domingo, setembro 09, 2018

Circulação fora de estrada no EILR

Das declarações do presidente da LandMania prestadas no Encontro Ibérico Land Rover 2018, Rui Marinho, queremos destacar as que abordam um problema desde há muito conhecido e comentado por nós, concretamente o efeito negativo na circulação nos espaços rurais que decorre do aumento das restrições à prática do todo o terreno.

É sabido que, embora possa envolver alguns riscos, fruto da irresponsabilidade de uns poucos, a prática do todo o terreno contribui de forma decisiva para a manutenção dos caminhos rurais, mantendo-os transitáveis durante todo o ano, mas especialmente quando chega o bom tempo e, como resultado das férias, o número de veículos a transitar aumenta substancialmente.

Acontece que é exactamente por esta altura, a mesma em que ocorre um maior número de incêndios florestais, que as proibições que impedem a circulação fora de estrada estão em vigor, diminuindo drasticamente os veículos que aí circulam na altura em que a manutenção das vias é de maior importância, podendo ser determinantes no combate às chamas e na segurança dos intervenientes, que podem necessitar de vias de retirada circuláveis.

No encontro estiveram presentes mais de 5.000 participantes, com mais de um milhar de viaturas, e tal corresponde apenas a um clube, com associação a uma única marca, o que permite intuir o enorme do número de praticantes que, caso pudessem prestar o seu contributo, não apenas em termos de transitabilidade, mas também na economia local, teriam um importante contributo para a sustentabilidade e desenvolvimento de algumas das zonas mais deprimidas do País.
Enviar um comentário