terça-feira, janeiro 24, 2012

Localizadores e nova vaga de furto de veículos todo o terreno - 3ª parte

Image Hosted by Imageshack
Um localizador TK-102B

Assim, sempre que não em uso no veículo, o localizador pode ser utilizado para os mais diversos fins, desde a protecção de idosos ou crianças a objectos, que podiam, inclusivé ser os cofres de transporte de valores que têm sido alvo de diversos tipos de crime.

Todos estes localizadores operam segundo os mesmos princípios, recebendo a informação posicional via GPS e enviando-a através de uma rede móvel, via SMS ou GPRS, podendo a informação ser recebida num vulgar telemóvel ou via Internet, sendo disponibilizada num computador que use mapas digitais, como o Google Earth.

O uso de um localizador não impede o furto de um veículo, mas permite não apenas localizá-lo, como receber um alerta caso este saia de uma zona delimitada, permitindo alertar imediatamente as autoridades policiais da sua posição e efectuar um seguimento que leve a uma intercepção nas melhores condições.

Perante a vaga de furtos e o uso dos veículos todo o terreno em assaltos, sobretudo no arrombamento de estabelecimentos comerciais, onde o seu porte e capacidade de impacto são superiores aos de uma viatura ligeira, sugerimos, mais uma vez, que sejam adoptadas algumas medidas que contrariem esta tendência, protegendo não apenas o próprio veículo, como eventuais vítimas de uma acção na qual possa ser utilizado e as forças policiais que combatem este tipo de crime violento.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin