uma maior segurança na reparação, com a certeza de que não foi recolocada a mesma peça após limpa ou reparada, caso tenha sido cobrada uma nova ou que a mesma após reparação não será vendida e instalada noutra viatura como nova, mas também como prova caso haja problemas após a reparação.

quarta-feira, dezembro 15, 2010

Suportes para pranchas de desatascamento

Image Hosted by ImageShack
Suportes para pranchas de desatascamento

Transportar devidamente acondicionadas um par de placas de desatascamento, de modo a serem facilmente utilizadas, implica possuir suportes próprios, colocados num local adequado do veículo.

A instalação é extremamente simples, bastando escolher uma superfície plana, que pode ser interior ou exterior, furá-la, e aparafusar os suportes de acordo com o comprimento das pranchas a transportar.

Estes suportes destinam-se a pranchas com 38 ou 50 mm de espessura, os mais comuns entre os praticantes de todo o terreno, tendo as dimensões para transportar um par de pranchas.

O preço é de uma quinzena de Euros, a que acrescem portes, sendo necessário especificar na altura da encomenda se os suportes se destinam a pranchas de 38 ou de 50 mm, de modo a que os parafusos fornecidos tenha a dimensão correcta.

Suporte para "hi-lift"

Image Hosted by ImageShack
Suporte para "hi-lift"

Para aqueles que pretendam ou necessitem de transportar um "hi-lift" e pretendam um suporte a um preço inferior ao habitual, existe um modelo feito pela mesma empresa que produz os suportes para as placas de desatascamento que apresentamos recentemente.

Este item consiste num par de suportes idênticos, que podem ser instalados em qualquer superfície plana no interior ou exterior da viatura, sendo cada um preso por um par de parafusos, incluidos no conjunto, passando os pernes dos suportes pelos orifícios existentes nos "hi-lift".

Image Hosted by ImageShack
Suporte para "hi-lift" num Defender

De resto, a utilização é idêntica à da maioria dos suportes, com uma porca de orelhas para apertar e orifícios na rosca para colocar um cadeado, caso a instalação seja no exterior ou se pretenda uma maior segurança contra eventuais furtos.

O preço deste conjunto é pouco superior à quinzena de Euros, a que acrescem portes, ficando por perto de metade do valor de um dos modelos mais conhecidos, o que pode ser compensador, sobretudo para encomendas com maior volume.

terça-feira, dezembro 14, 2010

Sinalizador de emergência multi-funções - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Sinalizador de emergência multi-funções

Este equipamento inclui também um martelo, destinado a quebrar os vidros em caso de emergência, bem como uma lâmina para cortar os cintos de segurança, mais para socorrer terceiros do que na extraordinariamente remota possibilidade de o próprio cinto ficar preso.

As dimensões são de aproximadamente 19 cm de comprimento por 4 de diâmetro, com um peso de 153.8 gramas, sendo alimentado por um par de baterias AA, não incluidas, faltando obviamente a possibilidade de ligação a tomada de isqueiro e a inclusão de um suporte adequado.

O preço ronda os 5 a 6 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, caso se procure bem, podendo ser encontrados modelos equivalentes no mercado europeu ou nacional, embora com um valor final um pouco mais elevado do que o sistema que aqui sugerimos.

Transportar um pequeno "kit" de emergência, sobretudo em locais mais isolados ou quando as condições climáticas são mais desfavoráveis, é absolutamente essencial em termos de segurança, sendo este um investimento comparativamente baixo comparado com as vantagens que, em caso de necessidade, oferece.

Lagartas dobráveis para neve ou areia - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Lagartas para neve ou areia

As lagartas devem ser colocadas diante das rodas motrizes do veículo, ou daquelas que tiverem menos aderência, mas será de equacionar possuir dois pares caso se possua um veículo de tracção integral e usá-lo, caso o possua, com o bloqueio central ligado.

Por uma trintena de Euros, incluindo portes e instruções de uso, pode ser adquirido um par destas lagartas, essenciais para quem conduz em terrenos de fraca aderência como a neve ou a areia, mas que não são apropriadas, por exemplo, para terrenos pedregosos com grandes irregularidades.

Para uma utilização mais contínua ou terrenos mais agressivos, existem pranchas com outro tipo de características, sobretudo em termos físicos, mas cujo preço, obviamente, é muito superior, ultrapassando a centena de Euros por par e obrigam a um maior espaço para arrumação no veículo.

Caberá, portanto, a cada utilizador decidir do modelo mais adequado às suas necessidades e dentro do respectivo orçamento, sendo que para situações esporádicas ou casuais, ligadas sobretudo ao mau tempo, o modelo proposto poderá ser uma opção realista e sem custos excessivos.

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Microsoft lança novo conjunto de actualizações de segurança

Image Hosted by ImageShack
Um écran do Windows Update

Os utilizadores de produtos da Microsoft vão poder aceder, através do sistema de actualizações do sistema operativo, a um conjunto de 17 novas correcções de segurança, que visam eliminar 4 vulnerabilidades em produtos distintos.

Destas actualizações, duas são críticas, a classificação mais elevada em termos de risco, seguindo-se 14 consideradas importantes e uma última como moderada, sendo um dos pacotes com maior número de correcções lançado por este fabricante.

A Microsoft identificou falhas de segurança no Internet Explorer, Office, SharePoint e Exchange, as quais podem já ter sido utilizadas por "hackers" em ataques a equipamentos onde algum destes produtos estejam instalados.

O número de correcções ou actualizações de produtos da Microsoft tem vindo a aumentar, algo que traduz o crescente número de ataques bem como a maior atenção da empresa, traduzida no crescente número de relatórios de segurança, pelo que se espera que esta tendência se vá manter em 2011.

Lagartas dobráveis para neve ou areia - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Lagartas para neve ou areia

Os recentes nevões que assolaram sobretudo o Norte do País e a reconhecida falta de meios de limpeza de neve e mesmo de socorro capazes de operar nestas condições climáticas leva-nos a mencionar alguns equipamentos que podem reduzir o risco de circulação ou facilitar a saía de situações de imobilização.

Um dos meios mais conhecidos para que um veículo imobilizado num terreno com pouca adererência, como a neve ou a areia, é a de colocar sob os pneus uma superfície que ofereça um certo grau de sustentação e de atrito, de modo a recuperar a tracção.

As lagartas são construidas num plástico de alta-resistência flexível, com dobradiças em metal, e têm um padrão em favo de mel, de modo a ter uma boa aderência mesmo em terrenos difíceis ou irregulares.

Cada lagarta tem 60 cm de comprimento, 18 de largura e 1.25 de espessura, mas dobram-se de modo a ficarem com apenas 28cm de comprimento, passando a altura para o triplo.

domingo, dezembro 12, 2010

Sinalizador de emergência multi-funções - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Sinalizador de emergência multi-funções

Já propusemos diversos sistemas multifunções destinados a serem transportados no interior de veículos e capazes de serem utilizados em diversas situações de emergência, alguns dos quais, mais do que recomendados, deviam ser quase obrigatórios.

Entre estes, incluem-se extintores, lanternas, um agasalho, preferencialmente com faixas reflectoras, cabos de bateria e de reboque e tantos outros, pelo que será sempre de equacionar o uso de modelos com múltiplas funções.

Em termos centrais, este sinalizador inclui uma luz vermelha, destinada a avisar a presença, e uma lanterna convencional de luz branca, activadas por botões individuais, sendo a sua fixação facilitada por um iman que permite uma fácil aderência a superfícies magnéticas.

O sistema inclui um total de 9 "leds", com um brilho de entre 3000 a 5000 mcd, com autonomia de até 36 horas, se usado separadamente, enquanto a lâmpada de néon é de 2.5V e 0.3A pode operar até 4 horas continuamente.

sábado, dezembro 11, 2010

Mau tempo continua com subida de temperatura - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Efeitos do mau tempo em Portugal

Também não podemos esquecer que este tipo de fenómeno afecta igualmente instalações, equipamentos e o próprio pessoal do socorro e respectivas famílias, pelo que a disponibilidade de meios materiais e humanos podem ser francamente inferiores ao efectivo nominal, surpreendendo pela negativa e criando novas limitações a nível operacional.

Por um lado, é necessário que exista uma protecção acrescida para as instalações e equipamentos adstritos ao socorro, bem como a existência de uma rede de comunicações fiável e autónoma, bem como um sistema viário que permita o reforço de meios, mesmo quando em circunstâncias climáticas extremas, algo que, infelizmente, sabemos que actualmente não se verifica.

Para além do reforço das reservas de fundos de emergência, os quais, ao contrário do que pretendem alguns, só devem ser utilizados para os fins a que se destinam, a questão dos seguros deve ser analizada, mesmo que tal implique a revisão da legislação que enquadra o sector.

Será complexo inverter, caso possível, as causas que levaram às alterações climáticas que se têm verificado nos últimos anos, pelo que se torna necessário adoptar uma estratégia que controle e minimize os efeitos, protegendo as populações e os seus pertences e salvaguardando a actividade económica do País, evitando que às crescentes dificuldades que se vivem, acresçam maiores prejuizos.

sexta-feira, dezembro 10, 2010

Sinalizadores de emergência Omniglow

Image Hosted by ImageShack
Sinalizadores de emergência da Omniglow

Numa época em que as condições climáticas têm levado a numerosos cortes de alimentação eléctrica ou a diversas vias intransitáveis, podendo levar a situações de isolamento onde seja necessário usar um sistema de alerta visual.

Estes sinalizadores de emergência, feitos pela Omiglow, têm o formato de um pequeno bastão, e brilham por um período de 12 horas, funcionando através de uma reacção química, sem emitir vapores tóxicos nem atingir temperaturas que impeçam ser tocados.

É possível parar a reacção química durante alguns dias colocando o "stick" no frigorífico, sendo posteriormente reactiváveis através da imersão em água quente, algo que pode ser feito para que brilhem mais, embora tal encurte a sua duração.

Os "sticks" da Omniglow carecem de qualquer tipo de manutenção, são à prova de água e podem ser armazenados por um largo período, tendo um preço unitário que ronda os 3 Euros, a que acrescem portes, podendo ser adquiridos em conjuntos.

Mau tempo continua com subida de temperatura - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Efeitos do mau tempo em Portugal

Com uma rede viária já de sí vulnerável em condições climáticas adversas e manifestas fragilidades na distribuição de energia eléctrica, patente nas numerosas falhas que imediatamente surgem com mau tempo, sobretudo perante ventos fortes, toda a actividade ligada ao socorro, começando pelo próprio pedido e deslocação dos meios, enfrenta crescentes dificuldades, aumentando a complexidade e os riscos inerentes a cada missão.

As tarefas de socorro e mesmo de reconstrução, que se iniciam antes de respostos todos os serviços básicos, enfrentam assim dificuldades acrescidas, resultando num acréscimo de prejuizos e num muito maior impacto psicológico sobre as populações atingidas, contribuindo para a sensação de abandono que se sente em muitas zonas deprimidas do Interior do País.

É, infelizmente, evidente que zonas empobrecidas e com menor densidade populacional, leia-se, menos eleitores, surgem como francamente desfavorecidas em termos de socorro, reconstrução e mesmo nos serviços prestados por entidades públicas, aos quais se podem apontar diversas falhas que não resultam unicamente da falta de meios, mas de deficiencias organizativas e da escassa preparação de muitos autarcas e outros dirigentes locais.

Acresce a intervenção do poder central, cuja primeira mensagem, após uma curta declaração de solidariedade, vai no sentido de serem as seguradoras as primeiras a intervir, sendo patente as hesitações na afirmação de uma ajuda pronta às populações atingidas, deixando aos fundo de emergência locais a difícil tarefa de compensar os danos

quinta-feira, dezembro 09, 2010

Novo formato de perfil do Facebook expõe mais os dados pessoais

Image Hosted by ImageShack
Um écran de perfil do Facebook

Quem utiliza o Facebook apercebeu-se de que existe a possibilidade de migrar o perfíl para um novo modelo, o qual será adoptado para todos os utilizadores até ao início de 2011, onde a informação surge de forma mais imediata, visualizável no topo da página.

Muitos utilizadores queixam-se da maior exposição dos dados pessoais, no que são acompanhados por especialistas em segurança informática, para quem o novo modelo de perfíl leva os utilizadores a adicionar mais dados e, consequentemente, aumentar a sua exposição.

Esta é, manifestamente, uma tendência que se pode verificar pela observação directa, constatando-se que numerosos utilizadores, após migrarem o perfíl, a adicionar novos dados, os quais ficam no local mais facilmente visível do perfíl, enquanto outros, que não deixam se ser interessantes, passam a ser menos visíveis, obrigando a mais passos para serem consultados.

Apesar de o aspecto da nova página de perfíl ser, na nossa opinião, mais agradável, os inconvenientes superam as vantagens, sobretudo sabendo-se que muitos utilizadores adicionam contactos de forma pouco criteriosa, incluindo entre estes quem tenha o perfíl oculto ou com pouca ou nenhuma informação.

Mau tempo continua com subida de temperatura - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Efeitos do mau tempo em Portugal

A recente vaga de mau tempo, na qual se inclui o tornado na zona da Sertã, serve de alerta para um conjunto de situações que, não sendo previsíveis, são resultado de um confluir de factores que permitem a sua ocorrência.

Mesmo excluindo os dados científicos resultantes dos registos efectuados por diversas intituições ao longo de décadas, é intuível que as alterações climáticas são mais abruptas, atingindo com grande rapidez valores extremos e que desta evolução rápida resultam com alguma frequência fenómenos ainda recentemente tidos como raros.

Se há vários anos nos fomos habituando aos incêndios no Verão e posteriormente a um cada vez maior número de cheias no Inverno, as alterações súbitas, como a rápida subida ou descida de temperatura, surgem como um fenómeno mais recente, faltando ainda investigar as consequências que daqui possam resultar, mas sendo necessário tomar medidas eficazes para as enfrentar.

Os ventos fortes, mesmo alguns tornados, tendem a ser mais frequentes e com maior força, afectando sobretudo zonas rurais, onde a queda de árvores é mais frequente, atingindo não apenas pessoas e bens, mas também compromentendo infraestruturas e serviços essenciais, como o fornecimento de electricidade, e dificultando ou impedindo a circulação.

quarta-feira, dezembro 08, 2010

Governo admite necessidade de mais meios de limpeza da neve - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Nevão em Portugal

Diversas reportagens ilustram bem esta situação, com numerosos automobilistas a desrespeitar sinalização e mesmo instruções das autoridades, optando por circular em vias intransitáveis para o tipo de viatura, ficando muitas vezes imobilizadas e obrigando à intervenção de meios de socorro.

Mesmo com o atenuante da falta de meios, da necessidade de circular e da ausência de alternativas, esta atitude recorrente deve ser condenada e punida, dado que uma abordagem mais pedagógica parece ter sido sucessivamente votada ao insucesso.

A necessidade do reforço dos meios de limpeza de neve disponíveis é reconhecida por todos, com promessas de aquisição de mais equipamentos efectuadas durante as alturas mais críticas, mas as mesmas tendem a ser esquecidas quando o tempo melhora e a premência diminui, caindo-se num ciclo vicioso que deixa o País à mercê do mau tempo.

Num ano de maiores restrições, não obstante estes meios serem necessários, a probabilidade de estes serem adquiridos é bem menor do que em anos anteriores, pelo que não será de estranhar que dentro de um ano estejamos a discutir o mesmo problema e, eventualmente, a lamentar as consequências resultantes desta escassez de meios.

terça-feira, dezembro 07, 2010

Snaptu adiciona funcionalidades a telemóveis antigos

Image Hosted by ImageShack
Écran de entrada do Snaptu

Prolongar a vida de telemóveis antigos, adicionando novas funcionalidades, como um melhor acesso a redes sociais, tem um impacto importante em diversos mercados, onde a longevidade dos equipamentos é francamente superior à que se verifica entre nós.

O Snaptu é uma aplicação que aumenta as capacidades de telemóveis antigos e, embora não os equipare aos modelos mais recentes, permite um conjunto de funcionalidades e de integração de aplicações que os compatibiliza com o acesso a diversos "sites", aumentando a rapidez e a facilidade de navegação.

O Snaptu está escrito em Java e suporta a maioria dos telemóveis compatíveis com esta linguagem, incluindo aplicações destinadas a aceder ao Facebook ou ao Twiter e muitas das dúvidas podem ser esclarecidas no Fórum ondeas aplicações são debatidas pelos utilizadores.

Para obter a aplicação basta aceder ao "site" da Snaptu e descarregar gratuitamente o programa, instalando-o no telemóvel de acordo com as instruções fornecidas, após o que esta ficará pronta para ser utilizada.

Governo admite necessidade de mais meios de limpeza da neve - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Nevão em Portugal

Deve-se colocar a questão da existência de veículos dedicados ou, em alternativa, de equipamentos amovíveis que possam ser instalados, mesmo que com pequenas alterações e sem desvirtuar a sua concepção e utilização original, em viaturas existentes, de modo a que estas sejam facilmente convertíveis.

Adicionar as lâminas de remoção de neve ou reservatórios de sal-gema, utilizado para derreter a neve, a veículos existentes, desde que com características que lhes permita circular em segurança sobre superfícies cobertas de neve e gelo, algo que tendencialmente é apanágio de modelos com tracção integral, será uma solução a ter em conta.

Também o número de veículos com capacidade de rebocar ou mesmo desempanar outras viaturas que fiquem retidas na neve necessita de ser aumentado, sobretudo por se verificarem defeciencias a nível da interdição de vias e, infelizmente, à falta de consciência de muitos condutores que insistem em circular em condições para as quais nem os próprios nem os veículos que conduzem estão preparados.

Já não é a primeira vez que abordamos a questão da irresponsabilidade, mais do que falta de civismo, de muitos automobilistas que não respeitam as indicações das autoridade, obrigando tantas vezes a difíceis e onerosas operações de salvamento que implicam sempre algum grau de risco para quem nelas participa, obrigando a empenhar meios que, de outra forma, poderiam ser utilizados noutras missões.

segunda-feira, dezembro 06, 2010

Nova versão do Google Earth integra o Street View - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Écran do Google Earth

Muitos utilizadores continuam a não se aperceber das principais diferenças entre o Google Earth, um programa que funciona localmente e permite armazenar dados num suporte magnético local, e o Google Maps, que funciona dentro de um "browser" e requer uma ligação à Internet e portanto não optam pela solução mais adequada a cada caso.

Se por um lado o Google Maps não implica qualquer tipo de instalação e é compatível com um vulgar "browser", o Google Earth funciona num número limitado de plataformas, como um computador pessoal, podendo, caso se guarde em "cache" a zona a visualizar, continuar a ser utilizável mesmo sem ligação à Internet recorrendo aos dados armazenados.

Possuindo um motor local, instalado no próprio computador, recorrendo a distintas formas de utilização da placa gráfica e beneficiando de rotinas de programação do próprio sistema operativo, o Google Earth será mais rápido na apresentação de imagens, se bem que mais pesado e exigentes em termos de recursos, estando, no entanto, ao alcance de qualquer modelo de computador recente.

Tal como nas versões anteriores, o Google Earth mantém-se gratuito na sua versão base e a sua actualização é mais que recomendada pela implementação do Street View e pela melhoria do desempenho resultante da optimização a nível de programação.

Governo admite necessidade de mais meios de limpeza da neve - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Nevão em Portugal

Ante o número de vias de circulação e de serviços encerrados, o secretário de Estado da Protecção Civil reconheceu a necessidade de aumentar o número de veículos de limpeza de neve, algo há muito exigido pelas populações residentes ou circulando nas zonas mais atingidas.

Da trintena de vias encerradas resultam inúmeras situações problemáticas, diversas vezes enunciadas, bem como um prejuizo difícil de calcular em termos da actividade económica, não se podendo considerar esta vaga de frio nem como anormal em termos de temperatura nem da extensão da sua duração.

A escassez de meios há muito que é conhecida, sendo quase constantes as comparações com o País vizinho, onde, perante condições climáticas semelhantes, as condições de circulação são francamente melhores, fruto de uma maior limpeza das vias.

No entanto, não estamos apenas perante uma questão de limpeza da neve, mas da própria concepção de diversas vias, que pelo seu traçado e características são propensas à acumulação de neve e gelo, dificultando a limpeza e tornando perigosa a sua utilização durante períodos de mau tempo.

domingo, dezembro 05, 2010

Primeiras neves paralizam cidades no Norte - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Nevão em Portugal

Sem um mínimo de recursos locais, a possibilidade de ocorrerem situações da maior gravidade aumenta na medida em que durante cada Inverno aumenta o número de vagas de frio, com o envelhecimento dos residentes, com as carências alimentares resultantes do isolamento e da crise que o País atravessa, bem como do desinteresse por parte do poder central em inverter este processo de degradação e empobrecimento do Interior.

Estas dificuldades e limitações em caso de mau tempo, são facilmente comprovadas pela quase paralização de diversos serviços, encerramento de escolas e quase impossibilidade de abastecimento de algumas povoações mais isoladas, onde apenas alguns veículos todo o terreno conseguem chegar com um mínimo de items de primeira necessidade.

Recomendamos a todos quantos se desloquem a zonas onde tenha caido neve que utilizem pneus adequados, algo que só se justifica economicamente caso tenham uma utilização prolongada, inerente à residência em zonas onde neve com frequência, ou, em alternativa, correntes, as quais podem ser adquiridas por um valor módico.

No entanto, mesmo com pneus ou correntes, circular sobre a neve obriga sempre a uma atenção especial, mantendo velocidades reduzidas e adoptando um estilo de condução defensiva, sem reações ou movimentos bruscos, seja em aceleração ou travagem, seja na mudança de direcção, lembrando sempre que a neve pode esconder outros obstáculos.

sábado, dezembro 04, 2010

Nova versão do Google Earth integra o Street View - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Écran do Google Earth

A recém anunciada versão 6 do Google Earth integra agora o Street View, a perspectiva tridimensional ao nível do solo e em grande detalhe das ruas das cidades onde este levantamento foi efectuado, permitindo assim uma visita virtual a estas localidades.

O funcionamento do Street View no Google Earth é muito semelhante ao do Google Maps, com alternância com a visualização ao nível da rua, para o local onde se pretende central o ponto de observação, sendo esta válido para as ruas com contornos delimitados a azul.

Esta nova funcionalidade vem colocar o Google Earth ao nível do Google Maps em termos de detalhes, e vem ao encontro das pretensões de muitos utilizadores que apreciam ver a sua vizinhança ou locais de referência com o maior detalhe possível.

Outras funcionalidades, como as viagens ao passado, estão agora facilitadas, bastanto escolher a data pretendida para ver uma cidade ou rua no época selecionada e estão disponíveis dezenas de modelos tridimensionais de árvores, entre as quais diversas espécies raras ou ameaçadas.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin