quarta-feira, agosto 19, 2015

Projecto para tejadilho do Defender - 4ª parte

Esta última opção, sobretudo se as placas de desatascanço ficarem colocadas lateralmente, tem possibilidade de expansão, seja colocando na parte lateral mais placas, seja adicionando plataformas que permitam colocar algumas caixas ou volumes, sendo que neste caso é absolutamente necessário colocar reforços laterais, soldados na estrutura, bem como controlar o peso, evitando alterações substanciais no centro de gravidade ou danos na estrutura do tejadilho.

Naturalmente que têm que ser adicionados alguns elementos de fixação para os "jerry cans", que podem ser simples esticadores de carga, depois de colocar no interior das caixas alguns elementos em borracha que ajudem a acondicionar os "jerry cans" e a reduzir o barulho que a trepidação pode provocar, sendo ainda de considerar uma pintura final de modo a proteger todo o conjunto.

Também convém pensar na forma de proteger os equipamentos, pelo que é de prever o uso de sistemas de cadeados ou corrente com fechadura, como as utilizadas nas bicicletas, que impeçam que os "jerry cans" e as placas de desatascanço sejam removidas com facilidade, já que o pneu, pelo peso, volume e posicionamento, será bem mais difícil de remover, com o que de bom e de mau tal implica.

Um sistema deste tipo implica, naturalmente, colocar uma escada de acesso, podendo mesmo ser aconselhável reposicionar alguns equipamentos, como antena de rádio ou farol de trabalho, e, tendo algum custo em termos de material e mão de obra, fica globalmente muito abaixo do preço pedido pelos fabricantes de grades de tejadilho, podendo ser uma alternativa interessante por estar mais adaptado às necessidades específicas de muitos proprietários de Defender ou mesmo de outros modelos de todo o terreno.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin