sábado, agosto 16, 2014

Land Rover Owners de Setembro de 2014 já nas bancas

Um pouco antes do habitual, possivelmente devido ao periodo de férias, chegou às bancas portuguesas a edição de Setembro de 2014 da Land Rover Owners International, com o destaque de capa a ir para os Discovery 2, o modelo com o motor Td5, devidamente modificados e alterados para os transformar em veículos destinados a expedições ou aventuras.

Ainda ligado às comemorações dos primeiros 75 anos de Solihull, surgem artigos que versam os modelos mais antigos da Land Rover, incluindo uma entrevista a Arthur Gooddard, um dos mais conhecidos engenheiros da marca, que compara o Serie 1 com modelos da concorrência, e os restauros de Series 2A e de um 101FC, originalmente de uso militar.

Alguns dos projectos também podem ser inspiradores, como de um Defender 130 transformado num autêntico apartamento sobre rodas, as modificações num Discovery 1, que lhe permite acomodar até 8 "Wolf boxes" e mais algum equipamento no seu interior, ou a simples adaptação das portas de Serie aos Defender, o que permite ganhar algum espaço, dado estas portas serem mais estreitas, e remover a parte superior, útil nas versões descapotáveis.

Também alguns dos produtos propostos são interessantes, incluindo-se nestes uma cozinha en lona que se encaixa sobre uma porta aberta, um quarto numa caixa, que dispensa montagem e permite a duas pessoas dormir, cozinha e comer em boas condições, bem como diversas formas adicionais de arrumação, a que se adicionam diversos outros artigos que, no seu conjunto, nos fazem avaliar como particularmente interessante este número.

sexta-feira, agosto 15, 2014

Uma oportunidade, a câmara de acção Ishare S200 - 4ª parte

A operação é efectuada através de um conjunto de 6 butões, sendo selecionável a linguagem entre as 11 disponíveis, que inclui o inglês e português, sendo o estado visível num écran "touch" TFT de 2 polegadas, que também permite visualizar o conteúdo das gravações.

Para além de permitir a visualização, o écran táctil, utilizável sem a caixa estanque, facilita em muito a configuração e mesmo operação da câmara, recorrendo a menus interactivos e intuitivos de muito fácil acesso e utilização, com um formato muito semelhante ao usado nas câmara dos "smartphones".

As gravações ficam registados num cartão de memória Micro SD, com capacidade máxima de 32 Gb, podendo ser descarregadas ou visualizadas por meio de uma das várias ligações disponíveis e que incluem USB, TV-AV e HDMI, sendo que neste último caso é necessário adquirir o cabo correspondente.

O conjunto inclui, para além da câmara, a caixa estanque, dois adesivos para montagem, sistemas de montagem para guiador e capacete, extensões de montagem horizontal, vertical e curva, um cabo USB para ligação e carregamento da bateria, cabo AV para ligação a TV e o respectivo manual de instruções.

quinta-feira, agosto 14, 2014

Vayable, uma comunidade de viajantes - 2ª parte

O Vayable permite a inscrição numa bolsa de prestadores de serviços, como o de guias turísticos ou organizadores de actividades, cabendo ao interessado fazer uma apresentação, como, por exemplo, um vídeo exemplificativo, acompanhando-o de referências ou do seu currículo.

Após concluído o processo e depois de apreciado e validado pela equipa do Vayable, poderá ser contactado por interessados no tipo de serviços prestado, os quais, posteriormente, poderão relatar a experiência e, de alguma forma, avaliar o serviço prestado, essencial para que exista controle de qualidade e confiança no sistema.

No "site", para além das informações relativamente ao sistema de funcionamento, encontram-se numerosos exemplos de visitas ou trajectos, bem como dos vários conteúdos, sendo possível visualizar diversos vídeos que ilustram as propostas provenientes de todo o Mundo.

Para aqueles que tenham interesse, vocação, disponibilidade e, eventualmente meios, dependendo do tipo de serviço a propor, sugerimos que se inscrevam no Vayable e, caso o pretendam, na bolsa de contactos, como forma de ocupar de forma proveitosa os tempos livres, desempenhando uma actividade interessante e interactiva.

quarta-feira, agosto 13, 2014

Uma oportunidade, a câmara de acção Ishare S200 - 3ª parte


A abertura é de f=2.5, a sensibilidade ISO 400, com compensação de exposição -2, -1.6, -1.3, -1, -0.6, -0.3, 0, +0.3, +0.6, +1, +1.3, +1.6 e +2, tendo igualmente compensação automática de branco e seis modos de cena, incluindo Auto, Cenário, Retrato, Cenário noturno, Alta sensibilidade e Praia.

Apenas está disponível um "zoom" digital com oito aumentos, compatível apenas com imagens estáticas, que são gravadas em formato JPG, enquanto os vídeo são registados no formato AVI, acompanhados de som gravado por um sistema estereofónico.

A gravação pode ser circular, com blocos de 1, 3 ou 5 minutos, o que implica reescrever zonas ocupadas quando a memória está cheia, mas esta funcionalidade é desactivável, estando previsto modos de disparo contínuo, em sequências de 6 disparos, bem como detecção de movimentos.

Tal como em muitos modelos, e essencial neste tipo de câmara, a imagem é estabilizada automaticamente, o que permite manter uma boa nitidez mesmo quando a câmara oscila bastante, sendo disso exemplo gravações feitas em bicicleta ou numa moto, onde, mesmo a baixa velocidade e sobre um bom piso, a trepidação e oscilação é constante.

terça-feira, agosto 12, 2014

Vayable, uma comunidade de viajantes - 1ª parte

A Vayable é uma empresa, baseada nos Estados Unidos, que implementou uma plataforma colaborativa que permite a turistas e viajantes não apenas encontrar pontos de interesse, mas também contactar com locais que, após uma inscrição, os possam acolher ou prestar um conjunto de serviços de apoio.

Desta forma, ao invés de recorrer a serviços empresariais ou institucionalizados, os viajantes podem escolher numa gama muito mais vasta aquilo que pretendem quando visitam um determinado local, obtendo um acompanhamento mais personalizado, menos formal e devidamente adequado ao pretendido na sua visita a uma dada localidade.

Assim, podem estar disponíveis alternativas tão diversas como um "workshop" de arte de rua, a visita a um bairro popular, um passeio fotográfico, uma prova de vinhos, a visita a um local mais remoto ou inacessível ou a participação em festas ou arraiais, todos com datas e locais que permitam um planeamento e inscrição antecipada.

Para quem disponha de um iPhone ou iPad, está disponível na AppStore da Apple uma aplicação que permite um acesso fácil aos recursos disponibilizados por esta organização e pela comunidade constituida em torno dela, permitindo a consulta imediata de conteúdos e aferir da sua disponibilidade em tempo real.

segunda-feira, agosto 11, 2014

Uma oportunidade, a câmara de acção Ishare S200 - 2ª parte

Tanto a câmara como a caixa estanque são em plástico ABS, nos quais são aplicadas protecções adicionais em borracha, que diminuem o efeito dos impactos no seu interior, cobrindo igualmente as ligações ou "interfaces" com o exterior, como as portas de comunicações.

Comum a outros modelos é igualmente a pequena dimensão, de apenas 72 x 47 x 22 milímetros e um peso de apenas 70 gramas, a que acresce o da caixa estanque e sistemas de suporte, bem como uma bateria interna, recarregável, que neste caso é de 700mAh e proporciona até 2 horas de funcionamento.

A resolução das imagens fixas vai até aos 12.0 Mega Pixels, 4000 x 3000, passando pelos 8.0 MP, 3400 x 2550, ambos por interpolação, e 5.0 MP, correspondendo a 2592 X 1944, estes reais, ou seja ópticos, pelo que será esta a opção mais adequada.

O vídeo pode ser gravado em 1080P, correspondendo a 1920 X 1080 ou 720P, que equivale a 1280 x 720, sempre com 30 imagens por segundo, com a lente de 140º a obter imagens estabilizadas, de modo a reduzir o efeito de saltos ou trepidações, muito comuns em actividades que impliquem movimento.

domingo, agosto 10, 2014

Em época de viagens... - 3ª parte

Pode, ainda, acrescer, em modelos mais antigos, uma menor capacidade de travagem, e, quando a oscilação aumenta, algo que pode suceder com molas menos duras e alguma elevação suplementar, a sensação de algum descontrole, que os menos experiêntes poderão tentar compensar com uma manobra inadequada, como uma travagem indevida ou guinadas bruscas.

Modelos como os Serie e os Defender não se conduzem como um automóvel comum, implicando alguma habituação, mesmo para uma simples condução em estrada, sendo que estes modelos, quando com a caixa aberta, provocam uma sensação de condução diferente, decorrente da maior exposição aos elementos e da percepção de uma maior vulnerabilidade por parte do condutor.

Nos modelos decapotáveis, mas infelizmente também naqueles que têm capota, a qual não inclui elementos estruturais que aumentem a resistência da mesma, um acidente, mesmo a baixa velocidade, do qual resulte o capotamento pode resultar em consequência graves para os ocupantes, com especial destaque para os que possam ser transportados nos assentos traseiros instalados longitudinalmente.

Naturalmente que, em termos ideias, a falta de uma estrutura superior rígida e resistente seria compensada por um conjunto de elementos de segurança, como um "roll bar", mas o facto é que o custo de um equipamento deste tipo está fora do alcance de muitos, pelo que raramente é instalado salvo em veículos que fazem competição.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin