sábado, dezembro 12, 2015

Capas para assentos Tirol - 1ª parte

O desgaste nos forros dos assentos de um todo o terreno é quase tradicional, sendo soluções típicas substituí-los, caso haja problemas estruturais, forrá-los de novo, dispendioso, mas que pode repor um assento como novo ou adquirir uma capa, talvez a solução mais prática e aquela que se apresenta como mais flexível.

Recorrer a uma capa, ou conjunto, tem um valor módico, mas esta tem que ser escolhida com cuidado, de modo a que o ajuste seja adequado, evitando que deslize com facilidade, o que implica possuir molas de fixação e a dimensão certa, mesmo que recorrendo a alguma elasticidade do tecido, o qual deve ser ligeiramente almofadado e, sobretudo, respirável, evitando o acumular de transpiração.

No caso das capas da Tirol, um dos numerosos fabricantes provenientes da Ásia, o tecido é composto por um misto de 63% de poliéster, a que acrescem outros 15% de poliéster não interlaçado e 22% de esponja, que amortece e compensa algum desgaste do forro original, sendo igualmente transpirável, resultando num material leve que permite manter o peso perto das 200 gramas para cada assento.

A instalação é extremamente simples, bastando envolver o assento com a capa, procedendo aos sempre necessários ajustes, e fazendo passar a extensão para fixação entre as costas e base do assendo, recorrendo-se aos pequenos "clips" incluidos para fixar correctamente a capa, que é compatível com a maioria dos assentos com encosto de cabeça.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin