sábado, dezembro 13, 2014

Vaga de frio na próxima semana - 1ª parte

Não obstante ainda estar a alguns dias de distância, já surgiram os primeiros alertas para uma nova descida de temperatura, que pode assumir os contornos de uma vaga de frio, a qual deverá atingir o território Continental a partir do próximo fim de semana, prevendo-se valores negativos em numerosos distritos.

Os cuidados a ter durante estas vagas de frio, que devem ser adoptados por todos, mas sobretudo pelos mais vulneráveis, como crianças, idosos ou doentes, são conhecidos e divulgados periodicamente pelas entidades competentes, que alertam igualmente para os perigos a nível de circulação, sobretudo durante a noite e madrugada, quando a probabilidade de se encontrar gelo ou geada aumenta.

Mas se as vagas de frio são normais, a conjuntura em que esta atinge Portugal pode não o ser, como resultado de uma crise persistente que deixa as populações, sobretudo os grupos de maior risco, mais vulneráveis e os sistemas de socorro e atendimento menos apetrechados, tendo em simultâneo que solucionar problemas do âmbito da saúde, como lhes compete, mas também a nível social, algo para o qual não estão devidamente dotados nem vocacionados.

O crescente número de sem abrigo, ou de quem, tendo habitação, vive em condições precárias, sem um mínimo de condições que podem passar pela inexistência de bens de primeira necessidade, incluindo aqui desde o fornecimento de energia a uma alimentação adequada, aumenta em muito o número e gravidade daqueles que se encontram numa situação precária, que se pode considerar de emergência social.

sexta-feira, dezembro 12, 2014

Tempo de atendimento no 112 atinge os 40 minutos - 2ª parte

Quando o tempo de espera ultrapassa o aceitável, e aqui entra um factor subjectivo resultante da situação de aflição ou mesmo de pânico experimentada por quem tenta solicitar um meio de socorro, é natural que surja a busca de alternativas, que, mesmo não sendo as mais adequadas, tentam contornar os danos resultantes de uma resposta que tarda.

Desta situação decorre, sobretudo no Interior, a opção por contactar directamente os Bombeiros locais, solicitando um socorro que deve ser coordenado e gerido pelo INEM, resultando numa situação complexa que, mesmo que resultando numa resposta mais rápida, levando outro tipo de problemas, como em termos de prioridades na alocação de meios ou na sua adequação, podendo levar a que pedidos anteriores ou de maior premência sejam ultrapassados.

Tal tipo de pedido, feitos em momentos de compreensível aflição, dificilmente são recusados, sabendo-se que quem age à revelia do sistema de socorro instituido pode ter que responder pelo facto, sobretudo havendo consequências para terceiros ao alocar um meio que seria suposto estar disponível e ser activado apenas pelas vias estabelecidas.

Apesar de parecer algo inócuo, uma outra alternativa é comum, a de recorrer a um veículo particular, ou mesmo um táxi, que, mesmo não alocando meios de socorro, pode resultar noutro tipo de consequência, como o transporte do paciênte para um estabelecimento de saúde sem as necessárias valências, ou com capacidade de atendimento limitada, como resultado da falta de aviso prévio.

quinta-feira, dezembro 11, 2014

Land Rover Owners de Janeiro de 2015 já nas bancas

Já se encontra à venda entre nós a edição de Janeiro de 2015 da Land Rover Owners International, com o destaque a ir para um antigo Serie I com um motor de 400 Cv e um conjunto de adaptações e transformações que lhe permitam usufruir deste tão substancial aumento de potência.

Mais útil, é o artigo sobre a preparação e veículos para o Inverno que, em Inglaterra, é bem mais rigoroso do que o nosso, requerendo não apenas alguns cuidados e alterações nas viaturas, mas também uma técnica de condução adequada, sobretudo quando surge gelo e neve, algo que se prevê para breve no Interior e Norte do País.

É apresentado um conjunto de veículos interessantes, que começa num muito raro "lightweight" de reconhecimento para uso dos paraquedistas britânicos, inteiramente reconstruido, passando por um Serie 2A de 1963 e por um Defender 110 blindado, utilizado pela polícia britânica no Ulster, e terminando num Defender 90 inteiramente renovado, no qual são utilizados os melhores equipamentos.

Também os vários artigos técnicos, as viagens ou expedições, uma nova etapa da conversão de um Discovery 1 como veículo de expedições, desta vez descrevendo pequenas reparações, de baixo custo, que são essenciais para a fiabilidade do veículo, bem como a habitual apresentação de alguns novos produtos, complementada pela publicidade temática, justificam a leitura deste número da LRO.

quarta-feira, dezembro 10, 2014

Sensor de temperatura de gases de escape - 2ª parte

Nos 300 Tdi, ou semelhantes, em que a EGR tenha sido removida, uma solução simples, como mencionamos anteriormente, é furar a tampa e instalar a sonda nesse local, dado que vai ler a temperatura dos gases imediatamente após sairem do motor, ficando perto do tablier, onde será montada a sonda.

Os acessórios de fixação, incluindo rosca que pode ser soldada no local pretendido, mas que neste caso pode simplesmente ser aparafusada, bem como um parafuso que serve de tampa, caso se pretenda desmontar o sensor, podem aqui ser usados com facilidade, bastando proceder ao furo com o diametro pretendido.

Embora não fique no local mais visível, um sítio possível para colocar o mostrador nos Discovery é no local onde, de origem, vem uma pequena gaveta para moedas, muito pouco utilizada e que, em muitos casos, foi perdida, pelo que o local se encontra livre ou simplesmente tapado.

Existem numerosos modelos, mas este, com um preço de 22 Euros, incluindo portes a partir da Ásia, apresenta uma das relações preço / desempenho mais favoráveis, sendo de instalação fácil, se bem que um pouco trabalhosa, dado requerer algumas alterações no veículo.

terça-feira, dezembro 09, 2014

Tempo de atendimento no 112 atinge os 40 minutos - 1ª parte

A redução de efectivos nos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) tem resultado em tempos de espera e dificuldades de atendimento via 112 que, na região de Lisboa, chegaram a atingir os 40 minutos, o que implica um atraso no socorro por parte dos meios do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), mesmo que estejam disponíveis e seja possível activar de imediato os meios adequados.

Os atrasos na resposta dos operadores dos CODU já ocorreram no passado, em consequência do número de efectivos disponíveis e da própria plataforma de comunicações, com um elevado número de chamadas a serem perdidas ou a não serem atendidas, seja por demora na resposta, seja porque, com o avolumar de chamadas em espera, as linhas ficam impedidas.

Não se justifica abordar as consequência da demora no socorro, por serem demasiadamente intuitivas e de óbvia previsibilidade, mas a responsabilidade objectiva pelo facto e do que deste resulte, têm uma óbvia implicação a nível da confiança que os deve ter o sistema de socorro como parte dos serviços básicos a que o Estado se compromete e obriga.

A centralização do sistema de socorro tem óbvios benefícios em termos de coordenação, gestão e racionalização de meios, permitindo uma resposta mais adequada e atempada, essencial sobretudo desde que foram encerrados numerosos serviços de atendimento no Interior e nas zonas mais remotas do País, mas esta opção implica, naturalmente, a existência e prontidão de meios que proporcionem uma resposta rápida em situações em que o tempo de intervenção é determinante para o resultado.

segunda-feira, dezembro 08, 2014

Uma sugestão de Natal, o MEO A75 - 4ª parte

Outra fraqueza flagrante resulta da escassa memória instalada, agravada pela gestão feita pelo "Android" na sua versão 4.4, a qual restringe em muito a localização de aplicações e dados, a qual apenas pode, de alguma forma, contornada removendo algumas das restrições, ou seja, permitindo o acesso à "root" do telemóvel.

Como referimos num texto anterior, remover o bloqueio de acesso à "root" tem diversas implicações, entre elas permitir uma melhor gestão de aplicações e dados, mas, ao remover o bloqueio ao operador, anula igualmente a garantia do mesmo, pelo que é uma operação que apenas deve ser equacionada em caso de real necessidade.

Incluindo, obviamente, o essencial, como o alimentador e cabo de dados, para tirar o devido partido do A75 é absolutamente necessário adquirir um cartão de memória micro SD, com capacidade até aos 32Gb, o qual pode ser adquirido por meia dúzia de Euros no EBay, mesmo para as capacidades mais elevadas.

Para quem disponha de 550 pontos da MEO, é possível adquirir este A75 pagando 66 Euros via loja virtual, sendo estes um dos preços mais baixos para um equipamento com processador de quatro núcleos, oferecendo um bom desempenho e cumprindo as suas funções, caso não haja exigencia substancial em termos de memória, situação em que o maior defeito deste modelo se torna mais que evidente.

domingo, dezembro 07, 2014

1ª fase do concurso "Realize o seu sonho" até 14 de Dezembro

Decorrem até ao próximo dia 14 as inscrições para o concurso de empreendedorismo "Realize o seu sonho", da responsabilidade da "Acredita Portugal", com o regulamento a permitir a cada empreendedor apresentar até três ideias dferentes que, depois de uma triagem inicial, poderão ser admitidas para a fase seguinte.

Mais uma vez, como convém numa fase preliminar de aceitação, o processo de inscrição é extremamente simples, bastando fornecer dados básicos, como o nome, o endereço de correio electrónico e uma palavra-passe de acesso ao "site", selecionar o estado em que se encontra a ideia e descrevê-la com um máximo de 300 caracteres.

Tal como em edições anteriores, no passo seguinte os projectos apurados terão acesso ao "software" "Dreamshaper", sendo agregados, para efeitos do desenvolvimento do concurso, em diversas áreas que incluem Comércio e Serviços, Indústria e Empreendedorismo Social, o que proporciona tratamento diferenciado, mas limita quando existe uma abordagem que envolve várias destas áreas através de um único projecto.

Não obstante algumas situações que estranhamos, bem como alguns critérios francamente incompreensíveis, esta é uma das raras oportunidades de apoio para quem tenha ideias inovadoras e necessite de as divulgar e financiar, pelo que é uma iniciativa que deve ser aproveitada pelos candidatos a empreeendedor.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin