sábado, agosto 29, 2009

Motorola vai apresentar "smartphone" Android a 10 de Setembro


Image Hosted by ImageShack
O "smartphone" da Motorola

Está marcado para o próximo dia 10 de Setembro a apresentação do primeiro telemóvel produzido pela Morotola para o sistema operativo Android do Google.

Numa altura em que a Motorola atravessa dificuldades, sobretudo no segmento dos telemóveis inteligentes ou "smartphones", onde a concorrência tem aumentado seriamente, a aposta na plataforma Android, de utilização gratuita, faz todo o sentido dado permitir um melhor preço de venda e a compatibilidade assegurada com vários produtos do Google.

Este anúncio não é uma surpresa, já que a Motorola anunciara a criação de equipas destinadas a desenvolvimento na plataforma Android, pelo que, mesmo sem a existência de uma confirmação oficial, era expectável que um produto deste tipo surgisse.

Manifestamente, a plataforma Android alicerçada no conjunto aplicacional disponibilizado pelo Google aponta no sentido de uma maior abertura e integração de sistemas altamente móveis e portáveis, pouco dependentes do "hardware" e capazes de suprir a maioria das necessidades dos utilizadores, aliando a estas características uma aliciante gratuicidade.

sexta-feira, agosto 28, 2009

Substitutos de placas de desatascamento no EBay alemão - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Substitutos de placas de desatascamento

As placas de desatascamento em aluminio ou os "waffle boards" em matéria plástica são dos equipamentos mais necessários para quantos se deslocam em zonas pouco firmes, sejam estas arenosas ou lamaçais.

Os equipamentos convencionais, concebidos para o efeito, são, obviamente, a solução ideal, mas estamos a falar de preços que facilmente ultrapassam a centena de euros, acrescendo ainda o problema dos elevados custos de transporte e, muitas vezes, a dificuldade em arranjar espaço dentro de um veículo que, muitas vezes, já se encontra algo preenchido com outro material igualmente necessário.

Como alternativa, descobrimos no EBay alemão conjuntos de bases para tendas militares com dimensões individuais de 48 x 28.8 x 1 cm, feitas num plástico sólido e suficientemente flexível para se adaptar a várias texturas de terreno.

Estas placas são vendidas em conjuntos de 16 por uma dezena de euros, a que acrescem outros 17 para portes, podendo o pagamento ser efectuado através de Paypal.

"Morocco Overland"


Image Hosted by Imageshack
A capa do "Morocco Overland"

Recentemente editado, o livro "Morocco Overland: From the Atlas to the Sahara - 4WD, Motorcycle, Van, Mountain Bike" de Chris Scott pode ser considerado uma obra de referência para todos quantos pretendam participar numa expedição naquele país africano.

Ao longo de 288 páginas, o autor de diversas obras relacionadas com expedições, como o "Sahara Overland", descreve preparações, percursos, técnicas e o que considera ser o melhor modo de atravessar este país africano.

Este livro de capa flexível está disponível desde 15 de Julho, editado pelas "Trailblazer Productions", tem os códigos ISBN 1905864205 e /ISBN13 9781905864201, podendo ser adquirido em livrarias da especialidade ou no EBay inglês, onde compramos o nosso por 16 euros, incluindo portes para Portugal.

Para quem pretenda organizar ou participar numa expedição, mas também para quantos praticam todo o terreno ou apreciem as paisagens marroquinas, este é um livro a não perder, do qual se podem retirar um enorme conjunto de ensinamentos e experiências da maior utilidade.

quinta-feira, agosto 27, 2009

"Jerry cans" no EBay alemão - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Alguns "jerry cans" para água

Adquirir excedentes militares em bom estado em Portugal nem sempre se revela uma tarefa fácil, pelo que optamos por procurar no EBay os "jerry cans" de que necessitamos para aumentar a autonomia do Land Rover Serie, cujo depósito tem uma capacidade e apenas 45 litros de gasóleo.

Após algumas pesquisas no mais tradicional EBay inglês, por razões de disponibilidade, preço, sobretudo a nível de transporte e rapidez de entrega, optamos pelo EBay alemão, onde os "jerry cans" provenientes do exército federal existem em largas quantidades.

Os "jerry cans" alemães, país onde este tipo de reservatório de combustível foi inventado, são de modelo ligeiramente diferente do inglês ou americano, mas têm dimensões exteriores semelhantes e a mesma capacidade de 20 litros, pelo que acabam por ser funcionalmente equivalentes.

As forças armadas alemãs possuem "jerry cans" diferentes para água, com um revestimento interior cromado, assinaladas com a letra "W" e bocal pintado em branco, e outro para combustível, capaz de resistir ao efeito mais corrosivo dos derivados de petróleo, mas que não mantém o mesmo sabor da água.

Estimativa de distâncias - 5ª parte


Image Hosted by Imageshack
Uma sequência de postes eléctricos

Exemplos de auxiliares são as torres que suportam linhas eléctricas ou de comunicações, normalmente espaçadas de forma constante, e que, após ser verificada a distância entre duas torres consecutivas, podem servir como uma marcação virtual, mesmo que não seguindo a direcção pretendida.

Um dos processos para utilizar esta tipo de artifício corresponde em "rodar virtualmente" a linha obtida no sentido da distância que pretendemos calcular, sabendo que mesmo um angulo da ordem dos 30º tem uma influência de pouco mais de 10% no resultado final, podendo este ser corrigido com alguma facilidade intuitivamente ou com maior rigor através de uma simples tabela trigonométrica.

Obviamente para distâncias percorridas e não a percorrer, exitem forma adicionais, que vão desde o contar passos, cronometrar tempos e aferí-los através de velocidades médias ou mesmo recorrer a marcações existentes, como marcos ou sinais rodoviários.

Avaliar distâncias sem equipamentos auxiliares requer prática e é bastante falível, sobretudo de noite ou em condições de visibilidade adversas, onde as distâncias tendem a ser sobreavalidas, pelo que se aconselha como exercício estimá-las e depois verificá-las, seja sobre um mapa, seja durante uma deslocação.

quarta-feira, agosto 26, 2009

Lançamento do novo Snow Leopard antecipado para dia 28


Image Hosted by Imageshack
Um écran do OS X Snow Leopard

A Apple antecipou para a próxima sexta feira, dia 28 de Agosto, a próxima versão do sistema operativo Snow Leopard aumentando ainda mais o prazo que medeia até à disponiblização do Windows 7.

O novo sistema operativo da Apple fica assim pronto antes do previsto, algo que parece ser comum ao da Microsoft, e um factor que aumenta a confiança dos utilizadores.

A nova versão do sistema operativo é muito mais compacta do que as anteriores, com o código a ocupar perto de metade das versões precedentes, libertando perto de 7 Gb em disco e permitindo um acesso e execução mais rápida, facto que é destacado pela Apple que apostou sobretudo na performance e não em novas funcionalidades.

Esta é, essencialmente, uma jogada de antecipação, tirando alguma margem aos rivais da Microsoft, mas a nova versão do sistema da Apple, apesar do baixo preço, poderá não ser nem tão apelativa quanto o novo Windows 7, que surge com inúmeras novas funcionalidades.

Descrepância de grandes incêndios nos dados nacionais e europeus - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
O efeito de um incêndio florestal

O EFFIS, instituido pelo Centro Comum de Investigação (CCI) e pela Direcção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia, usa um sistema de observação via satélite, com actualizações em tempo real, capaz de avaliar quer as áreas ardidas, quer o nível de risco e subsquentes alertas, pelo que a forma de operar é bastante diferente da utilizada pela AFN.

Por seu lado, a contabilização de áreas por parte da AFN baseia-se, sobretudo, no somatório obtido a partir de dados recolhidos no terreno, sendo óbvio que um esclarecimento relativo à metodologia utilizada é absolutamente necessário, sob pena de, independentemente da sua validade, estes perderem credibilidade.

Pequenas diferenças são aceitáveis, como resultado do método de avaliação e cálculo, ou mesmo a divisão de um incêndio de grandes dimensões em dois um mais que queimassem uma área inferior, o que pode ser verificado no terreno mas pode ser negligênciado ou omitido quando se considera haver continuidade entre as várias áreas devastadas, pelo que o cerne da questão deve ir no sentido dos totais e do mapa que destes resulta.

Uma maior ou menor fragmentação pode, portanto, justificar um maior ou menor número de "grandes incêndios", mas nunca uma descrepância a nível de área ardida que ultrapasse uma pequena percentagem, a nível dos poucos pontos, sem o que a metodologia nacional terá que ser revista e métodos de verificação implementados, sob pena de os dados e as próprias entidades que os revelam deixarem de ser credíveis.

terça-feira, agosto 25, 2009

Lista dos 100 "sites" mais perigosos da Internet


Image Hosted by Imageshack
Um alarme de virus

Apesar de estar em constante mudança, a Symantec, produtora de diversos anti-vírus, elaborou uma lista com os 100 "sites" mais perigosos da Internet, onde o perigo de infecção é mais sério.

No relatório "Dirtiest Websites of Summer 2009" surgem sobretudo "sites" com conteúdos para adultos, onde estão resentes vírus e "malware" destinado a controlar os computadores de quem acede ou aceder a dados pessoais.

Vários destes "sites" são de tal forma agressivos que basta a visita, sem qualquer acção como o aceder a uma ligação ou descarregar ficheiros, para que houvesse uma tentiva de infectar o computador.

Alguns destes "sites" incluiram programas maliciosos durante mais de seis meses, o que demonstra a falta de controle existente na Internet e a ausência de responsabilização de quem permite que este tipo de situação se mantenha, com todas as implicações daí resultantes.

Numa altura em que o número de ameaças cresce, manter actualizado todo o "software", incluindo o "browser" ou navegador, o anti-vírus e o anti-"spyware" é absolutamente essencial, pois só assim se podem evitar infecções mesmo quando se navega em "sites" que não parecem minimente suspeitos de desencadear um ataque.

Descrepância de grandes incêndios nos dados nacionais e europeus - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
A devastação de um incêndio florestal

Verifica-se uma descrepância entre o número de "grandes incêndios" em Portugal contabilizados pela Autoridade Florestal Nacional (AFN), que aponta para as 31 ocorrências, enquanto o Sistema Europeu de Informação sobre Incêndios Florestais (EFFIS) registou 54.

Para além da divergência de números registados desde o início do ano e até 15 de Agosto, existem fogos de grandes dimensões, com mais de 100 hectares de área ardida, que apenas são mencionados num dos sistemas, facto que pode ser algo incompreensível.

Estes "grandes incêndios" serão, segundo a AFN, responsáveis por uma área ardida de 9.208 hectares contribuindo significativamente para o aumento de zonas devastadas que se verificou este ano.

Convém distinguir a forma de avaliação de ambas as entidades, como forma de apurar as razões para uma divergência que parece difícil de explicar e terá, inevitavelmente, interpretações de cariz político-partidário, lançando dúvidas sobre dados que deviam ser rigorosos e uma base de trabalho objectiva para a tomada de decisões.

segunda-feira, agosto 24, 2009

Google Street View chega a Portugal - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
O Serie 3 visto no Street View

A partir da posição escolhida, pode-se rodar por 360º, modificar angulos de visão, aproximar ou afastar, escolhendo a perspectiva pretendida, a qual pode ser imediatamente enviada ou impressa.

Esta funcionalidade é uma parceria com a Mais Turismo, que implementa serviços na sua área de actividade, incluindo sistemas de reserva ou organização de visitas, mas tem potencialidades a muitos outros níveis e sempre que a visualização a nível da rua seja decisiva.

Questões a nível de privacidade, levantadas em diversos países, foram acauteladas através da realização de reuniões com a Comissão Nacional de Protecção de Dados, tendo o Google adicionado uma funcionalidade que permite aos utilizadores solicitarem que uma dada visualização seja retirada ou alterada, podendo neste caso serem desfocadas caras de pessoas ou matrículas de automóveis.

O Street View, pelas suas características inovadoras, pode ter múltiplas utilizações, ajudando no próprio planeamento de operações e oferecendo visualizações nítidas de edifícios que podem ser usadas quando as condições de visibilidade dificultam a observação, facilitando, por exemplo, o reconhecimento de locais em alturas críticas ou situações de urgência.

Lei da mobilidade deixa máquinas de rasto paradas


Image Hosted by Imageshack
Máquina de rasto no combate a um fogo

Com a transição para o quadro de mobilidade especial da Função Pública de diversos operadores de máquinas de rasto, propriedade da Autoridade Florestal Nacional (AFN), estas deixaram de estar disponíveis para a abertura e manutenção de caminhos florestais e para o combate aos fogos.

A alternativa proposta pelo Governo, de serem as autarquias locais a operar os equipamentos e suportar os custos inerentes, incluindo a contratação de pessoal, tendo para o efeito celebrado protocolos, mas várias máquinas ainda não foram entregues, permanecendo imobilizadas.

Desta situação, confirmada pela Liga de Bombeiros Portugueses, para além da impossibilidade temporária de utilizar estas máquinas, resulta um maior encargo para as autarquias, que suportarão os custos antes da responsabilidade da AFN através do Orçamento Geral do Estado e no entretanto são obrigadas a alugar equipamentos de substituição por valores que chegam aos 50 euros por hora.

Esta abordagem é, manifestamente, economicista, já que não faz parte de uma estratégia integrada que melhore o desempenho ou aumente o nível de operacionalidade destes equipamentos, sendo manifesto que a transição não foi devidamente acautelada, com as consequências que são agora conhecidas por todos.

domingo, agosto 23, 2009

Incêndio em Belas ameaça casas - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um fogo florestal em Portugal

A ocorrência de um novo fogo, o maior que se verificou na zona nos últimos anos, sensivelmente no mesmo local onde ocorrera um incêndio no ano anterior pode, naturalmente, levantar algumas suspeitas, mas pode também ter uma explicação mais simples, baseada na acessibilidade, na exposição aos elementos e na manifesta falta de limpeza da área.

Esta última questão é, indiscutivelmente, a que mais chama a atenção, tendo sido mencionada por diversos moradores, e a que mais responsabiliza as entidades oficiais responsáveis por fazer cumprir as disposições legais e pela própria limpeza, caso esta pertença a particulares que optém por não proceder aos trabalhos impostos por lei.

Obviamente, é mais fácil, menos responsabilizador e muito mais conveniente, sobretudo em época eleitoral apontar o dedo para uma hipotética intencionalidade do que reconhecer que existe uma manifesta falta de limpeza dos terrenos onde se iniciou o fogo, mas, independentemente da origem, o facto é que estando o terreno limpor, as consequências seriam francamente menores dada a maior dificuldade de propagação das chamas.

Seria conveniente que aquilo que é exigido aos particulares, muitas vezes justamente punidos pela sua negligência, também o fosse às entidades públicas, responsabilizando-os pessoalmente e não apenas politicamente pelas opções erradas ou pela ausência de acção que permite que pequenos focos de incêndio facilmente se transformem em fogos descontrolados que destroem parte da riqueza natural do nosso País.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin