sábado, outubro 30, 2010

Inundações em Lisboa - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
Uma inundação em Lisboa

Num dia em que choveu com alguma normalidade, sem valores anormais, grande parte da cidade de Lisboa ficou inundada, com zonas perto do rio Tejo a ficarem completamente alagadas, incluindo-se nestas a zona da Baixa, onde os prejuizos são vultuosos.

A precipitação não foi resultado de uma pluviosidade excessiva, mas da combinação com a maré e, sobretudo, devido falta de escoamento e à construção, que impede a infiltração de águas no solo e, consequentemente, à sua permanência na superfície.

Como consequência, a circulação em numerosas vias ficou interrompida, tal como a circulação do Metro, paralizando grande parte da Capital, com zonas onde a água atingia o nível da cintura dos poucos transeuntes que tentavam salvar alguns bens.

Os prejuizos são difíceis de contabilizar, incluindo-se recheios de estabelecimentos comerciais e habitações, viaturas, algumas das quais inutilizadas, ficando bem patente a vulnerabilidade de uma cidade com mais de um milhão de habitantes perante uma situação que consideramos como expectável.

sexta-feira, outubro 29, 2010

O gravador/programador de eproms G540 - 3ª parte

Image Hosted by Imageshack
O gravador de eproms G540 com alguns adaptadores

Ao fazer contas efectivas ao preço de um programador deve-se ter em atenção o custo de adaptadores, caso sejam necessários, e que nalguns casos podem custar perto do valor do programador, bem como a necessidade ou não de ter ou manter um equipamento dedicado, algo que pode acontecer quando os sistemas operativos suportados não são os mais actuais.

Existem vendedores que disponibilizam conjuntos que incluem diversos adaptadores, nomeadamente de DIP 32 e 40 para os PLCC 32 e 44, bem como extractores de integrados, sendo que esta opção fará sentido para quem tenha de ler ou programar "eproms" com estes formatos, sendo que esto último é utilizado, por exemplo, nas centralinas MSB de alguns modelos da Land Rover.

Está incluido, para além do gravador, o cabo USB de ligação, um CD com o "software" de suporte e para programação, e um manual de utiilização, não estando presente nenhum alimentador dado que o G540 é alimentado através da porta USB.

Esta opção será sempre discutível, sobretudo quando comparada com equipamentos como os Willem ou os TOP 853, mais baratos, nalguns casos mais conhecidos, mas que não estão de acordo com os requesitos que consideramos como essenciais para um uso prolongado sobretudo quando os sistemas operativos instalados são o Windows 7.

"Firesheep" automatiza intrusão em sistemas informáticos

Image Hosted by Imageshack
Um écran do Firefox com o "Firesheep"

Por ser o primeira verdadeira ferramenta de "hacking" ou intrusão que dispensa verdadeiramente um conjunto básicos de conhecimentos informáticos, colocando em perigo as comunicações sem fios, torna-se inevitável alertar os utilizadores de redes WiFi para o "Firesheep"

Este programa é uma extensão do "Firefox", um dos "browsers" mais comuns e destina-se a interceptar e capturar fluxos de dados estabelecidos entre redes sem fios, obtendo assim informações que podem incluir "logins", com as respectivas "passwords", construindo assim uma base de dados com informação de acesso.

Se bem que estas técnicas não sejam novas, o "Firesheep" é o primeiro "software" a automatizar todo o processo, bastando instalá-lo e activá-lo, após o que este começa a registar informação, disponibilizando-a imediatamente ao alcance de um "click" do rato numa janela lateral do "Firefox".

Lembramos que qualquer acesso indevido a dados individuais, independentemente do uso que deles se faça, constitui um crime, pelo que o uso do "Firesheep", pela forma como o próprio programa opera, toca as raias da ilegalidade, e mesmo o seu uso experimental, pela quase inevitabilidade de obter informação pessoal, deve ser equacionado com prudência.

quinta-feira, outubro 28, 2010

Depósito suplementar para Defender - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
Um depósito suplementar para Defender

Entre as várias soluções para transportar combustível extra num Defender 90, algo que pode ser necessário para quem efectua "raids", aumentando assim de forma substancial a autonomia num veículo que não prima pelo espaço interior.

Como alternativa aos populares "jerry cans", que necessitam de acomodação e implicar a necessidade de passar o combustível para o depósito do Defender, coloca-se a opção de adicionar um depósito suplementar, que pode ser instalado entre os arcos das rodas traseiras, junto à divisória do compartimento de carga.

O modelo proposto pela "Alloy Racing Fabrications" é construido em alumínio, tem uma capacidade de 47 litros, correspondendo a quase dois "jerry cans" e meio, acabando por ocupar pouco espaço útil, caso seja compatível com a posição do pneu sobressalente.

Este depósito inclui entradas de 10 mm para alimentação e respiração e outra de 8 mm para retorno, possui uma tampa convencional para abastecimento e tem uma dupla estrutura interna para evitar deslocações substanciais do combustível.

O gravador/programador de eproms G540 - 2ª parte

Image Hosted by Imageshack
O gravador/programador de eproms G540

O gravador / programador de eproms G540 obedece a estes critérios, mesmo em termos de preço, caso se efectue a pesquisa adequada, sendo capaz de programar, com os adaptadores adequados, mais de 4.000 tipos de dispositivos diferentes.

O "socket" deste programador é de modelo padrão, para "eproms" de até 40 pinos, sem força de inserção e com um sistema de travamento por alavanca, onde pode, para além dos dispositivos directamente suportados, ser colocados adaptadores ou conversores para outros formatos.

É de realçar que existem gravadores que, para além deste tipo de conector, com duas filas de 20 pinos paralelos, possuem conectores quadrados para dispositivos tipo PLCC de 32 ou 44 pinos, mas que aqueles que se encontravam nesta gama de preços, os populares Willem, não suportam Windows 7 e ligam via porta paralela.

Por outro lado, os conversores da Willem, tal como muitos outros, são compatíveis com o G540, abrindo assim portas a um elevado número de dispositivos que incluem as populares "eproms" 27C256, 27C1024 44 PLCC ou 29F200, estas duas últimas com recurso a adaptadores.

quarta-feira, outubro 27, 2010

As "power box" da ItalianSpeed - 3ª parte

Image Hosted by Imageshack
O motor "common rail" de um Td4

O "kit" fornecido inclui, para além da "box", toda a cablagem necessária, manual ilustrado, que permite instalação rápida mesmo a quem não tenha experiência, e uma garantia de 3 anos dada pelo próprio fabricante.

O preço destas "power box" disponíveis para diversos modelos de Land Rover, com "common rail" entre os quais os novos Defender Td4, os Discovery TDV6 e vários Range Rover, fica abaixo da centena de euros, incluindo portes a partir de Itália, podendo ser pagas através de transferência bancária ou via Paypal.

Consideramos que o recurso a este tipo de "box", independentemente da sua qualidade, deve ser equacionado com extrema cautela ou para situações transitórias, quando é espectável que seja necessário mais potência durante um período limitado de tempo, algo que pode suceder em caso de uma emergência, mas não será a solução para uma utilização permanente.

Assim, será sempre de instalar um interruptor que permita usar a "box" apenas quando necessário, aconselhando-se, quando possível, por uma reprogramação dentro dos limites de segurança do motor e feita à medida das solicitações do condutor, do que resulta uma condução mais agradável e uma maior longevidade dos componentes mecânicos.

OBD Gauge em PDA

Image Hosted by Imageshack
Um écran do OBD Gauge num PDA

Mais antigo e visualmente menos apelativo do que o Torque para "Android" que recentemente apresentamos, o OBD Gauge é um dos primeiros programas de diagnóstico automóvel disponibilizados para dispositivos móveis de forma gratuita.

Para além de permitir a visualização da informação de diagnóstico e dos códigos de erro, o OBD Gauge permite apagar a luz de "check engine", bem como registar dados que mais tarde venham a ser utilizados no OBD Graph.

O OBD Gauge é gratuito para as várias plataformas suportadas, que para além do Windows CE incluem o Palm OS e o Windows, podendo ser usado em conjunto com a maioria dos "interfaces" ELM 327 existentes no mercado, aplicando-se as mesmas considerações que para o "Torque".

Torna-se cada vez mais fácil, e barato, usar sistemas de diagnóstico e mesmo consolas virtuais nas mais diversas plataformas, pelo que, com algumas excepções, dispensar o recurso a estes sistemas, sobretudo em caso de avaria, carece hoje de qualquer sentido por encarecer substancialmente eventuais reparações.

terça-feira, outubro 26, 2010

As "power box" da ItalianSpeed - 2ª parte

Image Hosted by Imageshack
A "power box" da ItalianSpeed

Tipicamente, uma "power box" é uma pequena caixa com conectores que se intercalam na cablagem que conduz à centralina, podendo ter ainda um conector para um sistema de interruptor ou de selecção electrónica do programa a utilizar, do qual dependerá o nível de potência e desempenho do motor.

As "power box" da Italian Speed são inteiramente digitais, baseadas num processador de 32 "bits" podendo-se seleccionar um de quatro programas disponíveis ou, caso se pretenda, serem desactivadas, sem que para tal seja necessário proceder à sua desistalação.

O fabricante anuncia aumentos de potência e binário na ordem dos 40% e uma redução de consumo que pode alcançar os 20%, incluindo um sistema de recuperação e um "led" que informa visualmente se a instalação está correcta.

Estão disponíveis, como opcionais, dois sistemas que permitem ligar e desligar a "power box", sendo que um deles recorre a cabos de ligação, que custa 9 euros, e outro a um sistema sem fios, que dispensa instalação, mas tem o preço de 39 euros.

O gravador/programador de eproms G540 - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
O gravador/programador de eproms G540

Nem todas as unidades de gestão electrónicas dos veículos automóveis suportam uma programação directa, efectuada no local, existindo ainda inúmeros modelos que obrigam a desmontar a "eprom" onde está gravada a programação e substituí-la por uma nova.

Para proceder a esta operação, para além de dispor do ficheiro com a nova informação, é necessário um gravador ou programador de "eproms", que irá gravar o conteúdo do suporte onde a centralina irá ler as instruções de gestão do motor.

Selecionar um gravador de "eproms" é sempre complexo, dada a multiplicidade de equipamentos disponíveis, o seu preço, o tipo de conexão com o computador, os adaptadores disponíveis no mercado e os modelos de "eprom" que consegue ler e escrever, pelo que qualquer opinião é algo subjectiva.

Entre os critérios de selecção utilizados estabelecemos um preço máximo de 40 euros, que pode atingir a meia centena caso haja lugar ao pagamento de direitos alfandegários, a conexão ao computador via USB, excluindo assim alguns populares modelos que usam a porta paralela, o suporte de sistemas operativos recentes, incluindo o Windows 7, e a capacidade de programar os modelos de "eprom" mais comuns.

segunda-feira, outubro 25, 2010

As "power box" da ItalianSpeed - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
A "power box" da ItalianSpeed

Aumentar a potência de um motor, seja por necessidade, seja simplesmente por gosto, é uma tentação difícil de resistir, sobretudo quando os preços são baixos e a melhoria do desempenho anunciada é substancial.

Para além da reprogramação, algo que mencionamos em numerosos textos, existe a possibilidade de adicionar uma caixa que intercepta o sinal dos sensores e os altera, pelo que a centralina reaje de forma diferente do programado.

Um exemplo simples é o de reduzir o valor que é determinado pela sonda Lambda, dando a entender que a mistura é pobre, resultando na centralina a dar instrucções aos injectores para aumentar a quantidade de combustível em cada cilindro, resultando numa mistura mais rica.

Dado que o sistema funciona de forma completamente diferente de uma reprogramação, sendo naturalmente muito menos parametrizável, mesmo que estejam disponíveis diversos programas, as "power boxes" são menos seguras e oferecem menor melhoria no desempenho, mas têm a vantagem de ser de fácil instalação e remoção, podendo ser adquiridas a um preço reduzido.

Criança sofre ferimentos graves em "raid" de todo o terreno - 5ª parte

Image Hosted by Imageshack
A notícia do acidente na LROI

No caso descrito pela LROI, onde obviamente não houve intencionalidade, a justiça não hesitou em condenar o condutor, um polícia, a uma pena de dois anos de prisão, considerando que da sua atitude negligente resultou a perda de uma vida humana, pelo que existe um crime de homicídio involuntário.

Não vamos discutir se a pena a que o condutor inglês é adequada ou não, dado estarmos diante de mentalidades e enquadramentos jurídicos distintos, mas a responsabilização e criminalização efectiva de um acto que muitos minimizam, atribuindo a um azar, é obviamente o caminho a seguir quando as atitudes de risco persistem e os exemplos de actuação por parte do Estado escasseiam.

O facto é que, quando se verifica um comportamento negligente, legalmente enquadrado como um crime, cabe à Justiça intervir e determinar o grau de culpabilidade dos envolvidos, não sendo atenuante nem o grau de parentesco, nem a dor ou remorso por parte de quem praticou o acto do qual resultaram danos.

Existem diversos níveis de responsabilidade, seja colectiva, seja individual, pela organização e participação em actividades nas quais exista a possibilidade, mesmo que remota, de acidente, passando esta para o domínio da culpa quando se verifique algum tipo de negligência grosseira, aquela que implica não adequar comportamentos a riscos intuíveis pelo senso comum.

domingo, outubro 24, 2010

China lança sistema de mapas digitais

Image Hosted by Imageshack
Écran de entrada do Tianditu

A China apresentou um sistema de mapas digitais, obtida a partir da sua crescente rede de satélites, e desenvolvido pelo Gabinete Estatal de Topografia e Cartografia que pode concorrer localmente com os produtos do Google.

Desde o passado mês de Maio que a China impôs a obrigatoriedade de uma licença para que uma empresa disponibilize mapas digitais no seu território, algo que o Google, mesmo após várias negociações, continua a não possuir.

Embora os sistemas do Google ainda possam ser acedidos em território chinês, verificam-se diversas restrições resultantes da falta de acordo, em parte resultante da recusa por parte do Google em instalar os servidores na China, com zonas específicas e mais controversas a surgirem nas imagens de satélite em baixa resolução.

O lançamento do Tianditu, para além da afirmação da crescente capacidade tecnológica da China, que em breve disporá de um sistema de orientação rival do GPS, permite a este país assumir uma posição negocial de força face ao Google, impondo as suas condições ou recusando um serviço para o qual possui agora uma alternativa.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin