sábado, maio 21, 2011

Chapas de identificação militares

Image Hosted by ImageShack
Chapas de identificação militares

Já não é a primeira vez que mencionamos neste "blog" as "dog-tags" ou chapas de identificação militares, mas o facto de sermos contactados com alguma frequência acerca dos locais onde estas podem ser adquiridas leva-nos a voltar ao assunto.

Estão disponíveis quatro modelos, incluindo aqueles que são utilizados actualmente, em aço, que pode ser pintado de negro, em cobre, tal como usado pela Marinha, ou no estilo usado durante a 2ª Guerra Mundial.

Podem ser gravadas até cinco linhas de texto, através de um sistema de prensagem, e cada conjunto de inclui as correntes, uma de 60 e outra de 12 cm e silenciadores, de cor à escolha,

O preço ronda os sete Euros e meio, incluindo portes a partir de Inglaterra e é válido para qualquer dos modelos disponibilizados pelo vendedor, sendo de esperar que cheguem em pouco menos de uma semana a qualquer destino na Europa.

sexta-feira, maio 20, 2011

O Defender 90 da Majorette

Image Hosted by ImageShack
O Defender 90 da Majorette

Não é propriamente uma miniatura, destinando-se sobretudo a brincar e faltando numerosos detalhes, mas sendo um dos raros Defender 90 no mercado, o modelo produzido pela Majorette merece, pelo menos, uma menção.

Feita na escala da embalagem, com 65 mm de comprimento, o que se traduz em perto de 1/62, este é um modelo simplificado, com jantes desproporcionadamente grandes, comuns a muitas miniaturas produzidas pela Majorette, sendo omitidos a maioria dos detalhes, com excepção dos mais relevantes.

Em contrapartida, a carroçaria está bem feita e com uma pintura de qualidade, num azul escuro semelhante ao usado pelos Defender reais, encimada por um sistema de iluminação que lembra os veículos da polícia e com uma porta traseira com pneu sobressalente que pode ser aberta.

Este modelo pode-se encontrar à venda em supermercados, papelarias e lojas de brinquedos por um preço inferior ao Euro e meio, pelo que, não sendo particularmente adequado a uma colecção, é uma recordação de baixo preço a ter em conta para os adeptos da marca.

Começou a "Fase Bravo" com menos efectivos - 3ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um fogo florestal em Portugal

No entanto, mais do que o possível aumento da área ardida e os prejuizos resultantes, preocupa-nos o risco resultante para os efectivos que, em terra, tentarão dominar as frentes de incêndio em locais menos acessíveis e podem vir a ser encurralados pelas chamas, situação que tende a resultar em tragédia.

Agrava o problema a diminuição de verbas atribuidas às corporações, pelo que o nível de operacionalidade, e mesmo de manutenção de alguns meios, pode aumentar o risco sempre presente em cada missão, com uma maior possibilidade de falhas nos equipamentos, sobretudo naqueles que estão sujeitos a maiores desgastes.

A redução de meios aéreos pode ter consequências difíceis de prever, mas será intuitivo que a sua conjugação com as condições no terreno e a meteorologia, e lembramos que se tem verificado um aquecimento ao longo dos últimos anos, devia ter levado a uma menor diminuição no número de efectivos aéreos.

Esta é uma questão particularmente preocupante, que deverá ser acompanhada com especial atenção, de forma a serem adoptadas medidas preventivas, que incluam desde a revisão de tácticas e procedimentos até ao reforço de meios, de forma a manter a eficácia do dispositivo e níveis de segurança tão altos quanto possíveis.

quinta-feira, maio 19, 2011

Mais alguns suportes para jerry-cans - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um suporte quadruplo para jerry-cans

Os preços começam nas 40 libras para o modelo de um único "jerry can" de 20 litros passando para as 70 no caso do suporte duplo, sendo estes equipamentos feitos de acordo com as especificações do cliente, pelo que existe uma notável flexibilidade em termos do produto final.

Menos sofisticado do que os modelos da LandyRax, mas igualmente funcional e que pode servir de base a um projecto próprio, existe uma versão para 4 "jerry cans" de 20 litros destinada a ser colocada no interior de um veículo e que inclui um sistema que evita a abertura dos reservatórios.

De construção muito simples e resistente, feito em ferro, este modelo é relativamente pouco sofisticado, não evita algum chocalhar, nem os ruidos parasitas do contacto de um "jerry can" contra outro, e a forma de abertura é pouco prática, sendo efectuada através de um tubo metálico que é necessário retirar, mas cumpre os objectivos e pode ser facilmente construido.

Quem pretenda um destes últimos suportes, pagará perto de 50 a 60 libras, mas o objectivo da sua inclusão é essencialmente a de fornecer mais um modelo que sirva de base a projectos feitos pelos nossos leitores, pelo que o valor comercial aqui pouco importa.

Começou a "Fase Bravo" com menos efectivos - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um fogo florestal em Portugal

Nota-se que a redução é desproporcionada, incidindo sobretudo sobre os dispendiosos meios aéreos, enquanto a nível terrestre, indiciando que o seu custo é bem menor, e aqui temos que incluir quem combate as chamas, o decréscimo é pouco significativo, obrigando, naturalmente, a reequacionar as tácticas a usar.

Esta diminuição no número de meios aéreos é, manifestamente preocupante, sobretudo se atentarmos ao facto de o número de zonas inacessíveis, ou quase, tem vindo a aumentar, como resultado do abandono das terras, mas também dos sucessivos obstáculos à circulação, os quais incidem sobretudo nas áreas protegidas.

Têm sido cada vez mais numerosas as situações em que apenas a intervenção aérea permitiu controlar as chamas, pelo que a sua drástica diminuição, por muito eficaz que seja a gestão, não pode deixar de ter repercussões negativas.

Tendo em conta o empenho dos meios aéreos nos últimos anos, sobretudo quando actuaram em áreas protegidas, uma redução de 34 para 24 aeronaves durante a "Fase Bravo" excede em muito o que se pode obter por qualquer de gestão ou organização, dado que o número de efectivos em operações um dado momento ultrapassa o actualmente disponível.

quarta-feira, maio 18, 2011

Mais alguns suportes para jerry-cans - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um suporte duplo para jerry-cans

Já apresentamos diversos modelos de suportes para "jerry cans", mais ou menos sofisticados, alguns dos quais destinados a múltiplas unidades, e com preços de venda bastante diferenciados, mas o aparecimento de novas opções leva-nos a voltar a este assunto.

A LandyRax é uma empresa inglesa que produz diversos produtos, entre os quais grades de tejadilhos, diversos tipos de barras e suportes para "jerry cans", em modelos capazes de acondicionar 1, 2 e 4 unidades de 10 ou 20 litros.

Estes suportes protegem integralmente os "jerry cans", que ficam com uma estrutura tubolar em metal em redor, incluindo um revestimento em borracha no interior, de modo a evitar trepidações ou vibrações excessivas.

A parte superior do suporte pode ser facilmente removida quando não esteja a acomodar "jerry cans", de forma a diminuir o perfil do veículo, caso instalado no tejadilho, ou a aumentar o espaço disponível no interior do mesmo, quando aí colocado.

Começou a "Fase Bravo" com menos efectivos - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um fogo florestal em Portugal

A "Fase Bravo" de combate aos incêndios florestais começou no domingo passado e prolonga-se até 30 de Junho, tendo-se verificado uma ligeira diminuição dos meios envolvidos, que passaram de 6.651 efectivos, 1.528 veículos e 34 meios aéreos para 6.438 elementos, 1.476 veículos e 24 meios aéreos.

Esta informação da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), que descreve o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais na Fase Bravo, descrimina que neste estão incluidos 2.411 bombeiros, 242 efectivos da Força Especial de Bombeiros ou Canarinhos, 654 proveninentes do Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro (GIPS) da Guarda Nacional Republicana (GNR), 939 elementos do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA), igualmente da da GNR, 219 elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP), 1.560 elementos da Autoridade Florestal Nacional (AFN), 158 elementos do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) e 45 sapadores florestais da associação de produtores florestais AFOCELCA.

Estão ainda activos os 70 posto de vigia, e quase uma centena e meia de militares do Exército, o que corresponde a uma redução face aos 240 efectivos que, em média, este ramo das Forças Armadas disponibilizavam diariamente.

É exactamente no apoio do Exército, a braços com dificuldades financeiras, e, sobretudo, na enorme diminuição do número de aeronaves, que se sente uma maior redução de de meios, com as consequências na eficácia do dispositivo a serem difíceis de prever.

terça-feira, maio 17, 2011

Google fornece alojamento para músicas pessoais

Image Hosted by Imageshack
O logo do Google Music

O Google está a disponibilizar um sistema de alojamento para músicas dos seus utilizadores, inicialmente apenas por convite, nos seus próprios servidores, permitindo que estes constituam as suas próprias livrarias "on line".

O sistema requer Java, sendo compatível com a maioria das plataformas, incluindo o "Android" nas versões 2.2 e superior, os quais poderão aceder às suas livrarias mesmo quando "off line", estando disponível para sistemas baseados em Windows e Linux.

O Google vem assim lançar um serviço que compete com outros já existentes, como o da Amazon, mas que integra um universo muito mais vasto e potenciado por um conjunto de ofertas que se complementam, pelo que será de esperar que este venha a dominar o seu segmento de mercado.

ANSR lança campanha contra acidentes com tractores - 2ª parte

Image Hosted by Imageshack
Acidente com tractor em Portugal

Infelizmente, é frequente ver tractores sem as cabines e sem os arcos de segurança, alegadamente porque diminuem a visibilidade, limitarem os movimentos ou dificultarem o acesso durante as entradas e saídas do veículo, que se deslocam em terreno irregular, onde facilmente um veículo se vira.

Sem protecção adequada, um grande número de vítimas resulta do capotamento destes veículos, com o ocupante a ficar esmagado, mas também por ser projectado contra obstáculos ou objectos contundentes, situação que se agrava devido aos locais remotos onde muitos acidentes acontecem.

Sem ajuda por perto, muitas vezes sem possibilidade de pedir socorro, seja por questões resultantes directamente do acidente, seja pela falta de cobertura da rede móvel, mesmo acidentes de menor gravidade podem revelar-se fatais dada a demora na chegada de auxílio.

Para além da campanha, será de insistir na fiscalização, tal como acontece com outros tipos de veículos motorizados, impondo o respeito por um conjunto de normas de segurança e impedindo o uso dos modelos desprovidos de cabines e arcos, sobretudo no caso em que este existem de origem e são removidos pelos proprietários, situação tão frequente quanto condenável.

segunda-feira, maio 16, 2011

Alterações na suspensão do Defender - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
As molas dianteiras "heavy duty" +2" da Bearmach

Após perto de um ano com uma suspensão que inclui amortecedores Terrafirma +2" em conjunto com molas "Police Spec", às quais foram adicionados um par de "rubber isolators" por mola, concluimos que esta não era a combinação adequada para o uso que fazemos do Defender.

O principal problema reside na suspensão dianteira, com molas demasiado moles, que tornam o Defender pouco eficaz em estrada, situação pouco tolerável dado que este todo o terreno é também o veículo de uso diário, necessitando de um compromisso diferente daquele que resulta da utilização das "Police Spec", pelo que decidimos substituir as molas por uma mais duras.

Por uma questão de preço, dado que foi possível efectuar a aquisição a um preço muito favorável, optamos pelas molas azuis "heavy duty" +2" da Bearmach, mantendo os amortecedores e os "rubber isolators" que, para além de subir um pouco o veículo, melhoram o comportamento e reduzem eventuais ruidos resultantes do contacto entre metal.

Em termos efectivos, após algum tempo de uso, é normal que os 5 cm anunciados pelo fabricante se reduzam a perto de 4, onde estabilizam, pelo que os "rubber isolators" irão também compensar esta alteração da altura das molas, mantendo a altura que pretendemos desde o início.

ANSR lança campanha contra acidentes com tractores - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
Acidente com tractor em Portugal

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) anunciou uma campanha de segurança rodoviária destinada a prevenir acidentes com tractores agrícolas, uma ocorrência que se tem verificado com alguma frequência.

Esta será a segunda de uma série de seis campanhas previstas que a ANSR vai efectuar em 2011 e que contam com a colaboração de cartoonistas e ilustradores portugueses, com Pedro Ribeiro Ferreira a suceder a Luís Afonso, responsável pelas ilustrações dos conselhos destinados aos mais idosos.

A ANSR, em parceria com o Governo Civil de Santarém, apresentará a campanha esta segunda-feira, dia, 16, pelas 15:00.

Os acidentes com tractores têm provocado ferimentos graves e mesmo mortais em diversas ocasiões, resultando de uma combinação de factores que a remoção de cabines ou arcos de segurança potencia, eliminando a protecção dos ocupantes.

domingo, maio 15, 2011

Microsoft compra o Skype - 2ª parte

Image Hosted by Imageshack
Um Skypephone recente

Se estes serviços e equipamentos seriam um valor acrescentado interessante para o Google e para o Facebook, sê-lo-ão menos para a Microsoft, não obstante representarem um valor acrescentado para esta empresa, ficando a impressão de que esta aquisição se deveu, em grande parte, para vedar à concorrência o acesso a esta tecnologia e aos numerosos clientes do Skype.

Fica a questão se o objectivo é o de manter a empresa, de forma autónoma, se integrar a tecnologia em productos da Microsoft, como o Messenger, dar origem a um produto completamente novo, baseado na síntese das tecnologias provenientes das duas plataformas ou os 600.000.000 de utilizadores do Skype, dos quais muitos serão partilhados com a Microsoft.

Independentemente dos números, o alto valor atingido pelo Skype demonstra o interesse dos principais protagonistas do sector das tecnologias de informação nos sistemas de comunicação de voz e imagem sobre redes de banda larga e a importância dada à tecnologia e ao "know how", que valorizam uma empresa muito acima do espectável.
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin