sábado, julho 30, 2011

Área ardida no 1º semestre quase triplicou relativamente a 2011 - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um Canadair combate um incêndio florestal em Portugal

Naturalmente que área ardida em 2011, mesmo nas previsões mais pessimistas, não se aproximará dos valores de 2003 e 2005, que consideramos irrepetíveis face às alterações que se verificaram desde então, como descontinuidades, ou a maior eficácia do dispositivo, mas não deixa de ser preocupante caso se verifique um aumento relativamente ao ano anterior, algo que viria repetir a situação do ano passado.

Caso tal aconteça, depois de anos em que a área ardida tem vindo a diminuir, 2010 e 2011 inverteriam esta tendência, facto que justifica uma reflexão profunda por significar que a anterior evolução inclui factores conjunturais e não estruturais.

Agrava a situação de 2011, uma substancial diminuição do número de meios aéreos, mas também a falta de verbas para prevenção, um menor apoio aos meios adstritos ao combate, nomeadamente a nível de voluntários, particularmente vulneráveis a situações de crise económica, e a factores complexos, como a nova vaga de emigração que se verifica em largas zonas do país.

Não estão ainda contabilizados os dados resultantes dos fogos destes últimos dias, que sabemos virem aumentar substancialmente o total ardido, mas perante a sitaução actual começa a tornar-se manifesto que a opção de reduzir meios pode traduzir-se num preço final que em muito excede a suposta poupança que se pretendeu obter.

sexta-feira, julho 29, 2011

Enfermeiros de ambulâncias prestam serviço nas urgências - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Meios de socorro do INEM

Apesar do desmentido do INEM, é intuitivo que um enfermeiro, ou qualquer outro profissional de saúde não pode, em muitas situações, interromper o desempenho de funções imediatamente e sem ser substituido, pelo que a rapidez de intervenção diminui, com consequências que podem ser graves para a qualidade do atendimento.

Naturalmente, que esta é uma solução que rentabiliza o tempo de serviço dos enfermeiros, os quais deixam de aguardar as chamadas num regime de prontidão, mas sem a prestação de um serviço normal nas SUB, pelo que esta pode ser uma medida classificada como economicista, mas nunca como racionalização, dado o efeito na qualidade do socorro.

Agrava o problema o facto de agora as ambulâncias SIV poderem ser utilizadas também no transporte de doentes em estado crítico entre hospitais em ver de ter disponibilidade exclusiva para missões de emergência pré-hospitalar, sendo que esta última vertente pode ser afectada pela menor disponibilidade destes meios.

Esta opção, que a OE condena, surge como uma óbvia diminuição na qualidade do socorro, sem possibilidade de ser justificada por critérios técnicos, e resulta em demoras que, neste tipo de missões, implicam sempre um maior risco para as vítimas e para os próprios profissionais, que tendem a correr mais riscos para compensar a menor prontidão na resposta.

quinta-feira, julho 28, 2011

Acidente com Defender dos bombeiros - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
O Defender após o acidente

Quatro bombeiros dos Voluntários da Pampilhosa do Botão, ficaram feridos, um deles com gravidade, na sequência do despiste e capotamento de uma viatura ligeira de combate a incêndios baseada num Land Rover Defender 130.

O bombeiro Sérgio Ferreira, o ferido mais grave, encontra-se internado nos Serviços de Medicina Intensiva dos Hospitais da Universidade de Coimbra, com prognóstico reservado, estando um segundo bombeiro internado no Serviço de Ortopedia, enquanto as duas bombeiras, uma delas a condutora da viatura, já tiveram alta.

O acidente ocorreu numa curva, pouco depois da saída do quartel, havendo suspeitas de rebentamento de um pneu traseiro, o que teria provocado a perda de controle e o subsquente capotamento.

Acidentes com este tipo de viatura, e deste modelo específico, igualmente muito utilizado pelos praticantes de todo o terreno, de que resultam consequências graves não são inéditos, pelo que o sucedido mais que justifica algumas considerações aplicáveis aos Defender em geral e aos utilizados no combate aos fogos em particular.

Enfermeiros de ambulâncias prestam serviço nas urgências - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma ambulância do INEM

Na sequência de um protocolo do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) os enfermeiros que intergram as tripulações das ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV) devem igualmente trabalhar nos Serviços de Urgência Básica (SUB).

Este projecto já está implementado, desde o passado mês de Maio, em Odemira, Loulé, Albufeira e Faro, tendo como resultado, segundo denuncia da Ordem dos Enfermeiros (OE) uma menor prontidão do socorro ou mesmo a impossibilidade de os enfermeiros acompanharem os serviços de urgência.

É óbvio que estando um enfermeiro a prestar um serviço num SUB, em caso de emergência a prontidão será menor, dada a necessidade de ser substituido e, eventualmente, de se reequipar e dirigir-se ao local onde está estacionada a ambulância.

Mais grave é se não existe um substituto disponível, do que resulta o envio de uma ambulância SIV sem enfermeiro, o que reduz substancialmente a capacidade deste equipamento, privado do seu tripulante mais qualificado.

quarta-feira, julho 27, 2011

Consola de baixo custo para Defender

Image Hosted by ImageShack
Uma consola num Defender

O preço das consolas de tejadilho para os Defender tende a ser elevado, mas podem-se encontrar soluções de baixo custo, embora desprovidas de acessórios, as quais podem ser personalizadas pelo cliente de acordo com as suas necessidades.

A Iron 4x4 fornece consolas para o tecto, forradas no mesmo tecido cinzento claro usado nos Defender, as quais são fixas por um par de parafusos e roscas, e com preços que começam por valores abaixo dos 70 Euros e vão até perto da centena.

Por outro lado, estas consolas são um pouco mais curtas na parte da frente do que outros modelos mais sofisticados, impossibilitando alguns arranjos conhecidos, mas têm a vantagem de não obrigar ao corte das palas de Sol, o que também não deixa de ser interessante, apesar de daí resultas uma perda de espaço interior.

Naturalmente que estas consolas não incluem nenhum acessório, nem sequer cablagem eléctrica, pelo que, se por um lado são fáceis de instalar, por outro obrigam o proprietário a efectuar algum trabalho e a adquirir os acessórios de que necessita, o que pode implicar nesta vertente alguma dificuldade acrescida.

Área ardida no 1º semestre quase triplicou relativamente a 2011 - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Bombeiros combatem um incêndio florestal em Portugal

Segundo os dados da AFN, durante os meses de Março, Abril e Junho registaram-se 80% das ocorrências e 76% da área ardida, com maior incidência em Junho, mês em que se verificaram 3.199 ocorrências de que resultaram 2.716 hectares de área ardida.

Enquanto os distritos de Viana do Castelo, Braga e Vila Real concentram mais de metade da área ardida, com o total de 5.624 hectares, o maior número de ocorrências foi no distrito do Porto, correspondendo na sua maioria a fogachos, com Viana do Castelo, Braga e Aveiro entre os que apresentam números mais elevados.

Comparativamente com com os valores médios do 10 anos anteriores, em 2011 registaram-se mais 190 ocorrências, correspondendo a um aumento de 3% e a menos 3.127 hectares de área ardida, equivalente a uma diminuição de 25% em relação a esta média, o que significa que a tendência para a redução da área por ocorrência se tem mantido.

Recordamos que o ano de 2010 foi aquele em que se verificou uma maior área ardida nos últimos quatro anos, invertendo uma tendência de descida, e que só foi ultrapassado nos anos de 2003, ano em arderam mais de 400.000 hectares, e no de 2005, 330.000 hectares queimados.

terça-feira, julho 26, 2011

Memória "flash" em formato de Defender

Image Hosted by Imageshack
O Defender de 4 Gb

As memórias tipo "pen", com ligação USB são bastante populares, e carecem de apresentação, mas o facto de surgirem agora com o formato de Defender 90 torna este modelo interessante para os adeptos da marca e deste modelo específico.

Tecnicamente, é uma memória tipo "flash" amovível com ligação via USB 2.0 e capacidade de 4 Gb, tal como inúmeras existentes no mercado, sendo reconhecido como um volume adicional pela maioria dos sistemas operativos e neste aspecto o seu uso é mais que conhecido.

As dimensões, com o conector recolhido sob o modelo, são 62 mm de comprimento, 30 de largura e 19 de altura, aproximando-se da escala 1/72, e tem a particularidade de os faróis acenderam quando os dados estão a ser transferidos.

O preço deste produto licenciado pela Land Rover é algo elevado, na ordem da trintena de Euros, incluindo portes, estando disponível em diversas cores, mas sempre sob o formato de um Defender 90.

Área ardida no 1º semestre quase triplicou relativamente a 2011 - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Bombeiro combate um incêndio florestal

Segundo o relatório provisório de incêndios florestais da Autoridade Florestal Nacional (AFN), contendo dados para o período entre 01 de Janeiro e 30 de Junho, arderam este ano 9.447 hectares contra 3.504 hectares no período homólogo do ano passado.

Destes dados pode-se concluir que a área ardida quase triplicou face ao ano de 2010, para o mesmo período, facto que tem passado relativamente desapercebido face a notícias que, pelo impacto na vida da esmagadora maioria dos cidadãos, tem relegado para segundo plano a problemática dos fogos florestais.

Estão incluidos na área atingida 2.955 hectares de povoamentos, face a 1.048 em 2010, e 6.492 hectares de matos conta 2.456 queimados no ano passado, tendo-se registado um total de 6.820 ocorrências, incluindo 1.256 incêndios florestais e 5.564 fogachos, perto do dobro de 2010,.

Um total de 2.211 hectates resultaram de 12 fogos classificados como grandes incêndios, por terem devastado uma área igual ou superior a 100 hectares, com a ocorrência de maiores proporções, num total de 314 hectares a ter sido registado no distrito da Guarda.

segunda-feira, julho 25, 2011

Oficina Land Rover e Rover no centro de Lisboa

Image Hosted by ImageShack
Mapa da localização da garagem


Já existe uma oficina Land Rover e Rover localizada no centro de Lisboa, na zona entre a Praça do Chile e a D. Estefânia, concretamente na R. de Ponta Delgada nº33, uma rua que começa no Largo do Leão.

Trabalha nesta oficina o João Alves (Janeca), que conta com 15 anos de experiência em Land Rover na Louresfor e Verover, tendo iniciado a sua carreira ligado à marca em 1996.

Os contactos da oficina são:

Rua Ponta Delgada nº 33
1000-239 Lisboa

Tel/Fax: 213544302
Tlm: 963091262

Após uma visita a esta oficina, iremos publicar algumas fotos da mesma que serão incluídas num texto a publicar proximamente.

Aumento dos preços dos combustíveis e transportes - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Uma ambulância do INEM atribuida aos bombeiros

Entre estas atitudes, surgem os comportamentos de risco, como consequência de impaciência, mas também de depressão, sendo de prever um aumento do número de acidentes rodoviários, mas também noutras actividades, inclusivé nas mais banais, onde os acidentes tendem a ser raros.

Será assim de temer um maior esforço a nível do socorro, considerando para tal as emergências, mas também o recurso indevido às mesmas, situação que decorre tipicamente da redução do poder de compra e da impossibilidade de recorrer a um transporte adequado.

O aumento do preço dos transportes, que pode chegar aos 25% nalguns casos, neste caso conjugado com a perda crescente de poder de compra, pode ter igualmente um impacto significativo a nível de transporte de doentes, com uma cada vez maior tentação para solicitar meios adstritos às emergências como substituto de um transporte cujo custo seria suportado pelo utente.

domingo, julho 24, 2011

Land Rover Owners de Agosto de 2011 já nas bancas

Image Hosted by ImageShack
A capa da LRO de Agosto de 2011

Já se encontra nas bancas a revista Land Rover Owners de Agosto de 2011, perto de semana e meia depois de ter saido no Reino Unido, de onde é originária.

De entre os vários artigos, por virem ao encontro de numerosas questões colocadas nos fóruns, destacamos a escolha e instalação de rádios CB em diversos modelos de Land Rover, incluindo os Defender, Lightweight e Range Rover, bem como o referente a alguns exemplares que participaram no "Camel Trophy".

Estão igualmente presentes artigos sobre reconstrução e recuperação, sobre manutenção e sobre a alguns modelos raros, bem como sobre percursos onde realizar passeios ou excursões.

Com algumas raras excepções mensais, esta continua a ser a publicação da especialidade pela qual optamos e cuja escolha continuamos a recomendar aos nossos leitores.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin