segunda-feira, agosto 02, 2010

Acidente na A1 mata bombeiro - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
A viatura acidentada

O despiste na A1, entre o nó de Aveiro-Sul e o da Mealhada, de uma viatura pesada de combate aos incêndios florestais da corporação de Cabo Ruivo em Lisboa, que regressava de uma missão de combate aos fogos, resultou na morte de um bombeiro e em ferimentos noutros cinco, dos quais dois se encontram em estado grave.

Com a violência do impacto, o pesado veículo partiu-se em dois, ficando os destroços espalhados na berma da A1, tendo a via ficado temporariamente cortada para proceder às operações de socorro, que incluiram a evacuação aérea do ferido mais grave.

Numa primeira análise, e excluindo cansaço do condutor, o despiste da viatura ter-se-à devido ao rebentamento de um pneu, o que tornou impossível o seu controle, com os feridos mais graves a serem encaminhados para os Hospitais da Universidade de Coimbra e dos Covões.

Para além de enviar os mais sentidos pêsames aos familiares e amigos do 2º comandante dos bombeiros de Cabo Ruivo, Carlos Santos, e os votos de melhoras aos feridos, esperamos que o inquérito revele não apenas as causas do acidente, como permita adoptar medidas que evitem situações análogas.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin