quarta-feira, fevereiro 17, 2016

Faróis de "leds" para Defender - 1ª parte

Os faróis dianteiros dos Land Rover Defender, semelhantes aos dos antigos Serie e dos Mini, não primam pela luz fornecida, necessitando com frequência de ser substituídos por modelos mais eficazes, ou complementados por faróis de longo alcance.

Antes de mais, exceptuando pequenas modificações a nível das lâmpadas, que terão que ser compatíveis com as de origem e do mesmo tipo, a substituição carece sempre de ser homologada, o que implica recorrer a uma entidade credenciada para o efeito e subsquente averbamento no Documento Único Automóvel, sem o que resulta numa situação ilegal que pode levar à apreensão dos documentos e apresentação do veículo a uma inspecção do tipo B.

Acresce o facto de nem todas as modificações poderem ser legalizadas ou que o número de modificações exigíveis é de tal forma elevado que se torna inviável em termos de custos e a sua implementação complexa ou impossível na viatura em causa, como resultado das sua configuração específica.

Assim, colocar um sistema de "leds" em substituição dos faróis de origem num Defender, sendo tecnicamente simples, pode resultar complexo em termos de custos e implica a mencionada homologação, pelo que uma solução que pode rondar os 150 Euros facilmente atinge o dobro desse valor, se acrescentarmos o custo da burocracia inerente.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin