sábado, março 26, 2011

Pá dobrável com serra

Image Hosted by ImageShack
Uma pá dobrável com serra

Entre as inúmeras pás dobráveis multi-funcionais, optamos por descrever um modelo que inclui uma serra, um utensílio que poucas possuem e que tende sobretudo a estar presente em versões militares, algumas das quais incluem um bordo afiado, capaz de ser utilizado como machado.

A pá é dobrável, atingindo uma dimensão total de aproximadamente 62 cm, com 15 cm de largura, para um peso de perto de 1 Kg, ficando, depois de dobrada, com pouco mais de uma vintena de centímetros de comprimento, podendo então ser acondicionada no saco que a acompanha.

O preço, incluindo portes a partir da Ásia, ronda a vintena de Euros, sendo este um valor indicativo dado que existem diversas alternativas disponíveis, com preço que variam em função da qualidade e das dimensões.

sexta-feira, março 25, 2011

Macaco hidráulico no Lidl

Image Hosted by ImageShack
O macaco hidráulico

As lojas Lidl vão comercializar um macaco hidráulico, construido em aço e com duas rodas direcionáveis, que pode interessar a quem efectue pessoalmente algumas reparações ou manutenção de veículos.

Neste modelo, a altura de elevação varia dos 13 até aos 34 cm, resultante da acção de uma alavanca rotativa em 180º e a velocidade de descida é regulável, podendo levantar pesos de até 2.000 kg.

Obviamente deve ser tido em conta as características do veículo onde este macaco será utilizado, já que, se para um carro ligeiro não surgirão problemas, no caso de um todo o terreno a altura máxima de elevação poderá ser insuficiente.

Este macaco estará disponível nas lojas do Lidl, juntamente com outros acessórios e equipamentos para veículos, a partir de 31 de Março pelo preço unitário de 22.99 Euros, incluindo uma garantia de 3 anos.

Uma demissão inevitável - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
O Parlamento português

Mais grave, é o absurdo do quadro macro-económico, completamente irrealista, que serviu de base a um orçamento que teria que ser rapidamente revisto através de medidas correctivas que, na incapacidade de efectuar cortes de despesas no Estado, teria que o obter à custa dos cidadãos.

Prever um crescimento quando era manifesto que este será um ano de recessão, a qual será, previsivelmente, superior aos 0.9% agora assumidos, podendo aproximar-se do dobro, estimar o valor médio do petróleo em 80 USD por barril, contrariando todos os indicadores, ou esperar uma inflação que pouco ultrapassaria os 2%, e que será 0.5% superior, é mais que uma falha, é um erro deliberado.

Com base neste conjunto de pressupostos absurdos, qualquer aparência de sucesso é enganador, e por muito que se possa elogiar a execução orçamental, rapidamente surgirão as faltas resultantes de se ter partido de um princípio errado, pelo que, subitamente, as contas são feitas de trás para a frente, partindo de resultados para chegar às permissas do problema.

Invertendo a lógica, usando valores errados, tornam-se inevitáveis sucessivas correcções, as quais náo passam de remendos, resultando de medidas casuísticas, incapazes de harmonizar e consolidar o conjunto.

quinta-feira, março 24, 2011

Faróis suplementares no Defender - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
O "kit" de instalação da Wipac

A escolha caiu nos Wipac de 8", com lâmpadas de 100 W montados nos suportes do "A-bar" AFN, os quais foram adquiridos na Paddock Spares, em conjunto com o "kit" de ligação, que inclui cablagem, interruptor, relay e conectores, num valor total que ronda os 60 Euros.

Apesar de um preço superior ao de modelos sem marca, os Wipac justificam a diferença pela boa estanquicidade, resistência física e pela permanência no mercado, que assegura peças de reparação em caso de necessidade.

Em termos físicos, a instalação é extremamente simples, sendo suficiente aparafusar os faróis nos respectivos suportes, apertando-os depois de devidamente orientados, ficando o maior trabalho a nível da instalação eléctrica, que implica passagem de cabos, instalação do interruptor, relay e fusível.

A instalação eléctrica de faróis adicionais, mesmo de halogéneo, obedece a um conjunto de regras, que variam conforme o tipo, local de intalação e mesmo utilização ou tipificação, variando conforme sejam suplementares ou de nevoeiro.

Uma demissão inevitável - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
O Parlamento durante uma sessão

As consequências da apresentação de um 4º Plano de Estabilidade e Crescimento (PEC), onde, mais uma vez, esta última vertente é omissa, empurrando o País para uma recessão mais grave do que se adivinhava, eram facilmente previsíveis, sendo a sua rejeição inveitável, tal como o era o pedido de demissão do actual Primeiro-Ministro.

Pode-se analizar a recusa seja pela forma, seja pelo conteúdo, mas a degradação a nível político e institucional há muito que deixara o País numa situação pantanosa, para a qual não se adivinha uma solução no presente quadro parlamentar onde a conflitualidade afastou qualquer réstia de bom senso e mesmo de espírito patriótico.

A manifesta falta de confiança, que ultrapassa os limites da hostilidade, para além de impossibilitarem encontrar uma solução, aumentam a tensão e a conflitualidade entre orgãos de soberania e na própria sociedade, que há muito deixou de se sentir representada por uma classe política que considera não lhe dizer a verdade.

Este é, indiscutivelmente, um dos mais sérios problemas e os sucessivos PEC, não obstante a necessidade de algumas das medidas neles incluidos, parece fazerem parte do problema e não da solução, tal a revolta e instisfação que geram.

quarta-feira, março 23, 2011

Acondicionamento com esticadores

Image Hosted by ImageShack
Um conjunto de esticadores

Para reduzir os ruidos parasitas provenientes da caixa de carga do Defender temos recorrido a vários processos, incluindo diversos ajustes, reapertar parafusos e colocar um isolador no "hi lift", de onde provinham alguns ruidos.

Para fixar melhor a parte inferior do "hi-lift" e segurar melhor os bancos rebatíveis, que apesar de não serem utilizados, se encontram instalados, optamos por colocar pequenos esticadores elásticos terminados por ganchos metálicos que podem ser ligeiramente ajustados.

Esticadores de maior dimensão podem ajustar outro tipo de carga, incluindo "jerry-cans", caso não haja um suporte específico disponível, mas para items mais pesados aconselhamos cintas de aperto, evitando que da flexibilidade dos esticadores resultem vibrações ou mesmo o deixar escapar algum volume.

O preço por um pacote de 10, fornecidos em diversas cores, tem um preço que ronda o Euro e meio, o que corresponde a 15 cêntimos, permitindo reduzir bastante a vibração de peças ou equipamentos menos firmes.

3% dos portugueses já adormeceram ao volante - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um acidente de viação

Em vários orgãos de comunicação social, surgiu a notícia com o título de que 12% dos portugueses já adormeceram ao volante, um número que, para além de intuitivamente errado, resulta de uma operação diferente, baseada naqueles que efectivamente sentiram sonolência.

Deste grupo, que no estudo inclui 209 inquiridos que sentiram sonolência, adicionando os 29 que efectivamente adormeceram, e fazendo a percentagem destes últimos no total, realmente chega-se aos 12% anunciados, que em nada se relacionam com o universo dos inquiridos, mas tão somente com os que foram afectados pelo sono.

Para além do alerta, também foi nosso propósito trazer um pouco de rigor para números que deviam ter sido analizados com maior rigor por quem fez o tratamento noticioso deste assunto, mesmo sabendo que um título que fala em 3% terá, necessariamente, menor impacto que os 12% que surgiram em diversos jornais.

terça-feira, março 22, 2011

Teste de alcoolémia multifunções por 3 euros

Image Hosted by ImageShack
Um alcoolímetro com porta-chaves

Se bem que o ideal seja mesmo não conduzir após ingerir bebidas alcoólicas, todos sabemos que tal nem sempre acontece, pelo que um pequeno sistema de alerta, facilmente transportável e de baixo preço, pode ser algo a ter em conta.

O avisador de nível de alcoolémia tem três "leds", um verde para níveis até aos 0.02%, um laranja até aos 0.05% e um vermelho quando esta percentagem é superada, bastando soprar para o topo do analizador a uma distância de entre 3 a 4 cm.

Estão ainda disponíveis um "led" destinado a iluminação e um cronógrafo progressivo e regressivo, com memórias, para além do anel destinado ao transporte de chaves, tudo num conjunto com apenas 70 x 38 x 22 mm e somente 20 g de peso.

O preço ronda os 3 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, aconselhando-se a efectuar algumas pesquisas dado que a variação de preço é substancial, sendo este um presente útil e de baixo custo que sugerimos.

3% dos portugueses já adormeceram ao volante - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um acidente de viação

Em termos práticos, a opção mais correcta, que não deixa de ser a mais complicada em várias situações, acaba por ser a última a ser adoptada, normalmente apenas quando todas as restantes falham, sendo que, infelizmente, em muitos casos o acidente surge antes.

Apesar de haver dificuldades em apurá-lo de forma rigorosa, o factor sono poderá estar presente em perto de 20% dos acidentes rodoviários, com o sono a potenciar outros factores, como o álcool, ou sendo agravado por estes, do que resulta uma muito rápida diminuição do tempo de reacção e da percepção da realidade, bem como uma menor capacidade de raciocinar.

Este estudo surge por altura do Dia Mundial do Sono, no qual é lançada a campanha de sensibilização "Conduzir com sono pode Matar", visando alertar os condutores para uma atitude que, normalmente em conjunto com outros factores, se revela extremamente perigosa.

Uma nota final vai para quem elaborou a notícia que surgiu a publico e a forma como esta foi intitulada e que serve como exemplo de um mau jornalismo, onde a falta de atenção e de rigor resultam num título tão enganador como absurdo.

segunda-feira, março 21, 2011

Algumas peças via Paddock

Image Hosted by ImageShack
Um "spout" e respectivo suporte

Um par de peças provenientes da Paddock Spares, que vieram conjuntamente com os faróis Wipac, sendo de baixo preço, rondando a meia dúzia de euros cada, têm uma utilidade que justifica fazer equacionar a compra.

A primeira, é um "spout" que inclui o respectivo suporte em borracha, o qual pode ser fixo por um par de parafusos, incluidos, no bordo de uma qualquer superfície, bastando para tal efectuar os dois furos correspondentes.

Image Hosted by ImageShack
Um suporte do braço do "hi lift"

A outra, é o suporte que acondiciona o braço do "hi lift", reduzindo o ruido, e que é introduzido de forma a isolar este da estrutura principal, para o que pode ser necessário um pequeno corte com uma lâmina de forma a que fique bem ajustado.

Naturalmente que só se justifica encomendar estas peças, que descrevemos anteriormente em maior detalhe, conjuntamente com outras, de maior valor, dado que os portes praticados pela Paddock são fixos até aos 25 kg.

3% dos portugueses já adormeceram ao volante - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um acidente de viação

Segundo um estudo da Associação Portuguesa do Sono perto de 23% dos condutores portugueses sentiram sonolência durante a condução e 3% chegaram mesmo a adormecer, sendo atribuido a este factor perto de 20% dos acidentes rodoviários.

O estudo baseia-se em 900 casos, tendo 209 revelado ter conduzido com sonolência e 28 terem adormecido ao volante, com uma maior incidència no sexo masculino, idades entre os 25 e os 34 anos, com risco elevado de apneia, doença que surge sobretudo homens obesos com idade superior aos 40 anos, má qualidade do sono e peso excessivo.

A maioria destes condutores reside na região de Lisboa, igualmente aquela com maior população, pertence à classe média e alta, e bebem, em média, três cafés por dia, com a maioria dos acidentes a ocorrer em estradas secundárias pouco frequentadas e entre as 00:00 e as 06:00.

Para evitar o sono, a primeira opção tende a ser parar o veículo e aguardar um pouco antes de continuar a conduzir, seguindo-se abrir uma janela para baixar a temperatura, aumentar o som do rádio, beber um café ou outro estimulante e, em quinto lugar, dormir antes de prosseguir a viagem.

domingo, março 20, 2011

Limpar Portugal este fim de semana

Image Hosted by ImageShack
Um artigo no Jornal de Notícias

Este fim de semana, 19 e 20 de Março, milhares de pessoas participaram e ainda participarão na limpeza de numerosas lixeiras espalhadas por todo o País, dando assim seguimento a uma iniciativa que teve o seu início em 2010.

O ano passado, foram mais de 200.000 os aderentes a esta iniciativa que nasceu no clube Landmania e resultou na limpeza de numerosas lixeiras em espaços verdes e na recolha de mais de 50 toneladas de diversos tipos de lixos.

Do sucesso desta iniciativa nasceu a Associação Mãos à Obra Portugal que visa promover projectos de voluntariado neste ambito, promovendo parcerias publico privadas sem fins lucrativos e que gere a iniciativa este ano.

A todos quantos ainda puderem participar neste Domingo, sugerimos que visitem o "site" da organização e se juntem aos voluntários que actuam nas zonas aonde puderem dar o respectivo contributo.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin