sábado, agosto 27, 2011

Arderam 450 hectares de áreas protegidas em 2011 - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um incêndio numa área protegida

Será esta última vertente que mais contribuiu para a redução da área ardida, dado que a vegetação queimada em fogos recentes ainda não se regenerou a ponto de repor uma situação problemática, servindo em muitos casos de barreira de contenção.

Esta redução terá maior incidência nas áreas do Gerês e da Serra da Estrela, onde se verificaram fogos de grandes proporções, alguns deles em zonas de muito difícil acesso, onde o fogo consumiu floresta e matos durante dias consecutivos.

Do relatório do ICNB apenas constam os dados, mas pouco se adianta quanto às causas desta redução, a reflorestação, como forma de compensar a áreas ardidas é basicamente omissa e o problema real resultante da diminuição da vegetação nestas áreas protegidas, que mantendo a sua extensão, perde o seu valor, nem é contemplado.

Apesar de se da maior importância, a redução da área anual devastada tem que ser analizada conjuntamente com o sucedido em anos anteriores e à face das áreas reflorestadas, sendo que no total o balanço continua a ser francamente negativo.

sexta-feira, agosto 26, 2011

Arderam 450 hectares de áreas protegidas em 2011 - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma área protegida

Segundo dados do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade, arderam este ano 450 hectares de áreas protegidas, com incidência maior na Serra da Estrela, sendo este o valor mais baixo dos anos mais recentes.

As zonas queimadas são compostas sobretudo por matos com pouco interesse em termos de biodiversidade, o que, em conjunto com a pequena área ardida, acaba por ter um impacto muito diminuto nas áreas protegidas, ao contrário do que aconteceu noutros anos.

Em termos de trabalhos de recuperação destas áreas protegidas atingidas por incêndios, sobretudo as do Gerês e da Serra da Estrela, espera-se que as mesmas sejam apoiadas pelo programa de desenvolvimento rural PRODER, para o qual estão a decorrer candidaturas.

Vários factores se conjugam para esta diminuição de área ardida em zonas protegidas, mas algumas acabam por ter preponderância, como as condições climáticas registadas este ano e o facto de ter havido uma substancial devastação em anos anteriores, o que reduziu significativamente a área que pode arder e a sua vulnerabilidade.

Estamos na 4ª fase do concurso de projectos Acredita Portugal

Image Hosted by ImageShack
Um cartaz do concurso "Realize o seu sonho"

Alcançamos a 4ª fase do concurso "Realize o seu sonho", onde serão selecionados os 100 finalistas, e onde a avaliação será mais rigorosa e que será decisiva para o apuramento dos concorrentes que serão apoiados.

Os nossos leitores regulares saberão que concorremos com um projecto na área do turismo rural e de aventura, com algumas vertentes de solidariedade e de integração local que consideramos inovadoras, previsto para o concelho de Miranda do Douro.

Como mencionamos anteriormente, esperamos a colaboração de todos na resposta ao questionário que disponbilizaremos, referente à viabilidade do projecto, bem como a divulgação do mesmo junto dos vossos contactos, de forma a obter-se uma ideia precisa da sua aceitação.

quinta-feira, agosto 25, 2011

Nanocom Evolution disponível

Image Hosted by ImageShack
Um Nanocom Evolution


Após longos meses de espera, motivados essencialmente por questões comerciais, o Nanocom Evolution encontra-se finalmente disponível através da Bell Auto Services, uma empresa especializada na electrónica dos Land Rover e em instrumentos para o seu diagnóstico e melhoramento.

Dado que mencionamos as características deste equipamento em textos anteriores, não se justifica repetir as características do Nanocom Evolution, nem voltar a mencionar as funcionalidades desta nova versão, que surge agora num mercado onde o Hawkeye, pela sua disponibilidade, começava a dar cartas.

Durante a indisponibilidade do Nanocom, agora comercializado pela mesma empresa que vende os produtos da Black Box, vimos a versão inicial atingir valores que apenas a raridade podem justificar, duvidando-se da eficácia da política adoptada pela Bell, que presumimos em pouco tenha beneficiado os seus próprios produtos, abrindo um maior espaço para a concorrência.

Em paralelo, infelizmente, temos que anunciar que a compra conjunta que anunciamos, e que tivera uma adesão significativa, foi cancelada nos moldes em que foi anunciada, restando a possibilidade de os equipamentos serem adquiridos pela via normal.

Desumidificador para vidros laterais de Defender

Image Hosted by ImageShack
Uma extensão para o adaptador T2

Para reduzir o embaciamento e o teor de humidade dos vidros laterais dos Defender anteriores à versão TdCi, incluindo os modelos que vão desde o Ninety até ao Td5, existe um sistema de fácil instalação que diminui este problema.

Os desembaciadores da "Defender Demister" são instaláveis em poucos segundos, bastando usar um par de parafusos por peça, as quais orientam o fluxo de ar para os vidros laterais a partir da zona superior do tablier.

Para instalar este sistema, basta desaparafusar as grelhas superiores, removê-las, e substituí-las pelas novas peças, recorrendo aos mesmos parafusos para fixar os novos desumidificadores, tarefa que qualquer pessoa pode realizar com recurso a uma simples chave de parafusos.

O preço ronda a centena de Euros, a que acrescem portes a partir de Inglaterra, podendo o pagamento ser efectuado electronicamente por Paypal, aconselhando-se a quem enfrente problemas a nível do embaciamento dos vidros laterais.

quarta-feira, agosto 24, 2011

Judiciária já deteve 18 por fogo posto neste Verão - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um incêndio florestal em Portugal

Lembramos que existem países nos quais, caso haja perda de vidas humanas em resultado de um incêndio, o responsável é acusado por crime de homicídio, sempre no pressuposto de que esta é uma possibilidade bem real e que quem ateia um fogo estará consciente deste facto.

Neste caso, mesmo não havendo intencionalidade, dada a possibilidade de resultarem vítimas, deve sempre ser tido em conta, tal como o foi num caso de contra mão deliberada do qual resultou um acidente com vítimas mortais, resultando numa acusação por homicídio e numa condenação do culpado à pena máxima de 25 anos de prisão.

Este paralelo, que já referimos previamente, deve ser tido em conta, como forma de criminalizar na devida proporção, seja em função do tipo de crime, seja das suas consequência, de forma a que exista uma sanção efectiva e proporcional que puna quem cometa crimes de incendiarismo, tanto mais graves porque existe uma tendência para a reincidência.

Será de o legislador analizar novamente esta problemática e de os juizes interpretarem a lei de uma forma diferente, atribuindo a estes crimes a gravidade de que estes se revestem e punindo de forma adequada e proporcional quem os cometa.

terça-feira, agosto 23, 2011

Desfibriladores em locais públicos mais que decuplicaram num ano

Image Hosted by ImageShack
Um desfibrilador automático externo

O número de desfibriladores automáticos externos (DAE) em locais públicos, como centros comerciais, hóteis ou estádios, decuplicou no espaço de um ano, tendo-se verificado igualmente um substancial aumento do número de quem está certificado para os usar.

O número de DAE aumentou de 13 em 2010 para 152 em 2011, atingindo os 223 neste mês, com os certificados a passar de apenas 90 para 7031, segundo dados do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Os DAE, quando utilizados na altura certa, aumentam significativamente a possibilidade de sobrevivência de uma vítima de ataque cardíaco, fazendo descargas eléctricas calibradas através dos sensores do próprio equipamento.

As alterações legislativas, bem como o esforço do INEM e das entidades que optaram por investir nos DAE e na formação e qualificação de utilizadores tornam, indiscutivelmente, este País mais seguro, sendo este um investimento módico que pode salvar muitas vidas.

Judiciária já deteve 18 por fogo posto neste Verão - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um incêndio florestal em Portugal

Com a detenção de um agricultor suspeito de crime de incêndio florestal em Resende, eleva-se para 18 o número de detidos pela Polícia Judiciária (PJ) durante este verão por este tipo de mesmo crime.

O agricultor, de 59 anos, terá sido o presumível responsável por dois crimes de incêndio florestal, além de três outras tentativas, tendo sido motivado por impulsos, desconhecendo-se outros motivos para ter pegado fogo a zonas florestais.

Neste caso, a pronta resposta dos bombeiros e a eficácia no combate evitaram que os incêndios atingissem grandes proporções, pelo que os prejuizos foram diminutos, mas tal não implica uma redução na gravidade de um acto que coloca em risco vidas humanas.

Apesar de, na sequência dos grandes incêndios de 2003 e 2005, a moldura penal para crimes de fogo florestal ter aumentado, bem como as medidas preventivas aplicáveis, a gravidade deste acto ainda é relativamente minimizado, esquecendo-se as possíveis consequências quando o combate aos fogos não corre de acordo com o previsto.

segunda-feira, agosto 22, 2011

Land Rover Owners de Setembro de 2011 já nas bancas

Image Hosted by ImageShack
A capa da LRO de Setembro de 2011

Já se encontra nas bancas a revista Land Rover Owners de Agosto de 2011, incluindo um interessante texto sobre a prática de todo o terreno em Portugal.

Este artigo de sete páginas, ilustrado, com descrição extensa e mapa do itinerário, que atravessa o País desde Miranda do Douro até à Comporta, descrevendo o trajecto, e tecendo comentários elogiosos, é indiscutivelmente o nosso favorito e vale bem a pena ser lido.

Para além deste texto, encontram-se presentes as habituais rúbricas sobre novos produtos, restauros, questões técnicas, bem como sobre a preparação de um Defender 130, bem como conselhos sobre reparações de veículos atingidos pela ferrugem, entre muitos outros.

Esta é a publicação da especialidade pela qual optamos, sendo este número, devido ao artigo sobre Portugal, uma razão extra para a recomendar aos nossos leitores.

Caixas de armazenamento "SpaceCase"

Image Hosted by ImageShack
Caixas de armazenamento "SpaceCase"

As "SpaceCases" foram projectadas e construidas para as forças armadas australianas, tendo posteriormente sido comercializadas no mercado civil, como soluções de armazenamento modular para veículos.

Estas caixas, extremamente resistentes, são construidas em polietileno ambientalmente selado moldado rotativamente, pelo que são construidas de forma a de resistir a condições atmosféricas extremas, protegendo o conteúdo no seu interior.

As "SpaceCases" são à prova de água, pó, combustíveis, óleos e a maioria dos produtos químicos, são empilháveis, seguras pelo sistema de interligação, e podem ser trancadas, constituindo um armazenamento seguro.

O modelo mais pequeno tem 420 x 330 x 180 mm e custa perto de centena e meia de Euros, um valor elevado e muito superior ao de uma Wolf Box, apenas justificável caso a diferença de qualidade, que se nota apenas em condições específicas, tenha significado real.

domingo, agosto 21, 2011

Sacos para portáteis no EBay

Image Hosted by ImageShack
Um saco para portáteis adquirido no EBay

A recente aquisição de portáteis no EBay, destinados a um projecto, levou à necessidade de adquirir sacos de transporte capazes de oferecer alguma protecção a equipamentos frágeis e de custo elevado.

Optamos por modelos destinados a portáteis com écrans de 15", que tendem a ter dimensões aproximadas de 36 x 25 cm, o que coincide com o interior deste saco de transporte feito em nylon resistente, de cor negra.

Está incluido uma alça ajustável para o ombro, com uma almofada anti-escorregamento, bem como uma pega simples na parte superior, sendo o saco fechado através de um fecho éclair de uso fácil.

O preço, incluindo portes a partir da Ásia fica perto dos seis Euros, um valor muito inferior ao praticado entre nós, onde um saco semelhante atinge facilmente o dobro do preço, sem que a tal corresponda um aumento de qualidade.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin