quarta-feira, junho 20, 2018

"Psychological First Aid" - 2ª parte

Naturalmente, a maioria daqueles que foram afectados por uma catástrofe tendem a recuperar sem ou com um mínimo de apoio psicológico, mas para aqueles que não conseguem ultrapassar o trauma, a falta de apoio pode resultar em diversos problemas no futuro, algo que uma intervenção nas primeiras horas após o incidente pode minimizar, seja pelo trabalho executado junto de cada vítima, seja pela sinalização atempada dos casos mais graves.

Neste guia, eminentemente prático, destinado a todos, não apenas a especialistas, são abordadas as várias vertentes dos primeiros socorros a nível psicológico, com incluindo um conjunto de pistas e tópicos que devem ser analisados e aprofundados, com um mínimo de teoria e maximizando a prática, estando presentes listas de verificação ou conselhos para distintas situações.

Os tópicos presentes ajudam a reflectir, alertando para questões que, sendo menos intuitivas, são igualmente importantes, como o resguardar dos próprios intervenientes no socorro, os cuidados que devem ter, ou como reduzir o "stress", factores essenciais para que possam desempenhar as suas missões da melhor forma e com um mínimo de consequências negativas para o seu futuro.

O guia encerra com um conjunto de ligações úteis para "sites", em língua inglesa, onde é possível obter informação adicional, que os mais interessados por este tema poderão consultar, aprofundando os seus conhecimentos e preparando-se melhor para uma eventualidade que, infelizmente, e com base num passado próximo, pode vir a acontecer.
Enviar um comentário