segunda-feira, janeiro 29, 2018

Migração para 802.11ac - 2ª parte

Não obstante a dimensão algo exagerada, optamos pela Comfast CF-926AC, um modelo com ligação via porta USB 3.0, compatível com as portas 2.0, e que oferece até 1.200 Mbps, dependendo do dispositivo central da rede, tendo duas antenas externas, orientáveis, o que facilita em muito obter sinal de boa qualidade.

Muito simples de instalar, dado que após a detecção pelo computador, é a própria "pen" a descarregar o "software" de suporte, o qual é instalado automaticamente, dispensando assim um CD ou DVD de instalação ou a necessidade de descarregar os "drivers" a partir da Internet, basta autenticá-la na rede para ficar operacional.

Caso o "router" implemente WPS, basta premir o respectivo botão e a ligação é estabelecida, de acordo com o protocolo 802.11ac, caso disponível no "router", ou num mais antigo, caso não esteja, pelo que todo o processo não implica mais do que colocar a "pen" numa porta USB, preferencialmente 3.0, e carregar num botão para começar a comunicar.

Com duas antenas orientáveis, operando em simultâneo nos 2.4 e 5.8 GHz, a CF-926AC demonstra estar bem concebida, com um conjunto de orifícios ocultos, imunes ao pó, a garantir uma boa refrigeração e o pequeno "led" de cor azul a dar informações quanto ao estado do equipamento, facilitando uma primeira análise a nível visual.
Enviar um comentário