terça-feira, setembro 22, 2015

Exploride, inteligência para veículos - 3ª parte

O controle também pode ser efectuado via telemóvel, essencial para a apresentação de dados, nomeadamente aqueles que são referentes a diagnósticos do veículo, com a maioria das ligações a ser efectuadas via "bluetooth", mas com o acesso ao sistema de som do veículo a poder ser realizado por cabo, com as comunicações remotas a basearem-se na rede móvel.

A conectividade inclui ainda, para além do conector para ligar à tomada de isqueiro do veículo, que alimenta o dispositivo, uma porta múltipla em formato USB bem como conexão áudio, o que, para além do "bluetooth" na versão 4, permite uma integração de dispositivos sem perda de desempenho, ficando esta sobretudo dependente da ligação via rede móvel em tudo o que depende desta, como o sistema de navegação via Google Maps.

É manifesto que o Exploride implementa um conjunto de funcionalidades notável, com integração de diversos dispositivos, simplificando em muito a vida no interior de uma viatura, mas depende em muito da rede móvel, apresentando um elevado tráfego de dados, o que pode ser oneroso, e da compatibilidade do veículo com as normas OBD2 suportadas, sem o que esta funcionalidade deixa de funcionar.

Para obter este equipamento, num dos seu modelos e de acordo com as modalidades disponíveis, basta aceder à plataforma Indiegogo, inscrever-se e selecionar a opção pretendida, contribuindo para apoiar este projecto e adquirindo um dispositivo inovador, cujo preço, com portes, ronda as três centenas de Euros, acrescendo, obviamente, direitos alfandegários.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin