quinta-feira, abril 09, 2015

Novas tecnologias chegam aos arrancadores para automóvel - 1ª parte

Com as novas tecnologias de polímeros a nível de baterias, os sistemas de carregador ou arrancador para automóveis sentiram uma franca evolução, seja a nível de miniaturização, seja na multiplicidade de funcionalidades, permitindo serem facilmente transportadas no interior de um veículo.

O primeiro modelo que serve de exemplo tem dimensões de apenas 165 x 75 x 30 mílimetros, peso pouco superior às 200 gramas, uma capacidade de 12.000 mAh e um ciclo de vida de 3.000 utilizações, proporcionando uma corrente de arranque de entre os 200 e os 400A, o suficiente para a maioria do motores a gasolina com cilindrada até aos 4 litros e diesel até aos 2.5 litros.

A maioria destes arrancadores possuem uma fonte de iluminação, na sua maioria com tecnologia "led", que neste caso é de 86 lumens, 1W e com uma vida que pode atingir as 100.000 horas de funcionamento, havendo modelos que possuem um sistema mais de acordo com os parâmetros de urgência, como luzes intermitentes e em cores como o vermelho ou laranja.

Na sua maioria, estes arrancadores possuem um conector que os permite ligar a uma tomada de isqueiro, para efeitos de carregamento no veículo, sendo, naturalmente, aconselhável a proceder a esta operação através de uma tomada de 220 volts, única forma de garantir uma carga adequada.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin