terça-feira, março 22, 2011

3% dos portugueses já adormeceram ao volante - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um acidente de viação

Em termos práticos, a opção mais correcta, que não deixa de ser a mais complicada em várias situações, acaba por ser a última a ser adoptada, normalmente apenas quando todas as restantes falham, sendo que, infelizmente, em muitos casos o acidente surge antes.

Apesar de haver dificuldades em apurá-lo de forma rigorosa, o factor sono poderá estar presente em perto de 20% dos acidentes rodoviários, com o sono a potenciar outros factores, como o álcool, ou sendo agravado por estes, do que resulta uma muito rápida diminuição do tempo de reacção e da percepção da realidade, bem como uma menor capacidade de raciocinar.

Este estudo surge por altura do Dia Mundial do Sono, no qual é lançada a campanha de sensibilização "Conduzir com sono pode Matar", visando alertar os condutores para uma atitude que, normalmente em conjunto com outros factores, se revela extremamente perigosa.

Uma nota final vai para quem elaborou a notícia que surgiu a publico e a forma como esta foi intitulada e que serve como exemplo de um mau jornalismo, onde a falta de atenção e de rigor resultam num título tão enganador como absurdo.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin