terça-feira, maio 30, 2017

ELM327 tem versão 2.2 - 2ª parte

Em contrapartida, estas alterações, tal como aquelas que se encontram em versões intermédias, podem ser relevantes para quem tenha enfrentado dificuldades sobretudo a nível de conexão via ODB2, situação em que poderão ter melhores resultados com a nova versão, sendo sempre de efectuar testes antes da aquisição, aferindo se vem resolver algum dos problemas existentes.

É de notar que muitos poucos ELM327 disponíveis no mercado são da versão 2.2, sendo certo que, dado que o "chip" original é vendido por 15 dólares para uma aquisição de 1.000 unidades, os modelos mais baratos certamente nunca poderão ter o integrado original na versão mais recente, tal como nunca são originais os 1.5, versão nunca produzida por quem projectou este tipo de integrado, pelo que todos os anunciados como 1.5 são cópias de diversas proveniências.

Relativamente à célebre questão quanto à compatibilidade entre os motores Td5 e o ELM327, por enquanto, nada podemos adiantar, reforçando que não estes não são 100% OBD2 e temos dúvidas quanto a ligações com sucesso usando o protocolo ISO 9141 anunciadas por alguns vendedores de ELM327 e de "software", pelo que apenas podemos sugerir a quem tenha os meios, para proceder à experiência, sempre com o cuidado necessário para não gerar conflitos internos na centralina.

Com a implementação de novas funcionalidades nos ELM327, potenciadas por diversos programas de muito boa qualidade, esta solução irá proporcionar melhores soluções, sendo certo de que, para quem tenha veículos compatíveis, esta será uma opção cada vez mais a ter em conta por parte de quantos necessitam de um sistema de diagnósticos e monitorização de um veículo compatível com ODB2.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin