sábado, outubro 20, 2012

Suporte para câmara digital para veículos - 1ª parte

Image Hosted by Google Um suporte para câmara digital

Usar câmaras digitais em veículos é cada vez mais habitual, sendo necessário ter algum cuidado na escolha de um suporte, caso se pretenda fotografar ou filmar durante o trajecto com alguma precisão e segurança.

Este suporte em plástico ABS negro é compatível com as câmaras que possuem a roscagem padronizada de 1/4", habitualmente utilizadas pelos tripés, pelo que é compatível com a maioria dos modelos com peso até 1 Kg, sendo resistente e à prova de choque.

É possível rodar a câmara em 360º, bem como seleccionar a inclinação, fixando-a com um parafuso, e o sistema de sucção adere bem a superfícies planas e lisas, sendo extremamente eficaz, por exemplo, no parabrisas de um Defender, mas deixando a desejar na parte superior do de um Discovery, bastante mais arredondado.

O sistema de sucção tem um botão de fixação e alavanca de remoção rápida, sendo bastante seguro e eficaz, mas, tendo em conta o valor de uma câmara, sugerimos que a mesma seja igualmente fixa por um sistema de segurança, que pode ser a própria correia, presa de forma a que esta não sofra impactos caso o suporte ceda.

sexta-feira, outubro 19, 2012

Caixa segura para Defender - 2ª parte

Image Hosted by Google Uma caixa segura para Defender

Efectivamente, a parte mais complexa da instalação acaba por ser o recortar o chão do Defender, sendo absolutamente essencial usar uma junta de borracha e cola de modo a que se mantenha a estanquicidade, após o que se efectuam os furos onde depois serão colocados os rebites, sendo, mais uma vez, de verificar se não há passagem de água.

Com o tapete sobre a caixa, a qual fica ao nível da plataforma, esta fica bastante escondida e não atrai a atenção de quem não conheça bem o modelo, o que constitui um factor adicional de segurança, mas, mesmo detectada, é extremamente dificil de arrombar dada a resistência do material, da fechadura e a própria posição, que dificulta as operações.

O preço é de 95 libras, acrescendo portes para Portugal e instalação, caso o proprietário não a efectue, pelo que esta solução pode ficar pelas duas centenas de Euros, um valor que se vai aproximar de uma "cubby box" segura ou de um cofre, mas a caixa da "Farrows Classic" apresenta a vantagem se ser mais discreta e não ocupar espaço útil no interior do Defender.

O mesmo fabricante tem mais produtos, como os compartimentos laterais, simples ou duplos, para "jerry cans", para os Defender 110, "cubby box" seguras, entre outros, justificando-se visitar o "site" da "Farrows Classics" e ver quais os produtos disponíveis.

quinta-feira, outubro 18, 2012

Caixa segura para Defender - 1ª parte

Image Hosted by Google Uma caixa segura para Defender

Quem possui um Defender sabe que este modelo não é um exemplo de segurança e que existe uma manifesta falta de um compartimento de armazenamento seguro que permita guardar, correndo um baixo risco de furto, bens dispendiosos ou de substituição dificil, como equipamentos electrónicos ou documentos.

A "Farrows Classic" dispõe de uma caixa que pode ser instalada numa superfície plana, mas que foi pensada para ficar junto dos assentos, onde se posicionam os pés do condutor e passageiro, e que ficam ocultos sob os tapetes de borracha, onde podem ficar protegidos alguns objectos.

Com dimensões externas de 340 x 275 x 130 e internas de 270 x 200 x 120, a caixa é contruida inteiramente em aço, pintada por pulverização, com a tampa a ser vedada por uma junta em borracha, de modo a que não entre água, e é fechada por uma fechadura resistente que é fornecida com um par de chaves.

Incluido estão os rebites de fixação, que irão fixar o bordo da caixa na plataforma inferior do Defender, a qual necessida de ser recortada à medida, ficando a caixa junto das longarinas do chassis, sem interferir com qualquer orgão mecânico ou sistema eléctrico.

quarta-feira, outubro 17, 2012

Fotografar o Outono no Gerês

Image Hosted by Google Imagem do Parque da Peneda Gerês

Ainda estão disponíveis algumas vagas para o "workshop" "Fotografar o Outono no Gerês", organizado pela BehindNature, que decorrerá entre os dias 01 e 04 de Novembro, começando num feriado e abarcando o fim de semana seguinte, e que terá lugar no Parque Nacional da Peneda Gerês.

O "workshop" inclui formação em diversas áreas da fotografia, sobretudo a nível da Natureza, bem como as técnicas mais adequadas a nível de equipamentos, enquadramentos, forma de se deslocar e enquadrar num meio natural, entre muitas outras, sempre no ambiente natural do único parque nacional português.

A inscrição inclui 3 noites de alojamento com pequeno almoço, na Pousada da Juventude de Vilarinho das Furnas, 3 jantares e seguro, mas não inclui nem a deslocação até ao local da actividade, nem os almoços, que serão em campo, estando a actividade ao alcance de todos, independentemente da preparação física e dos veículos de que disponham.

Aos interessados, que apreciem fotografia, a Natureza, o convívio e pretendam passar quatro dias num ambiente completamente diferente, essencial para recarregar baterias, e sobretudo nos tempos que correm, sugerimos que considerem a possibilidade de preencher as últimas vagas disponíveis e contactem a BehindNature.

Mais um colete com múltiplos bolsos da Fox Fire - 2ª parte

Image Hosted by Google Um colete com múltiplos bolsos da Fox Fire

É de notar que, nalguns aspectos, o modelo mais recente foi simplificado, eliminando alguns dos bolsos incluidos na versão anterior, adicionando outros, mas, no conjunto, o número foi reduzido, o que pode representar uma menor flexibilidade e um esforço para reduzir custos.

Para além do formato, e abstraindo a questão do número de bolsos, a qualidade de um colete deste tipo também depende em muito da qualidade de construção, que se mantém sensivelmente idêntica, bem como da do tecido, que se mantém igualmente constante.

Usando e sentindo os dois modelos e abstraindo da cor, é manifesto que a versão anterior é superior, mais pesada, com maior número de bolsos, e, aparentemente, mais resistente, protegendo melhor o corpo de quem o veste, mas sendo ambos penalizadas pelo facto de o fecho não subir mais e faltar um capuz, essencial em caso de chuva.

Apesar destas modificações, que não foram no sentido positivo, o valor destes coletes continua a ser baixo, mesmo comparando com outras alternativas, pelo que continua a ser uma excelente opção, sobretudo caso se consiga encontrar a versão anterior, que consideramos a de melhor qualidade e com maior funcionalidade.

terça-feira, outubro 16, 2012

Mais um colete com múltiplos bolsos da Fox Fire - 1ª parte

Image Hosted by Google Um colete com múltiplos bolsos da Fox Fire

Temos recorrido a diversos produtos da Fox Fire, adquiridos no EBay, dado que este fabricante oferece, para além de múltiplas opções, uma relação preço/qualidade bastante favorável, a qual se torna ainda mais vantajosa no caso de aquisições em leilões.

Para além de um casaco com múltiplos bolsos e mangas amovíveis e um colete igualmente com numerosos bolsos, optamos por adquirir mais um colete semelhante, desta vez em amarelo areia em vez de verde, para utilização em actividades relacionadas com fotografia.

Ao contrário de modelos mais específicos, e que tendem a ser mais dispendiosos, os coletes da Fox Fire, podem ser adquiridos por valores abaixo da vintena de Euros, incluindo portes, colocando-os em franca vantagem quando comparados com modelos asiáticos de qualidade algo duvidosa.

Curiosamente, o modelo que adquirimos em cor de areia apresenta diferenças relativamente ao anterior, em verde, o que demonstra que existem variações ou evoluções, sendo que o último modelo que obtivemos, sendo uma versão mais recente, tem algumas modificações.

segunda-feira, outubro 15, 2012

Presidente e Comandante Nacional da Protecção Civil vão ser substituidos - 3ª parte

Image Hosted by Google Um incêndio florestal em Portugal

O mesmo acaba por acontecer com o comandante operacional, se bem que neste caso o sucedido nos incêndios no Algarve e as declarações do próprio contribuam para sua substituição, mas duvidamos que, se excluirmos a vertente política, tal acontecesse com tamanha rapidez.

Inegavelmente, é uma combinação de oportunidade, pretexto, avaliação de desempenho e quebra de confiança, entre outros factores, que determinaram estas substituições anunciadas, as quais decorrem numa conjuntura particularmente dificil, com a ANPC a enfrentar sérias dificuldades decorrentes da crise que o País atravessa e que condicionaram em muito o combate aos fogos neste ano.

Assim, a substituição dos níveis hierárquicos mais elevados da ANPC ocorrerá a curto prazo, quase certamente durante o mês de Novembro, estando em análise os nomes que irão substituir os dos actuais responsáveis, esperando-se que, muito em breve, sejam do conhecimento público e obedeçam a critérios de competência de modo a que a confiança no sistema de socorro, abalada este ano, se recupere rapidamente.

domingo, outubro 14, 2012

Presidente e Comandante Nacional da Protecção Civil vão ser substituidos - 2ª parte

Image Hosted by Google Um incêndio florestal em Portugal

Decorre daqui que a actual posição do comando da ANPC era insustentável e a sua substituição inevitável, podendo-se mesmo acrescentar que esta criou condições favoráveis para que tal acontecesse com as declarações prestadas pelo comandante nacional, e que permitem que responsabilidades de terceiros sejam facilmente imputadas à Protecção Civil.

Desta forma, mesmo os evidentes problemas estruturais, que vão desde o ordenamento do território até aos meios disponibilizados como consequência de um orçamento restritivo, passando pela falta de prevenção, foram secundarizados, acabando por ser a ANPC responsabilizada por tudo quanto de negativo aconteceu, mesmo quando se trata de factores que lhe são completamente alheios.

Também o poder político, a nível central e autárquico, consegue assim afastar de sí responsabilidades, concentrando-as na ANPC, a qual, não estando isenta de culpas, deveria partilhá-las com todos quantos estiveram envolvidos e contribuiram de forma negativa para que este época de fogos terminasse com balanço francamente negativo.

Nesta vertente, a substituição do presidente da ANPC, que fora nomeado por um Governo de outra orientação partidária, e que implica confiança política, era de esperar desde a tomada de posse do actual executivo, sendo este um procedimento normal em Portugal, e que pouco ou nada tem a ver com a competência de quem exerce este tipo de funções que incluem representação.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin