terça-feira, janeiro 19, 2016

Alguns programas para manipulação de fotos - 3ª parte

Habitualmente o segundo passo é o equilíbrio de cores e luminosiades, e, caso seja necessário efectuar alterações, estas são feitas dentro do "IrfanView", onde o equilíbrio é muito fácil de obter, bastando deslizar um pequeno cursor e vendo-se imediatamente qual o resultado, sendo, naturalmente, aconselhável ganhar alguma prática e ir gravando os passos intermédios para o caso de se optar por revertê-los.

O "FotoCanvas", uma muito antiga versão 2.0, apenas costuma ser usado caso algum dos filtros de "blur" sejam necessários, o que acontece quando se pretende esbater uma zona limitada, como parte do fundo, fundindo alguns elementos, amenizando curvas ou contrastes ou suavizando algunmas formas, sendo de uso pouco frequente face às nossas necessidades.

A fase final, caso seja esta a opção, pode ser a aplicação de um filtro, para o que recorremos ao "Fotor", que possui uma galeria interessante e variada, podendo dar a uma foto um aspecto completamente diferente, dando-lhe uma aparência mais antiga, como que proveniente de uma câmara analógica, ou criando um ambiente completamente diferente, mudando de uma só vez, e na graduação pretendida, todo um conjunto de factores.

Tendemos a utilizar este conjunto de programas, por vezes mais do que uma vez em cada foto, caso seja necessário um maior número de passos e a sequência destes implique o recurso a funcionalidades em programas diferentes, mas estamos certos de que, para quem invista na aprendizagem em profundidade de um único programa com maior potencial, o número de passos diminua substancialmente.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin