sexta-feira, agosto 21, 2015

Despiste de auto tanque mata bombeiro - 1ª parte

O bombeiro José Moreira, de 41 anos, pertencente à corporação de Carcavelos e S. Domingos de Rana, foi a primeira vítima do combate aos fogos, tendo falecido em consequência de múltiplos traumatismos na cabeça e tórax, resultantes de um acidente quando o auto tanque em que seguia se dirigia para combater um fogo.

A viatura de combate a incêndios despistou-se na estreita estrada que vai da Abóbada para Talaíde, quando, ao tentar ultrapassar outra viatura, passou sobre a berma, tendo ficado feridos os dois ocupantes, um dos quais só pode ser retirado após a intervenção de uma grua ter levantado o veículo sinistrado.

As causas do acidente, bem como toda a envolvência do mesmo, serão apuradas em sede de inquérito, mas convém, desde já ter em atenção a questão da protecção do habitáculo sobretudo nos auto-tanques, bem como a utilização dos dispositivos de retenção por parte dos vários ocupantes.

As missões de combate aos fogos, tal como todas aquelas que envolvem uma deslocação a ser efectuada tão rapidamente quanto possível, envolvem riscos elevados, que por vezes superam os da própria missão, sendo patente no número de acidentes e de vítimas que ocorrem durante o trajecto, pelo que se justifica sempre uma especial atenção e treino, bem como a preparação adequada das viaturas.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin