sexta-feira, janeiro 18, 2013

Poupar nalgumas improvisações - 3ª parte

Image Hosted by Google Uma bolsa para baterias

Uma outra opção, menos intuitiva, é a de adquirir no mercado nacional uma bolsa com dois compartimentos destinada ao transporte de um maço de tabaco e isqueiro, que aqui serão substituidas por um par de baterias e outro de cartões de memória, os quais cabem perfeitamente no seu interior.

Ao contrário do modelo anterior, este possui uma presilha destinada a prendê-la a um cinto, útil neste caso para a prender na alça da máquina, pelo que o trabalho de adaptação não é necessário, mas aconselha-se, tal como no caso anterior, a recorrer a um pouco de velcro para manter a bolsa no local pretendido.

O processo é muito simples, basta colar ou coser um pouco de velcro na alça e outro no interior da presilha da bolsa, o que evita o seu deslizamento, sem dificultar a sua remoção em caso necessidade, após o que esta bolsa, que custa perto de dois Euros e meio, e é feita em imitação de pele, está pronta para ser utilizada.

Qualquer destas bolsas custa francamente menos do que modelos construidos para o efeito, sem perder grandes funcionalidades, libertando assim fundos para outros equipamentos ou items cuja sofisticação dificulta a sua substituição por uma improvisação.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin