sábado, novembro 30, 2013

Coletes como forma de acondicionamento - 8ª parte

Image Hosted by Google Uma lanterna de pequenas dimensões

Os preços são algo variáveis, e tentamos sempre obter cada item pelo valor mais baixo que encontramos, mas nunca deixam de ser indicativos, porque nem sempre estão disponíveis exactamente os modelos que temos vindo a adquirir, nem surgem continuamente as oportunidades de que beneficiamos, algumas das quais essenciais para obter o valor final.

Naturalmente, o mais determinante a nível de preço do conjunto é o valor da aquisição do colete, e sem impor um limite baixo para este item, que decidimos não poder ultrapassar os 20 Euros, tendo efectivamente pago menos, tudo se complica, dado que a variação nos restantes items é extremamente baixa, sendo apenas possível poupar alguns cêntimos em cada.

Assim, e com as devidas reservas, baseados nos valores aproximados que obtivemos, seja em venda directa, seja através de leilões, as contas são as seguintes, atingindo-se os 50 Euros que nos impusemos como limite:

Colete 20
Ferramenta multi uso 10
Estojo primeiros socorros 2
Lanterna 3
Canetas 2
Isqueiro 2
Cobertor emergência 1.5
Apito com bússula 2.5
Dínamo e cabo 3
Bolsa e ferramenta 3
Sacos, fotocópias e diversos 1

sexta-feira, novembro 29, 2013

Blusões em pele tipo aviador - 2ª parte

Image Hosted by Google Um blusão de aviador em pele com capuz

O blusão é fechado através de um fecho éclair robusto e ajustado por correias em cabedal e fivelas metálicas, colocadas na gola, nos pulsos e na zona lateral, perto da cintura, do que resulta um excelente isolamento, reforçado pelo pelo que surge nas extremidades.

Normalmente estes blusões apenas possuem um par de bolsos, na parte dianteira, fechados igualmente por fecho éclair, sendo nalguns casos raros complementados por um bolso adicional no interior, podendo ter uma ou duas correias a fechar a gola quando esta fica levantada em torno do pescoço.

Este modelo concreto está disponível em cor negra, havendo outros, inclusivé com maior parecença com os "Irvin", portanto em castanho e mais volumosos, por preços que variam entre os 60 e os 100 Euros, incluindo portes, mas, quase certamente, acrescendo direitos alfandegários, dado ultrapassarem todos os valoes de isenção, mesmo para transações entre particulares.

Naturalmente que a preferência tende a ir no sentido dos modelos mais pesados e volumosos, com o cabedal de maior espessura e maior resistência, sendo patente que o forro é mais espesso de de melhor qualidade e que os fecho éclair e as fivelas de ajuste mais sólidas.

quinta-feira, novembro 28, 2013

"QR Code" nos Mercedes ligados a ficha de segurança

Image Hosted by Google QR Code no interior da tampa do depósito de combustível

Já mencionamos as fichas de segurança disponíveis para a maioria dos veículos modernos e que se destinam a facilitar a acção das equipas de socorro, identificando locais de passagem de cabos eléctricos, estruturas que necessitem de ser cortadas em caso de encarceramento, ou outros elementos que seja importante identificar em caso de acidente.

A Mercedes-Benz decidiu começou a instalar nos seus veículos, e irá fazê-los nos que foram vendidos previamente, um "QR Code" que, ao ser lido por um dispositivo com acesso à Internet, apresentará no écran a respectiva ficha de segurança, disponível nos servidores da marca.

A Mercedes optou por colocar os "QR Codes" no interior da tampa do depósito de combustível, tendo prescindido de quaisquer direitos sobre a ideia ou conceito, de modo a que outros fabricantes sigam o exemplo, disponibilizando o mesmo tipo de informação para os respectivos modelos.

Sendo uma ideia simples e útil, é igualmente muito fácil de implementar, independentemente da vontade do fabricante do veículo, desde que a respectiva ficha de segurança exista, bastando para tal alojá-la num servidor, gerar o "QR Code" com o respectivo endereço através de um dos inúmeros programas existentes e colá-lo no local indicado.

quarta-feira, novembro 27, 2013

Blusões em pele tipo aviador - 1ª parte

Image Hosted by Google Um blusão de aviador em pele

O frio já chegou, e, para os que não se prepararam ainda mas podem esperar, sugerimos um dos blusões com forro em pele de carneiro que se podem encontrar no EBay por um valor bastante acessível, que nalguns casos pode ficar abaixo da 40 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, caso se vença um leilão.

O típico blusão de aviador, popularizado nas Guerras Mundiais, quando o frio no habitáculos dos aviões, por vezes abertos, frequentemente sem climatização adequada e raramente pressurizados, obrigava os tripulantes a recorrer a roupa de protecção não apenas contra as baixas temperaturas, mas também contra pequenos impactos, habituais durante deslocações e trabalhos no interior de aeronaves que não eram interiormente forradas.

Se um dos populares "Irvin", adoptados pela Força Aérea Inglesa, apesar de quase eterno, ter um preço proibitivo, um blusão do mesmo tipo, em napa, com o forro em pele de carneiro, com gorro igualmente forrado e debruado a pelo, pode ser adquirido por valores bastante acessíveis, mesmo sabendo-se que não tem a qualidade ou mesmo o peso do modelo original.

Os modelos feitos na Ásia, usam pele de carneiro proveniente da Austrália, recorrendo, essencialmente, a trabalho manual e beneficiando dos baixos preços da mão de obra na China, sendo visível que, apesar do baixo custo, houve cuidado na sua confecção e no controle de qualidade final.

terça-feira, novembro 26, 2013

Coletes como forma de acondicionamento - 7ª parte

Image Hosted by Google Uma caixa metálica da Smints

Aliás, transportar alguns sacos de plástico fáceis de fechar é sempre útil, ajudando a proteger da chuva e humidade os equipamentos mais sensíveis, incluindo o próprio telemóvel, mas também alimentadores, baterias ou outros items com electrónica no seu interior.

É igualmente prudente transportar papel, em vários formatos, incluindo lenços, guardanapos ou papel higiénico, tal como um pequeno conjunto de costura, incluindo, pelo menos, um par de agulhas, dois ou três rolos de linhas, devidamente acondicionados numa pequena caixa, tal como objectos de higíene pessoal básicos, elásticos, cordel, bateria de reserva para a lanterna, etc.

Também alguns items que podem ser obtidos de forma gratuita ou quase são de grande utilidade, como as pequenas caixas metálicas de algumas pastilhas elásticas, onde podem ser acomodados items de pequena dimensão, como o conjunto de costura, protegendo-os contra pequenos impactos e mesmo contra a humidade, e evitando que estes firam o portador.

No conjunto, todos estes objectos têm forçosamente que ser distribuidos de forma equilibrada pelos bolsos do colete, de forma a manter liberdade de movimentos, bem como a respectiva acessibilidade, tendo em conta, a frequência de utilização e a sua própria protecção, sendo, por exemplo, de guardar documentos ou cópias nos bolsos interiores e uma caneta ou lanterna num exterior ao alcance da mão.

segunda-feira, novembro 25, 2013

Governo, Tribunal Constitucional e os números duvidosos - 2ª parte

Image Hosted by Google Fome em Portugal nos dias de hoje

No fundo, as contas são fáceis de fazer e particularmente esclarecedoras se nos lembrarmos do nível salarial na Irlanda ou no número de meses pagos anualmente na Grécia, o que vem, naturalmente, ter um impacto decisivo no impacto de uma redução.

Exemplos práticos ajudam a entender a relatividade de uma redução percentual e do seu impacto na vida do cidadão comum, podendo usar como exemplo alguém que recebe 2.000 Euros mensais, algo comum na Irlanda, e que sofre uma redução de 25%, passando para os 1.500 Euros, e a de um nacional que recebe 800 e, com uma perda de 15%, passa para os 680.

Usamos estas percentagens e não os 12 ou 15% mencionados pelo Governo, dado ilustrarem melhor a situação, relembrando que o ordenado médio na Irlanda seria em Portugal taxado como sendo auferido por alguém francamente previlegiado, capaz de suportar todas as sobretaxas imagináveis.

Indiscutivelmente, no primeiro caso a redução em termos percentuais e de valor bruto foi bastante superior, mas o facto objectivo é que, mesmo após este corte, existe uma diferença de 820 Euros, e que, mesmo havendo encargos superiores, existe uma muito maior margem de manobra e capacidade de amortecimento, pelo que, mesmo que implique alguns sacrifícios, não se entra dentro dos limites da sobrevivência.

domingo, novembro 24, 2013

Coletes como forma de acondicionamento - 6ª parte

Image Hosted by Google Uma ferramenta em forma de cartão

Um destes dínamos gera até 6V 300 mAh e ao carregar um telemóvel durante um minuto, a um ritmo de 100 a 120 rotações por minuto, recorrendo a este equipamento, corresponde, em média e dependendo do modelo específico, até 5 minutos de conversação e um razoável tempo em "stand by".

Como opção, sem dúvida mais comoda, surge a possibilidade de uma bateria adicional, que pode ser imediatamenta utilizada, se devidamente carregada, mas que tem o inconveniente de, após esgotada a carga, não oferecer uma alternativa que permita manter o telemóvel em uso.

O pequeno utensílio de sobrevivência, em formato de cartão de crédito, também se justifica, caso não seja transportado na carteira, podendo-se ainda adicionar uma pequena bolsa estanque com cópias dos documentos pessoais e da viatura utilizada, esperando-se que o preço conjunto ronde os três Euros.

As bolsas estanques para telemóveis são aqui uma boa opção, por terem um preço muito acessível, estarem disponíveis em vários modelos, e protegerem adequadamente os documentos, mas um simples saco para congelador, de um dos modelos que fecham, é uma alternativa económica a ter em conta.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin