sábado, abril 19, 2008

Atraso de ambulância do INEM na origem de mais uma morte


Image Hosted by Imageshack
Uma ambulância SIV numa missão

Um atraso no socorro, reconhecido pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), terá sido a causa da morte de um idoso, que faleceu em Canelas, concelho do Peso da Régua.

Segundo o comunicado do INEM, o atraso deveu-se a "um imponderável provocado pelos caminhos sinuosos da zona", sendo este caso "infelizmente demonstrativo de algumas dificuldades que as equipas de emergência pré-hospitalar enfrentam no dia-a-dia".

A vítima sentiu-se mal, com dificuldades respiratórias, tendo sido efectuado o pedido de socorro para o 112 pelas 02:20 após o que o INEM enviou o alerta às 02:37 para o CODU Norte, tendo este accionada a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) baseada no Peso da Régua, que se pôs a caminho imediatamente.

Pelas 03:11, a SIV contactou o CODU, informando que estava imobilizada, encontrando-se atolada e bloqueada numa curva íngreme da estrada, já relativamente perto do local da ocorrência, tendo sido apenas desatolada na manhã seguinte.

Como substituição, foram accionadas uma ambulância dos bombeiros da Régua, que foi o primeiro meio de socorro a chegar, e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) baseada em Vila Real, que chegou pelas 04:00.

Apesar dos esforços de reanimação, os bombeiros não conseguiram salvar a vida deste homem de 88 anos, que faleceu após uma agonia de horas devido à falta de ar.

Lembramos que a urgência mais próxima foi recentemente encerrada, no âmbito da reestruturação da rede de urgências, e que o actual sistema de activação enferma de graves deficiências, resultandes de uma inadequação à realidade nacional, de fragilidades a nível de coordenação, de comunicações e de escalonamento.

Há muito que Portugal devia ter implementado a referenciação geográfica das chamadas, algo que facilitaria o socorro, sendo aconselhável que cada viatura de socorro seja localizada permanentemente sobre um mapa digital, com a possibilidade de alerta em caso de alguma eventualidade, como uma imobilização forçada.

É também necessário que exista, para além de um planeamento realista na distribuição de meios, uma previsão de meios de substituição ou de reserva, activáveis automaticamente em caso de necessidade, devidamente posicionados de forma a poder chegar a qualquer local do seu raio de acção dentro do espaço de tempo que permita um socorro eficaz.

sexta-feira, abril 18, 2008

Delphi, Yazaki Saltano e ANPC


Image Hosted by Imageshack
Fábrica da Delphi

Pode, à primeira vista, haver poucas ou nenhumas ligações entra a Delphi, a Yazaki Saltano e a Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC), mas se lembrarmos que entre as centenas de funcionários destas empresas que acabam de perder o seu emprego, se encontram alguns bombeiros, facilmente nos apercebemos de que esta é uma oportunidade de retribuir a quem se sacrificou pelo seu País e por quantos nele vivem.


Image Hosted by Imageshack
Fábrica da Yazaki Saltano

Numa altura em que a profissionalização do socorro está na ordem do dia, com a criação de equipas profissionais em diversos concelhos, a prioridade, por uma questão básica de justiça, deveria ser dada a quantos acabam de perder o emprego e necessitam, mais do que nunca, da solidariedade das instituições ou entidades que serviram.

Sugerimos, quer ao Governo, quer à ANPC, que avalie da possibilidade de contratar os bombeiros e outros voluntários que sempre deram o seu melhor ao serviço dos seus semelhantes e que agora necessitam de ajuda.

Google Earth 4.3


Image Hosted by Imageshack
Écran do Google Earth 4.3

Já está disponível para descarga a nova versão 4.3 do Google Earth, que inclui um interessante conjunto de novas caraterísticas que justificam o "upgrade".

Estão agora disponíveis visões foto realistas de edifícios e ruas de diversas cidades mundiais, a possibilidade de escolher a luz solar desde a madrugada ao por do Sol e navegar de forma directa desde o Espaço até ao nível do solo.


Image Hosted by Imageshack
Outro écran do Google Earth 4.3

No "site" do Google Earth encontram-se vídeos explicativos das novas características, diversos "add-ons" e um conjunto de informações complementares que incluem percursos, pontos de interesse e outras formas de valorizar o programa, a que se podem adicionar programas que permitem usar o GPS com a versão gratuita do programa.

Sendo gratuito, este é um "upgrade" que aconselhamos sobretudo devido às novas perspectivas e à maior defenição das imagens apresentadas.

quinta-feira, abril 17, 2008

Aplicação do Microsoft Maps informa sobre o trânsito


Image Hosted by ImageShack
Imagem obtida no Microsoft Maps

A Microsoft está a desenvolver uma aplicação que funciona sobre o seu sistema de mapas com o objectivo de fornecer informações sobre o trânsito e ajudar a estabelecer itinerários alternativos.

O ClearFlow tem sido desenvolvido ao longo dos últimos cinco anos e baseia-se no cruzamento de informações que são interpretadas por um mecanismo de inteligência artificial, os quais determinam em tempo real alterações de percurso de modo a evitar demoras no trânsito.

Esta aplicação baseia-se na Internet e será gratuita, estando ao dipor de quem usa os serviços do portal Live da Microsoft, cobrindo inicialmente as áreas de 72 cidades dos Estados Unidos, incluindo a rede viária dos seus arredores.

Espera-se que este sistema seja implementado noutros países e que a sua inteligência artificial seja compatível com o caos viário que se vive em Portugal o qual, naturalmente, escapa completamente à compreensão de quem use a lógica para resolver os problemas de circulação automóvel.

Protecção Civil está mais preparada do que nunca para enfrentar os fogos


Image Hosted by Imageshack
Formatura de canarinhos em Portalegre

O ministro da Administração Interna (MAI), Rui Pereira, assegurou que o País está "mais preparados do que nunca" para prevenir e combater os incêndios florestais que se esperam no próximo Verão.

Estas declarações foram feitas em Portalegre, durante a cerimónia de inauguração das novas instalações do Centro Distrital de Operações e Socorro (CDOS), orçadas em mais de 1.200.000 de euros, altura em que também foram entregues uma viatura de comando e de comunicações e uma tenda operacional.

O ministro apontou para a cooperação entre as várias entidades, que incluem forças de segurança, organizações de socorro, Forças Armadas e a própria sociedade civil, para além da uma coordenação política dependente da Secretaria de Estado da Protecção Civil e de uma estrutura de comando unificado sob a direcção da Autoridade Nacional de Protecção Civil.

Também os meios disponíveis, que incluem 56 aeronaves, 2.300 viaturas e 9.600 efectivos, são, para o titular do MAI, garantia da existência de recursos suficientes para enfrentar os incêndios florestais com maior sucesso do que em anos anteriores.

Estas declarações, que surgem na sequência da reduzida área ardida que se verificou no ano passado, têm um conteúdo de verdade, mas não a descrevem inteiramente, nomeadamente ao falar da prevenção, algo escassa, e na reflorestação, quase inexistente, e do número de meios que continuam a ser apresentados em função do número e não da sua capacidade.

Nunca houve um estudo que avalie quanto da redução de área ardida se deve ao progresso a nível do combate, já que em termos de prevenção e de ordenamento muito pouco se tem feito, e quanto é da responsabilidade do substancial aumento de barreiras resultantes da extensa área ardida, de alterações climáticas e de todos os factores que são incontroláveis.

Falta, sobretudo, perante a desertificação do Interior, explicar o que se pretende defender numa substancial parte do território nacional onde poucos habitantes resistem ao isolamento, ao desemprego e ao abandono, sublinhado pelo sucessivo encerramento de valências nas mais diversas áreas de serviços prestados pelo Estado.

quarta-feira, abril 16, 2008

Nova versão do Campsa disponível


Image Hosted by Imageshack
Écran de detecção do Campsa

A versão 4.04 do Campsa já está disponível para descarga no "site" do fabricante, tendo como diferença em relação à anterior a correcção de alguns erros existentes em dois ficheiros.

As principais alterações no Campsa verificaram-se da versão 3.X para a 4.0, tendo sido mencionadas num texto anterior, pelo que não são expectáveis novas funcionalidades ou inovações significativas.

Aconselhamos a desinstalar completamente a versão anterior e apagar o diretório ou pasta do programa antes de proceder à instalação da nova versão, dado que foi, para nós, a forma de evitar erros neste "upgrade" que vem compatibilizar o Campsa com algumas actualizações dos sistemas operativos.

Usar a versão mais recente deste ou de outros programas é, normalmente, um critério a seguir, dado que facilita a detecção de erros e aumenta a compatibilidade entre vários tipos de "software" que têm que coexistir e interagir, pelo que este é um "upgrade" que recomendamos.

Vai ser revisto o vínculo contratual dos canarinhos


Image Hosted by Imageshack
Elementos de uma equipa helitransportada

O Governo, através da Secretaria de Estado da Protecção Civil, pretende ultrapassar a indefenição contratual dos bombeiros das unidades heli-transportadas, habitualmente designados por "canarinhos", através da criação de um Centro de Recursos de Protecção Civil.

Os elementos destas equipas têm sido vítimas da actual indefenição, pois se em termos práticos dependem da Autoridade Nacional de Protecção Civil, o seu vínculo contratual é com associações de bombeiros, sendo que esta situação problemática poderá vir a extender-se a outros contratados para equipas de intervenção permanente.

Só no caso dos "canarinhos", está-se a falar de perto de 500 elementos a que virão adicionar-se os que foram contratados para as novas unidades, seja para uma nova companhia, seja para outros contratados, que, sendo profissionais, acabam por se ver envolvidos pelas dúvidas resultantes de um enquadramento legal inadequado.

O projecto de enquadramente envolverá também a Escola Nacional de Bombeiros, o Ministério da Administração Interna (MAI) e contará com a colaboração do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e Empresa, através de um protocolo com o MAI, esperando-se que o processo fique concluido até a final do ano.

A actual situação de muitos profissionais deste sector, e não apenas dos "canarinhos", deve ser revista com a brevidade possível, sobretudo quando se fala em profissionalizar o sector, de forma a que um conjunto de situações irregulares, como a nível de estatuto ou de descontos, seja defenitivamente ultrapassado.

Só através de uma clarificação e de condições adequadas e compensadoras será possível atrair novos elementos para uma actividade difícil, onde apenas uma formação constante, inerente ao maior profissionalismo, pode diminuir os riscos no seu desempenho.

terça-feira, abril 15, 2008

60 anos de Land Rover


Image Hosted by ImageShack
A origem: o modelo de condução central

Comemora-se o 60º aniversário da Land Rover, tendo várias revistas da especialidade publicado cadernos temáticos com a história da marca e características dos principais modelos.

Publicações como a Land francesa ou a Land Rover Owners inglesa, já disponíveis em Portugal, incluem suplementos comemorativos, enquanto outras promovem diversas iniciativas para assinalar este aniversário.

Aconselhamos os nossos leitores adeptos da marca a adquirir estas revistas com a brevidade possível, dado que as mesmas tenderão a esgotar-se rapidamente quer pelos suplementos incluidos, quer por, no caso da Land francesa, serem colecionáveis editados com diversas capas comemorativas.

Novas viaturas de bombeiros: corporações ou CDOS?


Image Hosted by Imageshack
Uma cerimónia de entrega de veículos

Este ano cinco corporações do distrito de Aveiro vão ser reforçadas com cinco novos veículos de combate a incêndios, adquiridos através de verbas comunitárias.

O anúncio foi feito pelo governador civil de Aveiro, Filipe Neto Brandão, durante o exercício de combate a fogos florestais "ECIF 2998", que decorreu em Vila Nova de Fusos, no concelho de Albergaria-a-Velha, e que mobilizou 250 bombeiros e perto de meia centena de viaturas.

O local foi escolhido devido a ser uma zona considerada perigosa, não obstante os trabalhos de prevenção que levaram à criação de barreiras de contenção de fogo e os fáceis acessos de que está dotada,

Neste exercício, que não incluiu quaiquer meios aéreos, estiveram presentes como observadores bombeiros franceses do departamento de Gironde, também compareceram responsáveis nacionais pelas operações de socorro e autoridades da região.

Apesar de uma provável contestação por parte das corporações, estes meios obtidos por via comunitária ou mesmo através da Autoridade Nacional da Protecção Civil deveriam ficar na dependência dos Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) que os dotaria com elementos profissionais ou, caso tal fosse a opção, os cederia a corporações que dispusessem de equipas permanentes, de acordo com as necessidades destas.

Somos favoráveis a que a profissionalização seja iniciada a nível distrital, onde ficariam concentrados parte dos meios mais pesados, sendo depois extensível às corporações, as quais poderiam também receber como reforço, de acordo com as necessidades, equipas de intervenção profissionais dependentes dos respectivos CDOS.

Continuar a apostar na profissionalização a começar pelas corporações, atribuindo-lhes os equipamentos adquiridos através de fundos públicos ou comunitários, em vez de os centralizar sob um comando distrital, com a capacidade de apoiar os bombeiros voluntários das corporações, corresponde a começar uma casa pelo telhado, sem construir os alicerces que servirão de base a um socorro profissinalizado.

segunda-feira, abril 14, 2008

Lâmpada com detector de movimentos no Lidl


Image Hosted by ImageShack
Lâmpada com detector de movimentos

As lâmpadas com detector de movimentos têm vindo a popularizar-se, dado permitirem, quando devidamente instaladas nos locais apropriados, como zonas de passagem, uma significativa poupança de energia.

O modelo proposto inclui 3 lâmpadas LED, de baixo consumo e de longa duração, e um sistema de detecção com temporizador, que liga e desliga automaticamente conforme haja ou não movimentos na zona em que for instalada.

Este sistema funciona com duas pilhas AAA, não incluídas e não carece de instalação eléctrica, bastando ser aparafusado no local pretendido, seja numa habitação ou no interior de um veículo.

Por 11.99 euros, a partir de hoje, dia 14 de Abril, este modelo de pequenas dimensões pode ser a solução para diversas aplicações, incluindo a segurança ou a prevenção de acidentes e passando pela substituição daquelas lâmpadas em locais de passagem que tendem a ficar ligadas muito para além do necessário.

TMN lança serviço de localização via GSM


Image Hosted by Imageshack
Um modelo de telemóvel para crianças

Está previsto para breve o lançamento de um serviço da TMN, destinado a particulares, que permite usar o telemóvel para efeitos de localização.

Apesar de o público alvo, segundo a operadora, ser permitir monitorar crianças, alertando os pais para quando estas se afastem de uma zona estabelecida, este meio de localização pode ser usado para outros fins e facilmente entrar em questões relacionadas com a violação de privacidade.

A localização via GSM já foi por diversas vezes abordada e é algo comum em diversos países, como os Estados Unidos ou a França, sendo de fácil implementação dado que usa um sistema de triangulação baseado no mapeamento de emissores e na avaliação da degradação do sinal transmitido e recebido.

Este é um serviço adicional, que pode ser desactivado a pedido do cliente, no qual não há intervenção humana e que pode fornecer informações importantes à polícia, caso possa ser acedida em tempo real, ou aos tribunais, se os registos forem mantidos por um periodo compatível com os da justiça portuguesa.

A estes serviços adicionam-se sistemas interactivos que informam o utilizador da proximidade de pontos de interesse ou permitem o seguimento do equipamento sobre mapas digitais, como o Google Maps.


Image Hosted by Imageshack
Seguimento de um percurso

Este serviço destina-se sobretudo a ambientes urbanos, onde o cruzamento de informação obtida através de diversas torres com antenas de GSM permitem uma triangulação bastante precisa, mas perde bastante da sua eficácia em zonas remotas, onde a cobertura é mais fraca ou obtida através de uma única antena.

Não obstante este condicionalismo, esta é uma das iniciativas mais interessantes que um operador móvel promove entre nós e pode vir a ter um impacto no aumento da segurança de quem use telemóvel ou, por exemplo, coloque um equipamento escondido na sua viatura, de modo a permitir a sua localização e seguimento.

Esta é uma experiência que aconselhamos a quem se desloque essencialmente em zonas urbanas e pretenda testar um sistema de seguimento, sendo que alguns dos que recomendamos, que incluem um módulo GPS e GSM, podem assim fornecer informação usando os dois métodos, o que os torna francamente mais precisos e fiáveis.

domingo, abril 13, 2008

Webcam de 6 mega pixels


Image Hosted by ImageShack
Webcam de 6 mega pixels

A evolução das "webcams" ao longo dos últimos anos tem sido impressionante, sobretudo se tivermos em conta a descida de preços e as novas possbilidades que oferecem.

Se há poucos anos resoluções da ordem dos 320x240 pixels eram a norma, hoje câmaras com até 6 mega pixels para imagens estáticas e 1280x1024 para imagens dinâmicas podem ser obtidas por preços na ordem dos 15 a 20 euros.

O modelo que hoje apresentamos pode ser instalada sem "drivers" ou controladores adicionais nos mais recentes sistemas operativos da Microsoft e funciona com os programas mais populares de mensagens instantâneas, como o Messenger, o Skype, o Yahoo, entre outros, tirando partido das cada vez mais altas velocidades de acesso à Internet.

Para além do sensor CMOS de alta resolução, com focagem de 5 cm a infinito, este modelo inclui "leds" de iluminação, activos em caso de baixa luminosidade, microfone incorporado, sistema de "snapshot", que permite capturar imagens e um suporte rotativo de 360º.

Dado que permite transmitir imagens dinâmicas até 1280x1024, implementa um sistema de compressão de imagem, para além de efetuar um ajuste automático em função da iluminação e do brilho.

Este modelo suporta os sistemas operativos Windows XP com Service Pack 2 ou o Windows Vista, podendo ser utilizada em computadores com processadores de 200 MHz ou superior e com portas USB que, para tirar partido da velocidade de transmissão da câmara, devem seguir a norma 2.0 deste "interface".

As câmaras com alta resolução podem, com vantagem, ser também utilizadas com alguns dos programas de vigilância, como o Campsa que aqui apresentamos, mas deve-se ter em atenção que o espaço ocupado em disco pelas imagens armazenadas é muito superior ao resultante de resoluções mais baixas.

A flexibilidade deste tipo de equipamento permite, inclusivé, substituir uma câmara digital em situações nas quais esta possa estar ligada a um computador, sendo que os resultados obtidos em conversações "on-line" quando uma ligação de alta velocidade esteja disponível são francamente positivos.

Mesmo sabendo que existem modelos mais baratos, na ordem da dezena de euros, os cinco euros adicionais que se paga por uma câmara mais evoluida são francamente compensadores, dado que esta oferece uma muito maior flexibilidade de utilização resultante da melhor qualidade das imagens obtidas.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin