sábado, dezembro 03, 2016

Lisboa, cidade fechada - 19ª parte

Da completa ausência da Polícia, salvo junto dos estabelecimentos de ensino, bem como de fiscalização por parte da EMEL, que se limita a vir recolher as moedas que alguns ingénuos vão depositando nos parquímetros, tem resultado um completo caos no trânsito, com viaturas a percorrer as ruas em sentido contrário, sucedendo-se os pequenos acidentes, como resultado destas trajetórias e de estacionamentos em locais indevidos.

Com as faixas de rodagem demasiado estreitas e cruzamento de veículos em sentidos opostos em vias de sentido único, a opção de subir os passeios, como forma de ceder passagem, por vezes embatendo em viaturas estacionadas, é cada vez mais frequente, com os danos a avolumerem-se, resultando em prejuízos substanciais para os proprietários que, naturalmente, não são alertados por quem, no momento do acidente, circula em sentido contrário ao permitido.

Os passeios são demasiado baixos para servir de aviso para trajectórias incorrectas e vias muito estreitas, pelo que a segurança dos peões é escassa, facto tanto mais de lamentar quando tal ocorre em redor de um conjunto de estabelecimentos de ensino que inclui uma escola do primeiro ciclo, onde que a presença de crianças e jovens, sempre vulneráveis, é permanente.

É de notar que as falhas na sinalização, como a ausência de sinais de sentido proíbido ou de obrigatoriedade de virar numa dada direcção, agrava o problema, sendo perfeitamente possível entrar numa rua em sentido contrário sem que nenhum sinal alerte para o que, para além de uma infração grave, é uma manobra perigosa e da qual podem resultar consequências graves.

sexta-feira, dezembro 02, 2016

Algumas alternativas para veículos no centro de Lisboa - 7ª parte

A "Borrachas Berna" é uma das mais antigos e conhecidos estabelecimentos comerciais em Lisboa dedicado à comercialização de artigos em borracha, destinados essencialmente a viaturas, mas onde se podem encontrar igualmente diversos tipos de produtos mais genéricos e de utilização quase universal.

A grande variedade de produtos que vai desde as mais diversas tubagens, passando por palas para os pneus, até diversos tipos de juntas, permitiu-nos encontrar, com entrega imediata, algumas peças de que necessitavamos na altura, entre elas tubagens para modelos de viaturas antigos, que dificilmente a própria marca fornece e, caso o faça, cobrando preços bastante mais elevados.

Entre exemplos de peças adquiridas encontram-se tubagens do circuito de refrigeração de um Land Rover Serie, as palas do Defender, de um modelo genérico para ser cortado de acordo com o pretendido, ou paineis de borracha para serem recortados, dando origem a diversos tipos de juntas muito específicas, que não se podem encontrar com as características exactas que se pretendia.

Não sendo uma oficina, a "Borrachas Berna" é um estabelecimento que consideramos essencial para quem efectua reparações ou manutenção e necessita de produtos em borracha, tendo instalações em Lisboa, na avenida que lhe dá o nome, constituindo uma referência para várias gerações, sendo ainda hoje difícil de encontrar quem rivalize em variedade.

quinta-feira, dezembro 01, 2016

Rádio com suporte para câmara de marcha atrás - 1ª parte

Os rádios com écran que permite visualizar imagens, sobretudo os que são compatíveis com câmaras de marcha atrás, têm ganho popularidade crescente, sendo uma opção a ter em conta sobretudo em veículos que oferecem uma menor visibilidade para a rectaguarda, revelando-se bastante úteis em diversas manobras.

Este modelo suporta os normais suportes de 1 DIN, tendo um écran TDT de 4.1" num formato de 16:9, de alta resolução, o que permite, para além de uma navegação muito simples nos menus de operação e configuração, visualizar vídeos com uma qualidade aceitável.

A entrada de vídeo inverte a imagem, destinando-se a visualizar as imagens provenientes de uma câmara de marcha atrás, estando ainda disponível uma saída RCA AC para um dispositivo externo, como um monitor adicional, de maiores dimensões.

Um conector AUX destina-se a ligar dispositivos como MP3, telefones móveis, ou similares, suportando a entrada de sinal áudio, sendo ainda suportados cartões de memória SD, bem como dispositivos de memória USB, podendo este conector servir igualmente para carregar dispositivos, como telefones móveis ou GPS, desde que suportem alimentação via conector USB.

quarta-feira, novembro 30, 2016

O BaoFeng DM-5R - 2ª parte

O DM-5R vem de fábrica com suporte para Tier 1, mas permite ser actualizado, tal como acontece com outros equipamentos do fabricante, para a norma Tier 2, recorrendo a um conjunto de "software" e um cabo de ligação a um computador pessoal, num processo simples mas que, tal como todos os "upgrades" de "firmware", tem os seus riscos.

Os mais interessados neste modelo, que já está disponível para encomenda, já podem descarregar o "software" de programação, cuja "password" de descompactação é 123456, e o manual de utilização, em formato PDF, onde podem ser estudadas e analisadas as funcionalidades implementadas no DM-5R, o que permite avaliar previamente este rádio e aferir da sua adequação à utilização pretendida.

Para além do rádio, o conjunto inclui a bateria de 2000 mAh, o carregador e respectivo transformador, a antena de ganho duplo, um auricular, um "clip" para cinto, uma correia para pulso e o manual de utilizador, sendo compatível com diversos acessórios do fabricante, disponíveis para outros modelos, aconselhando-se a adquirir o cabo que permite configurá-lo a partir de um computador pessoal, única forma de aceder a funções mais avançadas.

Com apenas 110 x 52 x 32 milímetros, capaz de operar entre os -20º e os +50º, o DM-5R é um exemplo do que a próxima geração de rádios portáteis pode trazer, aliando baixo preço, facilidade de transporte e um conjunto de funcionalidades interessante, que certamente, tal como aconteceu com o seu antecessor, o tornará num favorito e, possivelmente, num líder da sua classe.

terça-feira, novembro 29, 2016

O "Speedo Healer" da Britpart

Ao contrário de modelos mais antigos, o conta quilómetros dos Defender Td5 e posteriores é electrónico, pelo que o seu acerto, em caso de mudança de pneus ou de relação de transmissão, não pode ser efectuado de forma mecânica, obrigando à instalação de um dispositivo de correcção electrónico.

Proposto pela Britpart, o "Speedo Healer" é um dispositivo electrónico que intercepta os pulsos provenientes dos sensores e permite o seu reenvio depois de introduzida uma correcção, tanto no sentido do aumento, como da diminuição da sua frequência, de modo a que a velocidade seja traduzida de forma correcta no velocímetro.

Atrás do travão de mão dos Defender mais recentes existe um conector triplo onde será efectuada a montagem do "Speedo Healer", que é regulado através de dois botões, um para subir e outro para descer a velocidade, podendo a mesma ser acertada com recurso a um GPS, um "Terratrip" ou percorrendo um percurso marcado para o efeito.

O preço do DA1343, a referência do "Speedo Healer" no catálogo da Britpart, pode ser solicitado junto deste fornecedor, tendo os proprietários dos Defender mais recentes uma nova possibilidade de proceder à correcção do velocímetro, algo essencial para homologar pneus de maiores dimensões, evitando disparidades que levam a uma recusa do processo de homologação.

segunda-feira, novembro 28, 2016

O BaoFeng DM-5R - 1ª parte

A BaoFeng, um fabricante de rádios conhecida, em grande parte, graças ao seu UV-5R, anunciou um novo modelo digital, com suporte para Tier 1 e possibilidade de "upgrade" por "software" para Tier 2, permitindo assim o acesso a novas funcionalidades.

Com um preço anunciado que ronda os 60 Euros, que oscilará em função do mercado e das habituais reduções quando o modelo se populariza, o novo BaoFeng DM-5R, surge como o rádio digital mais barato do segmento, sem com isso deixar de possuir um conjunto de funcionalidades interessantes e que o tornam particularmente apto para diversas missões.

Este rádio de duas vias, capaz de operar em condições meteorológicas adversas, tem 128 canais, uma bateria de 2000 mAh, que permite 30 horas de "stand by", écran de LCD, uma antena de 21 centímetros e opera nas bandas de VHF, entre os 136 e os 174 MHz e em UHF entre os 400 e 480 MHz.

As funções habituais, como comunicação individual e em grupo, detecção de "walkie talkie", pesquisa de bandas, selecção entre bandas larga e estreita, CTCSS/DCS, entre outras, estão presentes, mas acresce a qualidade de som digital e a possibilidade de encriptação, que torna a ligação muito mais segura.

domingo, novembro 27, 2016

Qualidade é entregar 95% das cartas nos 3 dias úteis seguintes ao envio

O recurso a novas tecnologias e a sua actual difusão tem um impacto substancial nas formas de comunicação, com o correio convencional a sofrer uma perda de mercado nalguns segmentos, como o envio de correspondência, mas com um efeito positivo, como resultado da globalização, noutras áreas, como o transporte de encomendas.

Numa entrevista recente, o presidente dos CTT vangloriou-se do facto de 95% da correspondência normal, portanto excluindo correio azul, expresso ou serviços similares, ser entregue nos 3 dias úteis seguintes ao envio o que significa que uma carta colocada no correio a uma 2ª feira e entregue na 5ª seguinte está dentro dos parâmetros de qualidade dos correios, algo que não sucede com um em cada vinte envios.

Longe vai o tempo em que uma carta, e na altura nem existia correio azul, era entregue no dia seguinte, mesmo ao sábado, nos locais mais remotos, independentemente da sua proveniência, sem acréscimo no preço para pagar um serviço especial, e sem que tal fosse considerado mais do que o dever de uma instituição como contrapartida da confiança depositada pelos seus clientes.

Hoje, tudo mudou nos CTT, em muitos casos para pior, com atrasos incompatíveis com as necessidades dos clientes, particularmente acentuados nas épocas natalícia e em períodos de férias, pelo que sugerimos a quem pretenda utilizar os serviços desta empresa, que antecipe substancialmente o envio de correspondência e encomendas que pretenda cheguem antes do Natal.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin