quarta-feira, abril 17, 2013

O "smartphone" Runbo X5 - 2ª parte

Image Hosted by Google um "smartphone" Runbo X5

Desta forma, temos um misto de telemóvel, que opera nas frequências universais, aliadas a um "walkie talkie", com frequências compatíveis com as utilizadas pelos PMR, que operam nos 446 MHz, em UHF, mas que abrange ainda as frequências amadoras entre os 430 e os 440 MHz.

Mais estranho, mas admitamos que possa ter interesse para alguns mercados, é a operação nas frequências de 457 a 464 MHz, que são destinadas, essencialmente, a operadores nas áreas da energía, gás, água e outros prestadores deste tipo de serviços, interrogando-nos se este "smartphone" não terá sido pensado para fins industriais.

Se bem que interessante, o facto de utilizar este conjunto de frequências, compatíveis com rádios CB que implicam licença, pode levantar algumas questões quanto à utilização do Runbo X5, sendo aconselhável verificar se o seu uso implica pedir esclarecimentos ou licença junto da ANACOM, como autoridade reguladora do sector.

No entanto, este acréscimo de flexibilidade, compatibilizando o Runbo com uma larga gama de rádios, que incluem um grande número de CBs presentes nos veículos todo o terreno, representa, para quem recorrer a esta funcionalidade, um valor acrescentado interessante, mesmo tendo em conta o curto alcance de operação, que se cifra nos 5 km.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin