terça-feira, julho 28, 2015

Windows 10 chega dia 29 - 2ª parte

Por questões de compatibilidade, caso estejam instaladas aplicações cujo funcionamento é essencial à produtividade, sugere-se que apenas após ter a certeza de que estas continuam utilizáveis se deve dar início ao processo, sendo de adiar o "upgrade" sempre que surjam dúvidas e da falha de algum "software" resulte a suspensão de uma actividade profissional ou a redução desta de forma significativa.

Durante o "upgrade", após a fase de transferência, o equipamento fica impossibilitado de desempenhar outro tipo de tarefas, existindo a necessidade de voltar a arrancar, de modo a actualizar ficheiros em uso e a proceder a todo um conjunto de actualizações a nível de dispositivos.

No termo do processo, que pode implicar novos "updates", devendo-se correr manualmente esta funcionalidade, de modo a verificar se todas as actualizações estão devidamente instaladas, aconselha-se a testar os programas previamente instalados, verificando a sua funcionalidade, bem a integridade dos dados e todos os acessos e permissões, tal como se surgiram situações anormais, como falta de espaço em disco ou degradação a nível de desempenho.

Objectivamente, para todos quantos tenham dúvidas ou possuam equipamentos considerados críticos em termos profissionais, aconselha-se a evitar precipitações, aguardando pelo esclarecimento de quaisquer questões e pela confirmação de compatibilidades, procedendo ao "upgrade" de forma planeada, numa altura em que exista um plano de contingência que possa ser activado caso algo não corra como esperado.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin