sábado, fevereiro 07, 2009

Microsoft vai permitir actualização directa do XP para Windows 7


Image Hosted by ImageShack
Um écran do Windows 7

Ao contrário do processo habitual, que obriga a que as actualizações de sistema operativo incluam os vários passos, a Microsoft vai permitir a quem possua uma cópia licenciada do Windows XP adquirir uma licença especial que permitirá transitar directamente para o Windows 7, sem a necessidade de adqurir uma licença do Vista.

Tipicamente, de acordo com as políticas habituais, a Microsoft iria obrigar os utilizadores do Windows XP para o Vista e desse sistema operativo para Windows 7, mas a falta de sucesso do Vista, foi aberta uma excepção e permitida a aquisição de uma licença completa a um preço especial.

A Microsoft ainda não anunciou os preços das seis versões previstas, mas sabe-se que o "upgrade" directo do XP para o Windows 7 obriga a uma instalação de raiz, ou seja, será necessário salvaguardar a informação existente para que esta não seja perdida durante o processo.

Este anúncio, para além de confirmar o insucesso do Vista, vem dar uma oportunidade aos utilizadores do XP para efectuar uma actualização a preço mais acessível para um sistema operativo no qual a Microsoft deposita grandes expectativas e se anuncia como um potencial sucesso de vendas.

sexta-feira, fevereiro 06, 2009

Google apresenta sistema de localização móvel


Image Hosted by ImageShack
Um écran do novo Google Latitude

Uma nova ferramenta do Google, designada por Latitude, permite aceder a informação posicional sobre o Google Maps a partir de dispositivos móveis, com o utilizador a poder surgir numa lista ou num sistema de mapas da empresa.

O novo Google Latitude está disponível para as plataformas BlackBerry, Symbian 60, Java e Windows Mobile, de modo a abranger a grande maioria dos novos dispositivos móveis existentes no mercado, incluindo PDA's e telemóveis,

Recorrendo a esta aplicação, os utilizadores podem partilhar a sua localização com os seus contactos, marcar locais ou determinar itinerários, sendo possível activar e desactivar o sistema de modo a garantir a privacidade e determinar quem pode aceder à informação posicional.

Os novos sistemas de localização via rede móvel aumentam sustancialmente a segurança dos utilizadores e facilitar a gestão de frotas ou a coordenação de meios, mas são vulneráveis aos condicionalismos de uma referenciação geográfica que se baseia na triangulação de antenas e na degradação do sinal de GSM, cujas vulnerabilidades explicamos em textos anteriores.

Diminuição do número de todo o terreno pode ter efeitos colaterais


Image Hosted by ImageShack
Publicidade Land Rover em 1954

A queda abrupta na venda de veículos automóveis, com uma percentagem ainda superior a nível dos todo o terreno, para além de revelar a profunda crise em que o País se encontra, levanta problemas sérios num segmento de mercado cujos modelos podem ter uma utilização em diveras acções que temos vindo a propor no ambito da prevenção de fogos e que, eventualmente, poderá vir a ser alargada a situações de socorro.

Nos últimos dias temos assistido a um significativo número de vias de comunicação cortadas, do que resulta o isolamento de diversas povoações onde apenas os veículos todo o terreno se podem deslocar, sendo estes meios essenciais para satisfazer um conjunto de necessidades básicas que incluem o próprio abastecimento de víveres.

Com a diminuição do número de veículos todo o terreno disponíveis no mercado a o consequente aumento dos preços, mesmo quando em segunda mão, muitas das acções de solidariedade em que estes modelos são essenciais enfrentarão dificuldades acrescidas, mas a sua escassez ou inexistência em locais específicos poder ter consequências na própria segurança de populações mais isoladas.

Não se propõe que haja qualquer tipo de subsidiação na aquisição deste tipo de viaturas, mas a existência de uma "bolsa" resultante de inscrições por parte de quem esteja disposto a colaborar em determinado tipo de acções, podendo receber, por exemplo, algum tipo de compensação fiscal, ajudaria a, sem grandes custos, manter nos locais mais propensos a ficarem isolados alguns veículos que possam ser usados num conjunto de situações devidamente acordadas.

Não será difícil, sobretudo a nível autárquico, estabelecer algum tipo de acordo com clubes e particulares de modo a que quem esteja disposto a por o seu veículo ao serviço da comunidade em situações de necessidade, obtenha contrapartidas que mantenham nas zonas do País mais isoladas um parque de veículos que permita desempenhar missões de apoio e de solidariedade, evitando situações de carência ou facilitando o transporte de quem necessitar de se deslocar em condições adversas.

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

"Newsletter" da revista Land Rover Owner International


Image Hosted by ImageShack
Calendário da Land Rover International

A Land Rover Owner International (LROI) enviou este mês de Janeiro a sua primeira "newsletter" a assinantes ou a quem se tenha inscrito no "site" e manifestou interesse em ser informado do conteúdo das edições e das actividades divulgadas ou apoiadas por esta publicação.

Esta "newsletter" é mensal e antecipa os conteúdos desta popular revista, de modo a que compradores e assinantes já conheçam os conteúdos mesmo antes de a adquirir ou receber em suas casas.

Para além de divulgar a revista, o "site" da LROI inclui diversas secções de interesse para os entusiastas da marca, como anúncios, "blogs", fotografias e diversos artigos, para além de permitir uma interacção entre os vários utilizadores entre sí e com a publicação.

O registo é gratuito, bem como a participação no "site" e constitui uma interessante forma de manter contacto com outros entusiastas da marca de além fronteiras, onde o "mundo" Land Rover ganha uma dimensão completamente diferente da que existe entre nós.

Breve balanço do mau tempo - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
Efeitos das fortes chuvas em Portugal

Falta, obviamente, calcular com algum rigor os prejuizos, que serão suportados por todos, de forma directa ou indirecta, e contrapor aquilo que se pretendeu poupar, evitando investimentos absolutamente necessários, aceitando edificações absurdas e permitindo que a falta de regras e a má qualidade de muita legislação destruisse parte do País.

A verdadeira contabilização esconde, no entanto, o que se pode chamar um "número negro" que corresponde aos prejuizos assumidos por particulares ou entidades que não os revelam, seja por não possuirem seguro, seja porque não encontram forma de responsabilizar quem criou, por acção ou inacção, as condições para que as alterações climáticas, ou mesmo uma chuvada mais forte, provocassem danos de monta.

Na verdade, ao aceitar pagamentos, sob a forma de licenças ou autorizações, e vamos excluir situações menos claras, para autorizar construções, edificações ou alterações, independentemente das consequências para as populações e dos custos futuros que tal implica, as entidades oficiais vendem a baixo preço a segurança e o bem estar dos habitantes, indiferentes ao custo real dos prejuizos e ao impacto devastador em que os terá que suportar.

O imediatismo, a ânsia de receitas imediatas, a falta de planeamento, para além de resultar em prejuizos que nunca são realmente contabilizados, compromete a sustentabilidade futura do País, com consequências que poderão ser devastadoras para as gerações futuras, a quem caberá, efectivamente, pagar a factura, acrescida de juros, pelos erros que hoje se cometem.

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Próxima versão do Windows 7 será quase final


Image Hosted by ImageShack
Écran do Windows 7

A próxima versão do Windows 7 será a última em fase de teste a ser disponibilizada, assumindo-se como um "release candidate" e, portanto, aproximando-se muito da final.

Este informação confirma que o período de desenvolvimento deste novo sistema operativo está perto do fim, que os principais erros estão corrigidos e que se segue um período de testes nas mãos dos utilizadores que darão informação à Microsoft quanto a falhas que ainda possam existir.

Fica em aberto a defenição do prazo de lançamento da versão final, a ser comercializada como o sucessor do Vista, e que estava prevista para Outubro deste ano, mas que algumas fontes apontam para o início de 2010.

Tal como anteriormente, aconselhamos a quem tiver a oportunidade de testar o novo Windows 7 a fazê-lo, sobretudo quando a "release candidate" estiver disponível, dado que esta versão será muito próxima da final e terá a estabilidade necessária para ser usada sem problemas de maior.

Breve balanço do mau tempo - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Efeitos das fortes chuvas em Portugal

Até domingo, o balanço dos estragos derivados do estado do tempo, desde as 00:00 de sábado, inclui 229 árvores caídas, 127 inundações e 25 deslizamentos de terra, a que acresce um total de 19 estradas cortadas e outras 12 cujo transito foi condicionado, mas os números actuais são francamente mais elevados e os prejuizos continuam a aumentar.

O mau tempo, que afectou sobretudo os distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Faro, Guarda, Lisboa, Vila Real e Viseu vai-se prolongar até ao próximo fim de semana, pelo que a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) manteve o alerta amarelo durante o dia de domingo e o prolongou até às 12:00 de hoje no Algarve.

Na praia do Furadoro, em Ovar, desapareceu uma mulher de perto de 40 anos, arrastada por uma vaga, cujo corpo foi localizado um dia depois, enquanto a forte ondulação condiciona a actividade portuária a a ter um impacto significativo na segurança da navegação e no sector pesqueiro.

Este breve balanço tem como objectivo transmitir um pouco do estado de vulnerabilidade de um País que não se tem preparado para enfrentar condições climáticas fora do considerado normal segundo os padrões actuais, mas que poderão ser a norma no futuro, e enquadrar um pouco os textos sobre a problemática das alterações que resultam do efeito de estufa.

terça-feira, fevereiro 03, 2009

Google Earth 5.0 disponível


Image Hosted by ImageShack
Écran do novo Google Earth

O Google apresentou a nova versão 5.0 do Google Earth, que inclui diversas novidades, entre as quais visitar locais históricos em várias eras, a possibilidade de navegar nos oceanos ou explorar o planeta Marte.

Entre as funcionalidades mais interessantes encontra-se a possibilidade de efectuar uma navegação histórica, assistindo à evolução de um dado local ou edifício ao longo da sua existência.

Também a possibilidade de navegar os oceanos através de imagens de alta resolução, seja à superfície seja em modo sub-aquático, com informações sobre o estado do mar que serão relevantes para os praticantes de desportos ou actividades relacionados com os mares.

Foi melhorado o sistema de partilha e interacção com os utilizadores, fundamental para o sucesso do produto, com maior facilidade no envio de imagens, fotografias ou vídeos que poderão ser acessíveis por todos os interessados.

Aconselhamos os nossos leitores que usem versões anteriores do Google Earth a efectuar a transição assim que possível, de modo a usufruir dos melhoramentos agora introduzidos e a obter um produto com maior rapidez e estabilidade.

Efeito de alterações climáticas ou coincidência - 2ª parte


Image Hosted by ImageShack
Carta de informação meteorológica

Também os periodos de chuva intensa tenderão a multiplicar-se, resultando em cheias que serão agravadas pela falta de planeamento urbanístico, pela impermeabilização dos solos, pela erosão derivada dos incêndios florestais, pela ocupação de linhas de água, e por tantos outros factores resultantes da acção humana.

No Verão, o previsível aumento de temperaturas a do número de vagas de calor, que poderão ocorrer fora dos períodos mais habituais, tenderá a aumentar o risco de fogos, mas também resultará numa ameaça para todos quantos têm saúde mais frágil, incluind doentes, crianças e idosos, obrigando a rever o planeamento, legislação referente a edificação e o próprio socorro das vítimas.

Torna-se, portanto, necessário, começar a pensar nos cenários possíveis, antecipando alguns através de legislação adequada que impeça aburdos urbanísticos, construções inadequadas à utilização, vias rodoviárias incapazes de serem mantidas transitáveis quando houver condições climáticas adversas, entre outras, e preparando planos de contingência para enfrentar situações extremas, que ultrapassem as actuais capacidades de previsão.

É necessário que, para além de planos flexíveis e exequíveis, seja prestada a formação e o treino adquado, adquirido ou protoolado um conjunto de meios indispensáveis, que não será nunca, por exemplo, um único limpa-neves por distrito, e instruido as populações, nomeadamente as que vivem em zonas de maior risco, de modo a minimizar os perigos que terão que enfrentar.

Mesmo sendo difícil de prever a evolução do clima, já existe um conjunto de dados científicos que permitem construir uma base de trabalho sólida, capaz de permitir um exercício de previsão e de planeamento que será revisto com a adição de novos elementos, de modo a evitar a permanente surpresa que resulta da falta de preparação que parece ser a forma habitual de trabalhar em Portugal.

segunda-feira, fevereiro 02, 2009

Mala de primeiros socorros


Image Hosted by ImageShack
Mala de primeiros socorros

Periodicamente lembramos a importância de dispor de um mínimo de material de primeiros socorros, imediatamente acessível, pelo que sugerimos a sua aquisição e lembramos a importância de verificar periodicamente o seu estado e os prazos de validade dos vários items incluidos, quando tal é aplicável.

Uma mala com material de primeiros socorros que inclui tesoura, pensos, ligaduras, compressas estéreis, rolo de fita adesiva, cobertor de salvamento, luvas descartáveis e diversos outros items que serão úteis em caso de emergência.

Este conjunto obedece à norma DIN 13 157 e inclui instruções para primeiros socorros, podendo ser fixa numa parede ou mesmo no interior de uma viatura, podendo ser adqurirido nas lojas Lidl a partir do próximo dia 9 de Fevereiro por 19.99 euros.

Este é apenas um exemplo, que se destina sobretudo a quem não tem um conjunto, mas erve também para lembrar da necessidade de ter especial atenção ao material de primeiros socorros que devem existir a a necessidade de saber usar correctamente cada um deles, pelo que o pequeno livro de instruções incluido nesta mala poderá constituir uma mais valia.

Efeito de alterações climáticas ou coincidência - 1ª parte


Image Hosted by ImageShack
Informação meteorológica

Este mês de Janeiro, usando os dados disponíveis até dia 30, for aquele em que ocorreu maior pluviosidade nos últimos trinta anos, segundo os valores médios disponíveis no Instituto de Meteorologia (IM).

As noites de sexta para sábado e deste para domingo encontram-se entre aquelas nas quais choveu mais e levou a Protecção Civil a emitir alertas e aconselhar prudência ou a impor restrições a nível de circulação ou de tráfego marítimo, sendo previsível que o mau tempo se prolongue nos próximos dias.

As alterações climáticas, que se prendem com fenómenos relacionados com o aquecimento global, não irão apenas provocar uma subida das temperaturas médias, mas, mesmo que indirectamente, resultarão num conjunto de situações anteriormente consideradas extremas ou improváveis e que passarão a ocorrrer com alguma frequência.

Dado que começa a ser previsível que os elevados níveis de pluviosidade que hoje são considerados excepcionais, deverão ser uma rotina dentro de poucos anos e, previsivelmente, serão ultrapassados nas próximas décadas, quando o efeito do aumento de temperatura média tiver maior impacto, tona-se necessário, desde já antecipar situações que, com toda a probabilidade irão ocorrer.

Recordamos que ainda há poucas semanas a queda de neve aparentemente apanhou de surpresa a Autoridade Nacional de Protecção Civil, resultando num elevado número de estradas intransitáveis e de passageiros retidos, tornando-se evidente a falta de preparação e de meios para enfrentar uma situação que poderá vir a multiplicar-se, assumindo contornos de maior gravidade e paralizando o País.

domingo, fevereiro 01, 2009

Mensagens do Gmail já podem ser lidas "offline"


Image Hosted by Imageshack
Um écran do Google Gears

É agora possível ler as mensagens do correio electrónico do Google, o Gmail, através de um "browser", mesmo estando "off-line", recorrendo a uma nova funcionalidade que é obtida a partir da adição de um "plug-in"

Após a adição do Gears, é possível descarregar as mensagens, recorrendo a critérios de selecção, de modo a poderem ser lidas mesmo quando a ligação à Internet não está activa.

A principal dificuldade consistiu no enorme volume de informação que pode estar contida em cada caixa de correio, mas segundo o Google a solução, que já está disponível, foi exaustivamente testada e oferece garantias de segurança e fiabilidade.

Esta solução é, essencialmente, um mecanismo de base de dados que recorrer a critérios defenidos pelo utilizador para manipular, decarregar e organizar os conteúdos alojados nas caixas de correio dos servidores do Google, fornecendo um conjunto de opções e funcionalidades que, de certa forma, replicam as do próprio servidor de correio remoto.

Sugerimos a instalação do Google Gears sobretudo a quem recorra ao acesso do correio via "browser", já que para os restantes utilizadores existem outras opções, sob a forma de clientes de correio electrónico que provavelmente já estarão em uso e implementam as funcionalidades de trabalho "off line" necessárias.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin