domingo, novembro 27, 2016

Qualidade é entregar 95% das cartas nos 3 dias úteis seguintes ao envio

O recurso a novas tecnologias e a sua actual difusão tem um impacto substancial nas formas de comunicação, com o correio convencional a sofrer uma perda de mercado nalguns segmentos, como o envio de correspondência, mas com um efeito positivo, como resultado da globalização, noutras áreas, como o transporte de encomendas.

Numa entrevista recente, o presidente dos CTT vangloriou-se do facto de 95% da correspondência normal, portanto excluindo correio azul, expresso ou serviços similares, ser entregue nos 3 dias úteis seguintes ao envio o que significa que uma carta colocada no correio a uma 2ª feira e entregue na 5ª seguinte está dentro dos parâmetros de qualidade dos correios, algo que não sucede com um em cada vinte envios.

Longe vai o tempo em que uma carta, e na altura nem existia correio azul, era entregue no dia seguinte, mesmo ao sábado, nos locais mais remotos, independentemente da sua proveniência, sem acréscimo no preço para pagar um serviço especial, e sem que tal fosse considerado mais do que o dever de uma instituição como contrapartida da confiança depositada pelos seus clientes.

Hoje, tudo mudou nos CTT, em muitos casos para pior, com atrasos incompatíveis com as necessidades dos clientes, particularmente acentuados nas épocas natalícia e em períodos de férias, pelo que sugerimos a quem pretenda utilizar os serviços desta empresa, que antecipe substancialmente o envio de correspondência e encomendas que pretenda cheguem antes do Natal.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin