domingo, maio 04, 2014

"Drones", o futuro no presente - 2ª parte

Image Hosted by Google Um "drone" DJI Phantom 2 Vision

Com este proliferar de modelos e redução de preços, torna-se cada vez mais complexo defenir o que realmente é um "drone" e o que não passa de um brinquedo, que, independente-mente do seu grau de sofisticação, tem uma vertente essencialmente lúdica, ligado ao uso pessoal e ao entretenimento.

Desta forma, consideramos como "drones" os modelos que, para além das suas características e do seu grau de sofisticação, se destinem e permitam uma utilização profissional, independente-mente da área em que sejam utilizados e do tipo de missões que possam desempenhar.

Exemplo de um "drone" pode ser, portanto, o modelo que a Amazon pretende utilizar para distribuição de encomendas, substituindo um meio mais convencional, como os correios ou uma transportadora, e que tem capacidade de transporte, orientação, observação, para além de características de voo que lhe permitem operar em zonas urbanas de forma eficaz e segura.

Também incluimos nesta classe os modelos que permitem a formação de operadores, que a partir de modelos menos dispendiosos mas que incluem as características essenciais dos "drones" mais sofisticados e destinados a uso profissional, ou que podem ser utilizados em testes de voo ou nas diversas acções necessárias à qualificação de operadores para este tipo de equipamento.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin