sábado, maio 09, 2009

NDrive apresenta solução de navegação para telemóveis - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um écran de um "software" NDrive

Esta comunidade, que é uma das apostas do fabricante, pode para além de partilhar e aceder a informação, também pode recorrer a vídeos alojados no Youtube como complemento.

Este "software" destina-se às plataformas iPhone e Android da Google, para além dos sistemas operativos já suportados que incluem o Windows Mobile, Windows CE e Symbian, estando excluidos outros telemóveis.

A nova versão, para quem possua uma versão anterior, custa 20 euros, preço de "upgrade", sendo o preço de 40 euros se for um produto completo destinado a um novo equipamento.

Esta pode ser uma opção de navegação a ter em conta por parte de quem possua um telemóvel inteligente ou "smartphone", mas que deve ser avaliada com a habitual cautela, eventualmente pedindo uma demonstração ou versão de teste que determine a compatibilidade com o equipamento a utilizar e a adequação às necessidade de utilização.

sexta-feira, maio 08, 2009

NDrive apresenta solução de navegação para telemóveis - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um écran de um "software" NDrive

A Ndrive, cujas soluções de navegação já mencionamos em textos anteriores, apresentou novas soluções destinadas a telemóveis, disponibilizando, a partir de 23 de Maio, o "software" NDrive V9.

O novo "software" vai oferecer ao utilizador diversas possibilidades de itinerário em estrada, mas também um "modo aventura" para utilização em zonas mais remotas, como montanhas ou sobre a água.

Existe uma funcionalidade de pesquisa pelo nome de mais de 250.000 empresas, permitindo que, apenas através do nome, o utilizador possa encontrar o seu destino.

Também é possível criar ou importar itinerários, sendo que a informação pode ser visualizada ou partilhada sobre o Google Maps, de modo a que a comunidade de utilizadores do NDrive a possam aceder.

Incêndios, calor e desertificação - 3ª parte


Image Hosted by Imageshack
Combate a um incêndio florestal

Exceptuando razões ambientais, o investimento na defesa de largas zonas quase despovoadas, onde a agricultura não existe e de onde não se extrai riqueza, quase parece algo de supérfulo, constituindo um risco para quem aí enfrenta as chamas que devastam algo cujo valor é pelo menos dúbio.

Efectivamente, perante o abandono generalizado do Interior e uma manifesta insustentabilidade, quase se pode equacionar sobre os investimentos que são feitos não apenas na defesa de algo que não produz riqueza e em injecções de capital em projectos ou incentivos que não encontram complementaridade em planos mais generalizados ou globalizados.

Sem uma opção de fundo no sentido de repovoar o Interior, para o que são necessárias quer políticas, quer sinais de que este não será abandonado, o combate contra os fogos acaba por resultar inútil do ponto de vista económico, dado não estar, efectivamente, a defender nem uma riqueza a ser explorada nem uma população que aí já não reside.

Falta, desde há muito, uma política integrada, sendo de recordar que já existiram ministérios de planeamento, em tempos passados, e que hoje esta necessidade para determinar as principais opções estruturais parece esquecida em prol de um conjunto de cargos políticos cujo trabalho surge como inadequado face às exigências de um País que se perde.

quinta-feira, maio 07, 2009

GPS Ndrive e mapas por 34.90


Image Hosted by Imageshack
O receptor de GPS da Ndrive

Por um preço de 34.90 euros, é possível adquirir na Chip 7 um receptor de GPS de 20 canais Ndrive, como ligação "bluetooth" e baterias de lítio e um conjunto de mapas de Portugal.

Esta solução adequa-se, obviamente, a quem disponha de um PDA onde instalar este conjunto, que inclui o "software" de orientação e o mapa num cartão de memória, mas o receptor é compatível com qualquer dispositivo que suporte ligações "bluetooth", pelo que, mesmo para quem apenas pretenda este GPS, a aquisição se pode vir a justificar.

Aos interessados, sugerimos contatarem a Chip 7 de modo a averiguar todas as questões a nível de compatibilidade quer do "software" fornecido, quer do próprio meio físico, ou seja do tipo de cartão de memória, de forma a que não surjam surpresas desagradáveis.

Esta é apenas uma das opções existentes no mercado e que permitem usar um vulgar PDA como base de um sistema de orientação, sendo que preferimos estas soluções, que permitem, por acréscimo instalar outros programas, do que os GPS dedicados, os quais se confrontam com as limitações impostas pelos fabricantes.

Incêndios, calor e desertificação - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
GIPS no combate a um incêndio florestal

Mesmo com o reforço do número de equipas de sapadores florestais, que ainda se encontra muito longe das 500 previstas pelo Governo para 2012, o número de efectivos disponíveis fora da época tradicional de férias, quando existe maior número de voluntários disponíveis, continua a ser insuficiente, sobretudo nas zonas mais desertificadas do Interior.

Factor fundamental tem sido o falhanço de sucessivas políticas que não conseguiram nem atrair novos residentes para áreas mais despovoadas, nem sequer fixar os que daí são originários, acabando por se assistir a um crescente abandono da actividade agrícola tradicional e, com ela, de uma tradição de solidariedade e de voluntariado.

O encerramento de serviços médicos e de tribunais, para apenas citar duas situações críticas, enviam uma mensagem que nenhum discurso ou mesmo subsídios, por vezes vultuosos, conseguem contrariar, prevalecendo a ideia de que o poder político votou o Interior ao abandono.

A óbvia consequência, para além da insustentabilidade de extensas áreas do território, é a degradação a nível ambiental, o desaparecimento de espécies auctótones e a falta de ordenamento resultante do abandono das terras, resultando numa extrema vulnerabilidade face aos incêndios.

quarta-feira, maio 06, 2009

Fotos e percursos GPS partilhados no Track-n-share - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um écran do Track-n-share

A possibilidade de pertencer a uma comunidade de partilha tem, no entanto, diversas vantagens, quer pelo acesso a uma vasta quantidade de informação, quer pelo contacto com outros viajantes, os quais terão, certamente, experiências interessantes para narrar, ajudando assim o planeamento das próprias viagens.

Este não é, obviamente, um programa para substituir nenhum dos que costumamos utilizar, como o Oziexplorer ou o CompeGPS, mas que os complementa e pode justificar a adição de um "software" de partilha de portas, de modo a que o GPS possa fornecer informação posicional a diversos programas em simultâneo.

A integração com o GPS Gate será, portanto, uma possível solução para quantos pretendam partilhar os dados provenientes do GPS por diversos programas sem que surjam problemas de conflitos que podem inviabilizar ou comprometer as aplicações.

Sugerimos aos nossos leitores, sobretudo aos que se interessam por viagens, a inscrição no "site" do Track-n-share e a verificar as funcionalidades do programa e a informação disponibilizada pelos membros da comunidade onde poderão encontrar fotografias e trajectos que poderão mais tarde vir a utilizar.

Fotos e percursos GPS partilhados no Track-n-share - 2ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um écran do Track-n-share

A possibilidade de pertencer a uma comunidade de partilha tem, no entanto, diversas vantagens, quer pelo acesso a uma vasta quantidade de informação, quer pelo contacto com outros viajantes, os quais terão, certamente, experiências interessantes para narrar, ajudando assim o planeamento das próprias viagens.

Este não é, obviamente, um programa para substituir nenhum dos que costumamos utilizar, como o Oziexplorer ou o CompeGPS, mas que os complementa e pode justificar a adição de um "software" de partilha de portas, de modo a que o GPS possa fornecer informação posicional a diversos programas.

Sugerimos aos nossos leitores, sobretudo aos que se interessam por viagens, a inscrição no "site" do Track-n-share e a verificar as funcionalidades do programa e a informação disponibilizada pelos membros da comunidade onde poderão encontrar fotografias e trajectos que poderão mais tarde vir a utilizar.

Incêndios, calor e desertificação - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um incêndio florestal

Neste últimos dias, com a subida de temperatura, o número de incêndios aumentou, permitindo antever um Verão difícil em várias áreas do território nacional, sobretudo nas zonas mais desertificadas do Interior onde se efectuaram menos acções de prevenção e a vigilância é menor.

Nas zonas devastadas em 2003 e mesmo em 2004, muitas delas abandonadas desde que arderam, o crescimento desordenado de vegetação e a falta de acessibilidades serão zonas de alto risco, situação agravada pelas condições climáticas nas quais uma Primavera que se prevê quente será um factor agravante.

O facto de nestes dias haver distritos com graus de alerta elevados,vermelho e amarelo, traduz o risco existente a dois meses dos meses críticos de Verão, sendo patente que a época de risco começa mais cedo do que o tradicional.

Também o facto de as redes de faixas de gestão de combustíveis não estarem implementadas, cabendo esse papel a obstáculos aleatórios que tanto podem ser áreas queimadas, como rios, passando por estradas ou zonas cultivadas, não permite uma defesa eficaz num ano de eleições, altura em que tende a haver um aumento do número de ocorrências.

terça-feira, maio 05, 2009

"Release candidate" do Windows 7 disponível para todos


Image Hosted by Imageshack
O logotipo do Windows 7

A "release candidate" do Windows 7 está, a partir deste dia 05 de Maio, disponível para todos, confirmando-se assim a informação avançada e que apontava para esta possibilidade.

Se bem que as "release candidate" sejam versões estáveis e, em teoria, aptas para lançamento como sistema operativo a colocar em exploração, podem surgir erros ou problemas inesperados e incompatibilidades com aplicações existentes.

Também é de notar que outros programas da Microsoft podem deixar de poder ser actualizados de forma correcta ou surgiram questões a nível de validação de licenças de outros produtos, pelo que será de avaliar com cuidado a instalação deste novo sistema operativo.

No entanto, sugerimos a quem tenha um computador disponível, sobretudo se com o Windows Vista instalado, a experimentar o novo sistema operatico e começar, desde já, a transição para a plataforma que irá ser o padrão dos próximos anos.

Fotos e percursos GPS partilhados no Trak-n-share - 1ª parte


Image Hosted by Imageshack
Um écran do Trank-n-share

O Track-n-share é um sistema misto que inclui um programa, que pode ser descarregado do "site" do fabricante e uma plataforma de partilha de fotografias "on-line", acessível por quantos se inscrevam numa comunidade que tem vindo a crescer.

Este sistema organiza automaticamente as fotos e vídeos obtidos durante os percursos e pode colocá-los de forma fácil sobre o Google Maps, enviando os vídeos para a conta do Youtube do utilizador, permitindo a adição de textos que podem ser públicos ou privados.

O "software" é compatível com o Windows XP e Vista e permite descarregar os percursos dos GPS Garmin e Magellan, inclui um conversor de formatos que facilita a importação de várias plataformas e facilita a partilha "on-line", mas também permite que sejam guardados apenas num computador pessoal

Este programa faz a ligação com o GPS e a câmara ligadas a um mesmo computador, possui menús intuitivos e um sistema de aprendizagem "on-line", podendo ser usado com ou sem ligação à Internet, mesmo que apenas para substituir outros sistemas de organização de imagens.

segunda-feira, maio 04, 2009

Quinto militar da GNR a suicidar-se este ano


Image Hosted by Imageshack
Militares numa povoação do Interior

O militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) a suicidar-se por enforcamento anteontem foi o quinto caso desde o início do ano a ocorrer nesta força, facto que é obviamente indiciador de que algo tem que mudar, sob pena de esta tragédia humana continuar e mesmo agravar-se.

Este cabo de 48 anos, ao serviço da GNR há 25 prestava actualmente serviço no posto de Sabóia, concelho de Odemira, era casado e deixa uma filha orfã, sendo ainda desconhecidas as razões que o levaram a optar pelo suicídio.

O número de suicídios na GNR é alarmante e a resposta da instituição, através de um sistema de apoio, é manifestamente insuficiente, dado que não é possível corrigir erros estruturais, a nível organizacional e funcional, com todas as implicações que tal tem a nível dos seus profissionais, com medidas pontuais que apenas podem adiar o inevitável.

A actual postura de mero controle de danos, reactiva e sem atacar os problemas de raiz, vai, inevitavelmente, prolongar a actual situação, com o previsível aumento
do número de vítimas e aumentando uma crise interna que há muito devia ter sido objecto de uma posição por parte do poder político.

Simulacro de sismo em Lisboa


Image Hosted by Imageshack
Efeito de um tremor de terra

Realiza-se nas próxima terça e quarta-feiras, nos distritos de Lisboa, Setúbal e Santarém um simulacro de sismo que envolverá diversas entidades nacionais, entre as quais a Protecção Civil, e internacionais, provenientes de Espanha, França e Grécia.

No PTquake09 estarão presentes 1.773 profissionais com o objectivo de testar a resposta a um sismo com a intensidade de 6.7º na escala aberta de Richter, simulando a resposta a uma situação de catástrofe que atingiria 300.000 pessoas das quais 3% seria feridas com gravidade ou perderiam a vida.

Este exercício vai permitir testar os sistemas de telefone via satélite e a mobilização de meios, vertentes onde houve falhas em simulacros recentes, nomeadamente no que foi realizado em Novembro do ano passado.

Caso se justifique, voltaremos a este exercício que, sendo anunciado aos participantes, os quais não serão afectados como aconteceria numa situação real, acabam por se afastar em termos de disponibilidade, de concentração e de capacidade de reacção de uma verdadeira ocorrência.

domingo, maio 03, 2009

Crise aumenta risco de suicídio


Image Hosted by Imageshack
Risco de suicídio aumenta

A actual crise económica e a evolução negativa de diversos indicadores, mas sobretudo o desemprego e a perda de poder de compra, aliada a uma manifesta falta de confiança no futuro, está a aumentar o risco de suicídio.

A tendência para o suicídio resulta de uma multiplicidade de factores, alguns dependentes do próprio indivíduo, outros conjunturais, sendo que do agravamento destes últimos resulta um efeito potenciador nos primeiros, razão pela qual especialistas já deram um primeiro alerta para o possível aumento desta tendência.

Acresce que a época da Primavera e, dentro de poucos meses, a chegada das férias de Verão, durante as quais problemas pessoais e o risco de perda de emprego tendem a aumentar, devem levar as entidades oficiais a reforçar os meios de apoio e de aconselhamento e a lançar, de forma não alarmista, campanhas de alerta que visem, sobretudo, ajudar a reconhecer sinais de alarme.

Enquanto se espera que este assunto, por muito complexo e delicado que seja, venha a ser abordado numa campanha, lembramos os textos publicados e uma ferramenta "on-line", em inglês, que pode ajudar a prevenir situações de maior risco através de uma percepção do estado mental de cada indivíduo.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin