sábado, novembro 08, 2014

Land Rover Owners de Dezembro de 2014 já nas bancas

Já se encontra nas bancas a edição de Dezembro de 2014 da Land Rover Owners International, apresentando na capa um Serie 88, construido como Stage One na própria fábrica, equipado com um com motor V8, o que quase parece antecipar a anunciada última versão do Defender, que supostamente virá com esta arquitectura de motor.

Os testes a lâmpadas com "leds", que inclui desde faróis a barras, nas mais diversas configurações, e a instalação de um circuito "split charge", ou dupla bateria com um sistema de gestão, tal como a preparação e uso de um Freelander como veículo de expedições, se revelam úteis e de leitura agradável.

O guia de compras do Discovery, que inclui desde os 200Tdi e 300Tdi aos Discovery 3, é igualmente interessante, com um importante conjunto de informações e detalhes a ter em conta, que pode auxiliar em muito quem pretenda adquirir um modelo como o Discovery 1, que, após algum esquecimento, tem recuperado popularidade e apresenta uma excelente relação qualidade/preço.

Também as viagens ou expedições, sobretudo na vertente da sua preparação, que inclui adaptação de veículos, mais uma etapa na conversão do Discovery como veículo de expedições, bem como a habitual apresentação de alguns novos produtos, entre os quais um pino para aumentar o desempenho dos motores 200 e 300Tdi, algo que abordaremos posteriormente em detalhe, complementada pela publicidade temática, contribuem para o interesse deste número da LRO.

sexta-feira, novembro 07, 2014

Alterações nas reclamações no EBay - 2ª parte

Desta forma, caso o item continue em falta, a comunicação com o vendedor já terá decorrido, poupando-se algum tempo, o que consideramos útil dado que, salvo casos verdadeiramente excepcionais e que terão a ver com questões aduaneiras, só muito dificilmente o item chegará após essa data, abrindo-se o caso sem mais demora, após o que, caso o vendedor não responda numa semana, se pode escalar o caso e pedir o reembolso.

Alguns dos vendedores podem enviar um número de registo, que deve ser cuidadosamente verificado e validado, porque não é inédito este ser falso, seja por corresponder a um envio diferente, seja porque o número é regeitado pelo sistema, o que sucede sempre que a combinação dos dígitos, que inclui mecanismos de verificação, tal como um número bancário, não obedece ao modelo resultante da geração feita pelo sistema dos diversos serviços de correios.

Mesmo respondendo, é de ter em atenção que existe um periodo para escalar o caso e que o EBay, não havendo essa iniciativa, fechará o caso, sem possibilidade de reabertura, um mês depois, pelo que, mesmo que o vendedor proponha uma solução em troca do encerramento do caso, esta nunca deve ser aceite sem que o item tenha chegado.

Caso não responda, ou perante uma reposta insatisfatória, como o envio de um número de registo não válido, aconselha-se a escalar imediatamente o caso, solicitando o reembolso, pois quem não responde de forma transparente quase certamente não irá resolver o problema a bem e, objectivamente, não estará a pensar em devolver voluntariamente o pagamento, pelo que a solução passará pela intervenção do EBay.

quinta-feira, novembro 06, 2014

Plataforma interior para Serie 88 e Defender 90 - 1ª parte

No seguimento do esquema para construir uma plataforma que permita dormidas nos Discovery 1, que pode ser utilizada, com as devidas alterações, nos Discovery 2, fomos desafiados para conceber algo de semelhante para os Serie 88, que, pela parecença, pode ser utilizado nos Defender 90, sendo o projecto para veículos com condução à esquerda e devendo ser modificado de forma simétrica para condução à direita.

Devido às dimensões do veículo e à própria configuração do mesmo, uma plataforma envolve uma maior complexidade e muito mais trabalho, mesmo a nível de concepção e teste, pelo que esta é uma primeira abordagem que visa, sobretudo, recolher sugestões que, inclusivé, podem passar por redesenhar todo o projecto.

Pensamos que a plataforma deve ficar no fundo da caixa de carga, devidamente acomodada, de modo a, exceptuando o volume resultante da altura, que ronda, devidamente acondicionada, perto de 8 centímetros, não implicar mais perda de espaço, obrigando, naturalmente, a remover eventual carga para ser montada.

O primeiro passo será o de elevar o conjunto, para o que idealizamos um conjunto de calhar na vertical, junto da divisória da caixa de carga que fica atrás dos bancos dianteiros, e um sistema de pernas dobráveis, muito semelhante ao de mesas ou extendais desmontáveis, que são fixas de um dos lados e correm sob a superfície inferior do mesmo, sendo travadas por um simples sistema de encaixe tanto na parte superior, aparafusado na plataforma, como inferior, aparafusado na caixa de carga.

quarta-feira, novembro 05, 2014

EMA foi extinta

Dois dias antes da data estabelecida, o dia 31 de Outubro, foi extinta a Empresa de Meios Aéreos (EMA), dando assim por encerrada uma experiência de gestão empresarial, supostamente concorrencial e integrada no mercado, das aeronaves pertença do Estado e adstritas a missões no âmbito da protecção civil e do socorro.

Sobre o modelo escolhido, tivemos ocasião de nos pronunciar por diversas vezes, tendo igualmente abordado anteriormente o anunciado fim da EMA e as opções do Governo em termos da distribuição dos meios, que passam a ser controlados de forma directa pela Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC), bem como a questão contratual dos seus funcionários, cujo vínculo laboral sempre contestamos.

Com alguns dos colaboradores a aceitar uma indemnização para cessar o seu vínculo contratual e a transferência da maioria, tal como dos meios, o fim da EMA não se revestiu de controvérsia, talvez porque foi mal gerida por todos os governos que a tutelaram, numa teia de cumplicidades que dificilmente será esclarecida, ficando, infelizmente, um saldo negativo a ser pago pelas receitas do Estado.

Esta anunciada extinção, e a antecipação da mesma, algo raro entre nós, acaba por confirmar o conjunto de críticas que foram feitas a este modelo organizacional, com a operacionalidade dos meios veio a ser sucessivamente reduzida por acidentes e pela falta de manutenção, que atingiu sobretudo os helicópteros pesados Kamov Ka32, cuja frota acabou imobilizada, do que resultou a virtual inutilidade da EMA.

terça-feira, novembro 04, 2014

Alterações nas reclamações no EBay - 1ª parte

Muitos daqueles que utilizam o EBay podem não se ter apercebido da introdução de alterações relativamente ao processo de reclamação, que pode decorrer do não recebimento de um item, de uma diferença significativa face ao anunciado, ou de danos não decorrentes do transporte, sendo que aqui nos centraremos essencialmente no primeiro caso.

O prazo para reclamar, recorrendo ao sistema de abertura de um caso junto do EBay, e assumindo que o pagamento foi efectuado via Paypal, deixou de ser fixo, como anteriormente, passando a ser iniciado após terminar o prazo estimado de entrega, o qual se encontra incluido nos detalhes da encomenda.

Desta forma, os prazos anteriores, de 45 dias após a compra, e que eram fixos, independentemente do tempo estimado para a entrega, e que sabemos variar enormemente caso seja um envio doméstico ou internacional, que aumenta ainda mais caso haja lugar a despacho alfandegário, são substituidos pela estimativa do EBay, baseada em estatísticas que, na verdade, são pouco precisas, mas que, mesmo assim, terão que ser respeitadas.

Assim, após decorrer o prazo estimado para entrega, o comprador deve, nos 30 dias seguintes, abrir um caso através do Centro de Resolução, sugerindo-se que, caso a entrega esteja demorada, contacte previamente o vendedor, solicitando detalhes do envio, algo possível mesmo antes de terminar o prazo máximo previsto para a entrega, ou mesmo levantar a questão junto do serviço de atendimento do EBay que, mesmo que insista no respeito pelos prazos e consequente espera, fica inteirado da situação e manterá um registo da mesma.

segunda-feira, novembro 03, 2014

Projecto de arrumação para porta bagagens de Discovery 1 - 2ª parte

Num texto anterior apresentamos, em linhas gerais, uma ideia de conceber e construir uma prateleira que permita acomodar no porta bagagens do Discovery 300Tdi uma maior carga, devidamente acondicionada, expandindo agora o conceito de modo a incluir uma plataforma extensível que permita dormidas no interior do veículo.

Partindo da mesma ideia, portanto, sem alterar o desenho inicial, propusemo-nos colocar na extremidade dianteira uma dobradiça que estabelece a ligação a uma segunda placa, a qual ligará, por sua vez e de forma idêntica, a uma terceira, de modo a que possam ser recolhidas e extendidas, através de um movimento em "Z".

Naturalmente que são necessários apoios, que podem ser pernas dobráveis, articuladas nas plataformas e que assentarão no chão do Discovery, ou suportes colocados lateralmente, por exemplo, no pilar junto da porta, onde a plataforma se poderá apoiar, sendo de equacionar um misto de ambos, conforme a dimensão exacta das pranchas.

Todas as pranchas, sobretudo nos locais de apoio, terão necessariamente de ser reforçadas, seja com uma calha nos rebordos, seja com réguas longitudinais, que garantam a indispensável rigidez, mesmo recorrendo a madeira mais leve, sendo que, dado que o projecto está em estudo, agradecemos sugestões e contribuições.

domingo, novembro 02, 2014

Sincronizar dados de comunicações com o "Pushbullet"

Uma forma de fazer transitar dados de chamadas de um telemóvel inteligente "Android" para um computador pessoal, onde a gestão pode ser mais simples, ou simplesmente centralizada, sem recorrer a programas proprietários dos prestadores de serviços de comunicações, é o "Pushbullet".

Este é um sistema que integra diversas plataformas, facilitando o envio e partilha de dados e alertas, incluindo formas de abrir com facilidade ligações e evitando operações mais complexas ou morosas, como o envio de mails de um dispositivo para outro como simples forma de partilha.

As notificações de mensagens recebidas no telemóvel, incluindo para além de SMS convencionais aquelas que são provenientes de aplicações como o Whatsapp, o envio automático do registo de comunicações ou a descarga de ficheiros são igualmente facilitados, com o programa a correr em "background" no sistema operativo ou como adicional nos "browsers" suportados.

Existe "software" para as plataformas mais comuns, como o "Android" e IOS, "browsers" como o "Chrome" e o "Firefox", e sistemas operativos da família Windows e Mac OSX, que pode ser descarregado através do "site" do fabricante, onde as inscrições também são realizadas, sendo uma sugestão para quem usa diversos equipamentos e plataformas de comunicações.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin