quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Gravação de percursos via telemóvel na prática - 4ª parte

Tal como acontece com outros programas semelhantes, a gestão do armazenamento do equipamento é fundamental, pelo que, para quem usa as versões mais recentes de Android, é necessário ter acesso à "root", recorrendo a um dos métodos que mencionamos previamente, e dispor de um explorador de ficheiros que revele as pastas que dessa formam ficam visíveis, sem o que existirão demasiadas limitações ao uso deste tipo de solução.

Um explorador que aconselhamos para equipamentos Android, por ser gratuito, de uso fácil e implementar as funcionalidades de que necessitamos, incluindo navegar pela "root" e partilhar facilmente ficheiros em diversas plataformas, é o "ES File Explorer Manager", que, no caso do "Road Recorder", caso este não tenha sido configurado para usar uma área de armazenamento mais acessível, mas igualmente mais necessária para outras funções, é essencial para enviar os ficheiros exportados pelo programa.

É igualmente aconselhável dispor de um bom suporte, adaptado à viatura utilizada, de forma a que possa ser fixo num local que permita uma boa estabilidade e tenha o campo de visão adequado, bem como uma forma de alimentar o equipamento, eventualmente com um adaptador USB com a amperagem adequada colocado na tomada de isqueiro.

Existem muitos outros programas destinados ao mesmo fim, mas, pelo que temos verificado, obedecem ao mesmo conceito, recorrendo a rotinas nativas para a gravação de imagem e vídeo, podendo ou não incluir som, e adicionando a informação proveniente do GPS do equipamento que irá ser visualizada via Google Earth ou Google Maps, podendo compor um ambiente onde este conjunto de informação seja integrada.
Enviar um comentário