segunda-feira, fevereiro 23, 2015

Gravação de percursos via telemóvel na prática - 3ª parte

Para efeitos de comparação com o "DailyRoads Voyager" decidimos instalar o "Road Recorder", igualmente disponível em versão livre e paga, e que tem características semelhantes, nomeadamente em termos de operação, mas que implementa funcionalidades complementares de forma díspar, nomeadamente a nível da partilha e exportação.

Uma das alterações, a nível da imagem, deve-se ao facto de termos recorrido a um suporte diferente, fixo na janela lateral, mas um dos factores diferenciadores é a exportação do trajecto em formato GPX, um "standard" para troca de informação entre GPS, e que pode ser importado directamente para diversos equipamentos, ou através do Google Earth, onde o trajecto fica visível, tal como recorrendo ao KML, específico deste programa e que usamos na imagem que consta deste texto.

É de salientar que o "Road Recorder" existe em versão livre e paga para Android, mas também tem um complemento para ambientes Windows, nas versões 7 e superior, o que permite visualizar os dados recolhidos em computadores portáteis, onde a capacidade de apresentação tende a ser francamente superior do que nos écrans dos telemóveis, obtendo-se um conjunto gráfico mais interessante e explicito.

No menú de visualização, para além de seguir o trajecto em termos visuais e sobre o mapa, é possível partilhar, enviando o ficheiro para o Google Drive, o Youtube ou via correio electrónico, sendo a exportação em XML ou GPX efectuada durante o processo de visualização, altura em que o Google Maps está activo e suporta a aplicação.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin