quinta-feira, agosto 05, 2010

Acidente na A1 mata bombeiro - 3ª parte

Image Hosted by Imageshack
Piso danificado de um pneu

Também as deslocações a velocidades elevadas, com carga máxima, acelerações e travagens bruscas ou curvas nas quais se sente um aumento de tensão nas paredes laterais dos pneus, contribuem para um desgaste prematuro, podendo começar a haver problemas estruturais antes de o desgaste ser visível.

Avaliar problemas estruturais num pneu, excepto em situações muito graves, é virtualmente impossível de efectuar através de uma simples observação, mas um exterior em aparente bom estado, com o piso de acordo com o legalmente imposto, não garante que no interior a situação seja análoga.

Uma das opções será a de limitar o número de quilómetros de uso dos pneus, independentemente do seu aspecto exterior, algo que sabemos ser um encargo pesado ou mesmo insuportável, mas a alternativa será a de testes, que passam pela desmontagem dos pneumáticos e avaliação numa entidade com a competência técnica para efectuar este tipo de verificação.

Apesar de esta última alternativa também implicar custos, sobretudo porque terá que ser efectuada periodicamente, o risco de utilizar pneus com danos invisíveis é francamente superior, com consequência que, infelizmente, são do conhecimento de todos.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin