quarta-feira, agosto 02, 2017

Redes "tier" e rádios digitais - 2ª parte

Os recentes rádios digitais, entre eles os Baofeng que aqui apresentamos, cumprem esta a norma "tier 1" com possibilidade de actualizar o "firmware" para "tier 2", implementando um conjunto de funcionalidades que os torna particularmente interessantes, nomeadamente por disporem de uma função de repetidor, do que resulta, quando integrado numa rede compatível, um desempenho importante na própria estrutura utilizada.

Basicamente, um repetidor é um equipamento que recebe dados e os retransmite, após intensificados, permitindo que estes transitem de um destes pontos para outro até alcançarem o destinatário final, que, ao responder, utilizará um processo semelhante, por etadas, onde o sinal é sucessivamente regenerado.

Os repetidores podem estar ligados entre sí de várias formas, seja por um cabo físico, seja ampliando e repetindo um sinal rádio eléctrico, propagado através da atmosfera ou recorrendo a um satélite, solução tipicamente utilizada como recurso quando o circuito primário fica interrompido.

Sendo compatíveis com os Motorola, a funcionalidade de repetidor digital VHF/UHF recorrendo a um "time slot", ou intervalo de tempo, presente nos Baofeng pode integrar-se com diversos tipos de repetidor externo, numa situação paralela à existente em sistemas como os TETRA DMO.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin